Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Maio 12, 2019

Monstro Ataíde ou pouso de ovni? (Pesquisas 18)

Programa abordando a lenda “Monstro Ataíde” da região norte do Brasil e, associando a mesma aos pousos ocorridos naquela Localidade. Comparamos dois casos de marcas de pouso por ter uma incrível semelhança. O pouso na cidade de Santana – AP, corrido em 1997 é comparado com o pouso ocorrido na Fazenda Jejú, em São Domingos do Capim – PA, em dezembro de 1977.





FONTE: Enigmas e Mistérios

Veja também:

Pesquisa: mistério dos garfos entortados (01)

Queda de ovni em Cubatão - SP (Pesquisas 02)

Arquivo "X" Brasileiro: Caso Pedro de Toledo (Pesquisas 03)

Por onde passaram os dossiês de Ovnis da FAB? (Pesquisas 04)

Militar descreve ovni em manuscrito (Pesquisas 05)

OSNI na praia do Guarujá-SP em 1958 (Pesquisas 06)

Gravação e fotos sobre o Caso Maria Cintra (Pesquisas 07)

Ovnis nos aeroportos de Confins e Pampulha em Belo Horizonte-MG (Pesquisas 08)

Dom Hélder Câmara falou sobre extraterrestres (Pesquisas 09)

Disco voador pousa em Botucatu-SP (Pesquisas 10)

Fotos de disco voador em Osasco-SP (Pe…

Mulher afirma ter visto extraterrestre em Chapecó - SC

Local onde ela avistou pela última vez o ‘ser’ – Foto: Raquel Vieira/Arquivo pessoal

“História de outro planeta!”. Era assim que pensava, até a noite de quinta-feira (16), a instrutora de motorista Raquel Vieira, de 37 anos. Segundo ela, tudo mudou depois que avistou um ser não identificado, voando pelo Loteamento Avenida, em Chapecó.

Na quinta-feira, ela procurou a rádio Sonora FM, do Grupo Condá de Comunicação, e relatou o acontecido ao comunicador Ronei Zanetti. O ClicRDC procurou a ouvinte para entender melhor a história.

Raquel trabalha há 10 anos como instrutora em uma auto escola de Chapecó, no entanto, disse nunca ter visto algo semelhante ao que avistou na noite de quinta. Era por volta das 21h40, quando tudo aconteceu. “Era meu último aluno da noite. Eu embarquei com ele e fomos para o prolongamento da Avenida Getúlio Vargas, pois nós fazemos as balizas ali”, contou.

A instrutora lembra que eles seguiam pela Avenida, quando ela pediu para o aluno dobrar à direita, na penúl…

NASA se une a 11 empresas privadas para desenvolver novo módulo lunar

Por Patrícia Gnipper

A NASA revelou que está somando esforços com 11 empresas privadas, incluindo Boeing, Blue Origin e SpaceX, para desenvolver o novo módulo lunar que fará o transporte de astronautas da nave orbital à superfície da Lua, e vice-versa. Tal programa se chama Next Space Technologies for Exploration Partnerships (NextSTEP) e é parte da missão Artemis, que levará a primeira mulher ao nosso satélite natural em 2024, marcando o retorno da humanidade na exploração presencial lunar.

As empresas ficam responsáveis por conduzir estudos e construir protótipos do módulo lunar em questão e, para isso, a agência espacial oferece a elas um total de US$ 45,5 milhões para que o trabalho seja feito nos próximos seis meses.

A ideia é analisar todas as propostas para utilizar soluções e tecnologias interessantes propostas por cada uma delas, tecnicamente e também financeiramente falando, com o módulo lunar sendo capaz de se acoplar à estação Gateway, que ficará permanentemente na órbita…

Os percevejos resistiram até mesmo ao asteroide que extinguiu os dinossauros

Por Ed Cara

Os percevejos vêm atormentando a humanidade por milênios. Estima-se que sua jornada evolucionária como parasitas começou há dezenas de milhões de anos, quando se alimentavam de morcegos. Mas uma equipe internacional de pesquisadores encontrou evidências que indicam que a origem desses insetos vampíricos estende-se a muito mais tempo, entrando na era dos dinossauros.

Quando as pessoas pensam em percevejos, elas provavelmente imaginam o percevejo comum, também chamado de percevejo de cama, ou Cimex lectularius. Mas existem mais de 100 espécies de insetos desconhecidas que estão relacionadas a ele, integrando a família Cimicidae. Esses insetos, conhecidos como cimicidas, precisam se alimentar do sangue de um hospedeiro. A maioria das espécies consegue sobreviver se alimentando de uma única espécie de hospedeiro, mas alguns podem escolher entre uma lista de opções suculentas.

A principal teoria é que os primeiros percevejos da história colonizaram os antigos morcegos. Isso co…

Por que a humanidade pode ter um destino semelhante ao dos dinossauros?

