Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Janeiro 6, 2019

CES 2019 | IBM mostra sistema de computação quântica integrada de uso comercial

Por Rafael Arbulu

Durante a Consumer Electronics Show 2019 (CES), a IBM mostrou o primeiro sistema de computação quântica integrada para uso científico e comercial. Apelidado de “IBM Q System One”, o sistema foi desenhado para atuar sobre problemas computacionais que a tecnologia atual considera complexos demais. Apesar de ser um processo em desenvolvimento contínuo e, atualmente, bem mais conceitual do que prático, a IBM informa que o projeto pode vir a beneficiar setores como Finanças e Logística, otimizando investimentos ou entregas.

Todo o projeto foi conceitualizado e desenvolvido por cientistas, engenheiros de sistemas e designers industriais da IBM, que deram ao Q System One um design modular, otimizado para estabilidade, confiabilidade e uso comercial contínuo por empresas e pesquisas científicas. Assim como os sistemas computacionais atuais combinam diversos componentes para atuação em conjunto, essa novidade da IBM traz a mesma abordagem, constituindo-se de inúmeros compone…

Sonda que visita asteroide Bennu tira foto da Terra a 110 milhões de quilômetros

A imagem, registrada em 19 de dezembro de 2018 pela câmera da OSIRIX-REx, mostra Bennu à direita a 43 km, enquanto Terra e Lua aparecem à esquerda, a 110 milhões de km (Foto: NASA)

Por Patrícia Gnipper

Dias antes de entrar na órbita do asteroide Bennu, a sonda OSIRIS-REx, da NASA, acabou tirando uma fotografia em que mostra o objeto, sim, mas acabou conseguindo registrar, na mesma imagem, a Terra e a Lua lá de longe. Na foto, nosso planeta aparece a 110 milhões de quilômetros, enquanto o asteroide estava a apenas 43 quilômetros da sonda.

A OSIRIS-REx entrou na órbita do objeto na virada do ano, e seguirá sua missão de estudá-lo para que conheçamos melhor este asteroide, cujo formato é peculiar, e também nos ajudará a entender melhor a formação do Sistema Solar. Pequenino, Bennu tem apenas 500 metros de diâmetro.

A sonda, por sinal, foi a primeira da história a orbitar um objeto tão pequeno, e a uma distância tão curta de sua superfície (apenas cerca de 1.600 metros). Em 2019, a OSIR…

Sonda chinesa na Lua estaria em busca de combustível 'interplanetário'

Pesquisadores afirmam que uma das possíveis missões da sonda Chang'e-4 é encontrar combustível que alimentaria foguetes para viagens a outros planetas

Além do feito de pousar no lado oculto da Lua pela primeira vez na história, a sonda chinesaChang'e-4 estaria em busca de realizar outro feito inovador para a humanidade: cientistas acreditam que uma das missões lunares propostas pela Administração Nacional Espacial da China é encontrar a matéria-prima para a fabricação de um combustível que possibilitaria a realização de viagens para outros planetas no futuro.

Ao investigar a composição do que há no interior da Lua, os pesquisadores chineses estariam em busca de hélio-3, um isótopo não-radioativo que poderia ser uma fonte de energia para alimentar foguetes com motores de grande potência — os isótopos são as variantes de um elemento químico, que possuem um número diferente de nêutrons em seus átomos. Modelos prévios realizados por astrônomos indicam que a composição lunar poder…

Primeira cientista-astronauta portuguesa procura apoio para continuar estudando o espaço

Um novo curso, também com o apoio da NASA, sobre geologia lunar, no Arizona, tem um custo de quase 2.500 euros (D.R.)

Em dezembro, Ana Pires tornou-se a primeira mulher portuguesa a receber o diploma de cientista-astronauta da NASA. Ainda este mês espera reunir-se com Rui Moura, o primeiro português a fazer o mesmo.

