Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Abril 2, 2017

Suposto pouso de um ovni em São João da Boa Vista (SP) no ano 2000

Suposto pouso e observações de ovnis na zona rural de São João da Boa Vista, no interior de São Paulo no ano de 2000.
Matéria: TV São João (TV União)
Pesquisa: Grupo Ufológico Sanjoanense



FONTE: Canal Youtube Pedro Scärabélo

Ufologia nordestina: O caso Chiquinho

Praça onde ocorreu o suposto fenômeno ufológico.

Por Reinaldo Coutinho

Este estranho e suposto caso ufológico se passou no ano de 1994, na sede do município piauiense de Castelo do Piauí. Foi registrado no nosso livro NA TERRA DOS CASTELOS (2000). A nossa cena se passa na praça principal da cidade, onde está a Igreja Matriz de Nossa Senhora do Desterro. O protagonista é Francisco Germano de Sousa, o Chiquinho, então vigia da Prefeitura Municipal.

Era uma hora da madrugada e o atento vigilante estava confortavelmente deitado na sua rede de tucum, de olho em alguma bagunça de bêbados ou animal pelos jardins da praça. Mas tudo estava muito deserto e tranquilo. E Chiquinho se embalava ao luar.

De repente, um súbito clarão! Chiquinho deu um sobressalto da rede e estatelou os olhos na luz, sem entender nada. Quando discerniu o fenômeno, ele lembrou imediato do Chupa ou do Aparelho, o fogo misterioso de índole maligna, que ouvira muito falar no Maranhão, quando por lá trabalhara.

Perplexo,…

A Conquista do Universo - Minerando a Lua

Foto - Rodrigo Veríssimo

A corrida à Lua agora entra em uma nova fase, empresas privadas correm contra o tempo para poderem explorar as riquezas em seu solo e competirem com as futuras explorações militares americana, russa e chinesa, dentre outras.



FONTE: canal Youtube Total Play - Documentários HD

Deserto do Atacama vira campo de testes para busca de vida em Marte

O astrônomo francês Christian Nitschelm observa o céu com seu telescópio em Yungay, no deserto de Atacama, no Chile (Foto: Martin Bernetti / AFP)

Com temperaturas que podem variar 40ºC entre o dia e a noite e umidade perto de 2% a 3%, a região é a parte da Terra mais parecida com o planeta vermelho.

O deserto do Atacama, no Chile, o mais árido e antigo do planeta, esconde as respostas que poderão revelar os mistérios de Marte, dando pistas para eventuais formas de vida no Planeta Vermelho.

O vasto deserto, onde se percorre quilômetros sem avistar nada além de rochas e areia, com temperaturas que podem variar até 40 graus entre o dia e a noite, é um dos lugares mais parecidos com Marte na Terra.

Com uma umidade de 2% a 3%, que a torna uma das zonas mais áridas do mundo, lá se desenvolveram formas extremas de vida que os cientistas acreditam que podem guardar segredos da evolução e da sobrevivência tanto na Terra como em outros planetas, como Marte.

São micro-organismos (arqueas, bacté…

Esta bela bagunça deixada pela colisão de duas protoestrelas pode revelar muito aos cientistas

Quando se trata de belas imagens espaciais, as supernovas ganham todo o crédito. Afinal, quem não ama uma boa morte estelar? Mas novas imagens do Atacama Large Millimeter/submillimeter Array (ALMA), no Chile, revelam um nascimento deslumbrante de uma estrela que promete oferecer competição às supernovas. O processo se assemelha a fogos de artifício explodindo no céu.

De acordo com o European Southern Observatory (ESO), uma equipe de astrônomos, liderada por John Bally, da Universidade do Colorado, se deparou com esta fantástica exibição enquanto observava uma região de formação de estrelas conhecida como Orion Molecular Cloud 1 (OMC-1). Ela faz parte do mesmo complexo que a Orion Nebula, aproximadamente a 1.350 anos-luz da Terra.

