Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Dezembro 11, 2016

Explosão de OVNI em Ubatuba (1957) - Análise Qualitativa dos Fragmentos

A equipe da BURN - Brazilian UFO Research Network, recebeu do filho de um militar os fragmentos que poderiam ser provenientes do OVNI que explodiu na praia das Toninhas, em Ubatuba, no ano de 1957. Veja no vídeo abaixo os resultados da análise qualitativa dos fragmentos e no link a seguir, relembre o caso http://ufos-wilson.blogspot.com.br/2014/05/arquivo-ovni-caso-ubatuba.html



FONTE: BURN - Brazilian UFO Research Network

Céu da Semana 19/12 a 25/12/2016

Todas as semanas, Gustavo Rojas, do Laboratório Aberto de Interatividade (LAbI) da UFSCar, apresenta dicas de como olhar para o céu, quais constelações estão em destaque, fases da lua e os principais fenômenos astronômicos.
No episódio dessa semana uma retrospectiva para lembrarmos das principais descobertas e acontecimentos que foram notícias esse ano.



FONTE: UNIVESP TV

ALMA encontra evidências convincentes de dois planetas recém-nascidos em redor de jovem estrela

Imagem ALMA do disco protoplanetário que rodeia a jovem estrela HD 163296. Novas observações sugerem que os dois planetas, cada com mais ou menos o tamanho de Saturno, estão em órbita da estrela. Estes planetas, que ainda não se formaram completamente, revelaram-se pela dupla impressão que deixam nas porções de gás e poeira no disco protoplanetário da estrela.
Crédito: ALMA (ESO/NAOJ/NRAO); A. Isella; B. Saxton (NRAO/AUI/NSF)

Os astrônomos sabem agora que a nossa Galáxia está repleta de planetas, desde mundos rochosos do tamanho da Terra até gigantes gasosos maiores que Júpiter. Quase todos esses exoplanetas foram descobertos em órbita de estrelas maduras com um sistema planetário completamente evoluído.

Novas observações com o ALMA (Atacama Large Millimeter/submillimeter Array) contêm evidências convincentes de que dois planetas recém-nascidos, cada um do tamanho de Saturno, estão em órbita de uma jovem estrela de nome HD 163296. Estes planetas, que ainda não estão completamente for…

Grupo lança balão estratosférico para testar componentes da missão lunar brasileira

POR SALVADOR NOGUEIRA

A primeira missão brasileira à Lua ainda está distante, mas o grupo de pesquisadores envolvidos no projeto está prestes a dar mais um passo importante rumo à sua realização. Na próxima segunda-feira (19), eles lançarão um balão estratosférico que testará na alta atmosfera experimentos e componentes que mais tarde serão incorporados ao satélite lunar Garatéa-L.

A sonda acoplada ao balão foi batizada de Garatéa II – assim chamado por ser o segundo voo da série a levar experimentos a um a altitude de até 30 km. A essa distância do chão, a pressão atmosférica é um centésimo da encontrada ao nível do mar e a camada de ozônio já ficou para trás, permitindo a alta incidência de raios ultravioleta do Sol.

“É um ambiente muito parecido com o encontrado na superfície de Marte”, diz Fabio Rodrigues, co-coordenador da equipe científica do experimento embarcado e pesquisador do Instituto de Química da Universidade de São Paulo (USP).

O experimento embarcado deve expor colôni…

Crateras polares de Ceres estão cheias d’água

POR SALVADOR NOGUEIRA

Bem, não chegaria a ser chocante que um astro batizado em homenagem à deusa da agricultura e da fertilidade esteja cheio d’água em sua superfície — exceto pelo fato de que o astro em questão, o planeta anão Ceres, reside no meio do cinturão de asteroides entre Marte e Júpiter e não tem uma atmosfera apreciável. Dois estudos independentes, baseados nos resultados da sonda Dawn e recém-publicados, indicam que este é mesmo o caso — há grandes quantidades de gelo de água por lá, já nas camadas mais superficiais do solo.

A julgar pela baixa densidade do pequeno objeto, que tem apenas 900 km de diâmetro, já se esperava que um espesso manto em seu interior fosse feito de gelo de água. Mas os resultados obtidos pelo detector de nêutrons e raios gama da Dawn mostram que há expressiva quantidade de água já no primeiro metro de profundidade — provavelmente misturado a silicatos numa proporção média de 10% de gelo para 90% de rocha.

