Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de 2018

Espécie de formiga explode suas tripas sobre insetos inimigos

FORMIGA OPERÁRIA DA ESPÉCIE C. EXPLODENS (FOTO: LACINY ET AL., ZOOKEYS, 2018)

Depois de 83 anos sem novidades, entomologistas anunciaram a descoberta de uma nova espécie de formiga capaz de se explodir para proteger a sua comunidade — a última espécie do tipo foi descrita em 1935.

Trata-se da Colobopsis explodens, presente nas florestas de Bornéu, ilhas do sudeste asiático. Quando está sob ataque de outros insetos, ela é capaz de explodir suas “tripas” sobre os inimigos. Acontece que, para proteger a colônia, elas não só mordem o invasor como também são capazes de flexionar suas partes traseiras até que seu abdômen exploda. Assim, elas liberam uma secreção amarela e gosmenta — e com cheiro de curry — sobre os outros insetos que pode retardar o avanço dos invasores ou até mesmo matá-los.

Mas há um preço a se pagar pelo violento contra-ataque: assim como acontece com as abelhas quando picam, elas morrem no final da batalha.

Esse é um mecanismo de defesa raro no reino animal, mas geralm…

Ciência De Tudo Com Stephen Hawking

Stephen Hawking desafia voluntários e os telespectadores a pensar como os maiores gênios do passado e a responder algumas das mais difíceis e duradouras questões da humanidade.








FONTE: Canal Youtube Documentários incríveis!




Para comemorar seu 28º aniversário, Hubble registra Nebulosa Laguna

LAGUNA NEBULOSA (FOTO: DIVULGAÇÃO/NASA)

Localizada na Constelação de Sagitário, nuvem interestelar de dimensões colossais foi vasculhada pelo telescópio espacial

Desde que foi lançado, em 24 de abril de 1990, o telescópio espacial Hubble contribuiu com descobertas incríveis para a comunidade científica internacional. Para comemorar seu 28º aniversário, a NASA e a Agência Espacial Europeia (ESA) divulgaram uma imagem que mais parece saída do filmeGuardiões da Galáxia: repleta de cores, a nuvem interestelar Nebulosa Laguna foi captada pelas lentes do Hubble.

Com 55 anos-luz de largura e 20 anos-luz de altura, a Nebulosa Laguna está localizada a mais de 4 mil anos-luz da Terra. Suas dimensões são tão grandiosas que essa nuvem interestelar é possível de ser visualizada a olho nu. Formada principalmente por hidrogênio, a formação é repleta de cores por conta dos gases presentes.

Quando o Hubble mira seu foco sobre regiões muito distantes, é como se fotografasse o passado: sua câmera capt…

China plantará flores na Lua para estudar plano de colonização

Sonda espacial Chang'e 4 será lançada em 2018 e analisará o lado oculto da Lua

Com previsão de lançamento para 2018, a missão chinesaChang'e levará sementes de mostarda (além de amostras de batata) para estudar as possibilidades de plantio na Lua. O veículo de exploração que acompanhará a sonda também carregará terra e água para realizar o experimento em solo lunar.

Essa seria a primeira vez que um estudo desse tipo será realizado no satélite da Terra: as sementes ficarão em um compartimento de alumínio e seu desenvolvimento será avaliado pelos pesquisadores que lideram a missão.

O objetivo dos cientistas chineses é de obter mais informações para que a colonização da Lua seja uma possibilidade real no futuro.

Além disso, a Chang'e explorará o lado oculto da Lua: a área recebeu este nome porque não pode ser vista da Terra, já que os dois corpos estão em movimento sincronizado. Apesar de ter sido fotografado, a região nunca foi observada de perto por humanos.

O programa …

Isso poderá ficar pior! Ministério Público alerta para risco de ecocídio na foz do rio Amazonas

NAVIO ESPERANZA DO GREENPEACE USADO POR PESQUISADORES BRASILEIROS PARA INVESTIGAR OS CORAIS DA AMAZÔNIA (FOTO: DIVULGAÇÃO/GREENPEACE)

MPF recomenda que Ibama negue o pedido de licenciamento ambiental sobre a região dos Corais da Amazônia, onde ocorreria extração de petróleo

A quarta-feira (18) foi de comemoração a bordo do navio Esperanza, do Greenpeace. Conforme a expedição adentra a área em que a empresa francesa Total pretende realizar exploração de petróleo, novos sistemas recifais nunca antes mapeados – com predominância de bancos de algas calcárias conhecidas como rodolitos - são encontrados em profundidades que beiram os 200 metros abaixo do nível do mar.

