Pular para o conteúdo principal

Postagens

Este pássaro robótico com penas artificias é incrivelmente ágil e realístico

Foto: Festo

Por Andrew Liszewski

Ao longo dos anos, a Festo, uma empresa alemã de automação com uma quedinha por robôs, projetou inúmeros autômatos inspirados na Mãe Natureza. Eles nadam, pulam e voam como seus colegas do mundo real. Isso inclui pássaros robóticos, que agora foram atualizados com penas falsas que permitem que eles voem pelo ar com a mesma capacidade de manobra e agilidade de uma ave de verdade.

Nove anos atrás, a Festo revelou uma gaivota robótica com asas que podiam se dobrar e bater como as das aves que aparecem nas praias na vida real. O pássaro robótico foi capaz de permanecer no ar simplesmente batendo as asas, sem a necessidade de uma hélice adicional ou outro mecanismo para criar impulso para a frente. Ele também podia virar para os lados, ajustando o ângulo de sua cauda. Embora fosse uma maravilha da engenharia, sua capacidade de manobra no ar era limitada.

A versão mais recente do pássaro robótico da Festo, BionicSwift, é completamente diferente. Para começa…
Postagens recentes

Com raro apoio da NASA, cientistas planejam criar guia para caçar sinais de civilizações alienígenas

Ilustração de um estudo feito pelo físico Adam Frank, que imaginou uma suposta população alienígena baseada na Ilha de Páscoa - DIVULGAÇÃO

Leonardo Neiva
De São Paulo para a BBC News Brasil

Ao longo dos próximos três anos, uma equipe de cientistas vai dar o pontapé inicial num projeto ousado. Financiados pela agência espacial americana, a Nasa, pesquisadores de diferentes universidades dos Estados Unidos desenvolverão uma espécie de guia para encontrar indícios de civilizações extraterrestres em outros planetas.

O projeto representa uma pequena revolução na busca por vida extraterrestre inteligente (SETI, na sigla em inglês) e é o primeiro do tipo a receber apoio financeiro da agência em três décadas.

Em entrevista à BBC News Brasil, o físico e astrônomo que lidera a pesquisa, Adam Frank, da Universidade de Rochester, contou que o trabalho vai se basear no conceito de "tecnoassinaturas", ou seja, na busca de indícios de uso de tecnologia por civilizações extraterrestres.

Di…

Qual será a espécie dominante na Terra se os seres humanos forem extintos?

Os dinossauros dominavam a Terra até que desapareceram há mais de 60 milhões de anos… Quem vai nos substituir? - ISTOCK

Com a ameaça das mudanças climáticas e da atual pandemia de coronavírus, mais e mais pessoas estão fazendo um alerta: nossa existência está em perigo.

Mas o que aconteceria se um dia os seres humanos deixassem de existir?

É muito provável que o fim da raça humana não signifique o fim do mundo: a Terra existia bilhões de anos antes de aparecermos e certamente continuaria a existir por muito mais tempo sem nós.

Além disso, os ambientalistas argumentam que, sem a presença dos maiores predadores (nós), a Terra provavelmente prosperará como nunca antes.

Mas como seria um mundo sem humanos? Quais outras espécies se tornariam dominantes?

Foi o que perguntou um ouvinte do programa da BBC "Os casos curiosos de Rutherford e Fry", que se dedica a responder perguntas científicas enviadas pelo público.


Há muito mais insetos que humanos no mundo, e é provável que eles s…

A Segunda Lei de Newton explicada (Episódio 5)

O quão importante uma coisa chamada de Princípio Fundamental da Dinâmica pode ser? MUITO. A Segunda Lei de Newton, que muitos conhecem por causa do F = ma é um dos conceitos mais importantes e utilizados na física clássica.

Curso de Física Básica do Ciência Todo Dia
Capítulo 3, Episódio 2.

Direção: Pedro Loos
Edição e Animação: Caique Oliveira
Direção de Arte: Eduardo Soldatti
Roteiro: Lucas Mitre (O Super Lento) e Pedro Loos



FONTE: Ciência Todo Dia

O que é energia? (Episódio 1)

A teoria do movimento (Episódio 2)

Quantidade de movimento explicada (Momento) - Episódio 3

A Primeira Lei de Newton (Lei da Inércia) explicada (Episódio 4)

Ex-diplomata brasileiro observou OVNI

Programa que aborda o avistamento inédito de um OVNI a bordo de um avião e, que foi testemunhado pelo embaixador e também, agente da CIA, Manuel Pio Corrêa Júnior. Durante a observação, ele estava acompanhado do coronel-aviador Rutênio Carneiro da Cunha Ribeiro, do primeiro-tenente Hélio Paes de Barros e dos secretários Carlos Bueno e Luiz Orlando Carone Gélio. A observação ocorreu numa madrugada de março de 1960 quando eles regressavam ao Brasil depois de uma missão diplomática junto ao presidente do Paraguai, Alfredo Stroessner Matiauda. O ex-diplomata brasileiro também foi secretário geral do Itamaraty (Ministério das Relações Exteriores do Brasil), tendo contato com muitos Presidentes da República do Brasil e com o extinto SNI. Deixou este relato insólito descrito nas páginas 616, 617 e 618 de sua autobiografia: “Pio Corrêa – O Mundo em que vivi”, editada em 1994.





FONTE: Enigmas e Mistérios

Telescópio Espacial Hubble é homenageado em moeda de ouro de 1 dólar

Por Daniele Cavalcante

O Telescópio Espacial Hubble será homenageado nos Estados Unidos com uma moeda oficial de 1 dólar. A Casa da Moeda do país divulgou na última terça-feira (30) o design oficial nova moeda, que estampa a imagem do telescópio sobrevoando a órbita terrestre, com parte do globo de nosso planeta logo abaixo.

Esta moeda será um dos quatro dólares de ouro que serão emitidos este ano como parte de uma série especial de moedas para "homenagear a engenhosidade americana e celebrar os esforços pioneiros de indivíduos ou grupos de todos os 50 estados", de acordo com a Casa da Moeda dos EUA. O Hubble foi o selecionado para representar o estado de Maryland.

A moeda foi criada e esculpida por Joseph F. Menna, escultor e principal gravador da Casa da Moeda, que também trabalhou diversas mídias digitais e tradicionais de escultura. O logotipo da NASA está incluído na moeda, no corpo do telescópio. As inscrições na parte superior e inferior da moeda - "Estados Unid…

Eau de Space: esse perfume promete deixar sua pele com o cheiro do espaço

Por Patrícia Gnipper

Que cheiro tem o espaço? A resposta é: depende — e depende de que local ou objeto espacial você está imaginando. O espaço ao redor da Terra e da Lua, por exemplo, teria cheiro similar ao de pólvora queimada, enquanto o planeta Urano tem gases cujo odor é fétido como flatulências e urina. Mas também existem cheiros mais agradáveis espaço afora, como é o caso de uma nuvem de gás e poeira no centro da Via Láctea (Sagittarius B2), cujo aroma é algo similar ao cheiro de rum com framboesa.

A NASA já fez algums estudos nesse sentido, com especialistas em perfumes trabalhando no desenvolvimento de fragrâncias com "cheiro de espaço" para auxiliar o treinamento de astronautas antes de eles irem à órbita. A fórmula desse perfume espacial foi mantida em segredo por muitos anos, mas, agora, a Eau de Space colocou as mãos nessa preciosidade — e quer lançar o perfume com cheiro de espaço no mercado.



A equipe da Eau de Space conta com especialistas em moda, tecnologia,…