Dentro da nuvem, a equipe encontrou essa incrível bagunça de detritos de uma colisão entre duas estrelas “bebês”. Essas jovens são apropriadamente chamadas de protoestrelas, já que seus núcleos ainda não estão quentes para passarem pela nucleossíntese, proce…

A SpaceX já está divulgando sua viagem para Marte – sem alertar sobre os riscos

Elon Musk quer te levar para Marte, mas também quer alguma grana para isso – alguns milhares de dólares, pelo menos. Com o mais recente sucesso da SpaceX, em que a companhia conseguiu lançar pela primeira vez na história um foguete que já tinha sido utilizado no espaço orbital, os entusiastas pela viagem para o Planeta Vermelho e os bilionários interessados nesse negócio ficaram ainda mais animados.

“Espero que vocês todos estejam pensando sobre suas passagens para Marte”, disse Gwynne Shotwell, presidente da SpaceX, aos participantes do 33º Simpósio Espacial em Colorado Springs, nesta semana, de acordo com a notícia do Inverse. “[A reusabilidade] é uma capacidade tremenda, e eu a recomendo fortemente para todos vocês”, completou.

Musk tinha anunciado o preço de US$ 200 mil para as futuras viagens da SpaceX em direção a Marte. Isso foi em setembro de 2016, durante o 67º Congresso Internacional de Astronáutica, em Guadalajara, no México, onde discutiu seus planos de tornar humanos uma…

Os humanos do Paleolítico não viraram canibais por causa das calorias

Os humanos comem outros humanos desde o começo dos tempos, mas as motivações por trás dessa prática macabra são complexas e, frequentemente, incertas. Alguns antropólogos dizem que os canibais pré-históricos estavam apenas tentando arranjar um lanche nutritivo, mas uma nova pesquisa mostra que a carne humana — por mais gostosa que seja — não contém a mesma quantidade calórica que a de animais selvagens. Em outras palavras, o canibalismo não compensava a dor de cabeça, dadas as alternativas.

Um novo estudo publicado na Scientific Reports é o primeiro a oferecer um destrinchamento calórico do corpo humano — dos pés à cabeça, passando por todas as partes deliciosas no caminho — para avaliar as motivações dos canibais pré-históricos. Único autor do estudo, o arqueólogo James Cole, da Universidade Brighton, usou esse dado para comparar o valor calórico de humanos ao de outros animais que viveram durante este periodo pré-histórico. Em geral, ele descobriu que o corpo humano tem o mesmo val…

Rede neural aumenta resolução de imagens astronômicas

Em cima, a imagem original e a mesma imagem degradada intencionalmente para validação da ferramenta. Embaixo, a imagem recuperada (esquerda) e a recuperação feita pelo antigo sistema usado pelo Hubble (direita).[Imagem: K. Schawinski/C. Zhang/ETH Zurich]

Resolução inferida

A regra fundamental é: se você quer imagens melhores e de maior resolução do espaço, aumente o tamanho do telescópio.

O diâmetro da lente ou espelho, a chamada abertura, limita fundamentalmente qualquer telescópio. Em termos simples, quanto maior a lente, mais luz ela capta, permitindo detectar objetos de luz mais fraca. Um conceito estatístico conhecido como "teorema de amostragem de Shannon-Nyquist" descreve o limite de resolução e, portanto, o nível de detalhe que pode ser visto com um determinado telescópio.

A novidade agora é que é possível melhorar muito a resolução de um telescópio usando imagens de maior resolução - obtidas por telescópios maiores ou por telescópios no espaço - de um determinado c…

Pilotos comerciais tentaram comunicação com UFO

Relatos de pilotos são os melhores para os investigadores, pela qualidade e precisão de suas informações

Caso ocorreu em dezembro último, e objeto desconhecido pode ter respondido a sinais que a tripulação fez com as luzes do avião

Pilotos de aeronaves civis ou militares são considerados pela ampla maioria dos pesquisadores como as melhores testemunhas de avistamentos ufológicos. Com treinamento para reconhecer fenômenos celestes e meteorológicos, além de possuírem grande capacidade de distinguir velocidades e posições relativas, esses profissionais além disso também conhecem o comportamento de aeronaves convencionais, balões e outros objetos aéreos. Assim, seus testemunhos são sempre considerados como altamente confiáveis. Contudo, temendo repercussões em seu ambiente profissional, raras são as ocasiões em que se dispõem a falar a respeito de suas experiências.

