Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro 10, 2019

Fenômenos paranormais: fantasmas no banco? (Curiosidades 02)

Caro leitor virtual, eu não sei se você acredita nestes fenômenos paranormais, mas as ocorrências extraordinárias que descreverei a seguir neste artigo são o resultado de um trabalho de entrevistas e investigações que realizei por um período de cerca de um mês no prédio do Banco do Brasil, localizado na Rua Libero Badaró, no centro de São Paulo, mais conhecido como Complexo São João e no prédio da antiga CACEX. A coleta de depoimentos foi realizada com diversas testemunhas oculares: funcionários do BB, bombeiros, vigilantes e servidores de empresa de manutenção, cantina e limpeza dos prédios envolvidos. Abordarei os fatos que ocorreram em diversas épocas, procurando fornecer o máximo de detalhes para os leitores tirarem as suas próprias conclusões.

LINK PARA DOWNLOAD:
-EM BREVE-



FONTE: Enigmas e Mistérios

Veja também:

Óvni na pré-história da Índia? (Curiosidades 01)

Sonda MAVEN vai diminuir a sua órbita em preparação para o rover 2020 da NASA

Ilustração da sonda MAVEN e do limbo de Marte.
Crédito: Centro de Voo Espacial Goddard da NASA

A missão MAVEN (Mars Atmosphere and Volatile Evolution) da NASA, já com 4 anos, está a embarcar numa nova campanha para apertar a sua órbita em torno de Marte. A operação vai reduzir o ponto mais alto da órbita elíptica da sonda de 6200 para 4500 km acima da superfície e prepará-la para assumir a responsabilidade adicional de servir como satélite de retransmissão de dados para o rover Mars 2020 da NASA, que será lançado no ano que vem.

"A sonda MAVEN fez um trabalho fenomenal, ensinando-nos como Marte perdeu a sua atmosfera e fornecendo-nos outras informações científicas importantes sobre a evolução do clima marciano," disse Jim Watzin, diretor do programa de Exploração de Marte da NASA. "Agora estamos recrutando-a para ajudar a NASA a comunicar com o nosso próximo rover marciano e com os seus sucessores."

Embora a nova órbita da MAVEN não seja drasticamente mais pequena…

Novo estudo sugere a possibilidade de vulcanismo subterrâneo recente em Marte

O polo sul de Marte. Um novo estudo publicado na Geophysical Research Letters argumenta que é necessária uma fonte subterrânea de calor para a água líquida existir por baixo da calote polar.
Crédito: NASA

Um estudo publicado o ano passado na revista Science sugere que a água líquida está presente por baixo da calota polar sul de Marte. Agora, um novo estudo publicado na revista Geophysical Research Letters, da União Geofísica Americana, argumenta que é necessário que exista uma fonte subterrânea de calor para a água líquida existir sob a calote polar.

A nova investigação não toma posição no que toca à existência de água líquida. Ao invés, os autores sugerem que atividade magmática recente - a formação de uma câmara de magma nas últimas centenas de milhares de anos - deve ter ocorrido sob a superfície de Marte para que haja calor suficiente para produzir água líquida abaixo da espessa camada gelada com quilômetro e meio. Por outro lado, os autores do estudo argumentam que se não tiver…

NASA revela novos resultados de estudo com astronautas gêmeos

OS ASTRONAUTAS GÊMEOS MARK E SCOTT KELLY (FOTO: NASA/ROBERT MARKOWITZ/WIKIMEDIA COMMONS)

Dados apontam que viagens espaciais podem alterar expressão génica e acelerar o sistema imunológico

Voos espaciais longos podem ocasionar fenômenos estranhos no corpo humano, mas não há razão para acreditar que as pessoas não poderiam sobreviver a uma viagem de ida e volta de dois anos e meio até Marte. Essa foi a mensagem de um oficial da NASA, que revelou mais resultados do "estudo de gêmeos" – que examinou as mudanças fisiológicas do astronauta Scott Kelly durante sua estada no espaço enquanto seu irmão gêmeo, Mark Kelly, ficou na Terra.