BOLETIM DE AMEAÇAS NUCLEARES CONSIDERA O MOMENTO ATUAL MUITO PERIGOSO (FOTO: PUBLIC DOMAIN PICTURES)

A extinção em massa não acontece apenas pela ação de meteoros e vulcões, alertam especialistas

A humanidade vive mais precariamente do que pensamos, pesquisadores do Centro para o Estudo do Risco Existencial da Universidade de Cambridge alertam. A explicação é que dependemos de vários sistemas globais que podem se desestabilizar facilmente, do ambiente que nos abastece com alimentos, água, ar limpo e energia à economia global que fornece bens e serviços. E isso pode nos levar a um destino semelhante ao dos dinossauros.

A extinção dos dinossauros, segundo paleontólogos,, aconteceu pelo impacto de um asteroide que colidiu com a Terra, 66 milhões de anos atrás. Mas ela também foi influenciada por outros eventos, como uma série de vulcões colossais em erupção e atividades submarinas devastadoras. Em outras palavras, os sistemas globais que sustentam a vida foram desestabilizados por mudan…

A edição de genes humanos nem sempre é assustadora: entenda

Cientistas avaliam as consequências das pesquisas de edição do DNA humano para a criação de seres humanos "geneticamente melhorados"

A edição de genes é uma das coisas mais assustadoras nas notícias recentes sobre estudos científicos, mas nem toda edição de genes é igual. A diferença está nas células editadas por cientistas: se são somáticas ou germinativas.

Células germinativas são aquelas que podem gerar um organismo inteiro — células que formam espermatozoides e óvulos, ou embrionárias que se diferenciam em diversas funções. O que é crítico nessas células em particular é que uma mudança ou mutação em uma delas afeta todas as outras no corpo de um bebê que cresce a partir delas. É por isso que cientistas têm pedido a proibição da edição de genes em células germinativas.

Já as células somáticas são todo o restante — células em órgãos ou tecidos que desempenham funções específicas. Mudanças em células somáticas são menos significantes que mudanças em células germinativas. S…

Veja o que muda no Sistema Internacional de Unidades

As mudanças no Sistema Internacional de Unidades entram em vigor no Dia Mundial da Metrologia. [Imagem: BIPM]

Novas definições das unidades

Neste dia 20 de maio, nomeado como "Dia Mundial da Metrologia", entram em vigor novas definições de várias unidades de medição, incluindo o quilograma, ampere, kelvin e mol, que passam a ser definidos de forma exata em termos de constantes naturais.

Após anos de pesquisa nos principais institutos de metrologia ao redor do mundo, a comunidade mundial finalmente concordou com essa revisão do Sistema Internacional de Unidades, o SI.

A ideia de fundamentar melhor as unidades de medidas surgiu há mais de 50 anos, e começou com a redefinição do metro com a ajuda da velocidade da luz. Desta vez, quatro outras constantes vão passar a servir como referencial para outras unidades de medida: a constante de Planck (h), a constante de Avogadro (NA), a constante de Boltzmann (k) e a carga do elétron (e).

Isso foi possível depois de uma campanha de me…

O invisível falcão noturno

O F-117 Nighthawk quase não parece avião, mas abriu caminho para a tecnologia stealth de baixíssima reflexão das ondas de radar

Por Ernesto Klotzel

As aeronaves militares atuais devem sua eficácia para desafiar o mais ferrenho arsenal antiaéreo à tecnologia furtiva conhecida por stealth. Esta tem suas raízes nos Estados Unidos onde, em 1974, a DARPA (Defense Advance Research Projects Agency, ou Agência de Projetos Avançados de Pesquisa para Defesa, em tradução livre) solicitou a cinco indústrias aeronáuticas com respeitável histórico militar um estudo sobre o potencial de desenvolvimento de um avião de combate de difícil detecção pelo radar. A Lockheed Corporation, de Burbank, Califórnia, com um brilhante passado de realizações bem-sucedidas, desde os tempos da hélice com o Constellation até a era dos jatos, com o F-80, o U-2, o SR-71 e o F-104, não foi inicialmente convidada a participar com seu projeto. Seu último avião de combate, o F-104 Starfighter, fora lançado havia uma décad…

Snoopy é encontrado na órbita da Lua

Módulo lunar Snoopy momentos após ser descartado pela missão Apollo 10

Astrônomos encontram módulo lunar da Apollo 10 em órbita desde 1969

Por Edmundo Ubiratan | Fotos: Nasa

Após 50 anos, um grupo de astrônomos do Reino Unido encontrou o Snoopy, o módulo lunar da Apollo 10, que está na órbita da Lua desde maio de 1969. A nave espacial viaja 15.200 metros acima de sua superfície da Lua em uma órbita perpétua.

