Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro 14, 2016

Cearense fascinado por ETs possui um dos maiores arquivos de ufologia do Brasil

Agobar Peixoto é ex-professor do curso de Engenharia de alimentos da UFC (FOTO: Arquivo Pessoal)

Ex-professor da UFC, Agobar Peixoto, de 65 anos, pesquisa relatos de vida extraterrestre há meio século. Respeitado entre ufólogos, ele garante: já houve um caso de abdução no Centro de Fortaleza

Olhar para o céu e analisar coisas estranhas era uma das atividades que sempre estavam presentes nas brincadeiras de criança do ex-professor de Engenharia da Universidade Federal do Ceará (UFC) Agobar Peixoto. Debruçar-se sobre jornais e revistas que falavam sobre ufologia foi o que motivou o cearense a ter sua primeira fascinação com o cosmos e com os mistérios que rondam a experiência humana.

Mas foi com a ajuda indireta de um padre que o interesse brotou. “Eu morava em Maranguape e tinha um vizinho que era padre comprava livros e revistas. Uma vez ele comprou a revista Cruzeiro que tinha algumas reportagens sobre discos voadores. Eu li a tarde inteira, e daí, aos seis anos de idade, surgiu o m…

Vamos ajudar!

Acima as formas de você doar!

Amigos de Ufos Wilson, a Casa dos Anjos faz um trabalho muito bonito ajudando nossos amigos de quatro patas e eles precisam de nossa ajuda, eles estão localizados no município carioca de Macaé e precisam de todos nós para seguirem este lindo trabalho, conto com a ajuda de todos que puderem colaborar, ao lado direito um pouco abaixo vocês poderão ver o logo fixo da pagina no Facebook, é só dar um clique sobre a foto.

Link: https://www.facebook.com/casadosanjosmacae/timeline

Duas matérias interessantes sobre ovnis no Acre

Airton socorreu o índio Iaka Ashanika, que foi atingido por descarga de um suposto ‘disco voador’/Foto: Arquivo pessoal

15/02/16

Índio atira em suposto OVNI, recebe descarga elétrica e cai desmaiado em aldeia de Feijó

Os índios acharam que se tratava de um drone, mas por ter queimado os bicos de todas as lanternas e emitido fortes descargas elétricas, eles ficaram apavorados


Na semana passada, um índio conhecido por Iaka Kampa, morador da aldeia Nova Floresta, no rio Envira, no município de Feijó, foi atingido por descarga de um Objeto Voador Não Identificado (OVNI). O suposto ‘disco voador’ teria sido visto por outros índios, que disparam 18 tiros de espingarda em seu rumo. “Ele era muito rápido, tinha uma luz muito forte e esverdeada”, disse o índio Airton Kampa.

Ainda segundo Kampa, os índios acharam que se tratava de um drone, mas por ter queimado os bicos de todas as lanternas e emitido fortes descargas elétricas, eles ficaram apavorados. “Ele aparecia sempre às 1: 30 da madrugad…

UFO enorme observado durante a Crise dos Mísseis de Cuba

[Crédito Rafael Amorim] Os UFOs estão atentos ao nosso uso da energia nuclear e apareceram durante a Crise dos Mísseis de Cuba

De 16 a 28 de outubro de 1962, o mundo assistiu com crescente tensão a escalada de acontecimentos que ficou conhecida como Crise dos Mísseis de Cuba. A descoberta, por aviões de reconhecimento norte-americanos, de que a União Soviética estava instalando mísseis nucleares naquele país é considerado o episódio histórico no qual o mundo chegou mais perto de testemunhar uma guerra nuclear. Felizmente, negociações entre as duas superpotências terminaram por resolver a crise de forma pacífica. Porém, o pesquisador Robert Hastings, especialista em casos de avistamentos envolvendo testemunhas em bases militares e locais ligados à energia nuclear, aponta que outro importante acontecimento aconteceu nesse período.

