Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro 7, 2016

Você sabe o que são ondas gravitacionais? Com uma linguagem simples e acessível, vídeo "traduz" o fenômeno físico descrito por Einstein há 100 anos.

FONTE: Piled Higher and Deeper (PHD Comics)

Astrônomos descobrem centenas de galáxias escondidas ao redor da Via Láctea

Ilustração que mostra a viagem das ondas de rádio das novas galáxias, passando pela Via Láctea e chegando ao radiotelescópio Parkes na Terra (não está à escala).
Crédito: ICRAR


Pesquisadores descobriram centenas de galáxias escondidas a meros 250 milhões de anos-luz da Terra, praticamente vizinhas em termos astronômicos. Como elas ficaram desconhecidas por tanto tempo? A culpa não é delas, é da nossa própria Via Láctea.

O Centro Internacional de Pesquisa em Radioastronomia acaba de concluir uma pesquisa, publicada no Astronomical Journal, que detalha as centenas de galáxias recém-descobertas, e dá uma ideia muito melhor de onde estão algumas galáxias já conhecidas.

Ao todo, eles mapearam 883 galáxias à espreita da Via Láctea, e 238 delas – um terço do total – nunca haviam sido observadas antes.

Em um comunicado à imprensa, a astrônoma Renée Kraan-Korteweg diz: “uma galáxia contém em média 100 bilhões de estrelas, então encontrar centenas de novas galáxias escondidas atrás da Via Láct…

HISTÓRICO: Físicos nos Estados Unidos anunciam a primeira detecção de ondas gravitacionais

POR SALVADOR NOGUEIRA

Com grande fanfarra, e após um bocado de suspense, físicos nos Estados Unidos anunciaram a realização da primeira detecção positiva de ondas gravitacionais, uma das previsões mais incríveis da teoria da relatividade. E com isso está oficialmente aberta uma nova e poderosa janela para o estudo do Universo — uma que pode até mesmo nos levar a investigar o momento exato de seu nascimento!

O comunicado, transmitido pela internet para o mundo todo no começo da tarde desta quinta-feira (11), foi promovido pela Fundação Nacional de Ciência dos EUA, em Washington, e envolve uma detecção feita pelo imenso experimento conhecido pela sigla LIGO, sigla para Laser Interferometer Gravitational-Wave Observatory. A colaboração envolve cerca de 1.000 cientistas de 16 países.

O sinal em questão parece envolver a colisão de dois buracos negros relativamente modestos, um com 29 vezes a massa do Sol e outro com 36 vezes a massa do Sol. Eles espiralaram um em torno do outro até colid…

Fenômeno de Dalnegorsk: o que aconteceu há 30 anos?

Mapa da Federação Russa, Primorsky Krai é destacado na cor vermelha.

Por Natália P. Dyákonova de Moscou/Rússia para o site Via Fanzine.

Exatamente 30 anos atrás, no Extremo Oriente da União das Repúblicas Socialistas Soviética (URSS) ocorreu a queda de um objeto desconhecido, sendo este episódio chamado por alguns de "Roswell russo". Uma característica notável deste caso é que chegou a ser o primeiro fato da queda de um OVNI, reconhecido oficialmente e estudado em vários institutos de pesquisa científica da então União Soviética.

Local do evento

Primorsky Krai, ou Primorye, é um dos rincões à beira-mar mais bonitos da Rússia. Sua natureza é incrível e diversificada, desde as areias douradas da costa do mar até as fantásticas corredeiras dos rios montanheses e a grandeza da taiga (floresta boreal) com muitos séculos de idade. A região guarda muitos mistérios, antigos e modernos. Um deles está relacionado com Dalnegorsk, pequena cidade com uma população de aproximadamente 36 …

No fluxo contínuo do tempo não há lugar para o presente

A professora Joan Vaccaro contesta a noção geral de que há uma assimetria entre espaço e tempo. [Imagem: Griffith University]

Assimetria entre tempo e espaço

A professora Joan Vaccaro, da Universidade Griffith, na Austrália, está desafiando a noção há muito tempo aceita pela ciência de que a seta do tempo - a incessante evolução do universo do passado rumo ao futuro - é uma parte elementar da natureza.

Nesse campo, entre teorias e experimentos, há propostas para todos os gostos, desde a confirmação da seta do tempo até a demonstração de que o futuro afeta o passado. Ou você pode optar por comparar a confirmação de que o Universo não dá marcha-a-ré com a ideia de que a sequência de causa e efeito não faz sentido no reino quântico.

A professora Vaccaro não fica com a maioria, e sugere que há uma origem mais profunda e mais elementar do espaço-tempo porque há uma diferença entre os dois sentidos do tempo: para o futuro e para o passado.

