Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Novembro 16, 2014

Björk - New World (Novo Mundo)

Letra:

Novo Mundo
Trem, apitos, uma doce tangerina
Amoras, dançarinos em linha
Teias de aranha, um sinal de padaria

Ooh, uma doce tangerina
Ooh, bailarinas em fila
Ooh

Se viver é ter que ver
Eu estou segurando minha respiração
Em maravilha, eu desejo saber
O que acontece depois?
Um mundo novo, um dia novo para ver

Eu estou caminhando suavemente no ar
A meio caminho daqui para o céu
Luz solar desdobra em meu cabelo

Ooh, eu estou caminhando no ar
Ooh, daqui para o céu
Ooh

Se viver é ter que ver
Eu estou segurando minha respiração
Em maravilha, eu desejo saber
O que acontece depois?
Um mundo novo, um dia novo para ver




FONTE: Meus agradecimentos ao amigo Santiago Wolnei Ferreira Guimarães

Transcomunicação Instrumental (TCI)

No minuto 07:44 do vídeo abaixo vemos a imagem acima onde o cineasta Geraldo Santos diz não saber do que se tratar, nesta época pouco se falava de transcomunicação na área ufológica, isso leva a crer que poderia se tratar de um ser extraterrestre desta ou de outra dimensão. (Terry Wilson)

Goulart de Andrade entrevista o cineasta Geraldo Santos e o médico parapsicólogo Max Berezovsky no programa "Comando da Madrugada", exibido em 15/06/1996, na TV Manchete. Eles discutem sôbre a T.C.I. - Transcomunicação Instrumental, disciplina que estuda as manifestações de espíritos através de aparelhos eletrônicos (gravadores, computadores, telefone, radio ou tv). As pesquisas começaram na década de 1950 com Friedrich Jurgenson, autor do livro "Telefone para o Além" e prosseguiram com Konstantin Raudive, Peter Bander, Jules e Maggie Harsch-Fishbach, Klaus Schreiber, Ernst Senkowski, George Meek, Hernani Guimarães Andrade, Flávio Pereira, George Magyary, Hilda Hilst, Sonia Rinald…

Japão pronto para lançar robô que pousará em asteroide

A sonda inteira deverá tocar o asteroide para recolher amostras.[Imagem: JAXA]

Quase sucesso

Depois do feito da sonda europeia Rosetta e do seu robô Philae, que pousou sobre um cometa, a agência espacial japonesa (JAXA) prepara-se para repetir o feito, só que pousando sobre um asteroide.

A sonda espacial Hayabusa 2 será lançada do Centro Espacial Tanegashima no próximo dia 30 de Novembro.

A Hayabusa 1 teve um sucesso relativo, muito similar ao do Philae: ela tocou o asteroide Itokawa em novembro de 2005 e não conseguiu capturar as amostras do solo no volume esperado porque não conseguiu um contato firme com ele.

A diferença da missão é que a Hayabusa trouxe de volta as amostras para a Terra. Embora tenham chegado apenas pequenos grânulos de poeira do asteroide, eles foram suficientes para identificar um mineral que não existe na Terra.


O robô Mascot aparece pousado em primeiro plano, sem seus painéis solares abertos - a imagem não está em escala, uma vez que o Mascot é uma pequena ca…

Descoberta nova conexão entre eletricidade e magnetismo

A magnitude da eletricidade gerada e a dependência de um campo magnético externo permitirão o uso do fenômeno para detectar informações armazenadas magneticamente. [Imagem: Chiara Ciccarelli et al. - 10.1038/nnano.2014.252]

Bombeamento de carga

Uma equipe internacional de pesquisadores descobriu um novo elo entre o magnetismo e a eletricidade que pode ter aplicações em eletrônica.

Eles demonstraram que é possível gerar uma corrente elétrica em um material magnético simplesmente rotacionando sua magnetização.

O fenômeno, chamado "bombeamento de carga", produz uma corrente alternada de alta frequência.

A geração e a modulação de correntes de alta frequência são elementos centrais nos aparelhos de comunicações via rádio, como telefones celulares, redes Wi-Fi, Bluetooth, e também estão sendo incluídas nos radares desenvolvidos para os carros sem motoristas.

