terça-feira, 24 de maio de 2016

Como foi o lançamento da nave espacial de testes da Índia



A Índia está se juntando à corrida espacial reutilizável. A agência espacial indiana testou o lançamento de uma nave de 7 metros que será usada em testes do projeto do país de criar uma nave espacial que pode ser usada várias vezes.

A nave de 1,75 toneladas não-tripulada – conhecida como Reusable Launch Vehicle – viajou por cerca de 70 quilômetros acima da superfície da Terra e então pousou de volta no planeta.

Os cientistas inicialmente acreditavam que a nave não sobreviveria ao pouso no golfo de Bengala, mas ela sobreviveu e está intacta. Ela coletou dados sobre a velocidade e intensidade da reentrada, além de testar as habilidades de aterrissagem autônoma da nave.

A missão é resultado de cinco anos de trabalho e US$ 14 milhões em investimentos, de acordo com a BBC. Espera-se que o país consiga usar uma nave espacial reutilizável de tamanho completo nos próximos 10 anos.

A Índia se junta a uma longa lista de agências governamentais e empresas privadas (como a SpaceX e a Blue Origin) que tentam desenvolver uma nave espacial reutilizável.

As imagens abaixo mostram como foi o lançamento da nave espacial – o voo durou, ao todo, 770 segundos.



















FONTE: BBC VIA GIZMODO BRASIL

segunda-feira, 23 de maio de 2016

Aeronáutica libera gravações de diálogos da 'noite oficial dos óvnis'


Ouça o áudio dos diálogos entres torres de comando de São José dos Campos, São Paulo e Brasília e a Defesa Aérea, sobre perseguição de óvnis.

Trinta anos depois, o Fantástico teve acesso às gravações de áudio do episódio que ficou conhecido como “A noite oficial dos óvnis”. Em maio de 1986, o ministro da Aeronáutica convocou uma coletiva para anunciar que a FAB perseguiu sem sucesso 21 óvnis sobre a região de São José dos Campos (SP).
As gravações, que ficaram sob sigilo na Aeronáutica todos esses anos, mostram os diálogos entre a torre de São José dos Campos, as torres de São Paulo e de Brasília e a Defesa Aérea. O relatório oficial da Aeronáutica concluiu que os objetos eram reais e tinham um “comportamento inteligente”. A reportagem do Fantástico encontrou participantes desses diálogos.
























Material disponibilizado pelo grupo de ufologia BURN - Brazilian UFO Research Network






Como acessar os documentos ufológicos do Arquivo Nacional:



http://www.arquivonacional.gov.br/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?tpl=home

FONTE: Fantástico/BURN - Brazilian UFO Research Network/Thiago Luiz Ticchetti

Marte está chegando à distância mais próxima da Terra em uma década



Nosso vizinho planetário vermelho em breve estará ainda mais próximo e mais brilhante, pouco após Marte entrar em oposição, colocando-o em sua distância mais próxima da Terra desde 2005.

De acordo com a NASA, neste domingo (22), Marte esteve em oposição – ou seja, Sol e Marte estavam em lados opostos da Terra. Assim, o lado iluminado do planeta vermelho esteve visível durante toda a noite para astrônomos profissionais e amadores.



Neste 22 de maio, Marte esteve a uma distância de 76,3 milhões de km. Então, em 30 de maio, Marte estará a apenas 75,3 milhões de km, o mais próximo em onze anos.

Oposições ocorrem uma vez a cada 26 meses, porque a órbita de Marte demora cerca de duas vezes mais que a da Terra. Algumas oposições também são melhores que outras, devido à trajetória elíptica de Marte contra uma mais circular da Terra. Esses fatores estão se unindo para nos dar uma oportunidade de ver Marte mais de perto.



No entanto, se você quer ver a menor distância entre Marte e Terra, sua chance já passou. O recorde mais recente ainda é de 2003, quando o planeta vermelho esteve a apenas 56,3 milhões de km. Antes disso, a abordagem mais próxima foi há cerca de 60.000 anos, e especialistas esperam que esse recorde só seja quebrado em agosto de 2287.

Esta oportunidade de observação planetária vem dias após a NASA liberar novas imagens de Marte, mostrando alterações na superfície e revelando os efeitos da mudança das estações sobre o meio ambiente.



