Pular para o conteúdo principal

Postagens

Documento liberado descreve avistamento de UFO sobre usina nuclear

A usina nuclear Cooper, no Rio Missouri, palco de avistamentos de UFOs nos anos 80

Ocorrência se deu no final dos anos 80 e resultou em documentação recentemente liberada

Uma recente solicitação por meio da Lei de Liberdade de Informações (FOIA) resultou na liberação de arquivos da Comissão Regulatória Nuclear (NRC), que descreve observações de UFOs que tiveram lugar nos anos 80. Os intrusos foram observados sobrevoando a usina nuclear Cooper, no Rio Missouri. O relato foi recebido pela NRC em junho de 2010 por um ex-oficial de segurança da usina, que trabalhou ali entre os anos de 1986 e 1989.

O documento traz inicialmente uma breve descrição do caso, onde se pode ler: "Um objeto voador não identificado violou a área protegida da usina nuclear Cooper entre 1986 e 1989, mas o evento não foi informado à NRC como é requerido". A testemunha, que não é identificada, não se recorda a data exata do avistamento. Ele estava de guarda certa noite, próximo a uma estrutura de refriger…
Postagens recentes

Caso de pouso pesquisado pelo SIOANI em Lins-SP (Caso Maria Cintra)

Por Edison Boaventura Jr.

Apesar do SIOANI – Sistema de Investigação de Objetos Aéreos Não Identificados, órgão de pesquisa ufológica idealizado pela FAB – Força Aérea Brasileira ter sido oficializado em 1969, temos provas de que as pesquisas iniciaram pelo menos um ano antes.

Este fato se deu em consequência de uma grande onda de avistamentos ocorrida no Brasil em 1968, com muitos casos no interior de São Paulo, especialmente na cidade de Lins.

No Boletim SBEDV N° 72/73, editado em 1970 pela Sociedade Brasileira de Estudos sobre Discos Voadores, foram registrados um total de 70 casos no ano de 1968, sendo que no período de agosto a outubro foram computadas 33 ocorrências, das quais 13 tiveram como palco a cidade de Lins.

Um caso clássico pesquisado pelo SIOANI

Em setembro de 1968 o major Zani acompanhado do suboficial Aragão, do sargento Brandani e do tenente Carvalho, do IV COMAR de São Paulo e ainda, do sargento Horst, da guarnição da FAB, sediada em Bauru, estiveram em Lins ouvind…

A sonda Cassini fez a Terra parecer pequena, mas parte de algo maior

A Terra pode ser exaustiva às vezes. Realizar até mesmo as tarefas mais comuns, como ir ao trabalho num metrô lotado, pode parecer uma maratona Olímpica projetada para testar a paciência de alguém. O espaço nos obriga a pensar fora dessa visão míope de nós mesmos – no sentido de que somos pequenos grãos sortudos por fazermos parte de algo tão vasto e incrível. E nos últimos anos, um dos lembretes mais poderosos disso tem sido o volume de pesquisas e imagens enviadas para a Terra da sonda espacial Cassini, da NASA, que entrou no sistema de Saturno em 2004.

Nos 20 anos em que passou no espaço, a corajosa sonda permitiu a publicação de mais de 3 mil relatórios científicos. As imagens inéditas de Saturno e de suas 62 luas capturadas pela Cassini são amplamente consideradas como as fotos mais sublimes do espaço – ela nos mostrou lagos de metano em Titã, as lacunas nos anéis saturninos e até luas que pareciam macarrões reais. Mas depois da estadia de décadas, a sonda está ficando sem combu…

Arquivo ufológico: Caçadores de Disco Voador (SBT, 1996)

Programa "SBT Repórter" exibido em 08/08/1996, apresentado por Marília Gabriela, aborda as investigações de vários ufólogos em busca de solucionar o mistério dos ufos. Reportagem de Marilú Torres com as participações e depoimentos de Vera Pires de Campos, Charlie Paz Wells, Edison Boaventura, Claudeir Covo, Marcos Silva, Francisco Varanda, Flávio A. Pereira, Diego Alberto, Wanderley Stravinski, Angélica Pose, Francisco P. de Campos, Glaucia Helena, Laerte Sodre, Geraldo Bichara, Liliane Silva, Valquiria Silva, Ubirajara Franco Rodrigues, Eurico de Freitas, Oralina de Freitas, Terezinha Gallo Clepf e Leila Mesquita.