"Na conexão entre tempo e espaço, o espaço é …

Por que os cientistas estão tão ansiosos para encontrar ondas gravitacionais

Há alguns dias, circularam rumores de que físicos enfim observaram ondas gravitacionais: são ondulações no tecido do espaço-tempo previstas por Albert Einstein há um século. O boato parece promissor, devido ao detector recentemente atualizado no LIGO – o observatório por trás de toda essa agitação no mundo da ciência.

Descobrir as ondas gravitacionais seria muito importante para a física, para a cosmologia e para nossa compreensão do universo em geral. Mas se você não é um cientista nesses campos, é possível que nunca tenha ouvido falar dessas ondulações misteriosas. O que são exatamente essas ondas, e por que os físicos se esforçam para encontrá-las há um século?

Em termos simples, as ondas gravitacionais são vibrações no tecido do universo. São ondulações à velocidade da luz no próprio espaço-tempo causadas ​​por eventos terrivelmente violentos, como explosões de estrelas ou fusões de buracos negros. Graças a acontecimentos celestes inconcebivelmente grandes, violentos e distantes,…

Relembrando a vida do astronauta Edgar Mitchell, que foi à Lua na missão Apollo 14

Edgar Mitchell, astronauta da missão Apollo 14, faleceu no dia 4 de fevereiro, na véspera do 45º aniversário da sua missão à Lua. Ele tinha 85 anos.

Mitchell nasceu em 17 de setembro de 1930 em Hereford, Texas. Ele estudou Gestão Industrial no Carnegie Institute of Technology. Após se formar em 1952, ele entrou para a Marinha americana, onde se tornou um piloto, decolando em aeronaves A3 saindo dos porta-aviões USS Bon Homme Richard e USS Ticonderoga. Mais tarde, ele se tornou um piloto de testes.

Em 1957, a União Soviética lançou o satélite Sputnik em órbita, e Mitchell percebeu que queria fazer a mesma coisa: ir para o espaço.

Tomei a decisão em 1957, quando o Sputnik subiu. Eu estava em um porta-aviões no Pacífico, prestes a voltar aos EUA para um trabalho de piloto de testes, e quando o Sputnik subiu eu percebi que os humanos iriam ao espaço logo depois, então comecei a orientar a minha carreira para essa direção naquela época.

Isso o levou a voltar aos estudos: ele obteve um dip…

Casos ovnis pesquisados de forma científica em Portugal

Universidade Fernando Pessoa, Portugal.

Os casos apresentados a seguir foram exibidos pela tv portuguesa nos anos 90, estes casos foram investigados por grupo seleto de especialista das mais variadas áreas na Universidade Fernando Pessoa, dentre eles Joaquim Fernandes, doutor em história, professor universitário, docente na Universidade Fernando Pessoa, no Porto, Portugal. Co-fundador do CTEC (Centro Transdisciplinar de Estudos da Consciência), da mesma universidade. Coordenador do “MARIAN Project”, plataforma acadêmica internacional que estuda comparativamente as experiências visionárias e aparicionais de todos os tempos e culturas. Alguns de seus trabalhos já foram traduzidos para o inglês, entre eles, “HEAVENLY LIGHTS. The Apparitions of Fátima and the UFO Phenomenon”; “CELESTIAL SECRETS. The Hidden History of the Fátima Incident”; “FÁTIMA REVISITED. The Apparition Phenomenon in Ufology, Psychology, and Science”. Todos editados pela Anomalist Books em 2007 e 2008. Em Português, ma…

Explicando os diferentes tipos de nuvens

FONTE: CLIMA TEMPO

Os segredos de Dreamland - Área 51

Primeira parte do documentário exibido pelo canal a cabo GNT em 06/03/1997 mostra a base americana de Nellis, em Groom Lake (Nevada), mais conhecida como Área 51, local onde discos voadores acidentados ou capturados seriam levados para estudo de sua tecnologia. Depoimentos e participações de Timothy Good, Edgar Mitchell, Gene Huff, James Goodall, George Knapp, Chuck Clark, Bruce Maccabee, Gleenn Campbell, Robert Oechsler, Bob Lazar, Wendelle Stevens, Stanton Friedman e Bill Sweetman. Produzido, dirigido e apresentado por Bruce Burgess.
Versão brasileira apresentada por Ana Gregati.




Segunda parte de documentário exibido pelo canal a cabo GNT em 13/03/1997 que mostra a base americana de Nellis, em Groom Lake (Nevada), mais conhecida como Área 51, local onde discos voadores acidentados ou capturados seriam levados para estudo de sua tecnologia. Depoimentos e participações de Timothy Good, Edgar Mitchell, Gene Huff, James Goodall, George Knapp, Chuck Clark, Bruce Maccabee, Gleenn Campbel…