Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Abril 5, 2015

Suzaku estuda "cena do crime" de supernova, mostra que única culpada é uma anã branca

Um estudo de 3C 397, um remanescente de supernova visto aqui em raios-X pelo Observatório de raios-X Chandra (púrpura) e pelo Suzaku (azul), indica que a explosão surgiu a partir de uma única anã branca que acumulou matéria de uma companheira estelar normal. A anã branca explodiu quando atingiu cerca das 1,4 massas solares.
Crédito: NASA/Suzaku e NASA/CXC, DSS e NASA/JPL-Caltech

Usando dados de arquivo do satélite de raios-X Suzaku, liderado pelo Japão, astrônomos determinaram a massa pré-explosão de uma estrela anã branca que rebentou há milhares de anos atrás. A medição sugere fortemente que a explosão envolveu apenas uma única anã branca, descartando um cenário alternativo bem estabelecido que envolve um par de anãs brancas em fusão.

"Cada vez mais evidências indicam que ambos os mecanismos produzem o que chamamos de supernovas do Tipo Ia," afirma o investigador principal Hiroya Yamaguchi, astrofísico do Centro de Voo Espacial Goddard da NASA em Greenbelt, no estado amer…

Maior observatório de raios cósmicos será modernizado

O Observatório Pierre Auger estuda os raios cósmicos medindo os chuveiros atmosféricos produzidos quando essas partículas entram na atmosfera.[Imagem: Observatório Pierre Auger]

Supressão

O Observatório Pierre Auger, que detém o invejável crédito pela descoberta da origem dos raios cósmicos de alta energia, passará por uma atualização para tentar elucidar o próximo mistério dessas partículas de alta energia.

Os 17 países-membros da colaboração, que tem o Brasil e a Argentina como maiores participantes, selecionaram uma proposta de aprimoramento deste que é maior observatório de raios cósmicos em operação no mundo, instalado em Malargüe, na Argentina, a 1,1 mil quilômetros de Buenos Aires.

O Observatório Pierre Auger permitiu observar, ao longo de dez anos de operação, dezenas de raios cósmicos na região de energia acima de 1020 elétron-volts (eV) - 100 bilhões de bilhões de eV - e confirmou que há uma forte supressão do fluxo de raios cósmicos que chegam à Terra com energias mais alt…

Astrônomos detectam moléculas orgânicas complexas em embrião de sistema planetário

<
Ilustração mostra o disco protoplanetário em torno da jovem estrela MWC 480, onde astrônomos detectaram a presença de moléculas orgânicas complexas que podem servir de base para o desenvolvimento da vida - B. Saxton (NRAO/AUI/NSF)

Esta é a primeira vez que compostos básicos para surgimento da vida foram encontrados no disco de material em torno de uma jovem estrela

Astrônomos detectaram pela primeira vez a presença de moléculas orgânicas complexas em um disco protoplanetário, o “embrião” de um sistema planetário em torno de uma jovem estrela recém-formada. A descoberta, feita com a ajuda do observatório Alma, instalado no Deserto do Atacama, no Chile, reforça a ideia de que estes compostos básicos para o surgimento da vida são comuns no Universo, o que significa que as condições que levaram ao seu aparecimento na Terra não foram únicas nem exclusivas de nosso Sistema Solar.

Segundo os astrônomos, o disco protoplanetário em volta da estrela MWC 480 contém acetonitrila, ou metil c…

Um acelerador de partículas espacial conseguiria ativar auroras boreais artificiais

Auroras acontecem de acordo com a vontade da natureza, e não dos seres humanos, e em parte é isso que dá a elas um ar tão misterioso. Mas vamos lá, estamos no século 21. Por que estamos esperando tanto? Então eis uma ideia maluca revivida por um artigo de Mark Zastrow na Eos: vamos criar um acelerador de partículas para termos auroras sempre que quisermos.

Quando falo em “nós”, claro que quero falar em cientistas, que escreveram um artigo teórico com um modelo de acelerador de partículas que consegue disparar feixes de elétrons no espaço. Pesquisadores de Stanford e do SRI International trabalharam nas especificações para o COMPASS, ou o Acelerador de Partículas Compacto para Ciência Espacial, na sigla em inglês.



ara deixar tudo claro, o COMPASS não existe, e o artigo publicado há alguns meses no Journal of Geophysical Research não fala das muitas dificuldades logísticas de construir um acelerador de partículas no espaço. O dispositivo seria realmente potente. A NASA já conseguiu man…

