Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Outubro 6, 2019

A misteriosa civilização que ocupou a Arábia Saudita há 2 mil anos

Os nabateus tinham uma sofisticada tradição arquitetônica, influenciada pelos mesopotâmicos e gregos - RICHARD DUEBEL

Sylvia Smith
Da BBC News na Arábia Saudita

Os desertos rochosos de Al Ula, no noroeste da Arábia Saudita, são conhecidos por seus céus escuros, que permitem aos observadores de estrelas estudar facilmente corpos celestes sem o problema da poluição de luz.

Mas a região também atrai arqueólogos que buscam fazer o primeiro levantamento aprofundado da região, que tem aproximadamente o tamanho da Bélgica, em uma tentativa de conhecer mais sobre uma civilização misteriosa que já viveu ali.

Uma cultura há muito perdida, a civilização nabateia habitou o norte da Península Arábita e o sul do Levante entre o século 4 a.C. até 106 d.C.

Os nabateus governavam seu império na deslumbrante cidade de Petra, na Jordânia, mas fizeram de Hegra, hoje conhecida como Mada'in Saleh, em Al Ula, sua segunda capital. Seu status de civilização independente terminou com sua conquista pelo im…

Os territórios batizados por Colombo e que mantiveram seus nomes até hoje

Cristovão Colombo batizou muitas ilhas e territórios - GETTY IMAGES

Analía Llorente
BBC News Mundo

Em 3 de agosto de 1492, com o aval dos reis católicos da Espanha, o explorador italiano Cristóvão Colombo partiu do porto de Palos de Moguer, no sul da Península Ibérica, rumo às Índias.

Ele e sua tripulação navegaram pelo Oceano Atlântico nas embarcações Santa Maria, Pinta e Niña por cerca de 70 dias até que, na noite de 11 e 12 de outubro, se depararam com uma ilha que acreditavam ser seu destino final.

"Eles chegaram a uma ilhota (...) chamada na língua dos índios de Guanahani", diz o livro "As quatro viagens e o testamento", de Cristovão Colombo, que compila as anotações dos diários do explorador.

Em seguida, essa ilha, habitada por indígenas taínos, foi chamada por Colombo de San Salvador.

Sabe-se que a localidade fazia parte do arquipélago das Antilhas. Atualmente, há um debate entre historiadores sobre se essa ilha seria San Salvador (Watling), nas Bahamas.


Ma…

Varginha, as duas faces do ET (Documentário completo)

O Documentário Varginha, as duas faces do ET, é uma produção da SLD Marketing & Comunicação. Fruto do trabalho do jornalista investigativo, Sérgio Domingues, que conseguiu, após 22 anos, trazer fatos novos e bombásticos ao mundialmente conhecido, Caso Varginha.



FONTE: Canal Youtube sergio domingues

Morre Alexei Leonov, primeiro humano a caminhar no espaço

Alexei Leonov, cosmonauta russo, morreu aos 85 anos nesta sexta-feira (11). — Foto: Reprodução/Twitter/@nasa

O cosmonauta russo tinha 85 anos e morreu após enfrentar uma longa doença. A primeira caminhada espacial foi feita do lado de fora de uma espaçonave em 1965.

Por G1

O cosmonauta russo Alexei Leonov, o primeiro humano a caminhar no espaço em 1965, morreu nesta sexta-feira (11) aos 85 anos de idade após enfrentar uma longa doença, informou a agência de notícias russa TASS.

O enterro deverá ser em Moscou na terça-feira, informou o Centro de Preparação de Cosmonautas.

Em 1965, Leonov foi o cosmonauta que caminhou do lado de fora da espaçonave. Ele fez um deslocamento de dois a três metros de distância ao longo 12 minutos e 9 segundos, de acordo com a agência de notícias Reuters.

Leonov foi também o comandante da primeira missão espacial conjunta entre Rússia e Estados Unidos.

Caminhada no espaço

Em 2015, 50 anos após sua façanha, Alexei Leonov lembrou à agência de notícias AFP o m…

Fotos de OVNI foram analisadas no IV COMAR - (14)

Programa onde comentamos sobre as três fotografias autênticas de OVNI tirada durante o dia, na cidade de Campinas – SP, no Brasil, em 25 de janeiro de 1969, pelo fotógrafo profissional Olney Diniz. A FAB – Força Aérea Brasileira solicitou a presença da testemunha e dos seus negativos para uma análise técnica dentro do IV COMAR. Este fato se deu durante a operação da CIOANI – Central de Investigação de Objetos Aéreos Não Identificados.



FONTE: Enigmas e Mistérios

Veja também:

No link abaixo siga os demais vídeos da série "Comentando foto de disco voador":

Foto diurna de OVNI na continuidade da Operação Prato (Manaus - Brasil - 1979) - 10

Comentando foto de disco voador (Nashville - Tennessee - EUA - 1989) - 11

Comentando foto de OVNI (Cocoyoc - México - 1973) - 12

Comentando foto de disco voador (Kapiolari Park - Hawaí - 1974) - 13

Nobel de Física premia teorias e observações cósmicas

Metade do prêmio foi para a teoria cosmológica padrão, e a outra metade para observações de planetas fora do Sistema Solar.
[Imagem: Niklas Elmedhed/Nobel Media]

Nobel de Física 2019

O Nobel de Física 2019 premiou a teoria atual sobre a estrutura e história do Universo e a descoberta do primeiro exoplaneta orbitando uma estrela do tipo solar.

