Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Setembro 29, 2019

A história do Big Bang

Diferente do meu vídeo "O Big Bang Explicado'', nesse vídeo quero falar um pouco mais sobre o desenvolvimento da teoria do Big Bang.



FONTE: Ciência Todo Dia

O Big Bang explicado

Revelada a primeira imagem real da teia cósmica que conecta o Universo

Por Daniele Cavalcante

Na quinta-feira (3), cientistas conseguiram pela primeira vez capturar uma imagem que revela filamentos cósmicos da rede intergalática gasosa. A teoria de que ela existe e conecta as galáxias como uma imensa teia cósmica não é nova, mas o conceito sempre foi invisível aos olhos dos astrônomos. Isso acaba de mudar, graças ao trabalho publicado em um estudo na revista Science.

Na fotografia publicada em um estudo na revista Science, registrada através de alguns dos telescópios mais sensíveis da terra, os filamentos azuis de hidrogênio cruzam com um aglomerado de galáxias brancas antigas. Essas galáxias estão a cerca de 12 bilhões de anos-luz da Terra — ou seja, elas nasceram aproximadamente no primeiro bilhão e meio de anos após o Big Bang.

Mas o que é teia cósmica?

Quando olhamos para o cosmos com instrumentos astronômicos, podemos ver galáxias com suas milhares de estrelas, atraídas por buracos negros supermassivos, além de planetas e outros corpos celestes. Ma…

Planeta Nove pode não ser um planeta, mas um buraco negro

Será que temos um buraco negro nas nossas vizinhanças?
[Imagem: NASA/Jeremy Schnittman]

Buraco negro primordial

O hipotético Planeta Nove - também conhecido como Planeta X - que se acredita estar em algum lugar nos arredores do nosso Sistema Solar, pode não ser um planeta.

Os astrônomos Jakub Scholtz (Universidade Durham) e James Unwin (Universidade de Illinois de Chicago), estão propondo que o corpo celeste responsável pelo estranho comportamento de alguns objetos além de Plutão pode ser na verdade um buraco negro, mais especificamente, um buraco negro primordial.

Buracos negros primordiais (BNPs) são - também hipotéticos - buracos negros antigos e relativamente pequenos que surgiram logo após o Big Bang.

Os astrônomos acreditam que eles foram formados como resultado de flutuações de densidade no universo primitivo. Embora os cálculos indiquem que os BNPs muito pequenos já tenham evaporado totalmente, os maiores ainda podem existir - sim, os buracos negros podem morrer, evaporando-s…

Nova evidência sugere que a Terra foi atingida por objeto enorme há 12.800 anos

Representação artística de um asteroide viajando em direção ao Sistema Solar. Imagem: NASA/JPL-Caltech

Por George Dvorsky

Novas evidências vindas da África do Sul reforçam a ideia de que um grande asteroide ou cometa atingiu a Terra durante o Pleistoceno – um evento que possivelmente desencadeou a extinção de muitos animais grandes, ao mesmo tempo em que também perturbou as populações humanas em escala global.

Juntamente com locais na América do Norte e do Sul, Groenlândia, Europa Ocidental e Oriente Médio, podemos adicionar a África Austral à lista de regiões onde os cientistas descobriram evidências de um evento calamitoso que aconteceu há 12.800 anos.

Uma nova pesquisa publicada esta semana na revista Palaeontologia Africana descreve a presença de platina excessiva em material sedimentar extraído de um local na África do Sul que remonta a esse período.

De acordo com a equipe de pesquisa, liderada por Francis Thackeray do Instituto de Estados Evolucionários da Universidade de Witwa…

Comentando foto de disco voador (Kapiolari Park - Hawaí - 1974) - 13

Programa onde comentamos sobre a foto tirada por Isutomu Nakayama em 25 de abril de 1974, às 10:30 horas, em Kapiolari Park, Honolulu, no Hawaí. Na hora da fotografia tirada com uma câmera Hasselblad 500C e filme Ektachrome 120, não foi avistado o OVNI. Análises foram providenciadas pela KODAK de Tóquio, no Japão e pelo militar do Exército Americano, major Colman von Keviczky e resultaram em uma fotografia autêntica. Assista este vídeo e saiba detalhes interessantes deste clássico episódio havaiano.



