Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Janeiro 7, 2018

Sistema Estelar com cinco planetas rochosos é descoberto por astrônomos amadores

Por: George Dvorsky

Pela primeira vez na história, uma equipe de cientistas cidadãos amadores reunida por crowdsourcing descobriu um sistema multiplanetário. Localizado a 620 anos-luz de distância, ele contém cinco exoplanetas, possivelmente um sexto, e maioria deles seria uma “super-Terra”.

Antes que entremos nos detalhes de como ele foi descoberto, vamos mergulhar e dar uma olhada nesse novo sistema estelar.

Ele é chamado de K2-138, em que “K2” significa que ele foi descoberto pelo Telescópio Espacial Kepler, durante sua missão K2 — uma caça por exoplanetas que já acontece há três anos. A estrela em si é uma sequência principal estelar da classe K, ou anã laranja, um tipo de estrela que apresenta massas entre 0,45 a 0,8 vezes a do Sol.


Imagem: NASA/JPL-Caltech

Todos os cinco planetas confirmados estão em uma órbita aperta, próximos da estrela, apresentando períodos orbitais entre 2,35 a 12,76 dias. O planeta mais distante, o K2-138f, é um décimo da distância da Terra para o Sol. Os…

Panasonic está construindo uma verdadeira cidade do futuro nos EUA

POR RAFAEL FARINACCIO | @rfarinaccio

Imagine como as cidades vão ser no futuro – autoestradas tecnológicas, veículos autônomos, Wi-Fi de boa qualidade e gratuito para todos em todos os lugares. Pois é exatamente um exemplo disso que a Panasonic está construindo no Colorado, Estados Unidos, próximo à cidade de Denver.

O objetivo do programa CityNow, da Panasonic, é que a área se torne uma cidade inteligente completamente funcional até 2026. Na área até então vazia, a empresa já instalou pontos de Wi-Fi gratuitos, lâmpadas de LED nas ruas, sensores de poluição, geradores de energia solar, câmeras de segurança, semáforos inteligentes e muito mais.



Inteligente e ecológica

Com a ajuda do fornecimento de energia limpa (solar), a cidade inteligente é capaz de se manter funcional por até 72 horas caso a energia elétrica regular seja cortada. Para não ficar isolada do mundo, na primavera de 2018, um ônibus autônomo vai conectar uma estação no local a rotas de ônibus em toda a área de Denver.

Pássaro tem pena superpreta com estrutura especial que absorve até 99,95% da luz

Ave do paraíso da espécie Parotia wahnesi com plumagem superpreta (Foto: Tim Laman/Nature)

Estrutura da pena da ave-do-paraíso faz com que ela reflita apenas uma parcela ínfima de luz.

m estudo publicado nesta terça-feira (9) na "Nature Communications" mostra que a plumagem superpreta encontrada em algumas espécies de pássaros é produzida por um arranjo de microestruturas nas penas que permite que absorvam até 99,95% da luz que incide sobre elas.

Em várias espécies da família das aves-do-paraíso, encontradas na Oceania, os machos têm manchas de plumagem profundamente pretas e aveludadas imediatamente adjacentes a manchas coloridas. Essas manchas pretas têm uma aparência muito mais escura do que a plumagem preta normal de espécies similares.

Usando uma série de técnicas de análise, entre elas espectrofotometria e microscopia eletrônica de varredura, a autora principal do estudo, Dakota McCoy, da Universidade Harvard, e co-autores, investigaram como ocorre a absorção da luz e…

Os 3 grandes paradoxos que tiram o sono de matemáticos e filósofos

Solução de paradoxos é desafio para matemáticos e filósofos há milênios

Esta frase é falsa.

Este é um dos paradoxos mais populares e ilustrativos: se é realmente falsa, o que a frase enuncia é verdadeiro, mas se a falsidade enunciada é real, a frase não pode ser falsa.

Paradoxo vem das palavras em latim e grego que significam "o contrário da opinião comum" e é, de acordo com o dicionário Houaiss:

1. Proposição ou opinião contrária ao comum;

2. Aparente falta de lógica ou nexo; contradição.

Há vários tipos, mas o que eles geralmente têm em comum é o fato de conseguirem nos fazer parar e pensar, mesmo por um momento. Como quando se lê a frase "para chegar rápido, nada melhor do que ir devagar".

Outras nos acompanharam por anos, às vezes séculos, e algumas têm impulsionado importantes avanços em ciência, filosofia e matemática.