O Centro Nacional de Informes de UFOs (Nuforc) recebeu o relato de um avistamento ocorrido em 26 de dezembro de 2016, quand…

Este erro fatal do TRAPPIST-1 pode arruinar nossas esperanças de encontrar vida extraterrestre

Em fevereiro, os terráqueos se alegraram quando a NASA anunciou a descoberta de sete planetas parecidos com a Terra, aglomerados ao redor de uma estrela anã extremamente fria. O sistema, chamado TRAPPIST-1, é especialmente atraente por ter três planetas na zona habitável, o que quer dizer hipoteticamente que suas superfícies podem suportar água no estado líquido e até mesmo vida. Como resultado, todos os astrônomos, de experientes a amadores, querem um pedaço dessa deliciosa TRAPPIST-1 e encontrar alguns bebês alienígenas. Mas, infelizmente, as nossas esperanças podem já ter sido diminuídas. Talvez só um pouco.

Um novo estudo de um time de cientistas do observatório Konkoly, em Budapeste, na Hungria, revelou o que pode ser o calcanhar de Aquiles dos exoplanetas TRAPPIST-1 : explosões solares de sua estrela causando caos nas atmosferas dos planetas. Usando dados da missão K2, da nave Kepler, da NASA, o time observou as curvas de luz do sistema TRAPPIST-1 durante um período de 80 dias.…

Este é o menor exoplaneta com atmosfera que conhecemos

Usando um telescópio terrestre, um time internacional de astrônomos detectou traços de atmosfera localizado a 39 anos luz de distância. Esse exoplaneta não é muito maior do que o nosso, o que o torna o planeta mais parecido com a Terra que se sabe suportar uma atmosfera.

Detectar atmosferas ao redor de exoplanetas distantes não é algo especial, particularmente quando o exoplaneta em questão é tão grande quanto Saturno ou Júpiter. Mas, para planetas menores, do tamanho da Terra, a história é outra.

Antes dessa recente descoberta, os astrônomos tinham confirmado a presença de atmosferas em apenas dois planetas super-Terra do tamanho da Terra, incluindo a super-Terra 55 Cancri e. O termo “super-Terra” é adequado; esse planeta pesa tanto quanto oito Terras, e suas temperaturas chegam a 2.050º C. Vamos encarar, 55 Cancri e não é tão parecido assim com a Terra.

É isso que torna a descoberta ao redor do exoplaneta GJ 1132b tão intrigante. Como descrito no Astronomical Journal, esse planeta …

Cientistas estão próximos de entender para onde foi toda a antimatéria

Você e eu, nós somos matéria. Todo mundo que você conhece é matéria. Tudo na Terra, exceto por algumas partículas, é matéria. Maior parte das coisas no espaço é matéria. Mas nós não temos razões convincentes para afirmar por que deveria haver tão mais matéria do que antimatéria. Então, onde está toda a antimatéria?

Uma equipe de cientistas europeus deu um enorme passo para entender esse enigma, usando um detector do tamanho de uma casa chamado “Germanium Detector Array”, ou GERDA, enterrado dentro de uma montanha em Grand Sasso, na Itália. Os cientistas do GERDA estão procurando por um comportamento estranho em átomos radioativos, chamado de “duplo decaimento beta sem neutrinos” (já volto nisso). Algumas versões das regras da física de partículas dizem que esse comportamento poderia ajudar a explicar para onde foi toda a antimatéria. Mas, por enquanto, o experimento está relatando alguns resultados importantes: ele funciona.

“Uma descoberta de duplo decaimento beta sem neutrinos ter…

Estes escritos antigos podem nos ajudar próxima grande tempestade solar

Ver uma aurora austral em qualquer lugar do nosso continente (com exceção de Ushuaia, na Argentina) provavelmente seria uma das experiências mais incríveis para aficionados em espaço. Agora, imagine se você estivesse na China ou no Japão há milhares de anos e não soubesse a causa dessas luzes. Provavelmente você ficaria meio perturbado com a situação e… escreveria sobre isso.