Por Maria Martinho

Tem 38 anos, é natural de Espinho e quando criança foi fascinada por carros e automação, muito motivada por um tio mecânico. Ana Pires chegou mesmo a ponderar enveredar pela metalurgia, mas, quando a irmã lhe falou no curso de Engenharia Geotécnica e Geo-ambiente do Instituto Politécnico do Porto, identificou-se imediatamente com a área.

Depois de se debruçar sobre as rochas, os minerais ou a evolução da linha de costa, Ana apaixonou-se também pela robótica e pelos sistemas autônomos, frequentando atualmente o mestrado em Engenharia e Eletrotécnica e de Computadores – Ramo de Sistemas Autônomos do Instituto Superior de Engenharia do Porto (ISEP). Além d…

Revista Ovni Pesquisa (Edição n° 3)

A Revista Ovni Pesquisa se encontra à venda pelo seu site www.ovnipesquisa.com.br. Dedicada ao estudo do fenômeno OVNI de forma cientifica é uma publicação do grupo Cipfani, de Minas Gerais.

Abaixo a versão digital da terceira edição:

Ovni Pesquisa Edicao Nº 3 Publish at Calameo
FONTE: www.ovnipesquisa.com.br

Leias a edições anteriores clicando nos links abaixo:

Revista Ovni Pesquisa (Edição n° 1)

Revista Ovni Pesquisa (Edição n° 2)

Websérie Ilha de Páscoa (01)

Ansiosos para os novos vídeos?

Ano passado fechamos a parceria com a Brazul Film Company que ficou de trazer um novo formato, mais interativo e
dinâmico para o nosso canal, e hoje os mistérios dessa novidade serão revelados!

No primeiro vídeo de 2019 do Enigmas e Mistérios, Edison Boaventura Jr, trás para vocês a história da Ilha de Páscoa
onde ele esteve e viu de perto este lugar incrível e cheio de mistérios!

Há muitos enigmas sobre a Ilha de Páscoa, e alguns deles serão desvendados neste vídeo, onde será contado
também sobre o primeiro avistamento OVNI na ilha! 😮

Então, dá o play e fique com mais este Enigmas e Mistérios que foi feito com muito carinho para vocês!



FONTE: Enigma e Mistérios

Há 40 anos, policiais seguiam 'esferas luminosas' no céu em Sorocaba (SP)

Evento ficou conhecido como 'Caso Mariquinha' e atraiu milhares de curiosos ao interior de São Paulo. Ufólogos dizem, com base em relatos, que luzes brancas eram ovnis. ('Caso Mariquinha' faz 40 anos em Sorocaba — Foto: Clayton Esteves/TV TEM)

Por Carlos Dias, G1 Sorocaba e Jundiaí

Há exatos 40 anos, moradores de Sorocaba (SP) olharam para o céu e disseram ter visto uma luz branca arredondada, mas não era a lua. Segundo os registros, na noite de 8 de janeiro para o dia 9, as esferas luminosas que pairavam sobre a cidade foram seguidas por policiais militares, e o evento ficou conhecido em todo o país como "Caso Mariquinha".

O ufólogo Jorge Facury Ferreira, do Grupo de Estudos e Pesquisas Ufológicas de Sorocaba (GEPUS), é um dos especialistas sorocabanos que estudam o acontecimento e colhe depoimentos e supostos indícios da visita extraterrestre no interior de São Paulo.

Na época, por volta das 3h, uma equipe da Polícia Militar foi parada por um mecânico pedi…

Extinção: A onda de 1,6 mil metros que pode ter ajudado a dizimar os dinossauros

A maior onda já documentada no hemisfério sul na história moderna tinha 23,8 metros de altura

Em maio de 2018, cientistas documentaram nas Ilhas Campbell, na Nova Zelândia, a maior onda já registrada no hemisfério sul na história moderna.

Ela media 23,8 metros de altura.

Você consegue imaginar uma onda quase 70 vezes maior?

Há 65 milhões de anos, um asteroide de 14 quilômetros de diâmetro atingiu a Terra com consequências catastróficas.

O impacto abriu uma cratera de 180 quilômetros de diâmetro, cujo centro está localizado na atual Península de Yucatán, no México.

