Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Outubro 20, 2013

Sorocaba (SP) dando exemplo ao mundo: Ufologia e vida extraterrestre em colégio particular de Sorocaba

Projeto de incentivo à leitura usou como tema o estudo ufológico

Em Sorocaba, o Colégio Primeiro Mundo adotou uma proposta inovadora para o Projeto de Leitura da escola, usando o tema Ufologia para atrair o interesse dos alunos por livros e leitura em geral, e fazer os alunos escreverem melhor e terem interesse em pesquisar.

O Projeto A Leitura como Ponte para o Conhecimento foi criado por Pérsia Cassiolato, Cleide A. Modesto, Letícia Carvalho, Ricardo Barreira, Mayza Graziela e Daniele Santos, todos professores do colégio. A iniciativa contou com a participação de 280 alunos, e as palestras de encerramento contaram com a presença de 600 estudantes.

Entre os palestrantes estavam Jorge Facury, Marcos Aurélio Leal (consultor da Revista UFO), Marcos Maciel e Nivaldo Silva. Facury, também ufólogo, contribuiu para que o evento contasse com um ET confeccionado pelo artista Josué Fernandes Pires, já falecido, e relatou como foi a leitura de obras sobre Ufologia que o levou a se interessar p…

Como seria se a Lua nos orbitasse à mesma distância que a Estação Espacial?

Lembrando que a Estação Espacial nós orbita a uma média de 360 Kms de altura.

Ela apareceria enorme, cobriria quase que o céu inteiro.
-Nasceria e se poria cerca de 16 vezes por dia.
-Atravessaria o céu inteiro em apenas 10 minutos.
-Causaria marés tão gigantescas que cidades inteiras seriam engolidas pelo mar.
-Sua influência gravitacional seria tão forte que a superfície da Terra seria atraída e deformada em direção a ela.
-Você pesaria bem menos e pularia muito mais alto quando ela estivesse alta no céu.



FONTE: RT NOTICIAS

Duas testemunhas observam a um ovni em El Palomar, Argentina

Foto do objeto.

Dois homens asseguram haver avistado un OVNI em 21/10/13 no complexo universitário. "Ficou suspenso no ar uns 12 segundos e despois desapareceu", disseram também que o apagão deste día esteve relacionado à presença do objeto.

As tarefas de Luis Tinto e José Mulet se desenvolviam como todos os días, quanmdo no passado 21 de outubro, minutos depois das 7 Hrs, quando se aproximavam a El Palomar para realizarem as inspeções na floresta pública, notaram algo fora do comum.

Oque pensaram se tratar de uma nuvem, começou a mover-se, notaram que algo estranho ocorria, de repente o objeto se deteve, ficou suspenso no ar e logo desapareceu. "Parou sobre os arcos de rugby, conseguimos tirar estas fotos. Era como uma bola de fogo", disseram ao JORNAL DE CUYO ONLINE.

"Foi o día que ouve queda de energia elétrica em toda San Juan, isso pode haver influído na línha elétrica", agregaram. Ambos frisaram que não é a primeira vez que observam fatos desta n…

Astrónomos descobrem novo «sistema solar» com sete planetas

Astrónomos descobriram um raro sistema planetário com um número de planetas que se assemelha ao do nosso Sistema Solar. Duas equipas diferentes de investigadores apontaram para a recente descoberta de um sétimo planeta ao redor da estrela anã KIC 11442793.

O sistema tem similaridades com o nosso Sistema Solar - que tem oito planetas -, mas todos os sete planetas orbitam muito mais próximos da sua estrela, que está localizada a cerca de 2.500 anos-luz da Terra.
O novo «sistema solar» foi descrito em dois estudos colocados no Arxiv.org, um arquivo electrónico para artigos científicos que ainda não foram publicados num jornal cientifico.
Uma das identificações foi feita por voluntários usando o site Planet Hunters. O site foi criado para permitir que voluntários tivessem acesso a dados públicos enviados pelo telescópio espacial Kepler, da Nasa (Agência Espacial Norte-Americana), que foi lançado para procurar os exoplanetas - mundos que orbitam estrelas distantes, fora do nosso sistema.

Físicos propõem que espaço é formado por "átomos de espaço"

Seria o espaço formado por "átomos de espaço"? É o que propõe uma nova teoria da gravidade quântica, que poderá ser capaz de descrever a evolução do Universo do Big Bang até os nossos dias, tudo em uma única teoria.[Imagem: T. Thiemann/FAU Erlangen]

Teoria da gravidade quântica

Apesar de todos os avanços recentes, a física de hoje não consegue descrever o que aconteceu no Big Bang.