Metade do prêmio foi para James Peebles (Universidade de Princeton, EUA) "por descobertas teóricas em cosmologia física", e a outra metade foi dividida entre Michel Mayor e Didier Queloz (Universidade de Genebra, Suíça) "pela descoberta de um exoplaneta orbitando uma estrela tipo solar".

Modelo do Big Bang

As ideias de James Peebles sobre cosmologia física estão na base de toda a cosmologia dos últimos cinquenta anos. O referencial teórico que ele desenvolveu - com a ajuda de inúmeros outros astrofísicos - desde meados da década de 1960, está na base de nossas ideias contemporâneas sobre o Universo.

O modelo do Big Bang descr…

Na mecânica quântica, cada observador tem direito a seu próprio fato

Para evitar polêmicas, a equipe usou uma versão estendida do experimento de Wigner, em que um estado entrelaçado é enviado a dois laboratórios diferentes, cada um com um amigo e um observador externo.
[Imagem: Proietti et al. - 10.1126/sciadv.aaw9832]

Efeito do observador

O método científico se baseia em fatos, estabelecidos através de medidas repetidas e acordadas universalmente, independentemente de quem fez as observações.

Contudo, um grupo de físicos acaba de demonstrar que, no reino das partículas governadas pela mecânica quântica - das moléculas para baixo -, os fatos podem depender não apenas do fato de serem ou não observados, mas também de quem os observa.

Imagine jogar uma moeda. Uma "moeda quântica" pode existir em uma superposição de cara e coroa, até que ela seja observada, dando então um resultado definido cara ou coroa.

Na década de 1960, o físico húngaro Eugene Wigner (1902-1995), ganhador do Nobel de Física de 1963, propôs um experimento mental intrigante. …

Rover Curiosity descobre que Marte tinha um oásis há 3,5 bilhões de anos

Por Patrícia Gnipper

O rover Curiosity, que vem explorando o Planeta Vermelho desde 2012, pode ter proporcionado uma nova descoberta fascinante: há 3,5 bilhões de anos, a região onde hoje existe a Cratera Gale possivelmente abrigava um verdadeiro oásis. Na bacia de 150 quilômetros de largura, haveria naquela época riachos que transbordavam e depois se secavam, num ciclo que provavelmente se repetia muitas vezes ao longo de milhões de anos.

A nova descoberta foi documentada na revista Nature Geoscience, e também divulgada pela NASA em seu site oficial. Os autores do estudo entenderam que as rochas enriquecidas com sais minerais (descobertas pelo Curiosity) seriam evidências de lagoas rasas e salgadas, que passaram por muitos episódios de transbordamento e secagem. Então, esses depósitos servem como uma espécie de marca d'água do que aconteceu no passado.


Uma rede de rachaduras em área marciana pode ter se formado a partir de camadas úmidas que se secaram há mais de 3 bilhões de an…

Edison Boaventura Júnior é homenageado pela OPESP

No dia 26 de abril de 2019, Edison Boaventura Júnior foi homenageado por Leonel Aguiar, presidente da OPESP – Ordem dos Parlamentares do Estado de São Paulo, no Prêmio TOP BUSINESS 2019, na categoria “Ufologia”. A apresentadora de televisão Mara Cédro entrevistou Edison para o seu programa “Quality by Mara Cédro”, da TV Aberta, abordando naquela ocasião, vários casos do Fenômeno OVNI. No mês de maio, Edison foi convidado para ser membro honorário da OPESP.



FONTE: Enigmas e Mistérios

Teria um deus maia inspirado o Batman? (Curiosidades)

Programa abordando a polêmica do deus maia Camazotz, ou seja, o deus “morcego da morte” que poderia, segundo alguns internautas, ter inspirado o personagem da DC Comics, Batman (o homem morcego). Em maio de 2019 a imagem de uma antiga escultura de máscara Maia, veiculada na Internet, reacende a polêmica, por ter grande similaridade com o Batman. Teria o herói dos quadrinhos alguma relação com o deus Camazotz, que foi cultuado há cerca de 2.500 anos atrás? Assista ao programa e descubra a verdade nesta história!



FONTE: Enigmas e Mistérios

Saturno supera Júpiter como planeta com mais luas no Sistema Solar

Luas foram descobertas com o telescópio Subaru, que fica em Maunakea, no Havaí - NASA/JPL-CALTECH/SPACE SCIENCE INSTITUTE

Paul Rincon
BBC News website

Saturno ultrapassou Júpiter como o planeta com mais luas no Sistema Solar, de acordo com pesquisadores dos EUA.

Uma equipe de cientistas descobriu 20 novas luas que orbitam o planeta dos anéis, chegando a 82 no total. Júpiter, por outro lado, tem 79 satélites naturais.