O relatório completo ainda não foi publicado, mas a NASA divulgou algumas informações em uma coletiva de imprensa na reunião anual da Associação Americana para o Avanço da Ciência, realizada na sexta-feira (15), nos Estados Unidos.

Entre os destaques está o exame de sangue de Scott Kelly, que mostrou que seu sistema imunológico acelerou rapidamente…

China tem planos de construir estação de energia solar no espaço

Painéis vão captar a luz do Sol e transmitir eletricidade para uma instalação terrestre na forma de ondas ou laser

A Academia de Tecnologia Espacial da China está trabalhando em um projeto de construção de uma usina espacial que será capaz de captar energia do Sol para enviá-la para a Terra.

A intenção é conseguir aproveitar a energia solar mesmo quando estiver nublado no planeta terrestre, visto que a matriz fotovoltaica da estação ficará fora da atmosfera da Terra.

Os chineses esperam realizar testes antes de 2025. Este programa mostra que o país está comprometido com seu esforço para usar mais energia renovável, além de assumir uma posição entre os líderes globais de exploração astronômica.

Os cientistas ainda estão analisando como irão trazer a energia do espaço para a Terra. De acordo com o jornal The Sydney Morning Herald, uma das ideias é ter painéis captando a luz solar e, sem seguida, transmitir eletricidade para uma instalação terrestre na forma de ondas ou laser.

Se o …

Existe uma biologia universal que possa explicar vida alienígena?

Representação da rede bioquímica global. Este gráfico representa a bioquímica da biosfera, dos ecossistemas e dos organismos individuais, como moléculas conectadas que participam de reações compartilhadas, revelando que várias leis de escala são comuns em diferentes níveis de organização biológica.[Imagem: Hyunju Kim]

Biologia universal

Quando pensamos na vida na Terra, podemos pensar em exemplos individuais que variam de bactérias a elefantes.

Quando os astrobiólogos estudam a vida, no entanto, eles precisam considerar não apenas os organismos individuais, mas também os ecossistemas e a biosfera como um todo, para se preparar para vidas como não conhecemos, incluindo tipos de vidas exóticas, como uma vida à base de silício, por exemplo.

Na astrobiologia, há um interesse crescente em saber se a vida como a conhecemos é uma peculiaridade da história evolutiva particular da Terra ou, ao contrário, se a vida pode ser governada por princípios organizadores mais gerais.

Se existirem princ…

Gaia determina novos parâmetros para colisão entre Via Láctea e Andrômeda

As trajetórias orbitais futuras de três galáxias espirais: a nossa Via Láctea (azul), Andrômeda, também conhecida como M31 (vermelho), e a Galáxia do Triângulo, também conhecida como M33 (verde).
O círculo indica a posição atual de cada galáxia, e as suas trajetórias futuras foram calculadas usando dados da segunda versão do catálogo Gaia da ESA. A imagem da Via Láctea é uma impressão de artista, enquanto as imagens de M31 e M33 têm por base dados do Gaia.
As setas ao longo dos percursos indicam a direção estimada para o movimento e posições das galáxias, 2,5 bilhões de anos para o futuro, enquanto as cruzes assinalam a sua posição estimada daqui a mais ou menos 4,5 bilhões de anos.
Daqui a aproximadamente 4,5 bilhões de anos, a Via Láctea e Andrômeda vão fazer a sua primeira passagem rasante uma pela outra a uma distância de aproximadamente 400.000 anos-luz. As galáxias vão então continuar a mover-se cada vez mais perto uma da outra e eventualmente fundir-se para formar uma galáxia …

Disco ao redor de estrela jovem está "polvilhado com sal"

