Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Abril 9, 2017

Cidade de aproximadamente 4 mil habitantes dá nome a asteroide

Oasi fica localizado em Itaparica (Foto: Chico Rasta/Arquivo Pessoal)

Nome de Itacuruba, no Sertão de Pernambuco, foi sugerido pela equipe do Observatório Astronômico do Sertão de Itaparica. Asteroide “10468 Itacuruba” está localizado no cinturão principal de asteroides, região do Sistema Solar entre os planetas Marte e Júpiter.

O município de Itacuruba, no Sertão de Pernambuco, recebeu uma homenagem inusitada na quinta-feira (13). O nome da cidade de aproximadamente 4 mil habitantes fará parte da nomenclatura de um asteroide, o 10468, descoberto em 1981. O anúncio foi feito durante o congresso científico “Asteroids, Comets, Meteors - ACM”, realizado na cidade de Montevidéu, no Uruguai.

O nome foi sugerido pela equipe do Observatório Astronômico do Sertão de Itaparica (Oasi), como uma homenagem à cidade onde está instalado. No Oasi é desenvolvido o projeto IMPACTON, do Observatório Nacional, dedicado ao estudo de propriedades físicas de asteroides e cometas, particularmente daqueles …

Planetas "Tatooine" do tamanho da Terra podem ser habitáveis

Esta ilustração mostra um planeta hipotético, coberto de água, em torno do sistema binário Kepler-35 (estrelas A e B).
Crédito: NASA/JPL-Caltech

Com dois sóis no céu, Tatooine, o planeta natal de Luke Skywalker, da saga "Guerra das Estrelas", parece um mundo arenoso e desértico. Na vida real, graças a observatórios como o Telescópio Espacial Kepler da NASA, sabemos que os sistemas binários podem, de facto, suportar planetas, embora os planetas descobertos, até agora, em estrelas duplas, sejam grandes e gasosos. Os cientistas perguntam-se: se um planeta do tamanho da Terra orbitar dois sóis, poderá suportar vida?

Ao que parece, um tal planeta poderá ser bastante hospitaleiro se localizado à distância ideal das suas duas estrelas e não teria, necessariamente, desertos. De acordo com um novo estudo publicado na revista Nature Communications, numa gama particular de distâncias em relação a duas estrelas-mãe parecidas com o Sol, um planeta coberto por água permaneceria habitável…

ALMA investiga "DeeDee", um membro distante e ténue do nosso Sistema Solar

Ilustração do corpo planetário 2014 UZ224, informalmente conhecido como DeeDee. O ALMA foi capaz de observar o ténue "brilho" milimétrico emitido pelo objeto, confirmando que tem cerca de 635 km de diâmetro. Com este tamanho, DeeDee deverá ter massa suficiente para ser esférico, o critério necessário para que os astrônomos o considerem um planeta anão, embora ainda tenha que receber essa designação oficial.
Crédito: Alexandra Angelich (NRAO/AUI/NSF)

Usando o ALMA (Atacama Large Millimeter/submillimeter Array), os astrônomos revelaram detalhes extraordinários sobre um recém-descoberto e distante membro do nosso Sistema Solar, o corpo planetário 2014 UZ224, mais informalmente conhecido como DeeDee.

A cerca de três vezes a distância atual de Plutão ao Sol, DeeDee é o segundo objeto transneptuniano (OTN) mais distante com uma órbita confirmada, superada apenas pelo planeta anão Éris. Os astrônomos estimam que existam dezenas de milhares destes corpos gelados no Sistema Solar ex…

Avião solar estratosférico faz primeiro voo de teste

O SolarStratos voará a uma altitude três vezes maior que o Monte Everest. [Imagem: SolarStratos/Divulgação]

Solar Stratos

Depois de três anos de planejamento e construção, o primeiro avião solar estratosférico fez seu primeiro voo de teste na Suíça.

O Solar Stratos mede 8,5 metros de comprimento, tem uma envergadura de 24,9 metros e pesa 450 quilogramas.

Suas asas estão cobertas por 22 metros quadrados de placas solares com eficiência entre 22 e 24%, o que será suficiente para prover os 32 kW necessários para alimentar seu motor rodando a 2.200 rpm. Baterias de íons de lítio podem armazenar até 20 kWh para segurança e voos noturnos.

O Solar Stratos é bem menor do que o também suíço Solar Impulse, projetado para voos de longa duração, que mede 22 metros de comprimento, tem uma envergadura de 72 metros e pesa 2,3 toneladas.

Mas o orçamento também foi menor: o Solar Impulse, que deu a volta ao mundo em 2016, custou 172 milhões de francos, enquanto o Solar Stratos custou apenas 10 milhõe…

Superlaser da Estrela da Morte pode ser construído com diamante

Resta torcer para que isto não seja o início da repetição na vida real da ficção vista no cinema.[Imagem: StarWars.com]

Combinação de lasers

O superlaser concentrado emitido pela Estrela da Morte, de Guerra nas Estrelas, pode não ficar restrito à ficção científica.