FONTE: Enigmas e Mistérios

Veja também:

No link abaixo siga os demais vídeos da série "Comentando foto de disco voador":

Foto diurna de OVNI na continuidade da Operação Prato (Manaus - Brasil - 1979) - 10

Comentando foto de disco voador (Nashville - Tennessee - EUA - 1989) - 11

Comentando foto de OVNI (Cocoyoc - México - 1973) - 12

A régua mais precisa do Universo

Nesse vídeo eu falo sobre a régua mais precisa do Universo e como ela ajudou um time de cientistas do mundo todo a fazerem uma das descobertas mais impressionantes dos últimos 100 anos.



FONTE: Ciência Todo Dia

Casuística ufológica nordestina: o Caso Convap (Parte 2)

Estamos de volta para dar continuidade a este interessante caso ocorrido aqui no Piauí. Pra quem já assistiu a primeira parte viu como toda uma família envolveu-se numa estranha perseguição entre o município de União e a capital Teresina. O carro foi seguido por um objeto ainda não identificado. Neste segundo vídeo Cássia continua a narrar os fatos e a tentativa de entender determinados acontecimentos naquela noite. Conta também casos acontecidos e frequentes em regiões próximas. Tudo isso e muito mais. Vale apena assistir. Confira!



FONTE: União de Pesquisas Ufológicas do Piauí (UPUPI) - Flávio Tobler

Veja a primeira parte do Caso Convap no link abaixo:

Casuística ufológica nordestina: o Caso Convap



Encontro Internacional de Exopolítica: fenômeno OVNI... rumo às Nações Unidas!

Programação do evento:



















FONTE: Latin American Academy Of Scientific Ufology

O Big Bang explicado

O Big Bang - talvez a teoria científica mais famosa de todos os tempos. Ele realmente explica a origem do Universo? De onde surgimos, para onde vamos e quem nós somos? Nesse vídeo da série explicado, todas essas dúvidas serão respondidas.



FONTE: Ciência Todo Dia

Células vivas guardam dados e fazem computação

As memórias guardadas nas células vivas podem ser lidas sem destruir a célula.
[Imagem: MIT]

Biocomputação

Usando uma técnica capaz de editar com precisão as bases de DNA, pesquisadores do MIT criaram uma maneira de armazenar memórias complexas no DNA de células vivas, incluindo células humanas.

O novo sistema de biocomputação pode ser usado para registrar a intensidade, duração, sequência e temporização de vários eventos na vida de uma célula, como a exposição a determinados produtos químicos.

Assim, essa capacidade de armazenamento de memória pode atuar como a base de circuitos complexos, nos quais um evento, ou uma série de eventos, desencadeia outro evento, como a produção de uma proteína fluorescente, para emitir um alerta ou fazer um diagnóstico.

"Esta plataforma nos dá uma maneira de codificar operações de memória e lógica nas células de maneira escalonável," disse o professor Fahim Farzadfard. "De forma semelhante aos computadores baseados em silício, para cria…

Superando Einstein: mistério do efeito fotoelétrico é revelado

Alexander Hartung conta que se tornou pai duas vezes no tempo que levou para construir o aparelho.
[Imagem: Alexander Hartung]

Entendendo a mecânica dos fótons e elétrons

Albert Einstein recebeu o Prêmio Nobel por explicar o efeito fotoelétrico. Em sua forma mais intuitiva, um único átomo é irradiado pela luz; segundo Einstein, a luz consiste em partículas (fótons) que transferem apenas energia quantizada para o elétron do átomo.