O novo comportamento é um espelho da magnetoeletricidade, descoberta em 2010, na qual as propriedades magnéticas de um mat…

Debate ufológico aconteceu na Universidade Americana

Leslie Kean se apresentando no painel de discussão ufológica realizado na Universidade Americana, em Washington

Especialistas deixam claro que a Terra tem sido visitada por civilizações alienígenas, porém evento salientou as divergências que existem na Ufologia

Conforme noticiado anteriormente, a Universidade Americana, localizada na capital dos Estados Unidos, Washington, foi palco em 12 de novembro de um painel de discussão a respeito do Fenômeno UFO. Com o título UFOs: Encontros de Generais, Pilotos, e Oficiais do Governo, o evento teve como participantes pesquisadores de destaque. Um deles foi Leslie Kean, autora do livro OVNIs - Militares, Pilotos e o Governo Abrem o Jogo, no qual o painel foi baseado. Outro participante de destaque foi Richard Haines, cofundador do Centro Nacional de Informes Aeronáuticos de Fenômenos Anômalos (NARCAP), e ex-funcionário da NASA, onde foi chefe do Escritório de Fatores Espaciais Humanos.

Charles I Halt, coronel da reserva e protagonista do caso …

O laboratório que cria o gel futurista para estancar sangramentos instantaneamente

O VetiGel parece algo vindo do futuro: quando aplicado sobre uma ferida, este gel milagroso estanca a hemorragia quase que imediatamente. Ele está sendo desenvolvido agora mesmo em um laboratório em Nova York, e a Bloomberg fez uma visita em vídeo.

Da Bloomberg:

Um pequeno laboratório em Brooklyn está trabalhando em um gel que pode parar sangramentos em 20 segundos. As plaquetas se unem ao VetiGel, feito a partir de polímeros à base de plantas, quando ele entra em contato com o sangue. Joe Landolina, cofundador da VetiGel, começou a trabalhar no projeto quando era calouro na Universidade de Nova York.



O VetiGel faz três coisas ao mesmo tempo: ele mantém pressão sobre a ferida, ativa a fibrina – polímero necessário para o sangue coagular – e ativa as plaquetas. Elas então se ligam à fibrina, fechando a ferida e parando o sangramento.

O médico pode então remover o gel, ou aplicar um spray por cima dele, transformando-o em uma substância que parece pele, dessa forma ajudando no processo…

Neil deGrasse Tyson explica a base científica de Interestelar (e lista 9 mistérios do filme)

O astrofísico Neil deGrasse Tyson – que você conhece por causa deste meme e pela minissérie Cosmos – não gostou de alguns detalhes em Interestelar, mas sabe como ninguém que a trama do filme é inspirada na ciência. Neste vídeo, ele explica a física que torna tudo isso possível.

Palavras de deGrasse Tyson a seguir:

Em Interestelar, Matthew McConaughey interage com a linha do tempo dele. A premissa é: você entra em um buraco negro e tem acesso a dimensões superiores.

Na vida real, nós temos três dimensões com as quais estamos familiarizados. Em Nova York, seria em qual cruzamento de rua e avenida, e em qual andar você vai encontrar alguém em um edifício. Você teria três coordenadas.

Mas se você acertasse de encontrar alguém, você não marcaria um horário sem combinar um lugar; nem você combinaria um lugar sem marcar um horário. Então as coordenadas reais para encontrar alguém requerem quatro números: três coordenadas de espaço, e uma coordenada de tempo.

Você nunca diria a um amigo, “no…

Descoberto alinhamento misterioso de quasares

Esta concepção artística mostra esquematicamente os misteriosos alinhamentos entre os eixos de rotação de quasares e as estruturas em larga escala onde residem. A estrutura em larga escala está desenhada em azul e os quasares encontram-se assinalados em branco com os eixos de rotação dos seus buracos negros indicados através de uma linha. Esta imagem é meramente ilustrativa, não apresentando a distribuição real das galáxias e dos quasares. [Imagem: ESO/M. Kornmesser]

Quasares

Observações realizadas com o telescópio VLT, no Chile, revelaram alinhamentos nas maiores estruturas descobertas no Universo até hoje.

Os eixos de rotação dos buracos negros centrais supermassivos numa amostra de quasares encontram-se paralelos entre si ao longo de distâncias de bilhões de anos-luz.

A equipe descobriu também que os eixos de rotação destes quasares tendem a alinhar-se com as enormes estruturas da rede cósmica onde residem.