Mas não foi só isso. A notícia que deixou todo mundo animado veio a cerca de 500 quilômetros dali, de Macapá. O Ministério Público Federal, por meio do procurador Joaquim Cabral da Costa Neto, emitiu um parecer no qual recomenda ao Ibama que o pedido de licenciamento ambiental da área seja negado.

Na recomendação, o MPF afirm…

Tardígrados: os seres “indestrutíveis” que um dia podem mudar a exploração espacial

Por: Leo Escudeiro

Muito depois da extinção dos humanos, estas criaturas instigantes ainda estarão vivas. Capazes de sobreviver no espaço e talvez uma das chaves para aprofundar a exploração espacial, os tardígrados frequentemente ganham as manchetes, ainda que não tenham entrado de vez no imaginário coletivo. Sua resistência em condições extremas intriga muita gente, e pesquisadores têm se debruçado sobre o microanimal em busca de respostas para várias questões, sejam elas evolutivas ou de como aperfeiçoar a empreitada humana no espaço.

Os tardígrados são animais minúsculos encontrados em ambientes marinhos ou de água doce. A maioria deles não chega a sequer 1 milímetro de comprimento, e eles têm um filo próprio por causa de suas características: o corpo é dividido em cabeça e mais quatro segmentos, dos quais partem quatro pares de patas. Essas patas, por sua vez, podem terminar em garras ou dedos.

Também conhecidos como ursos-d’água, podem viver por até 60 anos, sobrevivendo metade…

Diamantes encontrados dentro de meteorito raro oferecem pistas de um planeta extinto

Por: George Dvorsky

Em 2008, um meteoro de 80 toneladas explodiu sobre o Deserto da Núbia no Sudão, cobrindo a região de centenas de rochas minúsculas. Uma nova pesquisa sugere que diamantes acumulados dentro desses meteoritos só podem ter sido formados dentro de um corpo planetário do tamanho de Mercúrio ou Marte — dentro de um planeta que já não existe mais.

O meteorito é chamado de Almahata Sitta e está fornecendo a primeira evidência tangível que um corpo protoplanetário existiu durante os estágios iniciais de nosso Sistema Solar, de acordo com uma nova pesquisa publicada nesta semana na Nature Communications. Esse planeta nascente, com tamanho próximo daquele de Mercúrio e Marte, colidiu com outro corpo planetário — não sabemos qual —, criando um enorme campo de detritos que semearam o Sistema Solar com pedaços para construir outros planetas grandes e rochosos. Como a Terra.

A evidência para essa hipótese vem de um tipo raro de meteorito chamado de ureilito. Essas rochas represe…

Menino de 13 anos encontra tesouro de mil anos enterrado na Alemanha

Rei Haroldo 1º pode ter enterrado o tesouro quando fugia de seus inimigos após perder batalha para o próprio filho

Segundo os historiadores, seu reinado gerou o legado uma Dinamarca unificada e convertida ao Cristianismo. Mas Haroldo 1º, também conhecido como "Dente Azul", deixou outra herança: um tesouro enterrado na ilha Rügen, na Alemanha.

Os pertences foram descobertos em janeiro por René Schön, um arqueólogo amador, e por seu aluno Luca Malaschnitschenko, de 13 anos, quando os dois buscavam tesouros na ilha com a ajuda de um detector de metais.

Eles encontraram anéis, broches, pérolas, colares trançados, um martelo e várias moedas que correspondem ao período em que Haroldo governou o que hoje em dia é a Dinamarca, o norte da Alemanha, o sul da Suécia e partes da Noruega, compreendido entre os anos 958 e 986, aproximadamente. Há também peças mais antigas, datadas de 714.

As peças mais recentes datam da década de 980, indicando que esse tesouro poderia ter sido escondido…

Cientistas criam acidentalmente enzima que digere o plástico

Por: George Dvorsky

Há dois anos, cientistas descobriram uma enzima em um centro de reciclagem no Japão que era capaz de digerir o plástico. Durante um experimento recente para entender como essa enzima funciona, os pesquisadores criaram acidentalmente uma versão mutante que lida com o plástico de um jeito ainda mais eficiente. A descoberta pode nos levar um grande avanço na redução de lixo plástico, especialmente de garrafas PET.

O progresso na ciência é conduzido por trabalhos bem deliberados e calculados, mas de vez em quando acontece algum acaso feliz que nos permite fazer grandes avanços.

