Pular para o conteúdo principal

Postagens

Os primeiros animais no espaço foram moscas, à bordo de um foguete nazista

A mosca Drosophila melanogaster visitou o céu em 1947, dez anos antes de Laika entrar em órbita – em um míssil balístico V-2 alemão capturado pelos EUA (Seamni/Arte Superinteressante/Montagem sobre reprodução)

Por Bruno Vaiano

Tudo começou em 1910, em uma sala de 35 m² no 3º andar da Universidade Columbia, em Nova York. O cafofo – até grande para os padrões de uma quitinete, mas minúsculo para os de um laboratório – era ocupado pelo biólogo Thomas Hunt Morgan, seus alunos e… moscas. Muitas e muitas moscas da espécie Drosophila melanogaster, armazenadas em garrafas de leite. Bananas maduras, quase podres, eram usadas às dezenas para atrai-las e alimentá-las. Quem visitou o local, nessa época, não esquece o cheiro.

Insalubridade à parte, Morgan estava entusiasmado. Após analisar milhares de moscas no microscópio, havia encontrado algumas com traços genéticos bastante peculiares, como olhos brancos, em vez de vermelhos. Cruzando moscas mutantes e normais – de maneira similar ao que Men…
Postagens recentes

Missão ExoMars vai levar nova sonda a Marte para procurar sinais de vida

Por Patrícia Gnipper

O projeto ExoMars, fruto de uma parceria entre Agência Espacial Europeia (ESA) e a Agência Espacial Federal Russa (Roscosmos), lançou uma nave ao Planeta Vermelho em 2016, mas o módulo de aterrisagem acabou se chocando contra o solo. Para o ano de 2020, quer continuar a busca por sinais de vida em Marte com o envio de um robô à superfície. Ele deverá pousar numa região quase equatorial conhecida como Oxia Planum.

A área foi recomendada por especialistas da Leicester University pelo fato de ser rica em argilas e outros minerais resultantes de interações prolongadas com água em um passado bastante longínquo. Para lá, o veículo levará uma perfuratriz e instrumentos modernos para procurar sinais de vida passada — ou, quem sabe, presente. Contudo, os chefes da agências espaciais ainda precisam aprovar este como sendo o local de observação escolhido.



De qualquer forma, é altamente provável que a região Oxia Planum seja mesmo a escolhida, não somente por suas propriedad…

Viagem no tempo pode ser possível, diz o último livro de Stephen Hawking

Em sua última colaboração científica, astrofísico britânico teoriza se é possível o transporte pelo tempo e o espaço

Se alguém fizesse um pedido de bolsa de pesquisa para trabalhar em viagem no tempo, ele seria demitido imediatamente", escreve o físico Stephen Hawking em seu livro póstumo, Brief Answers to the Big Questions (breves respostas para grandes perguntas, em tradução livre). Ele estava certo. Mas ele também estava certo ao perguntar se a viagem no tempo possível é uma “questão muito séria” que ainda pode ser abordada cientificamente.

Argumentando que nosso entendimento atual não pode descartá-lo, Hawking foi cautelosamente otimista. Então, onde isso nos deixa? Não podemos construir uma máquina do tempo hoje, mas poderíamos no futuro?

Vamos começar com nossa experiência cotidiana. Nós aceitamos a capacidade de ligar para nossos amigos e familiares onde quer que eles estejam no mundo para descobrir o que eles estão fazendo agora. Mas isso é algo que nunca podemos realmen…

Óvnis em Agricolândia - PI (Parte 1)

Sensacional pesquisa realizada em Setembro de 2018 no município de Agricolândia-Piaui. Você confere a primeira parte dessa jornada investigativa aqui no canal. Assista mais uma aventura da UPUPI em busca dos avistamentos.

Agricolândia é um município brasileiro do estado do Piauí. Localiza-se a uma latitude 05º47'56" sul e a uma longitude 42º40'08" oeste, estando a uma altitude média de 230 metros. Sua população estimada em 2010 é de 5 080 habitantes.



FONTE: Flávio Tobler/UPUPI



Carta recém-descoberta de Einstein mostra preocupação com nazistas muito antes de eles tomarem o poder

Por George Dvorsky

Uma década antes de Adolf Hitler comandar a Alemanha, o famoso físico Albert Einstein já pressentia o perigo iminente para seu país e seu próprio bem estar, segundo uma carta recém-descoberta de um dos maiores pensadores do século passado.

Como reportado pela Associated Press, a carta previamente desconhecida foi recentemente apresentada por um colecionador anônimo. A carta escrita à mão, com data de 12 de agosto de 1922 e assinada por Albert Einstein, era direcionada à sua irmã Maja. Na próxima semana, a carta será leiloada pela Kedem Auction House, e espera-se que ela tenha um valor inicial entre US% 15 mil e US$ 20 mil.

O documento é interessante tanto pelo conteúdo como pelo momento em que foi escrita. Eistein escreveu a carta após deixar Berlim temendo por sua própria segurança. O ministro das relações exteriores da época, Walter Rathenau, que era judeu, tinha acabado de ser assassinado por três alemães anti-semitas. Após o crime, a polícia alertou Einstein de…

Revista Ovni Pesquisa (Edição n° 2)

A Revista Ovni Pesquisa já se encontra à venda pelo seu site www.ovnipesquisa.com.br. Dedicada ao estudo do fenômeno OVNI de forma cientifica é uma publicação do grupo Cipfani, de Minas Gerais.

Abaixo a versão digital da segunda edição:

Revista Ovni Pesquisa Ed Nº 2 Publish at Calameo
FONTE: www.ovnipesquisa.com.br

Leia a primeira edição da Revista Ovni Pesquisa clicando aqui.

Arqueólogos encontram tumbas com múmias de gato no Egito

Descoberta foi feita em Sacará, a 30km do Cairo. Também foram achadas estátuas de outros animais e múmias de escaravelhos dentro das tumbas, que são do Egito Antigo.

Arqueólogos egípcios encontraram sete tumbas da Era dos Faraós com dúzias de múmias de gatos em Sacará — sítio arqueológico a cerca de 30km da capital do Egito, Cairo. A descoberta também inclui múmias de escaravelhos — as primeiras a serem encontradas no local, afirmou neste sábado (10) o Secretário-Geral do Conselho Supremo de Antiguidades do Egito, Mostafa Waziri, à agência de notícias americana Associated Press (AP).


Gatos mumificados dentro de uma tumba na necrópole perto das pirâmides egípcias, em Sacará. Arqueologistas locais descobriram sete tumbas da era faraônica contendo dúzias de múmias de gato e estátuas de animais feitas de madeira. — Foto: Nariman El-Mofty/AP

O Egito Antigo — época em que os faraós reinaram — reverenciava os felinos e fazia adoração à deusa Bastet, que tinha a cabeça de gato. Além das múmi…