Conhecido como asteroide de Chicxulub, nome da cidade mais próxima à cratera, o corpo celeste seria parte de um asteroide muito maior que, após uma colisão no espaço, se dividiu em vários fragmentos.

Entre outras coisas, ele pode ter ajudado a dizimar os dinossauros, que eram os vertebrados terrestres dominantes.


A onda gigante pode ter sido parte da causa da extinção dos dinossauros

Agora, pesquisadores do Departamento de …

Sonda chinesa faz foto panorâmica incrível do lado oculto da Lua

Chang’e-4 divulga um "autorretrato" em que é possível observar as crateras de região até então inexplorada de nosso satélite natural - FOTO TIRADA PELA SONDA CHANG'E 4 (FOTO: DIVULGAÇÃO)

AAdministração Nacional Espacial da China divulgou novas imagens da sonda Chang'e-4, que no dia 03 de janeiro pousou com sucesso no lado oculto da Lua pela primeira vez na história. Além de registrar uma foto do panorama lunar, o equipamento chinês também fez um "autorretrato" em que é possível observar os diferentes componentes da sonda e as crateras lunares.

Em comunicado divulgado nesta sexta-feira (11 de janeiro), os pesquisadores chineses afirmaram que a análise preliminar da topografia da superfície lunar foi realizada com sucesso, graças à expedição do jipe espacial Yutu 2, que deixou o módulo de pouso e agora realiza a exploração de um local conhecido como Cratera Von Kármán, próximo ao Polo Sul lunar.

O Yutu 2 conta com um sistema de deslocamento especialmente d…

Protótipo de nave interplanetária da SpaceX está pronto e é incrível!

Imagem do protótipo da Starship, nave espacial da SpaceX para voos interplanetários. (Crédito: SpaceX)

Salvador Nogueira
O sonho das viagens interplanetárias começa a ficar mais palpável. Ao seu estilo, Elon Musk apresentou no Twitter uma foto do protótipo de teste da nave espacial de alta capacidade em desenvolvimento pela SpaceX.

“Foguete Starship de voos de teste acabou de ser montado no sítio de lançamento da SpaceX no Texas”, escreveu Musk. “Esta é uma foto real, não uma ilustração.”

Starship test vehicle under assembly will look similar to this illustration when finished. Operational Starships would obv have windows, etc. pic.twitter.com/D8AJ01mjyR— Elon Musk (@elonmusk) 5 de janeiro de 2019

A primeira coisa que vem à mente é: “Uau! Musk e a SpaceX estão realmente fazendo isto!”

O projeto, com sua brilhante fuselagem de aço inoxidável, parece tirado diretamente de ilustrações de ficção científica dos anos 1950. Até Musk brinca com isso, ao dizer: “Tinha de ser tornado real.”

Tra…

ALMA descobre protoestrela com disco deformado

Ilustração de um disco deformado em torno de uma protoestrela. O ALMA observou a protoestrela IRAS04368+2557 na nuvem escura L1527 e descobriu que a protoestrela tem um disco com duas partes desalinhadas.
Crédito: RIKEN

Usando o ALMA (Atacama Large Millimeter/submillimeter Array) no Chile, investigadores observaram, pela primeira vez, um disco deformado em torno de uma jovem protoestrela formada há apenas algumas dezenas de milhares de anos. Isto implica que o desalinhamento das órbitas planetárias em muitos sistemas planetários, incluindo o nosso, pode ser provocado por distorções no disco de formação planetária no início da sua existência.