Ainda é seu navio?
Mudança e identidade. Sobre isso nos fez refletir o historiador, biógrafo e filósofo grego Plutarco (46 - 120 d.C.) durant…

Cientista estrela de ‘Big Bang Theory’ lança guia para garotas

Mayim Bialik, atriz da série "The Big Bang Theory" (Brandon Williams/Getty Images)

Mayim Bialik fala sobre mudanças no corpo, estereótipos sociais e empoderamento em novo livro, misturando ciência com experiências pessoais

Por Leticia Fuentes

A atriz Mayim Bialik, famosa por dar vida à neurobióloga Amy na sitcom americana The Big Bang Theory, não é inteligente apenas nos papéis que interpreta na TV. A artista exibe com orgulho um PhD em neurociência pela renomada Universidade da Califórnia em Los Angeles (UCLA), nos Estados Unidos. Com 42 anos e dois filhos, a americana acaba de lançar seu terceiro livro, um guia sobre puberdade voltado para jovens mulheres.

Publicado com o título de Girling Up – How to Be Strong, Smart and Spectacular (“Girling Up – Como se tornar uma mulher saudável, esperta e espetacular”, Primavera Editorial, 155 páginas, 34,90 reais), o livro fala sobre as mudanças físicas e hormonais no corpo das meninas do ponto de vista da neurociência, trazendo exp…

Primeiras galáxias do Universo giravam como a Via Láctea

Ilustração da rotação de uma galáxia no Universo jovem.
Crédito: Instituto de Astronomia, Amanda Smith

Os astrônomos olharam para trás no tempo, para uma época pouco depois do Big Bang, e descobriram gás turbulento em algumas das primeiras galáxias que se formaram no Universo. Estes "recém-nascidos" - observados como eram há quase 13 mil milhões de anos - giravam como um redemoinho, de modo semelhante à nossa própria Via Láctea.

Uma equipa internacional liderada por Renske Smit do Instituto Kavli de Cosmologia da Universidade de Cambridge usou o ALMA (Atacama Large Millimeter/submillimeter Array) para abrir uma nova janela no Universo distante e identificou galáxias normais de formação estelar num estágio muito inicial da história cósmica. Os resultados foram divulgados na revista Nature e foram apresentados na 231.ª reunião da Sociedade Astronômica Americana.

A luz de objetos distantes leva tempo até alcançar a Terra, de modo que a observação de objetos a milhares de milhõe…

Astrônomos registram 'arroto' duplo de buraco negro após 'banquete' de gás cósmico

Ilustração mostra buraco negro devorando massa de gás | Imagem: Nasa

Paul Rincon
BBC News, Washington

Astrônomos registraram o "arroto" duplo de um buraco negro após devorar um "banquete" de gás quente.

Quando o gás cósmico se aproxima de um buraco negro, acaba sugado por sua força gravitacional - mas parte da energia é liberada de volta ao espaço sob a forma de um "arroto".

Os telescópios espaciais Hubble e Chandra, da Nasa (a agência espacial americana), identificaram um novo "arroto" emergindo de um buraco negro localizado a 800 milhões de anos-luz de distância da Terra. E viram também os resíduos de outro "arroto" que havia ocorrido 100 mil anos antes.

"Os buracos negros são comedores vorazes, mas não têm boas maneiras à mesa", afirmou Julie Comerford, da Universidade do Colorado Boulder, nos Estados Unidos, durante a 231ª reunião da Sociedade Americana de Astronomia, em Washington.

"Há muitos exemplos de buracos ne…

Rede neural vai adivinhar palavra antes que você fale

As redes neurais com reservatório simplificam drasticamente o processo de treinamento, que pode levar meses nas redes convencionais. [Imagem: Chao Du et al. - 10.1038/s41467-017-02337-y]

Rede neural de memoristores

As redes neurais feita com memoristores - componentes eletrônicos que retêm uma memória do que lhes ocorreu anteriormente - prometem melhorar dramaticamente a eficiência do aprendizado de máquina, da inteligência artificial e dos computadores neuromórficos, que trabalham de forma mais parecida com o cérebro humano.

Uma demonstração de que isso está mais perto da realidade do que se imagina acaba de ser dada por Chao Du e seus colegas da Universidade de Michigan, nos EUA.

Eles construíram uma rede neural em hardware, chamada "sistema de computação de reservatórios", que consegue prever palavras e números que virão a seguir em um texto escrito - e o próximo passo será prever palavras antes que elas sejam ditas durante a conversação normal entre duas pessoas.