Contato imediato de um piloto de aeronave comercial

As pessoas gostam de fazer perguntas aos pilotos de jatos comerciais. Mas a minha pergunta favorita, e certamente a mais interessante, é: “Você já viu um OVNI enquanto voava?”
E a resposta é sim. Veja como aconteceu:
Era 10 de abril de 1989 e no começo da minha carreira. Eu ainda era o primeiro oficial trabalhando para uma aerolinha regional Era aproximadamente 20h00 e tínhamos recém decolado do Aeroporto Internacional de Kansas City, rumo a Waterloo, Iowa. Era uma bela noite, com uma Lua cheia, céu limpo e temperatura de início da primavera. A previsão do tempo para Waterloo era muito agradável, com céu limpo e visibilidade ilimitada.
Após a decolagem, o Controle de Tráfego Aérero (CTA) nos deu permissão para nossa altitude de cruzeiro de 15.000 pés. Estabelecemos uma rota em direção ao noroeste, apontando diretamente para Waterloo, que estava a aproximadamente 320 quilômetros de distância. Havia uma série de nuvens finas ao nosso redor, iluminadas pela luz da Lua cheia que …

Cientista da NASA acredita que em trinta anos saberemos se há vida fora da Terra

Em painel de discussões ocorrido no último 07 de abril, especialistas da NASA comentaram os esforços da agência espacial norte-americana na busca por mundos habitáveis e vida extraterrestre. De acordo com a cientista chefe da agência, Ellen Stofan, em uma década deverão ser descobertas indicações fortes de que existe vida além da Terra, e a comprovação definitiva virá dentro de 20 ou 30 anos. Stofan afirmou: "Sabemos onde procurar, e como procurar. Em muitos casos já dispomos da tecnologia, e estamos no caminho de implementá-la".

John Grunfeld, ex-astronauta e administrador associado do Diretório de Missão Científica da NASA, compartilha desse otimismo: "Acho que estamos a somente uma geração de encontrar vida alienígena, seja em uma lua de nosso Sistema Solar ou em Marte, ou ainda em um mundo orbitando uma estrela próxima". Todas as recentes descobertas apontam para locais favoráveis a vida, por exemplo em oceanos de água líquida sob as superfícies geladas de Eur…

Ministro da Defesa do Japão fala sobre UFOs

Caça F-15 da Força Aérea de Autodefesa do Japão; Ministro da Defesa do país foi questionado no Parlamento a respeito de UFOs

Falando no parlamento, autoridade de defesa afirma que norma é enviar aeronaves para investigar objetos não identificados

O Ministro da Defesa do Japão, Gen Nakatani, foi questionado em visita ao Parlamento daquele país se as aeronaves de sua Força de Autodefesa já foram enviadas para interceptar visitantes alienígenas, ou se os militares conduzem investigações a respeito. A pergunta foi feita pelo deputado Antonio Inuki, ao que Nakatani respondeu: "Quando a Força Aérea de Autodefesa detecta indicações de um objeto voador não identificado que possa violar nosso espaço aéreo, envia caças para realizar uma observação visual".

Porém, o Ministro negou que os militares de seu país já tenham encontrado aienígenas: "Algumas vezes são detectados pássaros ou objetos voadores que não sejam aeronaves, mas não conheço qualquer caso de interceptação de um obj…

Seis questões sobre os ETs e os sinais de rádio detectados

Com milhões de planetas habitáveis apenas na nossa galáxia, parece altamente improvável que estejamos sozinhos. [Imagem: PHL@UPR Arecibo/NASA/Richard Wheeler]

Rajadas de rádio

Um artigo científico relatando a descoberta de rajadas de ondas de rádio com um padrão matemático estranho, e vindas de algum ponto do universo distante, aumentou as esperanças de que ETs possam estar nos enviando sinais.

Mas o que há de real por trás disso e o que são apenas expectativas infladas? Veja o nosso FAQ-ET.

1. Esta é a primeira vez que pensamos ter encontrado alienígenas?

Não, tem havido alguns alarmes falsos. O mais famoso foi um sinal com duração de 72 segundos, batizado de Wow! (Uau!) porque um astrônomo que analisou os dados escreveu a interjeição ao lado dos dados, captados pelo telescópio Big Ear, em 1977. O sinal não parece ter origem terrestre, mas nunca mais foi captado.

Poucos anos antes, a astrônoma Jocelyn Bell pensou ter encontrado sinais de outras civilizações, quando na verdade havia …

Casos Ovnis na Base Aérea de Santos (BAST) - FAB

Programa que aborda casos ufológicos ocorridos dentro das instalações da Base Aérea de Santos - BAST, em diversas épocas. Testemunhos de ex-militares de avistamentos e pousos de OVNIs. São apresentados alguns documentos oficiais militares sobre ocorrências de objetos voadores não identificados.




FONTE: Programa Enigmas e Mistérios

O ET de Solway

Uma foto sem explicação plausível. Um lançamento nuclear abortado, a meio mundo de distância. E a aparição de misteriosos homens de preto. O que acontece quando a ciência não consegue explicar fatos?




FONTE: Joao Marcelo