O novo relatório publicado no periódico Proceedings of the National Academy of Sciences é um caso perfeito dessa situação. Pesquisadores da Universidade de Portsmouth e do Laboratório Nacional de Energia Renovável do Departamento de Energia dos EUA estavam conduzindo um experimento para ver como uma enzima que quebra o plástico em pequenas partículas funciona (uma enzima é um subproduto químico…

Este vídeo mostra como a tecnologia consegue facilmente criar uma fraude de Barack Obama

Por: Tom McKay

Alguns alertas sobre um possível “apocalipse de notícias falsas” estão soando há algum tempo. Existe uma ideia de que a tecnologia está tornando muito mais fácil a geração de desinformação e propaganda e de que tudo é disseminado rapidamente para legiões de pessoas na internet, sem checagem dos fatos.

Algo particularmente preocupante são os algoritmos alimentados por machine learning (aprendizado de máquina), que tornam possível a geração de vídeos falsos com figuras públicas dizendo coisas que nunca saíram de suas bocas. E o pior, com uma precisão audiovisual excepcional.

No ano passado, pesquisadores da Universidade de Washington utilizaram a tecnologia para fazer vídeos falsos do ex-presidente Barack Obama – eram coisas que ele tinha dito e cenas que ele realmente tinha filmado, mas com outra sincronização dos lábios.

A equipe de pesquisa não colocou novas palavras na boca de Obama, mas o diretor Jordan Peele, do filme Corra!, e o BuzzFeed preparam um alerta para mo…

O Incrível Caso da Família Knowles

Na manhã de 20 de janeiro de 1988, Faye Knowles, sua esposa e seus filhos Patrick (24 anos), Sena (21 anos) e Wayne (18 anos), viajavam de carro, através de um rodovia na planície Nullarbor. Por volta das 4 horas da madrugada, a família trafegava entre Madura e Mundrabilla, tendo Sean ao volante, e Patrick no banco do passageiro. Em dado momento, uma luz intensa surgiu logo a frente do veículo na estrada. Impressionado com o avistamento o motorista perguntou ao irmão se aquilo seria uma espaçonave. Patrick rejeitou a ideia. Ainda impressionado com a experiência, Patrick tentou aproximar-se da estranha luz para observar melhor. A aproximadamente 20 metros de distância da luz, um objeto em forma de ovo, intensamente iluminado, cruzou a frente do veículo chegando muito próximo ao solo. Instintivamente Sean desviou o carro para evitar uma colisão com o objeto, mas quase batendo em uma caminhonete que vinha em sentido contrário.


Lugar exato onde ocorreu o incidente


Neste local existem ins…

Cérebro Quântico: Somos computadores quânticos biológicos?

Já que todas as analogias do cérebro com um computador falharam, a ideia agora é ver se ele não seria um computador quântico.[Imagem: Peter Allen/UCSB]

Projeto Cérebro Quântico

Nos últimos séculos, os cientistas têm-nos comparado com máquinas e as máquinas conosco - temos uma "maquinaria celular" e computadores são "cérebros eletrônicos", lembra-se?

Com o advento das tecnologias quânticas, físicos e neurocientistas estão pensando em dar um upgrade nessas comparações.

"Será que nós poderíamos ser computadores quânticos, em vez de meros robôs inteligentes que estão projetando e construindo computadores quânticos?" propõe o professor Matthew Fisher, da Universidade da Califórnia em Santa Barbara, nos EUA.

E ele vai tentar responder a essa pergunta; não sozinho, mas junto a uma equipe interdisciplinar e interinstitucional que está se reunindo em torno de um projeto multimilionário batizado de Projeto Cérebro Quântico, ou QuBrain (Quantum Brain Project).

Comp…

Geoengenharia climática afetaria sobretudo países mais pobres

Ainda há dúvidas fundamentais sobre as alterações climáticas em curso. Por exemplo, os cientistas não sabem onde está o calor do aquecimento global.[Imagem: NASA]

Contra a geoengenharia climática

A colocação de espelhos gigantescos em volta da Terra com o intuito de refletir parte da radiação solar e o lançamento de milhões de toneladas de enxofre na estratosfera para simular efeitos de uma grande erupção vulcânica são alguns dos projetos mirabolantes da geoengenharia climática que começam a ser discutidos pelos cientistas para tentar mascarar o aquecimento do planeta.

Ocorre que o impacto desse tipo de iniciativa sobre o ecossistema global ainda é muito incerto.

E, segundo um alerta publicado pela revista Nature, a única certeza é que os países em desenvolvimento serão os mais afetados - tanto pelos efeitos das mudanças climáticas em si como pelas estratégias que venham eventualmente a ser implementadas na tentativa de frear a elevação da temperatura.