Ilustração de Orion Source I, uma jovem estrela massiva a cerca de 1500 anos-luz. Novas observações do ALMA detetaram um anel de sal - cloreto de sódio, o comum sal de mesa - em redor de estrela. Esta é a primeira deteção de sais de qualquer tipo associada a uma estrela jovem. A região azul (a cerca de 1/3 do percurso até ao exterior, partindo do centro do disco) representa a região onde o ALMA detetou o "brilho" no comprimento de onda milimétrico dos sais.
Crédito: NRAO/AUI/NSF; S. Dagnello

Uma equipa de astrônomos e químicos, com recurso ao ALMA (Atacama Large Millimeter/submillimeter Array), detetou as "impressões digitais" químicas de cloreto de sódio (NaCl) e outros elementos salgados semelhantes emanados do disco empoeirado que rodeia Orion Source I, uma jovem estrela massiva situada numa nuvem de poeira por trás da Nebulosa de Orion.

"É incrível termos conseguido ver estas moléculas," comenta Adam Ginsburg, membro do NRAO (National Radio Astronomy…

Ondas gravitacionais: Qual a importância de detector de buracos negros que ganhará ‘upgrade’ milionário

O laboratório LIGO Louisiana que detectou ondas gravitacionais está à espera de atualização

Pallab Ghosh
Correspondente de Ciência da BBC News em Washington

Os governos do Reino Unido e dos Estados Unidos investirão 25 milhões de libras (aproximadamente R$ 120 milhões) para dar um 'upgrade' nas máquinas que, em 2015, fizeram a primeira detecção de ondas gravitacionais da história.

A atualização dos aparelhos permitirá que eles detectem colisões de buracos negros quase duas vezes mais distantes.

Até 2024, eles devem ser capazes de observar em detalhes como nunca antes mais de três eventos cataclísmicos do tipo todos os dias.

Os detalhes foram anunciados em reunião da Associação Americana para o Avanço da Ciência, em Washington.

Parte da equipe à frente do projeto, a professora Sheila Rowan, da Universidade de Glasgow, disse que esse upgrade ajudará a entender mais sobre gravidade, buracos negros e estrelas de nêutrons.

"Temos aprendido bastante com as 10 colisões de burac…

Como evitar que hackers 'invadam' seu cérebro no futuro

Tecnologias futuras podem deixar nossas memórias mais acessíveis – e até controláveis

Pablo Uchôa
Do Serviço Mundial da BBC

Imagine ser capaz de navegar por suas memórias como se fosse em uma linha do tempo do Facebook, revivendo em nítidos detalhes seus momentos favoritos da vida e guardando os mais queridos.

Agora imagine uma versão distópica do mesmo futuro, no qual hackers roubam essas memórias e ameaçam apagá-las se você não pagar um resgate.

Pode soar longe da realidade, mas o cenário não é tão impossível quanto parece.

Abrindo a cabeça

Avanços no campo da neurotecnologia nos deixaram mais próximos da possibilidade de melhorar e turbinar nossas memórias, e em algumas décadas poderemos também ser capazes de manipulá-las e reescrevê-las.

A tecnologia que provavelmente nos permitirá esses feitos é a dos implantes cerebrais, que estão rapidamente se tornando ferramentas comuns para os neurocirurgiões.

Os implantes produzem a chamada estimulação profunda no cérebro, a DBS (da sigla …

Matemáticos criam Inteligência Artificial capaz de dormir e sonhar

PROCESSO DO SONO EM INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL É SEMELHANTE AO DO CÉREBRO HUMANO (FOTO: FLICKR/MIKE MAKENZIE/CREATIVE COMMONS)

Descanso de redes neurais artificiais permite armazenamento de informações mais importantes e descarte de memórias desnecessárias

Pesquisadores da Itália desenvolveram uma Inteligência Artificial (IA) cujo desempenho aumenta ao "dormir" e "sonhar". Nos humanos, estudos mostram que o sono tem vários benefícios, como manter o cérebro saudável, permitindo que os neurônios removam conexões sinápticas desnecessárias. O processo, chamado homeostase sináptica, impede que o cérebro seja invadido por memórias inúteis. É possível que ajude a melhorar o desempenho cognitivo, enquanto os sonhos permitem processar as memórias.