A teoria quântica e a teoria da relatividade funcionam muito bem dentro de suas próprias fronteiras, mas colapsam nesse estado primordial quase infinitamente denso e quente do Universo.

Em certas regiões extremas - em distâncias extremamente pequenas, na chamada escala de Planck, por exemplo - nenhuma das duas teorias tem qualquer coisa a dizer.

Espaço e tempo, portanto, não têm nenhum significado em buracos negros ou, mais notavelmente, durante o Big Bang.

É por isso que os físicos sonham com uma teoria mais abrangente, uma teoria da gravidade quântica, que unifique estes dois pilares fundamenta…

'Bola de fogo' no céu intriga moradores do noroeste paulista

Moradores de pelo menos duas cidades viram o fenômeno.
Especialistas dizem se tratar de meteoro ou lixo espacial.

Uma “bola de fogo” que cortou os céus de cidades da região de Araçatuba (SP) e São José do Rio Preto (SP) na noite desta quarta-feira (23) deixou os moradores intrigados.
A internauta Julieti da Silva Franco, de Andradina (SP), registrou o fenômeno e enviou o vídeo por meio da ferramenta colaborativa VC no G1. Ela conta que estava reunida com um grupo de amigos na frente da casa de uma amiga, quando um deles apontou para o céu. Ao virar a câmera para o céu, registrou o fenômeno. “Nós estávamos cantando quando vimos algo diferente no céu. No primeiro momento, achei que era uma estrela cadente, mas ela foi aumentando muito de tamanho e depois ‘caiu’ atrás de uma árvore”, afirma Julieti.

Felipe Delfini, que presenciou a gravação, conta que assim que o vídeo foi compartilhado, várias pessoas de outras cidades afirmaram ter visto o fenômeno no céu. “Foi muito rápido. Assim que…

NASA faz conexão de 622 Mbps com a Lua

A NASA quebrou seu recorde de transmissão de dados com a Lua. A agência conseguiu fazer download a 622 Mbps da rocha que flutua ao redor da Terra.

Ela consegue isso usando lasers, em vez de ondas de rádio, para transmitir dados entre sua estação terrestre no Novo México e uma nave espacial a 380 mil quilômetros de distância, que orbita ao redor da Lua.

A agência também conseguiu fazer upload sem erros para a espaçonave LADEE, de exploração lunar, a uma taxa de 20Mbps. Tudo isso faz parte da LLCD (Demonstração de Comunicação Lunar via Laser).

É um feito e tanto, considerando que a NASA já tentou usar técnicas semelhantes, mas com resultados desanimadores. Este ano, a agência enviou a Mona Lisa para o espaço a uma taxa de míseros 300 bits por segundo.

O sucesso da LLCD representa um marco importante na comunicação espacial: a NASA contava com links de rádio, mas eles não poderão transportar a quantidade de dados que a agência exigirá no futuro.

Por enquanto a LLCD é uma prova de concei…

Coronel da Força Aérea do Peru fala abertamente sobre vida extraterrestre: "É evidente que não estamos sós".

Departamento de Investigação de Fenômenos Aéreos Anômalos (DIFFA)



FONTE: RTS

Empresa oferece a turistas dos EUA viagem em cápsula a 30 km da Terra

Concepção artística de cápsula erguida por balão de hélio (Foto: World View Enterprises, Inc./Reuters )

Equipamento erguido por balão de hélio pode começar a operar em 3 anos.
Passagens custarão R$ 163,5 mil por pessoa, para passeio de duas horas.

Apostando no turismo espacial nos EUA, a startup World View Enterprises propõe transportar seis passageiros e dois pilotos em uma cápsula erguida por um balão de gás hélio a 30 km de altitude. Os tripulantes poderão "admirar a curvatura da Terra, a escuridão do espaço e a luminosidade das estrelas".

