Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Novembro 4, 2012

Arquivo Ovni: Contato Imediato em Joinville, Santa Catarina

O caso em questão foi pesquisado na década de 70, pelo ufólogo curitibano Carlos Alberto Varasin. Publicado em boletim próprio e pelo boletim da SBEDV, chama a atenção por se tratar de um caso sui generis no tocante a morfologia dos tripulantes de um OVNI. Ele também vale ser destacado pelo pioneirismo de Carlos Varassin em viajar a outra cidade procurando registrar um caso que até hoje ainda deixa os anais da ufologia de cabelo em pé. O relato a seguir é a compilação do conteúdo publicado no Boletim da Sociedade Brasileira de Estudos dos Discos Voadores nº 94/98 de setembro de 1973 a junho de 1974, páginas 41 a 44. As fotografias coloridas bem como o desenho da testemunha que é inédito, foram concedidas pelo próprio pesquisador ora aposentado e pertenciam aos arquivos de Antonio Zotto, outro pesquisador já falecido que era membro do mesmo grupo de pesquisas de Carlos Alberto Varassim. Temos certeza que o caso agradará os leitores.

Introdução
No caso em epígrafe (Vila Baumer), o que …

Novo Ovni sobre a crátera do vulcão Popocatépetl, México

No dia 8 de novembro (2012), ás 5:44 a.m., a câmera da rede de tv Televisa que se encontra no Cerro Altzomoni, gravou um objeto não identificado sobrevoando a grande velocidade e em linha reta diagonal sobre a crátera do vulcão Popocatépetl. O vídeo demosntra como o objeto voador passa enfrente a fumaça que sai da crátera, nenhum radar da área detectou a presença do mesmo, se descarta a possibilidade de que seja um avão ou helicóptero. Este vídeo foi apresentado no noticioso Primero Noticias e no Matutino Express.



FONTE: http://www.tercermilenio.tv

Telescópios captam nova imagem de conjunto de estrelas a 5 mil anos-luz

Cygnus OB2 é um aglomerado de estrelas jovens que fica a 5 mil anos-luz da Terra (Foto: Nasa/Divulgação)

Dois telescópios espaciais e um terrestre combinaram dados para formar uma nova imagem de um aglomerado com mais de mil estrelas jovens chamado Cygnus OB2, a 5 mil anos-luz de distância da Terra.
Só o telescópio Chandra, da agência espacial americana (Nasa), detectou 1.700 fontes de raios X, das quais 1.450 são provavelmente estrelas nesse aglomerado.
As imagens do Chandra são as que aparecem em azul e foram mescladas com informações infravermelhas do telescópio espacial Spitzer (em vermelho) e dados ópticos (em laranja) do instrumento terrestre Isaac Newton, que fica na ilha canária de La Palma.


FONTE: G1.COM

Astronomos acham ‘superterra’ em área habitável do espaço

Representação artística mostra o planeta, que tem sete vezes a massa da Terra.

Uma equipe de astrônomos de vários países encontrou uma "superterra", um planeta que pode ter um clima parecido com o da Terra e com potencial para ser habitado, a apenas 42 anos-luz de distância.

O planeta orbita em volta da estrela HD 40307. Anteriormente, sabia-se que três planetas orbitavam em volta desta estrela, todos eles próximos demais para permitir a existência de água.

Mas, outros três planetas foram encontrados em volta da HD 40307, entre eles a "superterra", que tem sete vezes a massa da Terra e está localizada na área habitável do sistema, onde a água líquida pode existir.
O planeta, batizado de HD 40307g, tem a órbita mais externa entre os seis em volta da estrela e percorre esta órbita em um tempo equivalente a 200 dias terrestres.
E, o mais importante, os cientistas acreditam que o planeta gira em torno de seu próprio eixo, o que gera o efeito de dia e noite. Com isso, au…

Feita de míssil nazista, 1ª foto no espaço completa 66 anos

Em 1946, militares e cientistas americanos acoplaram uma câmera a um foguete V-2 e fizeram a primeira imagem da Terra a partir do espaço

A centenas de quilômetros de altitude, em 1961, o astronauta russo Yuri Gagarin se tornou o homem que, até então, mais longe havia chegado. Quando vislumbrou de cima o nosso planeta, porém, só pensou na beleza do que observava. "A Terra é azul" foi a frase que mais marcou a aventura. Apesar do pioneirismo, a imagem que o astronauta viu não foi uma surpresa completa, já que a primeira fotografia feita no espaço foi tirada bem antes, em 24 de outubro de 1946. Dela, não se podia, no entanto, elogiar as cores, já que era em tons de cinza, granulada e pouco nítida.

O registro fotográfico ocorreu quando um grupo de militares e cientistas da base de White Sands, no Novo México, lançou uma câmera de filmagem de 35 mm, acoplada a um míssil alemão V-2 - capturado na Segunda Guerra Mundial -, a de pouco mais de 100 km de altitude - o que já é consider…

Estranho animal estaria atacando em Jaibaras, Distrito de Sobral (Ceará)

Em Jaibaras, Distrito de Sobral, os moradores estão com medo de uma criatura que vem atacando alguns animais da região. De acordo com testemunhas, o "bicho"seria um ser metade homem, metade cachorro.