Os quasares são regiões compactas dos núcleos das galáxias onde existem bu…

Estranho objeto próximo ao Aeroparque, Buenos Aires

Jetstream 32EP (LV-ZPW)

Sou apaixonado por aviação e assistindo ao vídeo da aproximação e pouso de uma aeronave bimotor turboélice Jetstream 32EP ocorrido no ano de 2013, pertencente a empresa aérea argentina Macair Jet, pude observar antes do toque ao solo do Aeroparque em Buenos Aires, uma luz de cor esbranquiçada emitindo flashs. Não se trata de nenhum tipo de aeronave conhecida, ainda que tenha sido filmado sobre um aeroporto de grande movimento, pela intensidade da luz ao apagar deveríamos ver o objeto em questão, teria que estar mais próximo, oque não ocorre já que não é possível observar nada enquanto se mantém apagado. A luz parece estar distante, durante o dia não seria possível ver a luz com tamanha intensidade ali observada, pois tem se a noção que esteja a grande altura, também não se trata de torre ou algo do gênero. Outro ponto interessante é que esta luz se mantém no mesmo ponto, usamos o avião como referência e notamos quadro a quadro em sua passagem que o artefato s…

Raro documentário sobre a ufologia cubana "Ovnis em Cuba?"

O governo de Cuba censurou, por mais de 37 anos, em todos os meios de imprensa, radial, TV e escrita, ao fenômeno ovni. Em outubro de 1995 ocorre o caso do camponês Adolfo Zarate que foi seguido de una "onda" de reportes de avistamentos OVNIs por toda a ilha, rompendo a mordaça oficial, tendo o governo que admitir publicamente a existência dos OVNIs.. Este documentário representa o retorno da ufologia na ilha cubana. Ironicamente termina com a música "Los Marcianos llegaron ya" (Os Marcianos já Chegaram), tão popular na Cuba republicana.



FONTE: Produção: Octavio Cortazar, Armando Linares e Hugo Parrado Frances.
Edição: Hector Falagan de Cabo
Animação 3D e Musica: Miguel Coyula.
Creditos: Richard Molina.
Colaboração especial: Laritza Ayupova, Lilly, Yamila Garzon.
TV Universitária - AD HOC Video.
La Havana, 1997

Atomotrônica promete GPS quântico

Os átomos artificiais são guiados com precisão usando pinças ópticas de laser.[Imagem: Ryu/Boshier (2014)]

Atomotrônica

A mais do que futurística atomotrônica propõe construir circuitos lógicos usando átomos flutuando entre feixes de raios laser, uma espécie de eletrônica sem sólidos.

Em vez de átomos comuns, os físicos têm-se interessado por átomos artificiais, condensados ultrafrios de átomos de rubídio que se comportam como um único objeto quântico - eles são mais conhecidos como condensados de Bose-Einstein.

O maior entrave para que as propostas teóricas tornem-se realidade é que o estado quântico do condensado é delicado demais, e ele se esfacela facilmente.

Folhas de luz

Changhyun Ryu e Malcolm Boshier, do Laboratório Nacional Los Alamos, nos Estados Unidos, encontraram uma maneira de tornar esses átomos artificiais mais estáveis.

Seus circuitos de demonstração foram construídos com dois feixes de laser, que criam uma "folha de luz" horizontal, que funciona como uma p…

Cometa 67P é rígido como o gelo e contém moléculas orgânicas, diz ESA

Imagem mostra os pontos em que a Philae quicou na superfície do cometa, em um processo que levou 2 horas (Foto: Divulgação/ESA)

Resultados foram captados pelo módulo Philae, lançado pela sonda Rosetta.
Equipamento da Agência Espacial Europeia fez pouso histórico em cometa.

Cientistas da Agência Espacial Europeia (ESA) divulgaram nesta terça-feira (18) que análises feitas pelo módulo Philae, lançado pela sonda Rosetta no cometa 67P Churyumov-Gerasimenko, apontam que o corpo celeste é rígido como o gelo e contém moléculas orgânicas, que ainda serão identificadas.
O robô-laboratório continua no cometa após sua aterrissagem, realizada na última quarta-feira (12), mas está em repouso porque não recebe luz solar suficiente para carregar seus paineis. A bateria que levava a bordo, e que tinha autonomia para 64 horas de trabalho, permitiu a realização de descobertas importantes com seus dez instrumentos

Segundo a agência, o módulo espacial trabalhou cerca de 60 horas sem interrupção e envio…