Pelo menos é o que uma equipe de cientistas japoneses esperam que tenha acontecido. Eles estão consultando documentos antigos para ver quais tipos de tempestades solares as pessoas que viveram há muitos anos viram e registraram. Eles acham que algumas dessas auroras documentadas podem ser de “grandes tempestades magnéticas” que ocorreram depois de fortes eventos solares. Esses textos poderiam nos ajudar a entender a frequência dessas tempestades, o que seria importante pelo fato delas serem mais prejudiciais hoje, dada a nossa dependência de eletricidade.

As auroras acontecem a partir de explosões de partículas …

Conheça o arranha-céu do futuro que fica pendurado em asteroide

Ilustração de como seria Analemma, o primeiro projeto idealizado para construir um arranha-céu 'flutuante' (Analemma Tower/Divulgação)

Uma empresa americana idealizou como seria o primeiro prédio com bases instaladas a 50.000 quilômetros do solo, presas a um asteroide na órbita da Terra

Já imaginou como seria morar em um prédio flutuante? Uma construção tão alta que sua base está a 50.000 quilômetros do solo, no espaço? No futuro, isso talvez possa se tornar realidade. A empresa americana Clouds Architecture Office – a mesma que projetou essas incríveis casas de gelo para abrigar pessoas em Marte – acaba de lançar sua mais nova e ambiciosa ideia: um arranha-céu que fica pendurado em um asteroide. Batizada de Analemma, a torre teria seu andar mais alto a 32.000 metros do chão e ficaria em constante movimento – o que significa que seu endereço poderá ser em qualquer parte da Terra.

“Desde que os humanos saíram das cavernas, nossos prédios têm se tornado cada vez mais altos e le…

Egito descobre restos de pirâmide construída há cerca de 3,7 mil anos

Foto divulgada pelo Ministério de Antiguidades do Egito nesta segunda-feira (3) mostra ruínas de uma antiga pirâmide egípcia descoberta perto da Pirâmide Curvada do faraó Seneferu, em Dashnur, a cerca de 30 km do Cairo; As primeiras escavações descobriram a estrutura de um corredor (Foto: HO / EGYPTIAN ANTIQUITIES MINISTRY / AFP )

Entre estruturas encontradas ao sul do Cairo estão corredor e um bloco com inscrições hieroglíficas.

Ruínas de uma pirâmide construída há 3,7 mil anos foram descobertas no Egito, informou o Ministério de Antiguidades do país. Até o momento, entre as estruturas encontradas na necrópole real (cemitério de civilizações antigas) de Dahshur, ao sul do Cairo, estão um corredor e um bloco com dez linhas de hieróglifos.

O ministério divulgou imagens da construção que aparece em bom estado de preservação. O trabalho de escavação ainda vem tentando dimensionar o tamanho da pirâmide, que teria sido construída na 13ª dinastia faraônica.

"Todas as partes descoberta…

Telescópio russo para mapear lixo espacial é inaugurado em Brazópolis

Telescópio que vai monitorar lixo espacial é inaugurado em laboratório de Brazópolis (Foto: Samantha Silva / G1)

Equipamento irá monitorar satélites velhos na órbita da Terra e gerar mapa.
Dados serão gerados do Observatório Pico dos Dias, no Sul de Minas.

O telescópio russo que vai mapear detritos espaciais foi inaugurado na tarde desta quarta-feira (5) em Brazópolis (MG). O projeto é resultado de um acordo entre a Agência Espacial Brasileira (AEB) e a estatal russa Roscosmos para monitoramento do céu. Este é o primeiro telescópio deste tipo instalado no Brasil, que também é o primeiro país a receber o projeto da Rússia. Durante a inauguração, a comitiva que representou o governo russo anunciou que mais duas estações de monitoramento deverão ser instaladas no Brasil.

A cêrimonia aconteceu na tarde desta quarta-feira no observatório Pico dos Dias, em Brazópolis (MG), e reuniu representantes do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, com a presença do secretário Á…

Veja como será a morte da amada sonda Cassini na atmosfera de Saturno

Como se já não estivéssemos tristes o bastante com o fim iminente da Cassini, a NASA agora criou um vídeo para que possamos assistir como serão os momentos finais da sonda quando ela se chocar com a atmosfera de Saturno em 15 de setembro.