A descoberta representa um grande feito da astronomia, já que o módulo lunar tem apenas quatro metros de largura e está em uma órbita desconhecida desde que foi abandonado após seu uso na missão Apollo 10. A busca durou mais de uma década conduzida pelo Royal Astronomical Society, coordenada por Nick Howes, técnicos que participaram das missões Apollo, astronautas e especialistas em voos espaciais.


Módulo de comando Charlie Brown visto do Snoopy

A Apollo 10 foi a missão que antecedeu a histórica Apollo 11. O objetivo da missão era proporcionar realizar os últimos testes antes do …

Finalmente estamos descobrindo mais sobre o MU69, a estranha rocha achatada nos extremos do sistema solar

Por Ryan F. Mandelbaum

A missão New Horizons divulgou os primeiros resultados dos estudos de 2014 sobre o MU69, o objeto espacial mais distante já explorado.

Apelidado de Ultima Thule, ele parece ser um par de rochas grudadas, medindo cerca de 16 quilômetros de diâmetro cada. Ele orbita o Sol a uma distância de aproximadamente 6 bilhões de quilômetros (Plutão orbita a 5,9 bilhões de quilômetros). Parece que ele se manteve relativamente inalterado desde o início do sistema solar, e já apresentou algumas surpresas quando a espaçonave da New Horizons transmitiu as primeiras imagens – e agora, esses primeiros resultados foram divulgados e analisados. Mas as coisas estão só começando para a equipe de pesquisadores.

“Ainda está muito cedo”, afirmou Alan Stern, pesquisador principal da missão New Horizons, ao Gizmodo. “Nós só estamos conseguindo respirar agora”.

O astrônomo Marc Buie descobriu o MU69 utilizando o telescópio Hubble em 2014, e os cientistas da New Horizons visualizaram o obje…

Missão chinesa achou material da composição do manto no lado oculto da Lua

Por Ryan F. Mandelbaum

Cientistas chineses revelaram um importante conjunto de resultados da sonda lunar Chang’e 4, revelando o que parece ser o material do manto da Lua no lado oculto do nosso satélite natural.

Há uma monte de coisas que os cientistas ainda não sabem sobre nossa Lua — especificamente, a composição de seu interior e como ela ficou da forma que é atualmente. A missão chinesa Chang’e 4 chegou ao lado oculto da Lua em janeiro, um marco único até então para a humanidade, com o objetivo de responder algumas dessas questões.

Estes resultados são resultado das primeiras observações dos espectrômetros de infravermelho visível e de infravermelho do jipe Yutu 2, enquanto ele atravessava a bacia do Polo Sul-Aitken da Lua. As descobertas oferecem um vislumbre tanto sobre a antiga Lua como detalhes antigos da Terra.

Teorias sugerem que o manto da Lua se formou quando o material mais leve flutuou para a superfície de um “oceano de magma”, enquanto um material mais pesado afundou, …

O vulcão nas Bermudas que surgiu de forma nunca antes vista na Terra

No arquipélago das Bermudas, a solução de um mistério geológico oferece novas informações sobre a história da Terra.

Não tem a ver com o famoso triângulo em que se diz que barcos sumiram, nem com as areias e praias do arquipélago que atrai turistas de todo o mundo.

A questão está mais abaixo, a quilômetros de profundidade, debaixo inclusive das camadas de rocha que formam o solo da região.

É que lá dorme um vulcão que se extinguiu há cerca de 30 milhões de anos.

E não é um vulcão qualquer. De acordo com um grupo de cientistas liderados pelo geólogo Esteban Gazel, ele foi formado de uma forma nunca antes vista no planeta.


Até agora não se sabia que os vulcões também podem se originar na zona de transição do manto terrestre

A pesquisa, publicada em maio na revista Nature, aponta que o vulcão tem origem na zona de transição do manto, uma camada rica em água, cristais e rochas fundidas entre 440 e 660 km abaixo da crosta da Terra.

"O estudo sugere que a zona de transição do manto te…

Quantos países existem – e por que é tão difícil responder a essa pergunta?

Camilla Costa - @_camillacosta
Da BBC News Brasil em Londres

Se você sabe dizer sem sombra de dúvida quantos países há no mundo hoje, parabéns. Mas saiba que será fácil contestar esse número.

Dependendo dos critérios utilizados, ou de que instituição usar como fonte da informação, o número pode variar entre 193 e 206.

Na verdade, a resposta depende de como exatamente se define um "país".

"Para que se possa considerar um país, uma região precisa ter um território definido, ser habitado com algum grau de permanência, ter instituições políticas e governo próprio, ter a independência reconhecida por outros Estados soberanos e interagir diplomaticamente com outros países", disse à BBC News Brasil Martin Purvis, especialista em geografia história e política da Universidade de Leeds, na Inglaterra.