Aaron McKay e seus colegas da Universidade Macquarie, na Austrália, descobriram que é possível multiplicar a potência de um conjunto de lasers usando um diamante.

A chave para gerar um feixe laser de alta potência é colocar um cristal de diamante ultrapuro no ponto de convergência dos múltiplos feixes.

O feixe combinado é obtido no diamante pelo que os pesquisadores chamam de "efeito cooperativo do cristal", que faz com que os feixes individuais transfiram sua potência em uma direção selecionada, ao mesmo tempo que evitam os problemas de distorção dos feixes individuais.

Transferência de potência

A combinação de diversos feixes de laser por um diamante é uma alternativa inovadora para outros conceitos que já estã…

Detecção de hidrogênio indica que lua Encélado tem ambiente favorável a micróbios, diz Nasa

POR SALVADOR NOGUEIRA

A sonda Cassini conseguiu detectar hidrogênio molecular em meio às plumas de água ejetadas da lua Encélado, de Saturno. O achado confirma a hipótese de que o oceano global que existe sob a crosta de gelo desse pequeno astro seria capaz de abrigar formas de vida similares às existentes na Terra. O resultado foi divulgado pela Nasa nesta quinta-feira (13), em entrevista coletiva, e publicado na edição desta semana da revista “Science”.

Em 28 de outubro de 2015, a Cassini fez seu mais intenso mergulho pelas plumas que emanam de fissuras no polo Sul de Encélado. Passando a menos de 49 km da superfície da lua, ela usou um instrumento projetado para analisar a composição de moléculas no seu caminho — o Espectrômetro de Massa Neutro e Iônico — para confirmar a presença de hidrogênio (H2) nas plumas.

O achado é importante por diversas razões. Em primeiro lugar, ele é uma confirmação independente de que o oceano subsuperficial de Encélado está em contato com um leito roc…

FAB Investigou OVNIs em Ibiúna - Documento da CIOANI comprova

Por portal BURN - Brazilian UFO Research Network

Você sabia que a Força Aérea Brasileira (FAB) investigou casos de pouso de OVNIs na região de Ibiúna? Você sabia que a FAB recrutava civís para realizar investigações a respeito do que eles chamavam de "Objetos Aéreos Não Identificados?

Isto ocorreu, e os ufólogos Edson Boaventura Jr., Josef David S. Prado e Osmar de Freitas, durante pesquisa de campo localizaram testemunhas que presenciaram essas pesquisas na época, e também recuperaram documentos originais que pertenceram a um dos membros do CIOANI, que agora disponibilizamos na íntegra, gratuitamente para você!

As páginas que você vai ler nos documento exibido neste vídeo são cópias digitais na íntegra da pasta recebida de Edgar de Campos Rosa Jr., filho de Edgard de Campos Rosa, um dos membros do CIOANI.

Este material é parte complementar do livro “OVNI – Arquivos Militares – Caso Ibiúna – SP”, onde você pode conhecer mais detalhes sobre este caso, incluindo todos os detalhes …

OVNI avistado por piloto da Varig em 1991

Transcrição de comunicação entre o piloto do Voo 888 da Companhia Aérea Varig (Viação Aérea Rio-grandense) e o Controle de Aproximação de Belém (APP-BE) em 6 de maio de 1991. A aeronave seguia com destino ao aeroporto internacional de Caiena-Rochambeau, na Guiana Francesa, quando o piloto avistou um objeto não identificado, que não foi detectado pelo radar. Segundo os controladores, não havia outras aeronaves voando naquela área. Registros de avistamento de OVNIs por pilotos de aeronaves civis e militares são frequentes em todo o mundo.

Veja abaixo os documentos:



Arquivo Nacional. Fundo Objeto Voador Não Identificado (OVNI). BR_DFANBSB_ARX_0_0_315.
Para consultar o acervo do Arquivo Nacional, cadastre-se em: http://sian.an.gov.br/sianex/consulta/login.asp

Depois de cadastrado clique em favoritos, vá à opção Objetos Voadores não Identificados, escolha o documento e depois de aberto, passe o cursor do mouse sobre arquivo digital onde abrirá o código do mesmo escolhido e clicando abrirá…

Avistamentos de UFOs triangulares podem se dever a aeronaves secretas

Aeronaves secretas podem explicar boa parte dos avistamentos de UFO triangulares

Casos têm se multiplicado nos Estados Unidos e outros países, e imagens chegaram a ser obtidas; grupo de cientistas americanos já alertava para a existência de programas secretos não supervisionados

Têm se multiplicado ao redor do mundo relatos de avistamentos de objetos triangulares nos céus. Alguns mostram características atribuídas aos UFOs, como pairar, voar em absoluto silêncio e realizar manobras a velocidades inatingíveis para nossa tecnologia atual. Contudo várias observações dão conta de que tais objetos incomuns exibem comportamento mais próximo a aeronaves convencionais, chegando a ser fotografados sobrevoando locais afastados do interior norte-americano deixando rastros de condensação como um avião comum.