Sistem…

Primeiro passo rumo a robôs do tamanho de células

Os exoesqueletos das nanomáquinas estão prontos - falta agora colocar carga útil a bordo. [Imagem: Marc Miskin/Cornell University]

Robôs de tamanho celular

Uma equipe da Universidade de Cornell, nos EUA, criou um exoesqueleto em escala microscópica que pode mudar rapidamente de forma ao detectar mudanças químicas ou térmicas em seu ambiente.

Uma vez equipadas com cargas eletrônicas, fotônicas e químicas - algo que ainda não foi feito - essas máquinas em microescala poderão se tornar uma plataforma para a robótica na escala de tamanho dos microrganismos biológicos.

"É um primeiro passo em direção aos robôs de tamanho celular," disse o pesquisador Marc Miskin citando como possibilidades máquinas de dimensões celulares que mudam de formato, conduzem eletricidade e fazem sensoriamento ambiental.

"Nós estamos tentando construir o que você pode chamar de 'exoesqueleto' para a eletrônica," disse seu colega Paul McEuen. "Hoje, você já pode fazer pequenos chip…

Vento terrestre transporta oxigênio para a Lua

O "vento terrestre" dispara íons de oxigênio em alta velocidade contra o solo lunar. [Imagem: Kentaro Terada et al. - 10.1038/s41550-016-0026]

Geocauda

Nosso planeta possui uma gravisfera, a área em torno da Terra onde a gravidade terrestre supera a gravidade dos corpos celestes vizinhos, impedindo que os gases da atmosfera - e outros objetos - escapem para o espaço.

Além disso, a Terra está protegida do vento solar e dos raios cósmicos por um campo magnético planetário, que ajuda a redirecionar e confinar as partículas atômicas.

Contudo, no lado noturno da Terra - do lado oposto ao Sol - o campo magnético do planeta estende-se como uma cauda de cometa, criando uma estrutura parecida com uma flâmula, chamada geocauda. No centro da geocauda há uma área de plasma quente parecida com uma folha.

Kentaro Terada e seus colegas da Universidade de Osaka, no Japão, conseguiram agora observar quando moléculas de oxigênio da atmosfera terrestre, tipicamente presas pela gravisfera, for…

Os exoplanetas são como ervilhas numa vagem

Kepler-11 é uma estrela parecida com o Sol com seis planetas em órbita.
Crédito: NASA/Tim Pyle

Uma equipe internacional liderada pela astrofísica Lauren Weiss da Universidade de Montreal descobriu que os exoplanetas que orbitam a mesma estrela tendem a ter tamanhos semelhantes e um espaçamento orbital regular. Este padrão, revelado pelas novas observações do Observatório W. M. Keck de sistemas planetários descobertos pelo Telescópio Kepler, pode sugerir que a maioria dos sistemas planetários tem uma história de formação diferente da do Sistema Solar.

Graças, em grande parte, ao Telescópio Espacial Kepler, lançado em 2009, conhecemos agora milhares de exoplanetas. Esta grande amostra permite aos investigadores não apenas estudar sistemas individuais, mas também tirar conclusões sobre os sistemas planetários em geral. Weiss faz parte do levantamento CKS (California-Kepler Survey), que usou o Observatório W. M. Keck em Mauna Kea, Hawaii, para obter espectros de alta-resolução de 1305 es…

Titã apresenta características tipo-Terra

A Cassini usou radar e câmaras infravermelhas para observar por baixo da espessa atmosfera de Titã e mapear os detalhes à superfície.
Crédito: NASA/JPL/Universidade do Arizona/Universidade do Idaho

Usando o agora completo conjunto de dados da Cassini, astrônomos de Cornell criaram um novo mapa topográfico global da lua de Saturno, Titã, que abriu novas janelas para entender os seus fluxos líquidos e os seus terrenos. Os dois artigos, publicados no dia 2 de dezembro na revista Geophysical Review Letters, descreve o mapa e as descobertas decorrentes deles.

Segundo o estudante de doutoramento Paul Corlies, o autor principal do primeiro artigo científico, a criação do mapa demorou cerca de um ano. Combina todos dados topográficos de Titã obtidos de várias fontes. Uma vez que apenas 9% de Titã foi observado em alta-resolução, com 25-30% da topografia observada em resoluções mais baixas, o resto do satélite foi mapeado usando um algoritmo de interpolação e um processo de minimização global…

Caso Cash-Landrum

Um importante caso ufológico americano ocorrido em 29 de dezembro de 1980. UM OVNI foi visto sobrevoando a estrada acompanhado por helicópteros sem identificação. A proximidade com o OVNI produziu seqüelas físicas nas testemunhas.