OVNI segue avião da Gol na tarde desta terça-feira (18NOV14) no litoral de Santa Catarina

Um objeto voador não identificado (OVNI) seguiu por alguns minutos um avião da empresa Gol, que fazia o trajeto entre Navegantes (SC) para Guarulhos (SP). O fenômeno foi avistado pelo passageiro, o empresário Júlio Belli, de São José dos Campos (SP) enquanto admirava a paisagem. De posse de sua câmera fotográfica, conseguiu fazer registros do objeto que emitia uma forte luz, mesmo com o dia totalmente claro. O ocorrido foi no começo da tarde, por volta das 13 horas desta terça-feira (18NOV14).

O evento começou quando ele olhava pela a janela e viu uma luz passar muito baixo, na altura da superfície do mar. Logo o mesmo objeto surgiu um pouco mais alto que o Boeing B737-700 e ficou no horizonte por alguns minutos. O tempo de observação e dos registros fotográficos foram entre dois e três minutos, no máximo.

“Decolamos as 12h40 e foi por volta das 13h12 que vi o objeto. Peguei a câmera e fiz algumas fotos, como o avião estava vazio, fui até o outro lado e também havia o mesmo objeto lu…

Militares ocidentais preocupados com objeto desconhecido no espaço

O jornal The Financial Times informa que astrônomos ocidentais e militares americanos acompanham com atenção o objeto desconhecido 2014-28E que pode pertencer, segundo eles supõem, à Rússia. Receiam que Moscou tenha reiniciado o programa Aniquilador de Satélites.

Inicialmente o objeto foi considerado lixo cósmico que tinha ficado na órbita juntamente com três satélites de comunicação Rodnik que a Rússia tinha lançado em maio deste ano. Mais tarde os peritos acharam que este objeto podia ser estritamente civil, utilizado para a luta contra o lixo espacial ou para o conserto e manutenção de satélites que se encontram na órbita. Todavia, o objeto despertou interesse especial pois o seu lançamento não tinha sido anunciado.
“Seja o que for, mas o objeto 2014-28E tem aspecto de experimental. Pode ter várias funções, tanto civis, como militares...” Esta opinião da perita em segurança cósmica Patrícia Lewis foi mencionada pelo jornal.

FONTE: http://portuguese.ruvr.ru/

Luz torcida envia dados pelo ar

O feixe de luz torcida foi enviado através do céu de Viena. [Imagem: Mario Krenn et al. - 10.1088/1367-2630/16/11/113028]

Luz torcida no ar

As transmissões de dados supervelozes usando luz torcida não precisam ficar confinadas às fibras ópticas.

Engenheiros austríacos enviaram feixes de luz torcida ao ar livre a uma distância de 3 km, recuperando seus dados apesar de todas as interferências impostas pelo ambiente.

A técnica consiste em fazer a frente da onda de luz girar em espiral ao redor de um eixo central - o nome técnico é momento angular orbital. Como não há um limite para o número de "giros" de cada fóton, teoricamente um feixe de luz pode transportar uma quantidade enorme de dados.

Bits e terabits

No ambiente estável de uma fibra óptica, já foram transmitidos dados a uma velocidade de 2,5 terabits por segundo com luz torcida - algo como 66 DVDs por segundo.

No experimento ao ar livre, Mario Krenn e seus colegas da Universidade de Viena por enquanto conseguiram codif…

Mapa da NASA mostra impactos de asteroides na Terra

Os pontos em laranja são eventos registrados durante o dia, enquanto os pontos azuis são eventos registrados à noite. [Imagem: Planetary Science]

País de sorte

A NASA divulgou um mapa mostrando o impacto de asteroides na Terra.

A quase totalidade deles era de pequeno porte, entre 1 e 20 metros de diâmetro, desintegrando-se ao entrar em contato com a atmosfera, gerando apenas um meteoro (o fenômeno luminoso, também conhecido como estrela cadente) sem que nenhum meteorito chegasse ao solo.

O mapa contém os dados disponíveis de 1994 a 2013, somando 556 eventos - o mapa não cobre todos os impactos de asteroides contra a atmosfera da Terra, mas apenas aqueles detectados pelos sistemas de rastreamento.

Os dados revelam que os impactos distribuem-se aleatoriamente ao redor de todo o globo, com poucas áreas menos atingidas - como o Brasil.