Robert Hastings tomou conhecimento do caso pelo Centro de Estudos de UFOs (Cufos), com o relato da testemunha Christopher N. Smith, sargento técnico aposenta…

As dúvidas mais interessantes sobre ondas gravitacionais, respondidas

A cientista Amber Stuver é Ph.D. em física e trabalha no LIGO Livingston Observatory (EUA). Ela é uma dos muitos físicos envolvidos na meticulosa análise de dados que culminou na descoberta de ondas gravitacionais.

Stuver recebeu diversas perguntas sobre ondas gravitacionais levantadas por leitores do Gizmodo, e aqui estão as respostas.

Para recapitular: ondas gravitacionais são ondulações no tecido do espaço-tempo previstas por Albert Einstein há um século. Elas foram detectadas pelo LIGO (Observatório de Ondas Gravitacionais por Interferômetro Laser), que consiste em dois espelhos pendurados em duas cidades a 3.000 km de distância nos EUA.

Houve uma enorme quantidade de trabalho para detectar uma única onda gravitacional, e este é um enorme avanço. Com certeza isto poderia abrir uma série de novas possibilidades emocionantes na astronomia.

Mas esta primeira detecção é “meramente” uma prova de que a detecção em si é possível, ou teremos mais avanços científicos com ela? O que você e…

Rússia pretende testar míssil nuclear em asteroide

A Rússia planeja modificar seus mísseis intercontinentais para interver contra meteoros (Raytheon)

E se um meteoro estiver em rota de colisão com a Terra, quem poderá nos defender? Aparentemente, o principal candidato é a Rússia. Cientistas da Agência Especial Federal Russa confirmaram a pretensão de disparar armas nucleares contra o asteroide Apophis, que passará perto de nosso planeta em 2036.

O projeto é um pedido da comunidade científica internacional NEOShield, que trabalha no desenvolvimento de sistemas de “deflexão de asteroides”.

O uso de armas nucleares é uma das várias ideias propostas pelo grupo, que também atua no desenvolvimento de “tratores gravitacionais” (capazes de atrair um meteoro para outro caminho) e “projéteis cinéticos” (propostos para empurrar o objeto para outra rota a partir de uma colisão).

Como explica a agência de notícia estatal russa TASS, armas nucleares podem destruir um meteoro ou a explosão atômica pode servir como um “empurrão” para alterar sua rot…

OVNI avistado em área de porto no Alasca

Uma testemunha do Alasca em Old Harbor relatou ter avistado um OVNI e pairando em torno da área do porto às 20h15 do dia 14 de janeiro de 2016, segundo o testemunho feito a MUFON.

A testemunha e sua filha fizeram declarações sobre o que viram. A testemunha relata que estava dirigindo para o ginásio local para pegar sua filha e dois amigos em 20h15.

“Ao dobrar a esquina, pensei ter visto uma estrela cadente à minha direita, em direção à encosta”, afirmou a testemunha. “Quando cheguei a área do porto, eu percebi que haviam três luzes piscando juntas. Pensei que era um avião de controle remoto ou um drone, mas era tarde demais para aviões e muito perto da colina”.

A testemunha afirmou que o objeto estava voando muito rápido e ela o perdeu de vista.

“Quando cheguei na escola eu podia ver as três meninas esperando por mim. Minha filha veio correndo até mim e disse ter visto o mesmo objeto, ‘Você viu, mãe? Era um grande e estavaacima de nós. Ele voou bem acima de nós'”.

A testemunha pr…

Caso Alençon: incidente ufológico ou viajante do tempo?

Um dos relatórios mais bem documentados de um possível visitante de outro mundo foi desembarque em terra em uma pequena cidade francesa de Alençon, que está situada a cerca de 30 milhas ao norte de Le Mans.

A cidade é hoje famosa por suas culturas locais, mas por volta de duzentos anos, Alençon tornou-se conhecida por algo muito menos mundano em sua vizinhança.