[NASA]

Imagens por NASA

FONTE: GIZMODO BRASIL

sábado, 21 de maio de 2016

Ovni aterrissa e deixa marcas na comunidade de Varadero no distrito de Balsapuerto, Peru


Marcas deixadas pelo suposto objeto

A noite de segunda feira 16/05/16, foi uma noite de medo para os moradores da comunidade de Varadero, no Distrito de Balsapuerto. Um objeto voador não identificado teria aterrissado por alguns minutos a 50 metros da comunidade, o som estranho no céu semelhante ao de um liquidificador, relato de uma testemunha, fez com que muitas famílias saíssem para ver oque se passava por volta das 21:00 h, hora que a grande maioria dos moradores já se encontram dormindo. Foi então que uma senhora saiu de sua casa espantada junto de seus filhos, em direção à sua horta onde todos viram que algo luminoso iluminava a montanha e viram um objeto que flutuava a dois metros de altura sobre a terra, visualizando estranhas pessoas usando uma vestimenta semelhante a de astronautas, relatou a testemunha ao jornal El Diario de Yurimaguas narrando também o temor de toda gente. Varadero esta a uma hora e meia de barco de Yurimaguas, todos os moradores estão em alerta e assombrados com o fenômeno que teria ocorrido anos atrás, os maradores pedem a ajuda das forças policiais para que façam uma visita ao povoado e verifiquem as marcas deixadas no solo pelo ovni.






FONTE: El Diario de Yurimaguas/RPP Noticias/Anthony Choy

Santa Cruz (Bolívia): Moradores dizem ter visto ovni junto de um extraterretre no bairro El Dorado


Desenho do ser feito por estudantes

Na cidade de Santa Cruz, moradores do bairro El Dorado (zona el Bastíon), alegam haverem observado um ovni e que do mesmo haveria saído um ser extraterrestre. Acreditam que o suposto ser desceu de sua "nave" e que tentou voltar quando os moradores do bairro os viram.

O fato ocorreu por volta das 22:00 h, inclusive os moradores disseram que o ser teria subido nas árvores e desparecido deixando estranhas pegadas no solo. Estudantes conseguiram captar imagens de uma luz resplandecente sobre o bairro. Relataram que após o surgimento da luz que desceu lentamente na vertical, houve um som como de um trovão e o sinal de todos os celulares se cortaram.




FONTE: http://eju.tv//Canal Youtube Noticias Informativas

Céu da Semana - 23/05 até 29/05/2016 - Hubble (Parte 3)



FONTE: UNIVESP TV

É assim que a NASA testa o retorno de suas cápsulas espaciais que pousam no mar



Se você já se perguntou o que acontece quando uma cápsula espacial – trazendo um astronauta de volta à Terra – aterrissa na água, você não está sozinho. Engenheiros da NASA pensam nisso pra caramba, o que os levou a jogar o módulo Orion cheio de manequins em uma piscina gigante.

A agência espacial observa que, nos momentos mais rápidos, mesmo após a desaceleração dos paraquedas, o impacto com o mar cria “a maior desaceleração da missão e com isso, uma das maiores forças sobre o corpo humano”. Então, é melhor eles acertarem nos ajustes, pois o módulo Orion está planejado para pousar no Oceano Pacífico.


Manequins dentro da cápsula

Nos testes, os engenheiros colocam os manequins no módulo para, então, jogá-lo em uma bacia de 6 metros de profundidade, que fica no NASA Langley Research Center, para medir o impacto. “Não só podemos aprender como a estrutura reage a esses testes de impacto com a água, mas também conseguimos entender como a queda impacta os assentos e a tripulação”, explica Mark Baldwin, que lidera a equipe de danos para a Orion na empresa Lockheed Martin.



Os manequins são cobertos com sensores que fornecem dados à equipe sobre o que acontece durante o impacto. Isso permite que eles entendam o que acontece com o corpo para, assim, assegurar que potenciais prejuízos possam ser minimizados.



Até o momento, a equipe já derrubou o módulo quatro vezes na piscina. No entanto, agora eles começarão uma série de novos testes que investigarão o que acontece se a cápsula entrar na água em ângulos incomuns.

[NASA]

Todas as fotos por NASA/David C. Bowman.

FONTE: GIZMODO BRASIL