O texto é assinado por cientista…

Estamos sozinhos? O novo caçador de planetas da NASA tem como objetivo descobrir

O TESS da NASA, visto aqui nesta ilustração, vai identificar exoplanetas em órbita das estrelas mais brilhantes e próximas. Isto permitirá com que telescópios terrestres e o futuro Telescópio Espacial James Webb façam observações de acompanhamento a fim de caracterizar as suas atmosferas.
Crédito: Centro de Voo Espacial Goddard da NASA

Existem, potencialmente, milhares de planetas além do nosso Sistema Solar - vizinhos galácticos que podem ser mundos rochosos ou coleções mais ténues de gás e poeira. Onde estão localizados estes exoplanetas mais próximos? E em quais podemos procurar pistas sobre a sua composição e até mesmo habitabilidade? O TESS (Transiting Exoplanet Survey Satellite) será o primeiro a procurar estes mundos próximos.

A nave financiada pela NASA, não muito maior que um frigorífico, transporta quatro câmeras que foram concebidas, projetadas e construídas no MIT (Massachusetts Institute of Technology), com uma visão espantosa: observar as estrelas mais brilhantes e próx…

Cratera de impacto ou supervulcão em Marte?

Esta imagem foi captada no dia 1 de janeiro de 2018 pela Câmara de Alta Resolução da Mars Express da ESA e mostra uma cratera chamada Ismenia Patera.
A cratera está situada em Arabia Terra, uma parte interessante da superfície de Marte que se pensa ter tido significativa atividade vulcânica. Os cientistas não têm a certeza de como Ismenia Patera se formou; poderá ter sido o resultado da colisão de um meteorito ou os restos colapsados de um antigo supervulcão colapsado.
Crédito: ESA/DLR/FU Berlin

Estas imagens da sonda Mars Express da ESA mostram uma cratera, denominada Ismenia Patera, no Planeta Vermelho. A sua origem permanece incerta: um meteorito atingiu a superfície ou poderia ser o remanescente de um supervulcão?

Ismenia Patera - patera que significa “bacia plana” em latim - fica na região da Arabia Terra, em Marte. Esta é uma área de transição entre as regiões norte e sul do planeta - uma parte da superfície especialmente intrigante.

A topografia de Marte é claramente dividida …

Conheça o dicionário de cores que Darwin usou para descrever a natureza

Em sua época, Charles Darwin não podia contar com o auxílio da fotografia para descrever com exatidão o que observava, então, se baseava em uma nomenclatura oficial de cores

Hoje em dia todas as ferramentas de que precisamos estão nas palmas das nossas mãos. Se você se deparar com algo muito extraordinário no caminho para casa, é possível registrá-lo com um toque no seu celular. Mas nem sempre foi assim. Enquanto viajava a bordo do HMS Beagle, entre 1831 e 1836, Darwin não tinha um aparelho de última geração parcelado em mais vezes do que você quer lembrar.

Para registrar todas as espécies que encontrava no caminho, o naturalista tinha que contar com a extrema precisão de suas descrições e desenhos, cujas cores poderiam desbotar com o tempo.

Foi pensando em manter um padrão entre essas cores e descrições que, em 1814, o pintor escocês Patrick Syme decidiu ilustrar o livro Nomenclatura das Cores de Werner (Smithsonian Books, 80 páginas, sem edição brasileira), escrito pelo geólogo ale…

Céu da Semana - 16/04 a 22/04/2018

Neste Céu da Semana, visitamos Messier 49, M59 e M89, as galáxias elípticas menos luminosas do Aglomerado de Virgem.



FONTE: UNIVESP TV

Confira fotos raras da NASA que quase foram jogadas no lixo

REGISTRO DO AUSTRONOAUTA BUZZ ALDRIN, TOMADO POR NEIL ARMSTRONG, QUE APARECE REFLETIDO NO CAPACETE. OS DOIS ESTÃO NA SUPERFÍCIE DA LUA (FOTO: REPRODUÇÃO/ SWANN GALLERIES)

A agência espacial norte-americana voltou atrás e decidiu fazer um leilão com mais de mil registros fotográficos de missões realizadas entre os anos de 1961 a 1972

Antes da tecnologia existir, o jornalismo funcionava de uma forma um tanto quanto arcaica. Sem computadores nas redações de jornais e revistas, por exemplo, não havia o hábito de se armazenar fotos e imagens que iam para os veículos. Ao contrário, uma vez publicadas, suas cópias originais eram destinadas ao lixo.

Por pouco, esse também seria o destino dos registros fotográficos de algumas missões da NASA realizadas entre os anos de 1961 a 1972. Imagine só, imagens da era de ouro da agência espacial norte-americana irem parar sabe-se lá onde.

Foi isso o que pensou um funcionário de uma agência de imagens dos Estados Unidos. Visionário, o homem decidiu guar…