Algo semelhante pode estar ocorrendo em redes neurais artificiais (RNAs), as quais não adormecem. Matemáticos italianos programaram um tipo de RNA chamado Redes de Hopfield para a IA poder dormir. "Inspirado em mecanismos de so…

Por onde passaram os dossiês de Ovnis da FAB? (Pesquisas 04)

A Aeronáutica pesquisou OVNIs ao longo de sua história? Estes arquivos oficiais eram guardados em que local?

O IV COMAR, em São Paulo - SP teve um arquivo de pesquisas realizadas por um órgão criado para este fim? O COMDABRA possuiu estes arquivos em algum momento da sua história?

Este programa contará a trajetória destes dossiês oficiais até a sua parcial disponibilização no COREG, Arquivo Nacional, em Brasília - DF, em 2009.

Sistema SIAN do Arquivo Nacional:

http://sian.an.gov.br/



FONTE: Enigmas e Mistérios

Veja também:

Pesquisa: mistério dos garfos entortados (01)

Queda de óvni em Cubatão - SP (Pesquisas 02)

Arquivo "X" Brasileiro: Caso Pedro de Toledo (Pesquisas 03)

Conheça os exoplanetas da galáxia com novas ferramentas da Nasa

Tour 360 graus na superfície, novo pôster turístico vintage e muito mais: embarque em uma aventura guiada pela Nasa pelos mundos conhecidos da Via Láctea (NASA/JPL-Caltech/NASA)

Por A. J. Oliveira

Quem nunca se pegou sonhando em pular à bordo de uma espaçonave (ou disco voador) e sair pelas estrelas conhecendo as maravilhas do universo? Ainda estamos um pouco distantes de ter as futurísticas tecnologias necessárias para realizar viagens interestelares, mas temos a arte, a computação gráfica e, acima de tudo, nossa imaginação — que nos leva bem mais longe que a Millennium Falcon. Juntando tudo isso, a Nasa lançou novas ferramentas maravilhosas para quem deseja conhecer melhor os destinos de nossa galáxia.

Já são quase 4 mil exoplanetas catalogados no arquivo da agência espacial americana, considerado pelos cientistas planetários como a base de dados oficial da área. Todos esses milhares de mundos que estão para além do Sistema Solar fazem parte do incrível Eyes on Exoplanet 2.0, conju…

Nova missão da Nasa vai explorar as origens da vida e do Universo

A SPHEREx vai monitorar centenas de milhões de estrelas e galáxias para investigar os ingredientes da vida nos sistemas planetários da Via Láctea (Caltech/NASA)

Por André Oliveira

No mesmo dia em que decretou o fim da missão Opportunity, que mudou completamente tudo aquilo sabemos sobre Marte, a Nasa anunciou uma nova missão — desta vez com os olhos voltados para o horizonte cósmico. Batizada de SPHEREx, lidará com nada menos que algumas da maiores questões existenciais da humanidade. Seu objetivo principal será desvendar os detalhes por trás da evolução do Universo e procurar os ingredientes básicos da vida como a conhecemos pelos sistemas planetários de nossa galáxia.

Obter novas descobertas científicas sobre esse tipo de questão não é nada fácil. Para armar os astrônomos com a quantidade de dados que precisam para escrutinar o cosmos, a SPHEREx irá coletar informações a respeito de 100 milhões de estrelas em nossa galáxia e de 300 milhões de galáxias no Universo, próximas e dista…

Cientistas brasileiros ajudarão a montar telescópio solar para a EEI

ESTAÇÃO ESPACIAL INTERNACIONAL (EEI) (FOTO: PIXABAY/WIKILIMAGES/CREATIVE COMMONS)

Pesquisadores do Mackenzie vão colaborar com instituto russo na construção de um experimento para monitorar a atividade do Sol na Estação Espacial Internacional

Durante os dias aqui na superfície da Terra, a visão do Sol como uma pequena e distante esfera de fogo ardendo no céu costuma transmitir uma visão enganosa. Podemos pensar que os fenômenos e processos que ocorrem no interior de nossa estrela-mãe pouco ou nada significam para as nossas vidas cotidianas. Não poderíamos estar mais enganados.