FONTE: jangadeiroonline

Meteoritos podem ter atingido casas em Sorocaba, SP

Telhado de casas tiveram buracos abertos misteriosamente.
Polícia foi chamada, mas nada foi identificado.

Um fato deixou alguns moradores do bairro Vila Lucy, em Sorocaba (SP), curiosos e preocupados no início da tarde desta terça-feira (6). É que cinco buracos foram abertos no telhado de quatro casas do bairro de forma misteriosa.
A moradora de uma das casas, Bruna Assaf, conta que chegou em casa para almoçar, por volta de 13h, e viu sua mãe assustada. “Ela disse que ouviu um barulho forte no telhado. Achou que alguém estivesse em cima da casa e chamou a polícia”, relata.
Os policiais chegaram e fizeram uma vistoria pela região, mas nada foi encontrado. “Assim que eles [policiais] chegaram, nós subimos no telhado e vimos algo muito curioso. Os cinco buracos no telhado. E eles estavam alinhados. Parecia que um meteorito caiu em nossas casas”, comenta Bruna.

O soldado da Polícia Miliar, Jefferson Aparecido Felix, esteve no local e conta que não encontrou indícios de possível tentativa …

Um dos casos mais intrigantes da ufologia italiana: O Encontro de Rosa Dainelli

Caso de aterrissagem e contato com tripulantes ocorrido em um pequeno vilarejo da região da Toscana, na Itália, em 1º de novembro de 1954.

No dia 1º de novembro de 1954, entre 7:30 e 8 horas das manhã, Rosa Lotti Daineli, uma camponesa da região da Toscana, na Itália, foi protagonista de um contato imediato com tripulantes de um OVNI.

Na ocasião do contato, Rosa morava em uma casinha no meio de um bosque a aproximadamente 2 quilômetros do vilarejo de Cennina, próximo à Bucine. Era uma região isolada, na época. As estradas locais não eram asfaltadas e os meios de comunicação eram ainda precários.

O dia 1º de novembro era feriado e Rosa se dirigia à Igreja de Cennina para a missa das oito horas. Havia chovido e as estradas estavam enlameadas. Rosa tirou os sapatos e segui descalça, segurando os sapatos e as meias com uma mão e um ramalhete de flores com a outra. Por volta das 7:30 Rosa avistou um estranho objeto pousado no meio do bosque. Tinha a forma de dois fusos, um encima do outro.

Memórias da ufologia: Alienígenas Agressivos em Caracas, Venezuela

Importante caso da década de 1950 caracterizado por um ataque por parte de tripulantes de OVNIs ocorrido em Caracas, em 28 de novembro de 1954

Por volta das 2 horas da manhã de 28 de novembro de 1954, José Ponce e Gustavo Gonzales dirigiam-se para um mercado da região de Petare, em Caracas, Venezuela. Pouco antes de chegar à seu destino eles foram obrigados a parar o caminhão em que estavam devido à presença de um objeto que bloqueava a rua. O objeto tinha formato esférico e estava a aproximadamente 2 metros de altura. Gonzales resolveu investigar e quando aproximava-se da esfera luminosa foi abordado por um ser peludo de aproximadamente 1 metro de altura. Os olhos desta estranha criatura refletiam luminosidade, à semelhança dos olhos de felinos terrestres.

Gonzales tentou agarrar a estranha criatura mas recebeu um violento empurrão. Enquanto a criatura se aproximava para um novo golpe Gonzales observou grandes garras que saiam de suas mãos. Gonzales sacou uma faca e tentou golpear o …

Cientistas querem testar se vivemos em uma Matrix

A arte que imita a vida

Todos os fãs da trilogia Matrix sempre se questionaram se seria realmente possível que fôssemos uma espécie de "agentes de software" da vida real.

Ou se o que chamamos de "vida real" não seria de fato uma "vida virtual" fundada em uma outra realidade à qual não temos acesso direto.

Agora esta questão está sendo levada a sério pelos cientistas, que estão propondo um teste para sabermos se estamos ou não vivendo em uma simulação computadorizada.

A ideia, proposta por uma equipe da Universidade de Bonn, na Alemanha, parece ir bem mais longe do que outro conceito mais em voga, de que nosso Universo pode ser um gigantesco holograma.

Segundo eles, mesmo nossos deuses-programadores devem ter à disposição uma capacidade de processamento limitada e, sobretudo, devem cometer erros de programação.

E essas imperfeições devem criar erros na simulação que nós podemos ser capazes de detectar.

Simulações realísticas

As simulações computadorizadas …

Telescópio Hubble capta aglomerado de estrelas a 25 mil anos-luz da Terra

Hubble registrou concentração de astros com idade de 10 bilhões anos.
Interior do aglomerado mostra estrelas de diversas cores.

A agência espacial americana (Nasa) divulgou uma imagem feita pelo telescópio Hubble do centro do aglomerado globular de estrelas NGC 6362, localizado a 25 mil anos-luz da Terra, com uma grande diversidade de astros com diferentes cores.
A imagem foi feita através de uma combinação de imagens ultravioleta, visuais e infravermelhas.

Os aglomerados globulares são um conjunto de estrelas muito velhas, com idade média de 10 bilhões de anos, e abrigam centenas de milhares de corpos celestes. Segundo a Nasa, atualmente os cientistas conhecem pouco mais de 150 aglomerados como o NGC 6362 na Via Láctea.

FONTE: G1.COM