A concentração do hidrogênio é maior nas …

"Ensopado" de ingredientes em rochas marcianas é um bom indicador de habitabilidade

O primeiro plano desta cena captada pela Mastcam do rover Curiosity mostra rochas de tom roxo perto da posição do rover no final de 2016. A distância média inclui destino futuros do rover. As variações na cor das rochas realçam a diversidade de composição na parte inferior do Monte Sharp.
Crédito: NASA/JPL-Caltech/MSSS

O rover Curiosity da NASA está a escalar uma montanha marciana em camadas e a encontrar evidências de como os lagos antigos e ambientes subterrâneos húmidos mudaram, há milhares de milhões de anos atrás, criando ambientes químicos mais diversos que afetaram a sua capacidade para albergar vida microbiana.

A hematita, minerais argilosos e o boro estão entre os ingredientes mais abundantes em camadas monte acima, em comparação com camadas mais velhas e mais baixas examinadas anteriormente na missão. Os cientistas estão a discutir o que estas e outras variações dizem sobre as condições sob as quais os sedimentos foram inicialmente depositados, e sobre como a água subterrân…

Últimas palavras da Rosetta: ciência que desce até um cometa

As "pegadas" das imagens obtidas pela câmara OSIRIS da Rosetta durante a descida até à superfície do cometa. Um dos focos primários foi o poço de nome Deir el-Medina, indicado pelo número de "pegadas" azuis. O rasto de quadrados vermelhos e alaranjados refletem a mudança na orientação da câmara até ao ponto de impacto, subsequentemente apelidado de Sais. A imagem final foi captada a 20 metros da superfície, e o ponto de pouso ficou-se a apenas 33 metros do centro da elipse de aterragem prevista.
Crédito: ESA/Rosetta/MPS para Equipa OSIRIS MPS/UPD/LAM/IAA/SSO/INTA/UPM/DASP/IDA

A sonda Rosetta da ESA completou a sua incrível missão no dia 30 de setembro, recolhendo imagens e dados sem precedentes até ao momento do contacto com a superfície do cometa.

O sinal da Rosetta desapareceu dos ecrãs no controle da missão da ESA às 11:19:37 GMT, confirmando que a nave havia chegado à superfície do Cometa 67P/Churyumov–Gerasimenko, desligando-se cerca de 40 minutos antes e a 72…

UFO observado por tripulação de avião cargueiro

Boeing 737 versão cargueira similar ao que teve um encontro com um UFO na África do Sul

Avistamento aconteceu na segunda-feira passada, e o serviço de controle aéreo foi alertado a respeito

Novamente ficou demonstrado que as melhores e mais frequentes testemunhas da ação de objetos voadores nao identificados em nossos céus são pilotos de aeronaves civis e militares. O mais recente caso aconteceu na África do Sul, com a tripulação de um Boeing 737 cargueiro que voava do Aeroporto Internacional da Cidade do Cabo para o Aeroporto Internacional de Porto Elizabeth.

O capitão e o copiloto a bordo da aeronave informaram ter observado um objeto não identificado de cor verde, que quando emparelhou com a cabine do Boeing passou a subir. O UFO aproximou-se então de nuvens diretamente sobre o avião, a uma altitude de 300 metros. Em seguida o intruso tornou a descer, passando pela aeronave em alta velocidade, em direção à superfície.

O avistamento foi informado ao Controle de Tráfego Aéreo do aer…

Marte: Quinto episódio

Episódio prelúdio de Marte:



Episódios anteriores:





Episódio 5:


FONTE: Canal Mundo Documentário

Novas imagens da sonda Juno em Júpiter deixam cientistas alvoroçados

POR SALVADOR NOGUEIRA

A épica missão Juno realizou mais uma passagem de raspão por Júpiter no último domingo (11), e a boa notícia é que, desta vez, os instrumentos funcionaram todos à perfeição, conforme a espaçonave passou a pouco mais de 4.000 km do topo das nuvens jovianas. Agora, a ótima notícia é que os cientistas ficaram alvoroçados quando foram apresentados a alguns dos resultados, durante reunião da União Geofísica Americana (AGU), em San Francisco, na terça-feira.

