Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Agosto 5, 2012

Quasicristais são 'extraterrestres', dizem pesquisadores

Modelo atômico de um quasicristal (AFP)

Formação sólida semelhante aos cristais chegaram na Terra 'de carona' com um meteorito do início da formação do Sistema Solar

Eles tiveram sua forma negada pela comunidade científica por quase 30 anos. Agora, a procedência também entra em debate ao serem classificados como de origem “extraterrestre”. São os quasicristais que estão em foco, de novo, no meio científico.

Em um artigo do periódico científico Reports on Progress in Physics, uma publicação da IOP (Instituto de Física, na sigla em inglês), os físicos Paul J. Steinhardt e Luca Bindi relatam suas conclusões após uma longa expedição à Rússia em busca da fonte natural deste sólido.

Os cientistas defendem a tese de que na Terra não há condições físicas para a formação desses materiais e que eles chegaram “de carona” em um meteorito no período glacial, há quinze mil anos.

Fora do padrão - Os quasicristais foram observados pela primeira vez em 1982 pelo físico israelense Daniel Shech…

E disse Jesus Cristo: Vós sois Deuses..., alguém duvida?

Uma equipe de bioengenheiros tem tomado as células do coração de um rato e usado para criar uma geleia-frankenstein. Para criar a criatura, os cientistas despuseram as células do coração do rato em um pedaço de silício de borracha e aplicaram uma carga elétrica.

A água-viva se movem como uma real, cada bombeamento de água dentro e fora de seu corpo enquanto nada ao redor. Espera-se que a pesquisa ajudará a avançar no campo de corações artificiais e outros órgãos.

Engenheiros biológicos Kevin Kit Parker e John Dabiri planejavam "copiar a natureza" quando começaram a construir a água-viva e o lema parece ter funcionado. "Alguns engenheiros constroem coisas fora do cobre, concreto e aço – vamos construir coisas para fora das células", disse Parker.

Como resultado das experiências, o material criado é resistente mas flexível, bem como a água-viva em si.



FONTE: CIENCIA

Maior imagem já feita do Universo agora é 3D

Ilustração do conceito usado pelos astrônomos, chamado oscilações acústicas bariônicas, que estariam impressas no Universo primordial e que ainda podem ser detectadas hoje. [Imagem: Chris Blake /Sam Moorfield/SDSIII]

Distância e tempo

Astrônomos construíram o maior mapa 3D do Universo, incluindo galáxias e buracos negros distantes.

Como os astrônomos equivalem a distância dos objetos celestes em relação à Terra - medida em anos-luz - à sua idade desde o Big Bang - medida em anos -, o mapa representaria então a história dos últimos 7 bilhões de anos do Universo, segundo o entendimento atual da cosmologia.

Em Janeiro do ano passado, a equipe do projeto SDSS (Sloan Digital Sky Survey) havia liberado a maior imagem já feita do Universo.

Agora eles divulgaram a nona versão do seu trabalho (Data Release 9), já com a primeira etapa da expansão do mapa para sua planejada forma 3D final.

O mapa 3D do Universo contém 1,5 milhão de galáxias massivas e 160.000 quasares - ou buracos negros.

O mape…

Planetas Terra, Jupiter e Venus vistos desde o céu marciano

Curiosity envia imagens de Marte e jipe-robô ganha até perfil nas redes sociais

Missão em busca de indícios de vida em Marte está sendo documentada em imagens divulgadas diariamente pela Nasa, e até no mundo virtual o Curiosity ganhou vida Imagem de Curiosity em 360° é chamada pela Nasa de autoretrato à la Picasso ( NASA/JPL-Caltech) O jipe-robô Curiosity, da Nasa (agência espacial americana), que pousou em Marte nesta semana, está documentando a missão no planeta vermelho com imagens em alta resolução, panorâmicas e até 3D. Ele já ganhou um perfil na rede social Facebook e outro no Twitter, onde a equipe da Nasa publica as novidades da missão como se fosse o próprio Curiosity relatando a aventura em primeira pessoa.  O robô está equipado com câmeras localizadas na “cabeça”, ou mastro. Em uma das imagens em alta resolução, divulgada em preto e branco, é possível ver a topografia da cratera onde o Curiosity foi enviado em busca de indícios de vida, com escarpas e planícies. Em frente, surge uma cordilheira de suaves colinas que marca os limites da cratera Gale. S…

Cientistas simulam microrganismo completo em computador

A simulação exige o funcionamento de 128 computadores para demonstrar interações entre 28 categorias de moléculas.[Imagem: Karr et al./Cell]

Vida simulada

Cientistas da Universidade de Stanford (EUA) elaboraram pela primeira vez um modelo computacional completo de um organismo vivo.