Aeronaves não identificadas foram assim fotografadas sobre Wichita, Kansas, e Panhandle, no Texas, em 2014. Especialistas em aviação e teóricos da conspiração falam em projetos secretos send…

Mecânico australiano descobre quatro planetas

ONTAGEM DO TELESCÓPIO KEPLER EXPLORANDO O UNIVERSO (FOTO: NASA/KEPLER MISSION/WENDY STENZEL)

Andrew Grey, apaixonado por astronomia, descobriu sistema planetário usando dados disponíveis na internet

Você não precisa ser um astrônomo profissional para encontrar novos mundos orbitando estrelas distantes. Andrew Grey, mecânico e astrônomo amador da cidade de Darwin, na Austrália, ajudou a descobrir um novo sistema de exoplanetas com pelo menos quatro planetas orbitando.

Mas Grey teve sim ajuda e apoio profissionais. A descoberta foi destaque no programa Stargazing Live, do canal ABC, pelo físico britânico Brian Cox, a apresentadora Julia Zemiro e outros.

Os espectadores do programa são encorajados a se juntar na busca por exoplanetas — planetas que orbitam estrelas distantes — usando o site Exoplanet Explorers. Depois de um rápido tutorial, o público é convidado a percorrer dados sobre milhares de estrelas observadas recentemente pelo telescópio Kepler da NASA.

Grey, espectador do progr…

Descoberto possível gêmeo de Vênus em redor de estrela anã

Ilustração de um análogo de Vênus em torno de uma anã M.
Crédito: Danielle Futselaar

Usando o Telescópio Espacial Kepler da NASA, os astrônomos descobriram um planeta a 219 anos-luz de distância que parece ser um parente próximo de Vênus. Este mundo recém-descoberto é apenas ligeiramente maior do que a Terra e orbita uma estrela de temperatura baixa chamada Kepler-1649 com um-quinto do diâmetro do nosso Sol.

O planeta abraça firmemente a sua estrela-mãe, completando uma órbita a cada 9 dias. Esta órbita íntima faz com que o fluxo de luz estelar que alcança o planeta seja 2,3 vezes maior do que o fluxo solar na Terra. Em comparação, o fluxo solar de Vénus é 1,9 vezes do que o valor terrestre.

A descoberta fornecerá mais informações sobre a natureza de exoplanetas em redor de anãs M, de longe o tipo mais comum de estrelas no Universo. Enquanto essas estrelas são mais vermelhas e mais ténues do que o Sol, as recentes descobertas exoplanetarias revelaram casos em que mundos tipo-Terra or…

Rússia pode fazer grande liberação de arquivos em breve

O governo russo estaria preparando uma grande desclassificação de arquivos, conforme várias fontes da Ufologia Mundial

Milhões de documentos podem ser desclassificados de acordo com Philip Mantle

Por décadas a União Soviética foi um dos países mais fechados do mundo e, além disso, sua posição inicial quanto ao Fenômeno UFO foi de absoluta negação de sua realidade. Isso passou a mudar aos poucos, graças a cientistas e outros pesquisadores que passaram a se dedicar a esse estudo, e hoje sabemos que o governo e as Forças Armadas, primeiro da União Soviética e depois da Rússia, pesquisaram os discos voadores por muito tempo.

O tema ainda hoje desperta ativo interesse naquele país e de acordo com o pesquisador Philip Mantle pode estar em vias de acontecer uma gigantesca liberação de documentos anteriormente classificados. De acordo com ele, o presidente Vladimir Putin se reuniu recentemente com o chefe da Agência Federal de Arquivos, Andrey Artizov, e deu a entender que está decidido a li…

O Universo : O Sexo no Espaço

Um olhar sobre experiências na sexualidade humana no espaço . A psicologia das relações e da reprodução que deve ser abordada se a humanidade desejar colonizar outros planetas. Como a gravidez e o parto poderiam ser tratados na microgravidade e as complicações que poderiam surgir sob tais condições . E a resposta para se ou não o sexo já foi tentado durante uma missão espacial.



FONTE: Canal Youtube Documentários Online

Céu da Semana - 10/04 a 16/04/2017

Todas as semanas, Gustavo Rojas, do Laboratório Aberto de Interatividade (LAbI) da UFSCar, apresenta dicas de como olhar para o céu, quais constelações estão em destaque, fases da lua e os principais fenômenos astronômicos.
Saiba mais sobre Hércules, localizada perto da Lira e da Coroa Boreal e uma das maiores constelações do céu.



FONTE: UNIVESP TV