“A JunoCam acabou de flagrar os anéis de Júpiter PELO LADO DE DENTRO”, escreveu Simon Porter, pesquisador do Instituto de Pesquisas do Sudoeste (SwRI), direto do encontro científico, via Twitter. “Oohs e aahs audíveis na sala.”

Para não deixar o público agonizando, o JPL (Laboratório de Propulsão a Jato) da Nasa divulgou no fim da noite de terça uma das imagens do encontro, feita quando a Juno estava a 24.600 km do topo das nuvens jovianas. Nela, podemos ver mais de perto uma das “pérolas” do planeta, uma tempesta…

O sombrio futuro do Sol

POR SALVADOR NOGUEIRA

Pode a Terra sobreviver ao Sol? Cientistas estudam estrela moribunda em busca de respostas.

DISTINTO SENHOR
Com 4,6 bilhões de anos, o Sol é hoje uma estrela de meia-idade, e sabemos que não deve durar para sempre. Um dia, em coisa de 5 bilhões de anos, ele esgotará o combustível nuclear que o mantém brilhando e inchará como uma gigante vermelha, mais de cem vezes maior do que é hoje.

MERGULHO FINAL
Esse será um dia ruim para os planetas mais internos do sistema. Mercúrio, Vênus e possivelmente a Terra serão engolfados pela tênue, mas fervente, atmosfera solar, que por sua vez será gradualmente soprada para longe por poderosos ventos gerados na sôfrega fase final de vida de nossa estrela-mãe.

O QUE RESTA
Ao final, uma bela nebulosa será formada, e no lugar do Sol restará um pequeno e comprimido caroço morto, a se esfriar pelos próximos bilhões de anos — uma anã branca. A pergunta que não quer calar: há algum lugar seguro no Sistema Solar? Algum dos nossos planet…

O que aconteceria se um asteroide gigante atingisse o oceano?

70% da superfície da Terra é coberta por água, o que significa que se tivéssemos a infelicidade de um asteroide enorme atingir nosso planeta, teríamos ondas para todos os lados. Uma equipe de cientistas de dados do Laboratório Nacional de Los Alamos (LANL) decidiu realizar uma projeção do que aconteceria se um asteroide atingisse o oceano. Apesar do cenário apocalíptico, os resultados são bem bonitos.

Galen Gisler e sua equipe do LANL utilizaram supercomputadores para visualizar como a energia cinética de um objeto espacial que se move em alta velocidade seria transferida para o oceano durante um impacto. Os resultados, que foram apresentados por Gisler no encontro da União de Geofísica dos Estados Unidos nesta semana, talvez surpreenda um pouco aqueles que acharam que seria algo parecido com o cenário do filme Impacto Profundo. Asteroides são fontes localizadas, e acontece que as ondas geradas por fontes localizadas se atenuam rapidamente, em vez de ficarem cada vez mais fortes.


A m…

Cientistas planejam usar armas nucleares para destruir asteroides perigosos

Se um asteroide enorme atingisse a Terra, a humanidade estaria, em uma palavra, ferrada. Para prevenir que isso aconteça, e com sorte inspirar uma regravação de Armageddon durante o processo, um time de cientistas está explorando a possibilidade de bombardear os asteroides com armas nucleares.

Bombardear asteroides para prevenir o apocalipse parece ficção científica, mas entre os cientistas que trabalham com defesa planetária – campo preocupado em proteger a Terra de objetos letais – essa é uma ideia completamente legítima.

O trabalho da defesa planetária
Numa coletiva de imprensa realizada nesta semana durante o encontro da União de Geofísica dos Estados Unidos, pesquisadores do Laboratório Nacional de Los Alamos e do Goddard Space Flight Center da NASA falaram sobre as melhores saídas para prevenir uma sequência da Extinção do Cretáceo-Paleogeno. Existem apenas duas boas opções: pêndulos cinéticos, que empurram cometas e asteróides ligados à Terra para órbitas mais benignas, e expl…

Raio trator já consegue capturar seres vivos

Imagem da distribuição da informação genética da Escherichia coli manipulada pelo raio trator, cujos raios são invisíveis. [Imagem: Bielefeld University]

Raio trator a laser

Físicos alemães construíram um raio trator óptico, baseado em raios laser, que consegue capturar, puxar e revirar microrganismos vivos, incluindo bactérias, algas e até células humanas.