Utilizando dados de mais de 900 artigos científicos, eles reproduziram virtualmente todas as formas de interação molecular no seu ciclo de vida.

Segundo informe da universidade norte-americana divulgado para a imprensa, a realização "representa um ponto de partida para o uso do desenho auxiliado por computador na bioengenharia e na medicina".

A equipe de pesquisadores, liderada pelo professor de bioengenharia Markus Covert, da qual também fazem parte cientistas do Instituto J. Craig Venter, reproduziu com ferramentas da informática o funcionamento da bactéria Mycoplasma genitalium, que vive no trato genital e nas vias respiratórias dos seres humanos.

Essa bactéria é o organismo de vida independen…

Austrália libera seus arquivos ‘secretos’ sobre OVNIs

Seguindo a tendência dos governos do mundo, a Austrália acaba de liberar seus arquivos secretos sobre OVNIs.

Os documentos, que foram disponibilizados pelos Arquivos Nacionais da Austrália devido à “lei dos 30 anos”, revela como os jatos Mirage da RAAF (Força Aérea Australiana) foram colocados no segundo maior nível de alerta para determinar a causa de contatos não identificados na tela de radar de Mascot.

Controladores aéreos em Mascot disseram que os contatos estavam na maior parte localizados entre 70 e 15 milhas náuticas ao norte da cidade de Sydney à velocidades entre 1.100 a 6,500 km/h.

Foi declarado nos documentos que os jatos não deveriam ser despachados, a não ser que confirmações de radar fossem feitas na Base Wiliamtown da RAAF, ou qualquer outro fora de Sydney.

Os arquivos também dão detalhes de outros avistamentos não explicados, alguns dos quais são respaldados por declarações de testemunhas à polícia.

Em Queensland, o fazendeiro Robin Priebe telefonou para a polícia d…

Nasa investe 1,1 bilhão de dólares na iniciativa privada para voos espaciais tripulados

A Dragon, da empresa SpaceX, foi a primeira cápsula privada a se acoplar à Estação Espacial Internacional, carregando suprimentos. Dos 1,1 bilhão alocados pela Nasa, a empresa receberá 440 milhões para o desenvolvimento de uma adaptação capaz de carregar até sete astronautas (Divulgação)

Agência espacial americana anuncia investimento para alavancar o transporte privado de astronautas à baixa órbita da Terra. Por enquanto, viagens ao espaço dependem exclusivamente da cápsula russa Soyuz

Se tudo der certo nos próximos cinco anos, a Nasa (agência espacial americana) não dependerá dos russos para levar astronautas à ISS (Estação Espacial Internacional, na sigla em inglês). Com o fim do programa de ônibus espaciais em 2011, os americanos (e qualquer um que precise ir à ISS) dependem da cápsula russa Soyuz para chegar à plataforma orbital.

Agora, a Nasa anunciou que vai financiar 1,1 bilhão de dólares entre três empresas — Sierra Nevada Corporation, SpaceX e Boeing — para projetar e desenv…

Estrela sugada por buraco negro a 3,9 bilhões de anos-luz emite sinais pouco antes de desaparecer do universo

Buraco negro tem de 0,5 a 5 milhões de vezes a massa do Sol, sinais de raio-X emitidos da borda do buraco negro foram captados recentemente pela Nasa

Uma estrela sugada por um buraco negro a 3,9 bilhões de anos-luz emitiu sinais pouco antes de desaparecer do universo, de acordo com os astrônomos da Nasa (agência espacial americana). Parte destes sinais de raios-X atingiu a Terra no ano passado. Agora, cientistas conseguiram decifrar do que se tratavam. A descoberta está descrita em um artigo online publicado hoje na revista Science, e foi divulgada pela Nasa.

Os sinais mostravam pulsos de raios-X que subiam e desciam de intensidade a cada 200 segundos. O que eles pensaram ser inicialmente a emissão de raios gama de uma fonte desconhecida acabou se mostrando um fenômeno inédito para os cientistas: era o primeiro pulso de raio-X detectado de um buraco negro supermassivo – calcula-se que tenha de 0,5 a 5 milhões de vezes a massa do Sol – e tão distante de nós. Estima-se que estes sinais …