Energia de impacto

Os pontos em laranja são eventos registrados durante o dia, enquanto os pontos azuis são eventos registrados à noite.

Em cada um dos ca…

Descoberto novo tipo de silício

A estrutura porosa do Si24 permite que átomos de sódio (amarelo), lítio (verde) e até moléculas de água se difundam pelo material, abrindo a possibilidade de aplicações em armazenamento de energia e filtragem em escala molecular. [Imagem: Duck Young Kim]

Banda proibida

O silício é o segundo elemento mais abundante na crosta terrestre - o primeiro é o oxigênio - e está para a tecnologia assim como o carbono está para a biologia.

Assim, não deixa de ser surpreendente que Duck Young Kim e seus colegas da Instituição Carnegie, nos Estados Unidos, tenham conseguido sintetizar uma forma inteiramente nova de silício.

O silício que eles criaram é um chamado alótropo, uma forma física diferente de um mesmo elemento, da mesma maneira que o diamante e o grafite são duas formas alotrópicas do carbono. O novo alótropo do silício, chamado Silício-24 (Si24), possui uma interessante estrutura porosa, similar à das zeólitas, composta por canais com cinco, seis e oito anéis de silício.

O grande difere…

Casuística ufológica da Chapada Diamantina (BA) relatada por seus moradores

Os relatos dentro da Ufologia são o foco central do estudo, ainda mais quando vêm de gente simples como é o caso dos moradores da Chapada Diamantina BA, local de beleza exuberante, riquezas minerais, fauna e flora diversificada, é neste cenário de pura beleza que os mais incríveis relatos pipocam de pequenas e pacatas cidades em seu entorno, relatos de homens, mulheres e até crianças vêm nos dar uma noção da farta casuística local, relatos que ao serem narrados nos dão a certeza de algo alheio às nossas tecnologias que foram flagrados por olhos assustados e encantados com oque estavam presenciando, é isso que iremos ver nos relatos a seguir:











FONTE: MEUS AGRADECIMENTOS AO PESQUISADOR PAULO GUSMÃO


Documentário de Robert Hastings precisa de auxílio

Pesquisador, maior especialista em casos envolvendo UFOs e armas nucleares, precisa de fundos para finalizar documentário baseado em seu livro Terra Vigiada

Desde a adolescência o norte-americano Robert Hastings tem pesquisado casos ufológicos, especialmente aqueles ocorrido sobre ou nas proximidades de bases militares. Ao longo dos últimos 41 anos, conseguiu entrevistar mais de 150 militares que tiveram experiências em primeira mão com avistamentos de estranhas naves sobre as bases onde serviam. Em boa parte dos casos, esses misteriosos intrusos interferiram com o funcionamento de Mísseis Balísticos Intercontinentais (ICBMs), e outros armamentos nucleares.

Hastings lançou em 2008 seu famoso livro UFOs and Nukes: Extraordinary Encounters at Nuclear Weapons Sites, publicado com exclusividade no Brasil pela Biblioteca UFO com o título Terra Vigiada. A obra é um dos maiores sucessos da coleção, detalhando o tema da vigilância dos UFOs sobre os arsenais nucleares da Terra com informações…

Imagens inéditas mostram pouso acidentado do robô Philae em cometa

Imagem mostra os pontos em que a Philae quicou na superfície do cometa, em um processo que levou 2 horas (Foto: BBC/ESA)

Fotos detalham pontos em que a sonda ricocheteou, ao longo de duas horas, até fazer um pouso final no 67P e ficar sem bateria.

Imagens de alta resolução do pouso histórico da sonda Philae, divulgadas nesta segunda-feira, detalham como foi a aterrissagem acidentada no cometa 67P.
Os registros foram feitos por uma câmera do satélite Rosetta, do qual a Philae se desprendeu na quarta-feira passada (12) para pousar na superfície do cometa.
A sequência de fotos foi captada em um espaço de aproximadamente 30 minutos desde o primeiro contato do robô com o solo. A Philae então "quicou" diversas vezes na superfície, até aterrissar de vez a 1 km de distância desse local.
A sonda ficou sem bateria no sábado e, desde então, não está se comunicando com a Terra. Os cientistas ainda não sabem sua localização exata.
Mas os controladores da Agência Espacial Europeia (ESA, …

A tecnologia futurista para levar a humanidade em uma viagem interestelar

Cientistas e engenheiros vêm se esforçando muito para conceber tecnologias futuristas que permitam viajar quase à velocidade da luz. Vai demorar muitos séculos para os humanos realizarem qualquer uma dessas ideias, eu acho. Mas elas me convencem de que civilizações ultra-avançadas provavelmente viajarão entre as estrelas a um décimo da velocidade da luz – ou mais rápido.