Os planetas do Sistema Solar orbitam o Sol em planos que estão, no máximo, desviados do equador do próprio Sol até cerca de sete graus. Sabe-se há algum tempo que muitos sistemas exoplanetários têm planetas que não estão alinhados com um único plano ou com o equador da estrela. Uma explicação para isto é que alguns dos planetas podem ter sido afe…

Astrônomos comprovam: o Sol vai virar uma “bola de cristal”

Estudo mostra que anãs brancas se solidificam —e esse será o destino do Sol daqui a 10 bilhões de anos, quando ele se tornar uma estrela desse tipo. (University of Warwick/Mark Garlick/Divulgação)

Na contramão daquele hit do milênio passado, observações astronômicas não obtiveram sucesso em localizar nada parecido com uma lua de cristal pela galáxia. Desculpe, Xuxa. Mas pesquisadores da Universidade de Warwick, na Inglaterra, acabam de anunciar a descoberta de um corpo celeste ainda mais precioso: um sol de cristal. Publicado na revista Nature, o artigo descreve a primeira evidência direta de que estrelas se cristalizam.

Mas essa sina é reservada apenas a uma categoria estelar específica, as anãs brancas, que são o terceiro e último estágio evolutivo na vida de estrelas como o Sol, pouco ou médio massivas. Quando todo o hidrogênio que as mantêm ardendo é consumido e transformado em hélio, elas incham e viram gigantes vermelhas. Essa transição deve começar a ocorrer no Sol daqui a 5 b…

O futuro já aconteceu. E o livre-arbítrio não existe

Não é misticismo. É a última fronteira da ciência – e ela diz que o futuro, de certa forma, já está escrito. Entenda.

Existe um lugar mágico, onde o tempo não passa no mesmo ritmo pra todo mundo. Nenhum relógio marca a mesma hora. E o futebol é um caos. Enquanto um torcedor vê o Messi deles partindo para a grande área com a bola dominada, outro já viu o gol acontecer. Para alguns, o jogo ainda nem começou; para outros, já aconteceu há 50 anos. Um nó.

Num mundo desses, o que ainda é futuro para você já estaria gravado na memória de outro. Seu filho pode nem ter nascido, mas para o vizinho da direita ele já tem seis anos. Para o da esquerda, 20, e foi contratado pelo Barcelona.

Se isso já aconteceu para outra pessoa, não tem mais como ser mudado. É o passado dela, que já está escrito. Se o seu futuro fizer parte desse passado alheio, não há o que fazer: esse futuro também está escrito.

Nesse mundo mágico, a liberdade de escolha, a sensação de livre-arbítrio, é absolutamente ilusória. A…

Câmera do telescópio Hubble quebrou; greve no governo dos EUA prejudica o reparo

Por Patrícia Gnipper

A Wide Field Camera 3, um dos principais instrumentos do telescópio espacial Hubble, quebrou na última terça-feira (8). Como se isso não fosse problema suficiente, os engenheiros da NASA não conseguirão trabalhar no reparo tão cedo, já que está rolando uma paralisação no governo dos EUA — e, vale lembrar, a NASA é uma agência estatal e, portanto, faz parte da greve.

No Goddard Space Flight Center, da NASA, é que ficam as operações do Hubble e, ali, a maioria dos funcionários está em licença involuntária enquanto durar a paralisação. Apenas algumas pessoas responsáveis pela operação de espaçonaves que estão voando no momento foram autorizadas a continuar trabalhando. Entre esses funcionários, estão alguns que operam o Hubble — mas o telescópio espacial, que tem quase 30 anos de operação, precisará de mais funcionários para que o reparo seja feito devidamente.

Emergencialmente, a NASA criou uma equipe para investigar o problema técnico e, então, descobrir o que e q…

Quando uma estrela vira um buraco negro; pela primeira vez, cientistas podem ter flagrado o fenômeno

Imagem mostra The Cow - ou AT2018cow (SLOAN DIGITAL SKY SURVEY)

Edison Veiga
De Bled (Eslovênia) para a BBC News Brasil

Em 17 de junho do ano passado, os telescópios do Atlas (The Asteroid Terrestrial-impact Last Alert System), no Havaí, captaram uma estranha anomalia a 200 milhões de anos-luz da Terra. Na constelação de Hércules, um objeto absurdamente brilhante rapidamente acendeu e desapareceu.