Segundo a empresa, a cápsula pressurizada fará voos na estratosfera durante duas horas, a um custo de US$ 75 mil (R$ 163,5 mil) por pessoa. A previsão é que as passagens comecem a ser vendidas em alguns meses.
Encerrado o tempo de viagem, a cápsula será separada do balão e voltará à Terra, freada por um paraquedas que deve fazê-la planar antes de pousar suavemente no solo, diz a World View.
O equipamento, considerado um "veículo …

Google homenageia os 216 anos do primeiro salto de paraquedas

O engenheiro francês Andre-Jacques Garnerin saltou de um balão de uma altura estimada de 2000 pés em 1797

O Doodle do Google de hoje homenageia os 216 anos do primeiro salto de paraquedas moderno. O feito foi realizado em 1797, pelo engenheiro francês Andre-Jacques Garnerin, que saltou de um balão de uma altura estimada de 2000 pés. Os primeiros estudos de Garnerin ocorreram anos antes, quando ainda durante as Guerras Napoleônicas iniciou estudos de um artefato, com formato de guarda-chuvas, que pudesse ser utilizado para reduzir a velocidade da queda e permitir um salto seguro de grandes alturas. Após ser preso pelos britânicos e feito prisioneiro em Buda, na Hungria, Garnerin é solto e retoma seus experimentos ao ter acesso aos primeiros balões de ar quente que se tornavam populares em Paris. Em 22 de outubro, Garnerin subiu num pequeno balão, onde prendeu um paraquedas de seda ao cesto e subiu até uma altitude de 2000 pés, sobre o parque de Monceau, em Paris. Então o engenheiro co…

Satélite registra núcleo de maior estrutura cósmica do Universo Local

Superaglomerado de galáxias de Shapley é considerada uma das maiores estruturas do Universo
Foto: ESA & Planck Collaboration / Divulgação

Superaglomerado de Shapley é formada por centenas de galáxias e considerado um dos maiores objetos existentes no Universo atualmente

O satélite Planck da Agência Espacial Europeia (ESA, na sigla em inglês) capturou imagens de alguns dos maiores objetos existentes no Universo atualmente: aglomerados e superaglomerados de galáxias. Enquanto rastreava pelo espaço em busca da luz cósmica mais antiga, o satélite encontrou centenas de galáxias entremeadas por uma imensa quantidade de gás, e registrou uma imagem do núcleo do superaglomerado de Shapley, a estrutura cósmica com a maior concentração de matéria do Universo Local.

Esse superaglomerado foi descoberto nos anos 1930 pelo astrônomo americano Harlow Shapley: uma notável concentração de galáxias na constelação do Centauro. Com mais de 8 mil galáxias e uma massa total superior a 10 milhões de bil…

Liga metálica com memória sempre volta ao formato original

O segredo da durabilidade da liga metálica ativa está em uma estrutura com uma trama parecida com a de uma folha.[Imagem: Yintao Song et al./Nature]

Memória metálica

Um novo metal com memória de forma promete ampliar de vez a utilização desses metais inteligentes, graças a um ganho inédito em termos de durabilidade.

A liga metálica, de um tipo conhecido como martensita, é formada por cristais que possuem dois arranjos atômicos diferentes, alternando facilmente entre eles pela aplicação de calor - ao se resfriar, ela volta à estrutura original.

O material pode mudar de forma dezenas de milhares de vezes sem se degradar, ao contrário da tecnologia existente, que tem vida útil curta.

Mas, mesmo com suas deficiências, os materiais atuais têm sido utilizados em várias aplicações.

Os exemplos incluem orientar automaticamente os painéis solares no Telescópio Espacial Hubble e ajustar a saída das turbinas do Boeing 787 Dreamliner, criando um padrão no bordo de fuga da carenagem do motor conh…

“Mars One irá se sacrificar", diz Pontes

Apesar de não acreditar em sobrevivência por mais de dez anos, astronauta diz que iria para missão

As viagens ao espaço já deixaram de ser algo exclusivo dos governos e começam a ser exploradas por empresas particulares. Primeiro brasileiro a ir para o espaço, Marcos Pontes revelou que já recebeu diversos convites para trabalhar nessas empresas que poderiam acelerar o processo para que ele volte a participar de uma missão espacial, que é seu grande sonho. Uma delas é a Mars One, que tem como objetivo instalar uma colônia humana em Marte a partir de 2023.

O astronauta brasileiro não acredita em êxito dessa missão sem volta, não porque sua meta seja impossível de alcançar, mas sim pelo curto prazo estipulado. Além disso, ele diz que “os tripulantes do projeto irão se sacrificar pelo outros, pelo futuro” e que não acredita em uma sobrevida de nem 10 anos dos primeiros exploradores.

“Eles vão se sacrificar para abrir caminho para outros, vão iniciar um processo. A missão deles será organ…

7º Encontro Ufológico da Baixada Fluminense