Abaixo, seguem três exemplos bem intrigantes de propulsão quase à velocidade da luz.


Fusão termonuclear
A fusão termonuclear é a mais convencional das três ideias. A pesquisa e desenvolvimento para criar usinas de fusão controlada na Terra começou nos anos 1950, e um sucesso total não virá antes de 2050. Um século inteiro de P&D! Isso mostra, de forma realista, como as dificuldades são grandes.

E o que usinas de fusão em 2050 significam para espaçonaves movidas a fusão? Os designs mais práticos podem atingir 350.000 km/h, e possivelmente 1.000.000 km/h até o final deste século. Será necessária uma abordagem total…

Módulo Philae perfura cometa com sucesso, mas vai dormir enquanto o Sol não vem

Na última semana, a humanidade conseguiu pousar em um cometa pela primeira vez. Mas o pouso não ocorreu totalmente como esperado: o módulo Philae caiu na sombra de um penhasco, onde seus painéis solares não podem obter energia o suficiente.

O módulo de pouso está agora em modo suspenso, mantendo “desligados todos os instrumentos e maioria dos sistemas a bordo”. Felizmente, os engenheiros conseguiram obter todos os dados coletados sobre o cometa antes que as baterias do Philae se esgotassem. Se tivermos sorte, ele pode acordar quando se aproximar do Sol.

>>> A primeira vez que pousamos em um cometa, contada por imagens

A ESA (Agência Espacial Europeia) explica:

A partir de agora, nenhum contato seria possível, a menos que os painéis solares recebam luz o suficiente para gerar energia e acordá-lo. A possibilidade de isso acontecer aumentou esta noite, quando os controladores da missão enviaram comandos para girar o corpo principal da sonda, para que os painéis solares fiquem f…

8 dos acidentes mais embaraçosos na exploração espacial

Nem tudo sai conforme o planejado no espaço. Recentemente, tivemos a explosão do foguete Antares, a terrível tragédia no voo de teste da Virgin Galactic, e a falha no pouso do módulo Philae em um cometa. Mas isso tem precedentes: afinal, se você dispara muitas coisas rumo ao céu usando foguetes voláteis, algumas delas vão cair. Ou explodir.

Eis uma breve recapitulação dos momentos mais facepalm da humanidade na fronteira final.

>>> O hífen que destruiu um foguete da NASA

Orbitador Climático de Marte
Em dezembro de 1998, a NASA lançou uma sonda rumo a Marte, para estudar o clima e a atmosfera do nosso planeta vizinho. Infelizmente, no dia 23 de setembro de 1999, a sonda chegou a Marte em uma órbita mais baixa do que o planejado, então ela pegou fogo – e custou US$ 125 milhões à NASA.

A causa do fracasso? Conversão de unidades. Uma parte do software da sonda estava produzindo dados no sistema imperial (polegadas e libras), enquanto que outra parte estava esperando pelos mesmos…

O extraordinário Thomaz Green Morton

Por Luiz Claudio Ferreira Souz

Há alguns anos, o Brasil foi sacudido com a informação de um homem capaz de produzir fenômenos extraordinários apenas utilizando a sua mente. Este homem era Thomaz Green Morton. Considerado à época como o maior paranormal do Brasil, o carioca de nascimento e radicado em Pouso alegre- MG, viveu dias de celebridade nos anos 70 e 80, até cair no obscurantismo na década de 90 e ser redescoberto pelo programa Fantástico da Rede Globo no inicio do século XXI, quando reviveu sua fama por um breve período até, novamente, voltar ao ostracismo.

Apesar de uma grande parte dos parapsicólogos defender que nem todos aqueles que se dizem paranormais são fraudes, muitos afirmam que Thomaz apresentava sinais de ser um embuste, mesmo que nunca tenha-se conseguido provar esta afirmação. Frequentemente, o acusavam de se esquivar de ser examinado ou de participar de experiências controladas realizadas por cientistas especializados. Muito comparado a Uri Geller, um paranorm…