Esse processo está na base de quase todas as atuais tecnologias envolvendo a luz, da energia solar aos LEDs. Mas isso não significa que já entendemos todos os meandros do que acontece entre a luz e a matéria.

Por exemplo, se a energia do fóton for suficiente, ele arranca elétrons do átomo; mas o que acontece com o momento do fóton nesse processo?

A questão de qual parceiro da reação (núcleo do átomo ou os elétrons) conserva o momento do fóton tem ocupado os físicos há mais de 30 anos. Por exemplo, quando inúmeros fótons de um pulso de laser bombardeiam um át…

Mineração espacial começará a ser testada na ISS

Um dos reatores de biomineração (esquerda) e um grupo deles inseridos em sua incubadora (direita).
[Imagem: Rosa Santomartino]

Mineração espacial

Astronautas da Estação Espacial Internacional estão prestes a começar a testar os primeiros dispositivos de mineração espacial do mundo.

Os protótipos de biorreatores já estão na Estação, e agora os astronautas estão se preparando para usá-los para estudar como organismos microscópicos podem ser usados para recuperar minerais e metais das rochas espaciais.

Astrobiólogos da Universidade de Edimburgo, no Reino Unido, levaram 10 anos para desenvolver os reatores, chamados reatores biominerais, cada um do tamanho de uma caixa de fósforos. Dezoito deles foram levados para a Estação Espacial.

O estudo promete ajudar nos esforços para estabelecer assentamentos tripulados em mundos distantes, ajudando a desenvolver maneiras de obter minerais essenciais para a sobrevivência no espaço.

Os testes revelarão como a baixa gravidade afeta a capacidade nat…

ETs em petrogrifos e pinturas rupestres? (Pesquisas 36)

Programa onde comentamos sobre vários petroglifos e pinturas rupestres onde vemos figuras antropomórficas, ao redor do mundo, que se assemelham aos tripulantes dos OVNIs. A civilização terrestre teria sido visitada por estes seres no passado? Os primitivos deixaram este fato importante registrado em sua arte pré-histórica?

Camisetas com estampas de pinturas rupestres:
Paulo Werner – E-mail: cipfani@hotmail.com



FONTE: Enigmas e Mistérios

Veja também:

Acesse os demais links da série "Pesquisas" no link abaixo (Pesquisas 30):

Blue Book se interessou por caso ufológico brasileiro? (Pesquisas 30)

OVNI foi fotografado em duas cidades diferentes? (Pesquisas 31)

Depoimento inédito de policial sobre OVNI em São Paulo - SP (Pesquisas 32)

OVNIs e tripulantes na Praia do Guaiuba, no Guarujá - SP (Pesquisas 33)

Uma cidade maior que Machu Picchu? (Pesquisas 34)

Abdução em alto mar (Pesquisas 35)

Quedas de OVNIs no litoral paulista (Palestras 01)

Programa que aborda a palestra ministrada por Edison Boaventura Júnior, durante o 7º Encontro de Ufologia de Paranapiacaba, ocorrido nos dias 18 e 19 de maio de 2019, na Biblioteca Abías Ferreira Francisco, em Paranapiacaba – SP. O evento foi coordenado por Sérgio Campos e o tema abordado pelo pesquisador Edison foi: “Quedas de OVNIs no Litoral Paulista”.



FONTE: Enigmas e Mistérios


Cientistas descobrem planeta gigante ‘que não deveria existir’

O mundo gasoso e sua estrela estão a cerca de 30 anos-luz da Terra - UNIVERSITY OF BERN

Paul Rincon
Da BBC News

Os astrônomos descobriram um planeta gigante que, segundo eles, não deveria existir, de acordo com as teorias atuais.

O planeta, semelhante a Júpiter, é extraordinariamente grande em comparação com sua estrela-mãe, contradizendo um conceito amplamente aceito sobre a forma como os planetas se formam.

A estrela, que fica a 284 trilhões de quilômetros de distância, é uma anã vermelha do tipo M - o mais comum em nossa galáxia.