Entender melhor as nuances da atividade solar e desvendar como ela interfere em nosso planeta é o cerne dos estudos sobre o clima espacial, um fascinante campo multidisciplinar que agrega principalmente a física solar, geofísica e as ciências climáticas. "A importância de entendê-lo certamente será incrementada nos anos a vir, muito setores econômicos já estão e estarão ainda mais interessados nessas pesqu…

Curiosity tira foto de despedida daquele que foi seu local de trabalho em Marte no último ano

Por George Dvorsky

O terreno sinuoso da Cordilheira Vera Rubin, em Marte, abriga a Curiosity da NASA há mais de um ano, mas é hora de o rover seguir em frente. Como um gesto final antes de caminhar em direção a uma região próxima rica em argila, a sonda capturou um impressionante panorama de 360 ​​graus de seu local de trabalho final do alto de um dos montes.

Juntamente com a sonda InSight da NASA, a Curiosity é agora uma das duas únicas sondas funcionais na superfície marciana. O Opportunity está incomunicável desde que uma enorme tempestade de poeira envolveu o planeta no verão passado e o deixou fora de serviço, possivelmente para sempre. A Curiosity, que vem explorando a superfície marciana desde 2012, continua a rodar, apesar das rodas muito desgastadas, uma broca que exigiu alguns testes sérios no ano passado para voltar a funcionar e uma falha de memória que limitou suas capacidades.

A Curiosity está na Cratera de Gale, onde está explorando minerais ricos em ferro na Cordilhei…

China lança seu primeiro blockbuster de ficção científica – veja o trailer

Com orçamento de US$ 48 milhões, "The Wandering Earth" mostra um plano pra lá de criativo para evitar que a Terra seja engolida pelo Sol (The Wandering Earth/Divulgação)

A segunda maior economia do mundo quer entrar de vez em mais um mercado: o do entretenimento. No último dia 5 de fevereiro, estreou na China o longa The Wandering Earth, uma ficção científica que pretende bater de frente com os grandes blockbusters dos EUA.

O filme é baseado em um conto homônimo escrito por Liu Cixin, um dos principais escritores chineses do gênero, e se passa em um futuro distante, no qual os cientistas descobrem que o Sol está morrendo e a humanidade precisa achar um jeito de sobreviver.

Na trama, o Sol está nas últimas (algo que, na vida real, vai demorar cerca de 4,5 bilhões de anos para acontecer). O estoque de hidrogênio em seu núcleo, sua principal fonte de energia, está quase no fim, o que faz com que a estrela cresça antes de apagar de vez, engolindo tudo o que vê pela frente – in…

A Opportunity provavelmente morreu em Marte, e estes cientistas quiseram dar seu adeus à sonda

Por Ryan F. Mandelbaum

Uma brutal tempestade de poeira engoliu Marte no ano passado. A tempestade que afetou todo o planeta poupou a sonda Curiosity, movida a energia nuclear, mas a Opportunity, mais antiga e movida a energia solar, se desligou quando a poeira espessa bloqueou a luz do Sol. A Opportunity está em silêncio desde 10 de junho de 2018, apesar das centenas de tentativas da NASA de contatá-la. Quando uma temporada de ventos em Marte começou em novembro, os cientistas esperavam que as rajadas de vento pudessem limpar os detritos de seus painéis solares, mas essa esperança parece ter sido em vão. A NASA continua enviando comandos de recuperação, mas, infelizmente, parece que a missão Opportunity chegou ao fim.

Ao mesmo tempo, 2019 representa um marco histórico para o rover, que atingiu oficialmente seu 15º ano em Marte no dia 25 de janeiro. Isso excede em muito a expectativa de vida inicial, de 90 dias. Junto com o rover Spirit, cujo fim veio em 2010, a missão Mars Exploratio…