FONTE: Canal Youtube nelsonpinta

Oceanos em abundância: novo estudo sugere que maioria dos planetas habitáveis têm pouca terra seca

Os continentes noutros mundos habitáveis podem ter dificuldade em subir acima do nível do mar, tal como grande parte da Europa nesta ilustração, que representa a Terra com uma cobertura oceânica de 80%.
Crédito: © Antartis/Depositphotos.com

Para os exploradores exoplanetários do futuro, talvez seja aconselhado trazer equipamento de mergulho. Um novo estudo, publicado na revista Monthly Notices of the Royal Astronomical Society, usou um modelo estatístico para prever que a maioria dos planetas habitáveis podem ser dominados por oceanos que abrangem mais de 90% da sua superfície.

O autor do estudo, o Dr. Fergus Simpson do Instituto de Ciências do Cosmos da Universidade de Barcelona, construiu um modelo estatístico - baseado na probabilidade bayesiana - para prever a divisão entre terra e água em exoplanetas habitáveis.

Para uma superfície planetária possuir extensas áreas, tanto de terra como de água, deverá ter atingido um delicado equilíbrio entre o volume de água que retém ao longo …

Sexo e Ufologia

O novo livro do historiador e ufólogo Cláudio Suenaga resgata e analisa os principais casos de contatos “íntimos” imediatos ou relações sexuais com ufonautas, desde o primeiro do gênero, e que foi também o primeiro caso de abdução da Era Moderna dos Discos Voadores, o famoso e controvertido caso de Antonio Villas Boas.

Texto de Bira Câmara

Existe vida inteligente na ufologia brasileira? Mais uma vez o controvertido pesquisador Cláudio Suenaga demonstra que sim, com este novo livro de sua autoria. Mas não espere o leitor encontrar nele afirmações sectárias ou dogmáticas, nem a adesão fanática a esta nova religião denominada ufologia, que atrai tantos embusteiros e aproveitadores da boa fé pública, assim como almas ingênuas sempre ávidas por revelações fantásticas e delirantes.

O universo da pesquisa ufológica comporta uma vasta galeria de tipos
nem sempre interessados na busca da verdade, mas apenas na construção de mitos (para não dizer mentiras) que possam seduzir adeptos e render a …

China lança ao espaço sua primeira nave de abastecimento

Foguete Long March-7 carregando nave Tianzhou-1 é lançado a partir da província de Hainan, na China (Foto: China Daily/via REUTERS)

País planeja construir estação espacial tripulada no espaço até 2022.

A China lançou nesta quinta-feira (20) ao espaço sua primeira nave de abastecimento, como parte dos seus planos ambiciosos de construir uma estação permanente até 2022.
A nave, batizada Tianzhu-1 ("Barco celeste") foi propulsada através do foguete Longa Marcha 7, que decolou do centro de lançamento de Hainan, no sul do país, às 19h41 locais (08h41, pelo horário de Brasília).


Foguete carregando primeira nave de carga chinesa é lançado nesta quinta-feira (20) (Foto: FRED DUFOUR / AFP)

Centenas de espectadores, que se concentraram perto do local de lançamento, comemoraram com gritos e aplausos quando a nave atravessou o céu noturno.
A Tianzhu-1 é a primeira nave de carga criada na China. Seu objetivo é se acoplar ao laboratório espacial chinês Tiangong-2 ("Palácio celeste&q…