Enquanto muitos esperam que essa tecnologia permita um dia acabar com o problema do lixo espacial, arrastando os satélites obsoletos para que eles queimem na reentrada na atmosfera de forma controlada, Robin Diekmann e seus colegas da Universidade Bielefeld já estão fazendo uma revolução na microscopia.

Usando o raio trator, a equipe obteve imagens de superresolução do DNA de bactérias individuais. Isto porque o raio trator de luz elimina o problema da manipulação das amostras - colocar as células, sejam bactérias ou glóbulos vermelhos, sobre a placa de vidro, tirando-as de seu ambiente natural, onde elas nadam livremente em uma s…

Caso Varginha e os Homens de Preto

No próximo mês de janeiro de 2017 o caso Varginha completa 21 anos, o mistério e encobrimento ainda seguem, mesmo com tamanhas evidências. A seguir texto decorrendo todo o acontecido da época e expondo outros casos onde os chamados homens de preto, estiverem envolvidos no Brasil.

Alguns meses depois do ocorrido em Varginha , Luísa Helena Silva e suas filhas, Liliane e Valquíria, testemunhas primárias do caso, haviam recebido a visita de quatro homens vestidos de terno escuro, que não quiseram se identificar. O objetivo central desse contato foi simplesmente apresentar uma proposta de suborno à família. Os homens estavam dispostos a pagar o dinheiro que fosse necessário para que as filhas desmentissem o caso, ou seja, que negassem ter avistado a criatura no dia 20 de janeiro. Disseram que voltariam depois para saber a resposta. Informaram ainda que, caso aceitassem, seriam levadas para dar uma entrevista a um canal de televisão fora da cidade, para que desmentissem seus depoimentos an…

Alega-se que várias abduções aconteceram em Roswell

Ilustração (Revista Ufo). A sensação de tempo perdido é comum à maioria das experiências de abdução

Relatos foram recebidos pela MUFON e encontram-se sob investigação

A cidade de Roswell, no Novo México, é um dos principais centros da Ufologia Mundial, especialmente devido ao caso da queda de um UFO nas suas proximidades, em julho de 1947. Porém, várias outras ocorrências menos conhecidas tem acontecido na área, conforme relatos recebidos pela Rede Mútua de UFOs (MUFON), maior grupo de estudo sobre o Fenômeno UFO no mundo. Um estranho caso aconteceu em 08 de agosto de 2015, e a testemunha prefere permanecer anônima.

Essa pessoa alega que um colega de trabalho sofreu uma abdução e pequenos objetos foram encontrados na parte de trás de sua cabeça. O caso causou um sério desentendimento entre as testemunhas e seus colegas, e o abduzido afirma não se lembrar de duas horas, período no qual teria ficado em poder de seus abdutores. Uma visita ao hospital confirmou a existência de pequenos ob…

UFO observado próximo a instalação nuclear britânica

O AWE, instalação nuclear estratégica do Reino Unido

Caso ocorrido em 2004 tem descrição de objeto imenso próximo à instituição estratégica na Grã Bretanha; autoridades não se pronunciaram a respeito

A testemunha do caso não deseja ser identificada e foi chamada somente por ML que, acompanhado por sua esposa, seguia pela Burghfield Road nas proximidades de Church Lane, entre South Wales e Londres. Eles retornavam da casa de sua filha às 06h30, a manhã estava clara e com céu azul, quando ML observou à sua direita um enorme objeto desconhecido flutuando sobre um campo. Ele se distraiu com o avistamento e quase perdeu o controle do carro, que se aproximou da valeta ao lado da via. Sua esposa pediu para que tivesse cuidado e ele então estacionou e pediu que ela olhasse por sua janela (lembrando que na Grã-Bretanha a mão de direção é inversa).