Em 29 de dezembro de 1980, Betty Cash, Vickie Landrum e seu neto Colby Landrum (na época com 7 anos de idade) trafegavam durante a noite por uma rodovia em Piney Woods, nas proximidades de Huffman, no Texas, Estados Unidos. De repente Betty, que dirigia, avistou uma luz intensa sobre os pinheiros logo a frente de seu carro. Ela não deu Importância ao fato e continuou a viagem. Pouco depois, logo depois de uma curva havia um estranho objeto luminoso, em formato de losango, com coloração metálica e soltando fogo na parte inferior.

Betty parou o automóvel e começou a acompanhar o objeto que vinha em sua direção. O mesmo parou a 40 metros do carro das testemunhas. Betty e Vickie saíram do carro para observar melhor, deixando Colby dentro do carro. Devido ao pân…

Planeta mais interno de Trappist-1 pode ter atmosfera densa, sugere estudo

POR SALVADOR NOGUEIRA

Um novo estudo sobre o sistema planetário favorito dos astrônomos para a busca por sinais de vida fora da Terra esconde, lá no meio do artigo, uma informação importante: evidências de que o planeta mais interno, Trappist-1b, pode ter uma respeitável atmosfera.

A possibilidade é sugerida por observações mais detalhadas de trânsitos planetários — as passagens periódicas dos planetas à frente de sua estrela-mãe, uma anã vermelha a meros 40 anos-luz daqui. Elas foram flagradas pelo satélite Spitzer, o telescópio espacial de infravermelho da Nasa.

Os dados serviram principalmente para refinar alguns parâmetros planetários, como o diâmetro dos planetas comparados à estrela, e medir pequenas variações entre os períodos de trânsito que ajudassem a estimar a massa desses mundos. Nesse sentido, nenhuma grande revelação. Mas o mais interessante foi o esforço que eles fizeram para comparar os trânsitos do planeta b, o mais interno do sistema, em dois comprimentos de onda ob…

Água está ‘facinha’ em Marte, diz estudo

POR SALVADOR NOGUEIRA

Um longo processo de erosão está expondo um monte de gelo de água na superfície de Marte. É isso que constatou um grupo de pesquisadores trabalhando com o orbitador Mars Reconnaissance Orbiter, o mais próximo que temos de um satélite-espião em órbita marciana.

O trabalho, que tem como primeiro autor Colin Dundas, pesquisador do Serviço Geológico americano, acaba de ser publicado na edição desta semana da revista “Science”.

Eles constataram, ao analisar imagens de oito localidades diferentes no planeta, que a erosão está levando à exposição de depósitos de gelo de água que estavam até então escondidos pelo solo, a uma profundidade relativamente baixa — em certos casos tão baixa quanto um ou dois metros. Sua presença, por outro lado, pode se estender por até uns 100 metros no subsolo.

O processo erosivo, causado pela sublimação de parte do gelo (ou seja, sua conversão direta de sólido para vapor), está expondo as camadas congeladas das encostas que, pelo formato a…

Ufologia com seriedade: Programa Fenômeno UFO (2017)

O ufólogo Luiz Ricardo Geddo, um dos grandes estudiosos sobre a vida extraterrestre, apresenta o programa que destaca casos envolvendo a vida fora de nosso planeta e seres que não pertencem a ele. Investigue as muitas moradas, seus aspectos e nossos “próximos” mais distantes através do Programa Fenômeno Ufo.

Clique aqui e veja e primeira parte da temporada 2017.













FONTE: TV MUNDO MAIOR

Assista a primeira parte da temporada 2017 clicando aqui.

João Steiner apresenta: Uma Visão Geral I e II da Astronomia

Bacharel em Física - Instituto de Física, Universidade de São Paulo, USP - 1973.
Mestre em Astronomia - Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas Universidade de São Paulo - 1975.
Doutor em Astronomia - Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas, USP - 1979.
Livre-docente - Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas, USP - 1982
Professor Titular - Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas, USP - 1990.

Biografia
Filho de Arno Steiner e Alzira Boeing, nasceu em São Martinho, SC, em 01 de março de 1950. Freqüentou as escolas primárias de São Martinho e Vargem do Cedro e o segundo grau nos colégios Sagrado Coração de Jesus (Corupa, SC) e São José (Rio Negrinho, SC). Formou-se bacharel em Física pela USP (1973) onde também fez o mestrado (1975) e doutorado (1979) sob orientação de J. A. de Freitas Pacheco. Suas principais linhas de pesquisa são: Quasares, Núcleos Ativos de Galáxias e Variáveis Cataclísmicas. Orientou 11 tes…