Pular para o conteúdo principal

Dez gênios que previram o futuro


Às vezes séculos antes, eles imaginariam peças fundamentais do mundo atual

Por Thiago Lincolins

Arma nuclear, bebê de proveta, televisão, celular e outras invenções centrais para o mundo atual foram previstas décadas atrás por cientistas e escritores.

Conheça 10 gênios que previram o futuro:

1. Robert Boyle (1627-1691)

Domínio público

Nem só suas contribuições na física e na química são conhecidas — como a Lei de Boyle, que demonstra o comportamento dos gases. Um manuscrito encontrado pela Royal Society após sua morte revela que, antes mesmo de a palavra ciência existir, o químico fez previsões que vão de alimentos geneticamente modificados (“transmutados”) até remédios para dormir e drogas psicodélicas.

2. H.G. Wells (1866-1946)

Domínio público

O inglês escreveu livros que, além de lhe renderem o título de “pai da ficção científica”, trouxeram cenários e invenções futuristas. Em 1914, com The World Set Free (“O Mundo Livre”), Wells previu a existência de armas nucleares – incontroláveis e bem mais destrutíveis. Já em 1901, The First Men in the Moon (“Os Primeiros Homens na Lua”) traz dois personagens que vão até o satélite natural da Terra.

3. Nikola Tesla (1856-1943)

Domínio público

O gênio não apenas venceu a Guerra das Correntes contra Edison. Em 1898, ao fazer a demonstração de um barco controlado de forma remota, Tesla nos introduziu aos atuais equipamentos manipulados por controle remoto. E, na edição de janeiro de 1926 da revista americana Collier, explicou que, no futuro, haveria comunicação instantânea por “dispositivo de bolso”. Um “alô” do passado para os celulares.

4. Julio Verne (1828-1905)

Domínio público

Em Vinte Mil Léguas Submarinas, de 1869, o escritor francês descreve um capitão que viaja pelo oceano num enorme submarino elétrico, batizado de Náutilus, algo que viria décadas depois. E no artigo In the Year 2889 (“No ano 2889”), de 1889, ele descreve a existência de um noticiário transmitido todas as manhãs, como uma alternativa aos impressos.

5. Karel Čapek (1890-1938)

Domínio público

Na peça de ficção científica Rossumovi Univerzální Roboti (“Robôs Universais de Rossum”), lançada em 1920, o autor descreve uma fábrica que cria pessoas artificiais com o uso de matéria orgânica sintética. São os roboti (robôs) – apesar de as características estarem mais próximas ao conceito dos androides biológicos, Capek popularizou o termo “robô”.

6. Hugo Gernsback (1884-1967)

Domínio público

Além de popularizar a ficção científica como editor da revista Amazing Stories – primeira dedicada exclusivamente ao gênero –, Gernsback deu uma prévia dos óculos de realidade virtual em 1968. O teleyeglasses (“teleóculos”) do inventor possuía minúsculas telas em cada olho, que transmitiam imagens estereoscópicas ou em 3D, similarmente aos modernos óculos de realidade virtual.

7. Gene Roddenberry (1921-1991)

Domínio público

Lançada em 1966, a série Star Trek, concebida pelo roteirista, representou um marco para a ficção científica. Ainda hoje, o enredo inspira toda uma cultura, os trekkers, além de filmes, desenhos e spin-offs. No Star Trek dos anos 70, objetos como tradutores universais, computadores com informação por voz e pequenos computadores sensíveis ao toque lembram funcionalidades bastante atuais.

8. Archibald Montgomery Low (1888-1956)

Domínio público

Antes de a televisão ser inventada, Low já havia criado o conceito do aparelho com a TeleVista. Após demonstração em 1914, o invento foi descrito pelo jornal britânico The Times como um “um meio de transmitir imagens visuais por fio”. O periódico também foi profético: “(...) em breve, poderemos ver as pessoas a distância”. Low engavetou o projeto por falhas. As primeiras TVs são de 1930.

9. J.B.S Haldane (1892-1944)

Domínio público

O biólogo britânico imagina, com a obra Daedalus; or, Science and the Future (“Dédalo; ou, Ciência e o Futuro”), de 1924, que os seres humanos poderão se reproduzir por meio da técnica hoje conhecida como fertilização in vitro – processo de fecundação do óvulo por um espermatozoide fora do corpo da mulher. O primeiro “bebê de proveta” viria em 1970.