Uma equipe internacional de astrônomos relatou suas descobertas na revista Science.

"É emocionante, porque há muito tempo nos perguntamos se planetas gigantes como Júpiter e Saturno podem se formar em torno de estrelas tão pequenas", diz Peter Wheatley, da Universidade de Warwick, no Reino Unido, que não participou do estudo mais recente.

"Acho que a impressão geral foi de que esses planetas simplesmente não existiam, mas não podíamos ter c…

Este é o Shapeshifiter, o robô conceito que deve explorar a lua Titã de Saturno

Por George Dvorsky

Por que enviar um robô para explorar um mundo quando você pode enviar um monte de uma vez só vez? Esse é o pensamento por trás do conceitual Shapeshifter, da NASA — um robô modular e de montagem automática, capaz de implantar várias máquinas menores.

O conceito Shapeshifter está atualmente sendo desenvolvido como parte do programa NIAC (NASA’s Innovative Advanced Concepts), que encoraja pesquisadores a pensarem em formas criativas de explorar mundos distantes. O robô está sendo desenhado e construído pelo JPL (o laboratório de propulsão à jato da NASA) pela roboticista Ali Agha e seus colaboradores da Universidade de Stanford e da Universidade Cornell, de acordo com um comunicado da NASA.

Este robô anfíbio aéreo ainda está em seu estágio embrionário de desenvolvimento, mas, se o conceito for viável, a máquina poderá ser usada para explorar o ambiente dinâmico na lua de Saturno, Titã, o único objeto no Sistema Solar, tirando a Terra, a hospedar um líquido na superfí…

A 1ª volta ao mundo: os 500 anos da viagem de Fernão de Magalhães, da qual só 18 dos 250 tripulantes sobreviveram

Os 250 homens que deixaram o porto de Sanlucar de Barrameda em 20 de setembro de 1519 não tinham ideia da repercussão que a viagem teria - GETTY IMAGES

Mar Pichel
BBC News Mundo

No dia 20 de setembro de 1519, cinco navios com 250 homens deixaram o porto de Sanlúcar de Barrameda, no sul da Espanha, em direção ao Atlântico. No comando da nau Trinidad estava o capitão português Fernão de Magalhães.

Nem Magalhães ou mesmo seus homens sabiam que a expedição mudaria o curso da história: eles seriam os primeiros a dar a volta ao mundo, um marco que celebra seu quinto centenário.

Mas também foi considerado um feito real da resistência humana: a primeira circunavegação do mundo foi um verdadeiro inferno de doenças, fome e violência, relata o historiador Jerry Brotton na BBC History Magazine.

De fato, apenas 18 dos 250 tripulantes retornaram a Sanlúcar três anos depois de deixar o porto.

E embora muitos atribuam a Magalhães o crédito de ser a primeira pessoa a circunavegar a Terra, o português…

Ignaz Semmelweis, o médico colocado em manicômio por insistir na importância de se lavar as mãos

Hospitais, como o St. Georges em Londres, eram conhecidos como 'casas da morte' - GETTY IMAGES

Em 1825, os parentes de um paciente que estava se recuperando de uma fratura no Hospital St. George, em Londres, viram o familiar deitado em lençóis molhados e sujos, cheios de fungos e vermes.

Segundo o relato, nem o homem aflito, nem os outros com quem dividia o espaço, se queixaram das condições do local, porque acreditavam que elas eram normais.

Aqueles que tiveram a má sorte de serem admitidos naquele ou em outros hospitais da época estavam acostumados aos horrores que as instituições apresentavam.

Tudo cheirava a urina, vômito e outros fluidos corporais. O odor era tão intenso que a equipe às vezes caminhava com lenços pressionados contra o nariz.

Os médicos, entretanto, também não tinham aroma de rosas. Esses profissionais raramente lavavam as mãos ou os instrumentos de trabalho – exalavam o que era chamado, de forma elogiosa, de "fedor tradicional do hospital".

As …