As luas foram descobertas com o telescópio Subaru, que fica em Maunakea, no Havaí.

Cada nova lua descoberta tem cerca de 5 km de diâmetro, e 17 delas orbitam o planeta em sentido contrário à rotação do planeta, movimento conhecido como "direção retrógrada".

As três outras luas dão voltas na mesma direção que Saturno.

Duas delas levam cerca de dois anos para viajar em torno do planeta.

A lua mais distante a girar em direção retrógrada fica ainda mais distante, levando mais de três anos para completar a órbita.

"O estudo das órbitas dessas luas pode revelar …

Tabela Periódica: o que é a Ilha da Estabilidade e por que os cientistas estão ansiosos para chegar a ela

Será que algum dia a tabela periódica estará completa? (GETTY IMAGES)

Você sabia que 2019 é o Ano Internacional da Tabela Periódica?

Assim foi declarado pela Organização das Nações Unidas (ONU) em homenagem aos 150 anos desde que o químico russo Dmitri Mendeleev criou sua primeira versão, em 1869.

Mendeleev encontrou uma solução para algo que havia questionado aos cientistas havia muito tempo: como classificar os elementos químicos?

Sua famosa tabela, que foi a primeira amplamente reconhecida, dispõe os elementos de acordo com seus números atômicos, ou seja: pela quantidade de prótons que eles têm em seu núcleo (em estado neutro, essa quantidade tem que ser igual ao número de elétrons do elemento).

Outra genialidade do russo foi agrupar os elementos com comportamentos semelhantes em colunas.


Quando foram identificados os 92 elementos naturais, os químicos começaram a produzir novos - GETTY IMAGES

Sua famosa tabela tinha sete linhas e oito colunas, que listavam, do menor para o maior,…

Por que o céu é azul? Como o cientista John Tyndall descobriu a resposta com instrumentos simples

A curiosidade sem limites de John Tyndall o levou a novas descobertas. (GETTY IMAGES)

Por que o céu é azul? A explicação por trás do fenômeno vem da forma como a luz se espalha pelas moléculas na atmosfera. É a luz azul — que tem o comprimento mais curto — que se espalha mais por essas pequenas partículas, o que leva à coloração azulada que observamos.

Ao longo da história, muitos cientistas buscaram compreender como a natureza funciona. Diversos pesquisadores se debruçaram sobre as razões por trás de questões bastante elementares, como essa, da coloração do céu.

Em sua forma mais pura, trata-se apenas disso: do desejo de entender, sem ter como prioridade que as descobertas sejam rentáveis ou aplicáveis amplamente. Essa abordagem dada à ciência se chama "pesquisa motivada pela curiosidade".

Um dos melhores exemplos de quem seguiu essa linha foi o físico irlandês John Tyndall (1820-1893).


O trabalho de Tyndall abarcava um leque amplo de temas - GETTY IMAGES

Tyndall era um en…

Missão TESS da NASA avista o seu primeiro buraco negro destruidor de estrelas

Esta ilustração mostra uma perturbação de maré, que ocorre quando uma estrela aproxima-se demasiado de um buraco negro e é despedaçada numa corrente de gás. Parte deste gás eventualmente assenta numa estrutura em torno do buraco negro chamada disco de acreção.
Crédito: Centro de Voo Espacial Goddard da NASA

Pela primeira vez, o satélite caçador de planetas da NASA, TESS (Transiting Exoplanet Survey Satellite), observou um buraco negro a despedaçar uma estrela num fenômeno cataclísmico chamado evento de perturbação por forças de maré. As observações seguintes do Observatório Neil Gehrels Swift da NASA e de outras instalações produziram o olhar mais detalhado, até à data, dos primeiros momentos de uma destas ocorrências destruidoras de estrelas.

"Os dados do TESS permitem-nos ver exatamente quando este evento destrutivo, de nome ASASSN-19bt, começou a ficar mais brilhante, o que nunca pudemos fazer antes," disse Thomas Holoien, membro dos Observatórios Carnegie em Pasadena, n…

NASA descobre novos tipos de compostos orgânicos nas plumas de Encélado

Nesta foto tirada pela Cassini, vemos Encélado em frente ao Sol expelindo jatos de líquidos para acima da superfície (Foto: NASA)

Por Patrícia Gnipper

No ano passado, dados da missão Cassini, que estudou Saturno e suas luas, permitiram a confirmação da existência de moléculas orgânicas complexas e insolúveis em Encélado, lua congelada do planeta gasoso onde há um oceano subterrâneo no estado líquido. Agora, a NASA anuncia a descoberta de novos tipos de compostos orgânicos, menores e solúveis, por lá, reforçando a importância de se estudar este satélite natural tão intrigante. Afinal, moléculas orgânicas são essenciais para a existência de vida.

Os novos tipos de compostos orgânicos foram descobertos nas plumas de Encélado — há rupturas na superfície que expelem o líquido interior e, desta maneira, a Cassini conseguiu obter informações sobre o fenômeno. A NASA explica que "poderosas fontes hidrotermais ejetam material do núcleo de Encélado, que se mistura com a água do imenso oce…