ML perguntou o que a esposa via e ela perguntou o que era aquilo. O marido perguntou: "O que parece?", e a esposa respondeu: "É uma …

Historiador da NASA afirma que provas de inteligência extraterrestre existem

E-mail enviado a John Podesta afirma existirem provas de alienígenas disponíveis

Informação surgiu em mais uma leva de e-mails liberada pelo site Wikileaks; outras mensagens ainda comentam ser frequentes detecções de UFOs se movendo rapidamente, vindos do espaço profundo

Em mais uma série de e-mails de importantes personalidades e membros do governo norte-americano, tornados públicos pelo site Wikileaks, surgiram novas menções a visitas alienígenas. As mensagens usam o termo "Fastwalker UFOs", que seria utilizado pelo Comando de Defesa Aeroespacial Norte-Americano (Norad), além de outras instituições das Forças Armadas, para descrever objetos não identificados que se movem e realizam manobras em altíssimas velocidades, muito além do possível com nossas tecnologias atuais.

Um dos e-mails tem a data de 06 de março de 2015 e foi mandado para John Podesta, que chefiou a campanha derrotada de Hillary Clinton à Presidência dos Estados Unidos. O autor da mensagem é Bob Fish, histo…

Avião solar vai voar até a estratosfera

O SolarStratos é projetado para alcançar até 25.000 metros de altitude (Divulgação)

Em desenvolvimento na Suíça, SolarStratos quer provar a eficiência da tecnologia comparado ao combustível fóssil

A Suíça está se tornando a capital mundial dos aviões movidos a energia solar. Poucos meses após dois pilotos suíços terem completado a volta ao mundo com o Solar Impulse 2, outro aventureiro do país apresentou desta vez um avião solar concebido para voar até a estratosfera (até 50 mil metros de altitude). O novo projeto atende pelo nome SolarStratos.

A aeronave é um planador motorizado, no caso com propulsor elétrico. A energia é captada pelos 22 metros quadrados de painéis solares espalhados pelas superfícies do avião. “Nosso objetivo é demonstrar que a tecnologia atual nos oferece a possibilidade de fazer o mesmo ou ir além do que os combustíveis fósseis oferecem”, afirmou Raphael Domjan, um dos diretores da SolarXplorers, empresa responsável pelo projeto, e piloto de testes do avião sol…

Livro conta a história dos astrônomos que deram início à exploração solar

(ILUSTRAÇÃO: BÁRBARA MALAGOLI)

Astrofísico dedicou cinco anos de sua vida aos estudos solares dos séculos 18 e 19

Jornalista e astrofísico, Stuart Clark passou cinco anos de sua vida cortejando os reis do Sol. Durante o período, pesquisou sobre os astrônomos europeus pioneiros nos estudos solares dos séculos 18 e 19, principalmente o britânico Richard Carrington. Clark fala sobre seu livro recém-lançado no Brasil, Os Reis do Sol (Editora Record).

Houve algum fato em particular que tenha descoberto durante a pesquisa que o intrigou muito?
Em uma carta particularmente pungente, Carrington lamentava que tempos difíceis poderiam forçá-lo a vender seu observatório: estava tão claramente aflito que minha vontade era voltar pelos séculos e confortá-lo como a um amigo.

Como os Reis do Sol deram à luz a astronomia moderna?
Antes, a astronomia apenas mapeava as estrelas para a navegação. A tempestade solar gigante de 1859 fez os astrônomos quererem entender a natureza dos astros, em vez de só …

Chip para telescópios mostra claramente planetas alienígenas

Detalhe do chip, que será testado no Observatório Nacional Australiano.[Imagem: Stuart Hay/ANU]

Chip óptico

Um novo chip óptico desenvolvido especialmente para ser usado em telescópios vai permitir aos astrônomos obterem uma visão clara de exoplanetas que possam abrigar vida, aqueles na chamada zona habitável de suas estrelas.

Observar diretamente os exoplanetas é essencial para estudar suas atmosferas, em busca de sinais biológicos. Mas é muito difícil enxergar qualquer coisa que não emita luz e que esteja ao lado de uma estrela porque a luz da estrela ofusca tudo.

O que o novo chip faz é remover a luz da estrela hospedeira, permitindo obter uma imagem clara dos planetas ao seu redor.

Ele funciona de forma semelhante aos fones de ouvido dotados de cancelamento de ruído, só que trabalha com luz, em vez de som.

Interferômetro

O chip é essencialmente um interferômetro que detecta a luz da estrela e gera ondas de luz opostas, de forma a cancelar a luz da estrela quando o sistema é obser…