Mas é nos últimos dois critérios que as coisas se complicam. Há territórios que declararam sua independência e até funcionam, em grande parte, como países, mas não tiveram sua…

Comentando foto de disco voador (Colorado - 1929) - 02

Comentamos sobre a rara foto tirada por Edward Pline em 1929, numa serraria em Custódias, nos EUA. Ao assistir este programa você saberá detalhes inéditos sobre esta antiga fotografia.



FONTE: Enigmas e Mistérios

Veja também:

Comentando foto de disco voador (França - 1974) - 01


Gêmeas solares ajudam a diagnosticar deficiência de lítio no nosso Sol

Gemêas solares são estrelas muito parecidas com o Sol em conteúdo químico, temperatura efetiva e gravidade superficial – Foto: Nasa/Solar Dynamics Observatory”

Nosso Sol é jovem para o nível relativamente baixo de lítio encontrado por astrônomos, e os planetas que o orbitam podem ser os responsáveis

Por Luiza Caires - Editorias: Ciências Exatas e da Terra

Um grupo de cientistas liderados por astrônomos da USP descobriu que nossa estrela tem menor quantidade de lítio do que deveria. Este elemento químico tem papel fundamental no entendimento da evolução do Universo e sua quantidade pode estar relacionada à existência de planetas orbitando outras estrelas.

Para entender como o Sol funciona, além de observá-lo diretamente através de diversos instrumentos dedicados, os astrônomos também observaram gêmeas solares, estrelas muito parecidas química e fisicamente com Sol, de diferentes idades. Isso ajuda a entender como o Sol foi formado e qual será o seu destino ao envelhecer. Quando a tax…

Nuvem química pode guardar dados por milhões de anos

Associando moléculas com o código binário é possível guardar qualquer tipo de informação - virtualmente para sempre. [Imagem: Michael J. Fink]

Armazenamento molecular de dados

Já existem propostas para armazenar dados em pó, mas a principal alternativa à atual geração de dispositivos magnéticos vinha ficando por conta do armazenamento de dados em moléculas de DNA.

Acaba de surgir uma alternativa, capaz de guardar informações de forma estável por milhões de anos - e sem gastar energia.

"Imagine armazenar o conteúdo inteiro da Biblioteca Pública de Nova York em uma colher de chá de proteína. Pelo menos nesta fase, não vemos este método competindo com os métodos existentes de armazenamento de dados. Em vez disso, vemos isto como complementar a essas tecnologias e, como objetivo inicial, adequado para o armazenamento de dados de arquivamento de longo prazo," disse Brian Cafferty, da Universidade Harvard, nos EUA.

Praticamente a totalidade do armazenamento de dados de longo praz…

Nanonave que quer chegar às estrelas é testada na estratosfera

A "nave-bolacha" e uma das fotos feitas durante o voo de testes. [Imagem: UCSB]

Teste de nave interestelar

As nanonaves projetadas para a primeira viagem interestelar cumpriram mais uma etapa de testes.

A equipe da Universidade de Santa Bárbara, nos EUA, usou um balão para lançar um protótipo da nave espacial em miniatura, que poderá eventualmente se tornar a nanonave que os pesquisadores acreditam ser capaz de atingir velocidades relativísticas, para alcançar sistemas estelares próximos e exoplanetas, usando propulsão a laser.

"É parte de um processo de construção para o futuro e, ao longo do caminho, você testa cada parte do sistema para refiná-lo," disse o professor Philip Lubin, um dos proponentes da tecnologia. "É parte de um programa de longo prazo para desenvolver espaçonaves em miniatura para voos interplanetários e, eventualmente, para voos interestelares."

O protótipo, que a equipe chama de "espaçonave em escala wafer - wafers são as bolac…

Menor pixel já fabricado promete telas do tamanho de prédios

As nanopartículas de ouro formam um volume milhares de vezes menor do que a cobertura de ouro dos contatos dos processadores e memórias. [Imagem: Hyeon-Ho Jeong/Jialong Peng/NanoPhotonics Cambridge]

Menor pixel já fabricado

Os menores pixels já criados - são nanopixels - prometem abrir caminho para novos tipos de telas flexíveis de grande escala, grandes o suficiente para cobrir edifícios inteiros.

Um milhão de vezes menores do que os pixels dos celulares mais modernos, eles funcionam aprisionando os fótons, as partículas de luz, sob nanopartículas de ouro, tirando partido de uma tecnologia conhecida como plasmônica.

A equipe afirma que seus pixels coloridos são compatíveis com a fabricação rolo-a-rolo usada para fazer filmes plásticos flexíveis, reduzindo drasticamente seu custo de produção e ampliando o tamanho das telas.

Como emitem luz forte o suficiente para serem vistos sob luz solar intensa e não precisam de potência constante para manter sua cor, os pixels têm um desempenho e…