O fenômeno intrigou a comunidade astronômica. Liderada pela astrofísica Raffaella Margutti, professora e pesquisadora da Universidade Northwestern, nos Estados Unidos, e membro do Ciera (Center for Interdisciplinary Exploration and Research in Astrophysics), uma equipe internacional de cientistas chegou a uma provável conclusão: as lentes dos telescópios registraram, pela primeira vez, o nascimento de um buraco negro - ou, ao menos, de uma estrela de nêutrons.

O anômalo objeto observado - tecnicamente uma estrela superluminosa supernova ou simplesmente uma hipernova - foi batizado como AT20…

Astrônomos flagram buraco negro 'devorando' estrela

Ilustração artística de um buraco negro com um raio-x ao redor, que permite que sua taxa de rotação seja estimada (NASA/CXC/M. WEISS)

Edison Veiga
De Milão para a BBC News Brasil

Um telescópio a bordo da Estação Espacial Internacional captou sinais de um buraco negro "devorando" uma estrela. As imagens, detectadas em março do ano passado, foram analisadas por astrônomos e as conclusões foram divulgadas nesta quarta-feira.

Batizado de MAXI J1820+070, o buraco negro fica relativamente perto da Terra - a 10 mil anos-luz daqui. Os equipamentos da Estação Espacial detectaram um imenso jato de luz de raios-x, que chamou a atenção dos cientistas.

Depois de analisar o material, os cientistas concluíram que se tratava de um fenômeno interessantíssimo: um buraco negro observado em meio a uma explosão, uma fase extrema em que ele emite rajadas de energia enquanto absorve um amontoado gigantesco de gás e poeira de uma estrela próxima.

"Muitos milhões de buracos negros existem em n…

Por que a estrela mais brilhante da galáxia é invisível a olho nu – e como se tornará aparente

Eta Carinae, estrela mais luminosa da Via Láctea, perderá nuvem de poeira que hoje ofusca seu brilho quando vista da Terra. (NASA/NATHAN SMITH/BERKELEY)

Evanildo da Silveira
De São Paulo para a BBC News Brasil

Apesar de brilhar com a intensidade de cinco milhões de sóis, a estrela conhecida mais luminosa da Via Láctea, Eta Carinae, localizada a 7,5 mil anos-luz do Sistema Solar, não é visível a olho nu da Terra.

Isso não vai durar para sempre, no entanto. Um estudo de um grupo internacional de pesquisadores, liderados pelo astrônomo brasileiro Augusto Damineli, da Universidade de São Paulo (USP), indica que em breve, em pouco mais de 10 anos, a nuvem de poeira e gás que a esconde dos olhos nus dos terráqueos terá se dissipado e ela poderá ser vista em todo o seu brilho.

Sua luz se tornará duas vezes e meia maior do que atualmente é visível por telescópios.

A Eta Carinae tem sido, depois do Sol, a estrela a mais observada (por telescópios), fotografada e estudada do universo – ao meno…

Rajadas rápidas de rádio são identificadas pela 2ª vez no espaço

ILUSTRAÇÃO DE RAJADA RÁPIDA DE RÁDIO (FOTO: NRAO OUTREACH/T. JARRETT (IPAC/CALTECH); B. SAXTON, NRAO/AUI/NSF)

Astrônomos ainda detectaram 13 sinais misteriosos em poucas semanas

Cientistas detectaram repetidas ondas de rádio vindas a 1,5 mil anos-luz de distância no espaço. Segundo eles, é a segunda vez que ocorre a detecção de sinais tão constantes.

Rajadas rápidas de rádio (FRB, na sigla em inglês) ainda são um mistério para a astronomia. Análises mostram que elas duram apenas milisegundos, mas têm a mesma quantidade de energia que o Sol leva 12 meses para gerar.

Em dois estudos publicados no periódico Nature, os cientistas explicam que, das mais de 60 rajadas rápidas já detectadas, apenas uma havia se repetido no mesmo local. “Saber que há outra sugere que pode haver mais. E com mais repetições e mais fontes disponíveis para estudo, podemos ser capazes de entender de onde elas vêm e o que as causa”, disse Ingrid Stairs, astrofísica da Universidade da Colúmbia Britânica, no Reino …