Por volta das 05:00 no dia 12 de junho de 1790, camponeses assistiam com admiração a uma esfera de metal enorme descendo do céu, se movendo com um movimento estranho e ondulante.

O globo fez um pouso forçado em uma colina e o impacto violento fez o solo e a vegetação se fixassem a encosta. O casco do globo estava tão quente (possivelmente a partir de um motor ou por causa da rápida descida pela atmosfera) que inflamou a vegetação seca e o fogo rapidamente se dispersou.

Os camponeses correram até o morro carregando baldes de água, e dentro de um curto espaço de tempo, os incêndios foram extintos.

Uma grande multidão cercou o lo…

Obama: ‘Ainda não fizemos contato com alienígenas’

O presidente norte-americano comentou sobre contato com extraterrestres durante uma entrevista na televisão com uma criança de seis anos de idade.

Não é todo dia que você pode perguntar ao presidente Obama sobre as possibilidades de vida extraterrestre, mas para Macey Hensley, uma menina de seis anos de idade, que esteve no programa The Ellen DeGeneres Show, teve uma oportunidade de ouro.

Introduzido com um quadro especial do programa, nomeado de ‘Presidential expert’, a jovem Macey perguntou Obama se houve realmente um “Livro dos Segredos” [“Book of Secrets”], ele humoristicamente respondeu: “isso é um segredo”.

Quando menina perguntou se os seres humanos já fizeram contato com vida alienígena, ele respondeu:

“Nós não fizemos nenhum contato direto com os extraterrestres ainda. Quando o fizermos, eu vou deixar você saber”, disse o presidente americano.



FONTE: SITE ARQUIVO UFO

UFOS WILSON: Deixando as brincadeira de lado e falando sério, sabe-se que os presidentes americanos não souber…

Astrônoma brasileira publica livro gratuito para crianças (e outras dicas para todas as idades)

POR SALVADOR NOGUEIRA

Quer um livro gratuito para introduzir astronomia aos pequenos? Tem vontade de participar de um concurso da Nasa? Que tal aprender mais sobre astrobiologia, o estudo da vida no Universo, num site atraente e rico em conteúdo? E bora aprender sobre ondas gravitacionais numa palestra de divulgação aberta ao público? Seus problemas acabaram! Confira a seguir várias iniciativas de cientistas no Brasil para espalhar as boas novas do espaço.

PARA CRIANÇAS:
AS AVENTURAS DE PEDRO, UMA PEDRA ESPACIAL
A astrônoma brasileira Duilia de Mello, da Universidade Católica da América, nos Estados Unidos, é mais conhecida por seus trabalhos com o Telescópio Espacial Hubble, mas também faz um trabalho importante na área de divulgação científica. E ela acaba de escrever um livro infantil que pode ser baixado gratuitamente na internet.


Ilustração do livro “As Aventuras de Pedro, a Pedra Espacial” (Crédito: Duilia de Mello/Sheila Vieira)

“As Aventuras de Pedro, uma Pedra Espacial” cont…

Tentativa de abdução? Testemunhas tem braços totalmente erguidos para cima após surgimento de UFO

Parnamirim (RN)

Relato:

"Os ovnis aqui em PARNAMIRIM - RN já são bem frequentes.
Até o ano de 2011 só fazíamos observar.
Desde 2012, sempre que consigo, filmo.
O que será necessário que ocorra aqui para que deem a devida atenção e ainda façam um estudo detalhado e aprofundado?
Estão esperando o quê? Pouso? Acidente? Abdução?
Passeava com duas sobrinhas gêmeas de 4 anos de idade por volta das 20:15h de 13/02/2016 e notei que estávamos sendo observados por um ovni azul fosforescente, formato oval (lembrando uma bola de futebol americano deitada), totalmente silencioso, quando ele repentinamente se apagou.
Minutos depois eu percebi que os nossos braços estavam sendo puxados igualmente para cima (estávamos de mãos dadas), as meninas não entenderam nada e perguntaram o porque de eu estar levantando os braços. Corremos para debaixo de uma cobertura de uma escola particular na rua Irene Fernandes de Castro e lá ficamos até que outras pessoas aparecessem e passassem por essa rua."