Ao longo dos últimos 13 anos, o satélite Cassini, da NASA, conduziu algumas das mais importantes expedições científicas em torno de Saturno e suas luas. As imagens e a informação que a sonda enviou de volta para a Terra permitiram a publicação de mais de 3.000 artigos científicos, de acordo com a NASA. Porém, após passar quase 20 anos no espaço, a Cassini está ficando sem combustível, e, em vez de arriscar uma colisão indesejada em uma das 62 luas de Saturno, a NASA decidiu encerrar a missão da Cassini mergulhando-a na atmosfera do planeta. Ela sairá de cena triunfante, como o Gigante de Aço no fim daquele filme miserável e triste que adoro com cada fibra de meu ser.

O vídeo, de 3m40s, recapitula algumas das maiores conquistas da Cassini, como encon…

Neil deGrasse diz quando ele (não) acha que vamos encontrar aliens

NEIL DEGRASSE TYSON (FOTO: RODERICK MICKENS/DIVULGAÇÃO)

O astrofísico mais admirado da atualidade se dispôs a responder online perguntas do público

Para delírio dos fãs, o astrofísico e apresentador Neil deGrasse Tyson fez uma aparição surpresa no site Reddit nos últimos dias, disposto a responder as dúvidas dos visitantes. Simplesmente, começou a conversa dizendo: "Sou Neil deGrasse Tyson, seu astrofísico pessoal".

"Estou pronto para todas as perguntas, desde que se limitem à Vida, ao Universo e a Tudo." Seria nosso sonho? Ele de fato não costuma fugir de nenhuma questão, por mais complicada que seja. Já respondeu até, no fim de 2016, o que é a coisa mais difícil de se entender no Universo.

Aí você deve estar se perguntando quem garante que essa boa alma disposta a tirar nossas dúvidas é realmente Neil deGrasse. Pois ele mesmo se adiantou aos questionamentos, postando duas imagens sobre a ação em sua conta oficial no Twitter.

Sem mais dúvidas sobre a autoria, cho…

Cientistas nazistas tentaram recriar espécies extintas de animais

FOTO: WIKIPEDIA/SIGISMUND VON HERBERSTEIN)

Os irmãos Lutz e Heinz Heck tentaram reviver bichos como o auroque, bovino extinto no século 17

Você provavelmente já conhece as histórias assombrosas de como os cientistas nazistas faziam experiências extremamente cruéis com seus prisioneiros de guerra. De operações que retiravam parte do cérebro a injeções de tinta nos olhos, os relatos são muitos. Mas você já ouviu falar sobre os estudiosos que tentaram reviver a "verdadeira fauna ariana"?

Tudo começou com dois irmãos alemães: Lutz e Heinz Heck. Ambos cresceram em um ambiente voltado à criação de animais, o que despertou neles interesse pela zoologia. Junto a essa familiaridade natural, uma moda crescia no mundo e na Alemanha.

A criação de espécies novas tornava-se uma ambição para zoologistas da época ao mesmo tempo que espécies antigas começavam a entrar em extinção. Na nação alemã, as teorias a favor da "pureza" das espécies e dos ecossistemas alemães cresciam cada …

Telescópio russo para mapear lixo espacial será inaugurado nesta quarta

Telescópio russo PanEos instalado no Observatório Pico dos Dias, em Brazópolis (Foto: LNA/Divulgação)

Equipamento irá monitorar satélites velhos na órbita da Terra e gerar mapa.
Dados serão gerados do Observatório Pico dos Dias, em Brazópolis, MG.

Um telescópio russo para mapeamento de detritos espaciais será inaugurado nesta quarta-feira (5) em Brazópolis (MG). O projeto é resultado de um acordo entre a Agência Espacial Brasileira (AEB) e a estatal russa Roscosmos para monitoramento do céu. A cerimônia acontece no Observatório Pico dos Dias, onde o equipamento foi instalado, a partir das 15h. É o primeiro telescópio deste tipo instalado no Brasil, que também é o primeiro país a receber o projeto da Rússia.
O investimento no projeto foi de cerca de R$ 10 milhões feito todo pela Agência Espacial Federal Russa (Roscosmos). Parte da verba, utilizada no Brasil para construção do prédio que abriga o telescópio e logística da obra, foi gerenciada pela Fundação de Apoio à Indústria de Itaju…