10. Alexis de Tocqueville (1805-1859)

Domínio público

Em um trecho da obra De la Démocratie en Amérique (“Da Democracia na América”), de 1835, o escritor francês explica que, no futuro, os Estados Unidos e a Rússia travariam uma grande disputa pelo poder que afetaria o mundo inteiro. Em 1947, as duas superpotências citadas por Tocqueville, aliadas na Segunda Guerra, começavam a Guerra Fria.

FONTE: aventurasnahistoria.uol.com.br

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Mémorias da Ufologia: Caso SANTA ISABEL

FOTOS DO LAUDO

Na localidade de Santa Izabel(SP) em junho de 1999, a Sra. Alzira Maria de Jesus foi encontrada morta na sua cama, e por volta das 8 hs da manhã sua nora percebe o fato e sai imediatamente para ir ao orelhão e ligar para o seu marido e espera à ajuda e , ao chegar de volta em casa quase 40 min.depois a nora vê o corpo da sra. com o rosto totalmente desfigurado e praticamente sem carne; foi feito o boletim de ocorrência na delegacia da cidade sob n°145/99 em 24 de Junho. Posteriormente confirmou-se que à causa da morte foi a parada respiratória, mas o que aconteceu realmente como rosto desta sra. num espaço menor de uma hora?O laudo é cita sobre as configurações do mesmo, inclusive nas cavidades oculares, mas o que teria causado à perda do rosto ficou indeterminada. Mais estranho ainda é que na noite anterior aos fatos foram vistas bolas de luz voando nessa região rural e no início da madrugada os animais,como cachorros,gansos,e outros começaram à fazer um intenso barulh…

O caso Artur Berlet, O homem que foi para o Planeta Acart

O "Caso Berlet" ocorreu em 25 de maio de 1958 (faleceu em 1995), quando o gaúcho Artur Berlet, da cidade de Sarandí – RS, desapareceu por 11 dias.
Segundo Berlet teria sido abduzido e levado para um planeta chamado Acart aproximadamente 65,000,000 km da terra, demorou cerca de 38horas para chegar, onde ficou 11 dias em uma cidade com quase 90 milhões de habitantes. O curioso do fato que conseguiu comunicação com extraterrestres através do idioma Alemão.

Durante esse tempo, Berlet teve a chance de ver a Terra a partir do espaço. conhecer objetos e tecnologias que só teríamos posteriormente no decorrer do avanço dos humanos.
Após décadas, a fantástica história do gaúcho ainda surpreende a todos. Quem reconstituiu a história desse caso para a RBS foi a professora Ana Berlet, filha de Artur.

Vejam o nível da informação:

O Artur Berlet através de uma aparelho de Acart o qual olhou a terra, disse;
“a terra era AZUL.”



Ok ! parece nada demais, mas o fato é que ele disse anos ant…

A noite em que Lavras (MG) parou para ver um UFO

Serra da Bocaina no município de Lavras (MG)

Na noite de 1º de junho de 1969, um UFO sobrevoou a cidade de Lavras, região Sul do estado de Minas Gerais, sendo observado por centenas de pessoas. O fotógrafo amador e médico Dr. Rêmulo Tourino Furtini tirou diversas fotografias do estranho objeto, que chegou a fazer um pouso em um pasto existente na época. O sargento Inocêncio França do Tiro de Guerra local e vários atiradores comprovaram o pouso, constatado tecnicamente após o ocorrido. Na época, o caso foi notícia na mídia de todo o país, despertando o interesse da Nasa e até mesmo do extinto bloco soviético.


Ufo é fotografado na madrugada

Naquela fria madrugada de 1º de junho de 1969 algumas pessoas encontram-se nas ruas, já que no tradicional Clube de Lavras estava acontecendo um dos seus famosos bailes. Alguns bares encontravam-se abertos e alguns bêbados ziguezagueavam por aquelas ruas tranquilas.

Era uma noite comum de inverno, como tantas outras em uma cidade interiorana, quando…