F…

Relógios primordiais podem mostrar como Universo começou

Partículas oscilantes surgidas logo após o Big Bang podem servir como relógios que permitirão remontar a história do Universo. [Imagem: Yi Wang/Xingang Chen]

Teorias e observações

Como o universo começou? E o que havia antes do Big Bang? Astrônomos e astrofísicos já se faziam essas perguntas muito antes que se descobrisse que o nosso Universo está em expansão.

Mas as respostas não têm sido fáceis de encontrar.

Não contando as teorias que descartam totalmente a ideia do Big Bang, o cenário teórico mais aceito para o início do Universo é a inflação cósmica, que prevê que o Universo se expandiu a uma taxa exponencial na primeira fração de segundo após o Big Bang.

No entanto, vários cenários alternativos têm sido sugeridos, alguns prevendo um Big Crunch, um Grande Colapso, anterior ao Big Bang, ou Grande Explosão, com um Universo "elástico" que se contrai e se expande continuamente.

A dificuldade é encontrar medidas que possam indicar quais desses cenários encontram mais respal…

Céu da Semana - De 15 a 21 de Fevereiro de 2016 - Quasares

FONTE: UNIVESP TV

Astronomia: O futuro do turismo espacial

POR SALVADOR NOGUEIRA

Será que no futuro vamos poder fazer turismo em outros planetas? A Nasa aposta que sim.

VISÕES DO FUTURO
O trabalho numa agência espacial não consiste só em projetar foguetes e espaçonaves. Por vezes, ele envolve imaginar as possibilidades que o futuro distante nos reserva. O turismo espacial (ao menos para milionários) já é realidade, mas será que um dia poderemos deixar nosso mundo natal e nos aventurar por outros planetas?

ESCOLHA SEU DESTINO
Pelo sim, pelo não, um grupo de designers do JPL (Laboratório de Propulsão a Jato) da Nasa resolveu fazer uma série de pôsteres retrôs que “vendem” viagens pelos mais encantadores destinos do Sistema Solar.


Pôsteres para Marte, Terra e Vênus, respectivamente quarto, terceiro e segundo planetas a contar do Sol. (Crédito: JPL/Nasa)

ENTRE A TERRA E MARTE
Nesse futuro imaginário, a humanidade já se tornou uma civilização multiplanetária. Tanto que o pôster para Marte anuncia: “Visite os locais históricos”. Em compensação, a …

Nós encontramos ondas gravitacionais. E agora?

Por: Jennifer Ouellette

David Reitze, diretor-executivo do LIGO Laboratory, subiu ao pódio do National Press Building em Washington, DC, e disse as palavras que estávamos ansiosos para ouvir: “nós descobrimos ondas gravitacionais”. Um auditório lotado no edifício Cahill da Caltech, em Pasadena – onde pessoas se reuniram para assistir a transmissão ao vivo – irrompeu em aplausos.

Cenas semelhantes provavelmente ocorreram no MIT; em Livingston, Louisiana; em Hanford, Washington; e na Europa – o LIGO é uma colaboração internacional de US$ 1 bilhão com centenas de cientistas. E este momento é aguardado há 100 anos.

Einstein previu a existência das ondas gravitacionais com sua teoria geral da relatividade em 1915, e os físicos descobriram evidências indiretas na década de 70 e 80. Mas a detecção direta foi mais difícil – até agora. E a história das ondas gravitacionais, e do que elas podem nos dizer, está só começando.

A descoberta

Eis o que aconteceu. Em 14 de setembro de 2015, os detect…