Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de 2019

Confirmado: há vapor de água na superfície de Europa, lua de Júpiter

À esquerda, Europa vista pela Voyager 1 em 1979. No centro, a lua joviana vista pela Voyager 2 no mesmo ano. À direita, vemos Europa fotografada pela sonda Galileo nos anos 1990 (Foto: NASA)

Por Patrícia Gnipper

Encélado e Europa (luas de Saturno e Júpiter, respectivamente) são dois mundos congelados do Sistema Solar onde possivelmente há oceanos líquidos abaixo de sua superfície. Por isso, vêm sendo bastante estudados por cientistas em busca de potenciais formas de vida fora da Terra. Europa, inclusive, receberá uma sonda como parte da missão Europa Clipper em 2023.

Agora, uma equipe de pesquisadores internacionais, sob a liderança da NASA, acaba de confirmar, pela primeira vez, que existe vapor de água acima da superfície de Europa, tudo contando com um dos maiores telescópios do mundo, que fica no Havaí — o Observatório Keck.

“Elementos químicos essenciais (carbono, hidrogênio, oxigênio, nitrogênio, fósforo e enxofre) e fontes de energia, dois dos três requisitos para a vida, são …

Astrônomos detectam as explosões de raios gama mais fortes já registradas

Concepção artística de uma supernova, que pode desencadear uma explosão de raios gama. Imagem: DESY, Laboratório de Comunicação Científica

Por George Dvorsky

Uma equipe internacional de astrônomos detectou um par de explosões de raios gama (ou GRB – sigla em inglês) com energias mais poderosas do que qualquer coisa já vista antes. Os GRBs são as explosões mais fortes conhecidas no cosmos, mas essas últimas observações sugerem que subestimamos significativamente seu verdadeiro potencial.

Três novos artigos publicados nesta quarta-feira (20) na Nature descrevem duas novas explosões de raios gama – GRB 190114C e GRB 180720B – ambas produzindo os fótons de maior energia já registrados para eventos GRB. As observações sem precedentes estão lançando uma nova luz – literalmente – sobre esses misteriosos eventos cósmicos e a mecânica por trás deles.

Pensa-se que as explosões de raios gama são desencadeadas quando estrelas gigantes colapsam em buracos negros, causando uma supernova. A explosã…

Hibernação de astronautas pode permitir viagens a Marte com naves menores

Modelos de cápsulas de hibernação (Imagem: ESA)

Por Felipe Junqueira

A Agência Espacial Europeia (ESA) está determinada em descobrir as vantagens e desvantagens de uma viagem a Marte com a tripulação hibernando. Depois de soltar um primeiro estudo sobre os impactos voltados à parte da saúde dos tripulantes, agora um novo estudo mais focado na parte de arquitetura da espaçonave foi liberado.

A equipe considerou uma viagem de ida e volta a Marte com duração estimada em cinco anos para avaliar os impactos da hibernação na construção da nave, e concluiu que ela poderia ser consideravelmente menor em comparação com uma espaçonave em que a tripulação ficasse acordada durante a viagem.

“Trabalhamos no ajuste da arquitetura da espaçonave, a logística, proteção contra radiação, consumo de energia e o design geral da missão”, explicou Robin Biesbroek, que ainda diz que o estudo levou em conta o que fazer em caso de emergência, além dos impactos da hibernação nos astronautas. “Finalmente, criam…

Novo mapa de Titã revela que a lua de Saturno é coberta por material orgânico

Por Daniele Cavalcante

Cientistas montaram o primeiro mapa geológico global de Titã, uma das principais luas de Saturno, graças aos dados fornecidos pela sonda Hyugens - lançada em 1997 com a missão Cassini. Além de ser a única lua do Sistema Solar com nuvens e atmosfera densa, as evidências indicam que Titã é coberta por material orgânico.

De acordo com o estudo publicado na revista Nature Astronomy, os dados de instrumentos de infravermelho e radar da Cassini conseguiram retirar essas camadas densas da atmosfera, que obscurecem uma visão maior da lua. Com essas informações, os cientistas reconstruíram e mapearam a superfície de Titã, apresentando seis principais formas geológicas, sua idade, distribuição e detalhes sobre os polos.

Titã possui em sua superfície corpos líquidos, semelhantes aos da Terra, mas os rios, lagos e mares são feitos de etano e metano líquidos. Estes compostos formam nuvens e fazem chover gás do céu. Esse ciclo de metano é o impulsionador da geologia de Titã …

Açúcares encontrados em meteoritos podem ser pista sobre origem da vida na Terra

Por Felipe Junqueira

Cientistas encontraram mais pistas para tentar desvendar a origem da vida na Terra. Pesquisadores encontraram sinais de açúcares em meteoritos, sendo que esses açúcares seriam essenciais para o desenvolvimento biológico. A teoria é que um bombardeio desses meteoritos com açúcares pode ter contribuído para o desenvolvimento da vida em nosso planeta.

“Outros componentes importantes para a vida já foram encontrados em meteoritos antes, incluindo aminoácidos e bases nitrogenadas, mas açúcares eram uma peça que faltava entre os principais blocos de construção da vida”, disse o autor do estudo, Yoshihiro Furukawa. A descoberta foi publicada na revista Proceedings of the National Academy of Sciences.

Entre os açúcares descobertos estão a ribose, arabinose e a xilose, vistos em dois meteoritos ricos em carbono: o NWA 801 (de tipo CR2) e o Murshison (tipo CM2). Caso você não se lembre das aulas de biologia, a ribose é um componente crucial do RNA, uma das macromoléculas e…

O espaço-tempo explicado

O espaço-tempo é um dos conceitos físicos mais famosos. Ele surge como uma consequência da relatividade de Einstein e muda drasticamente a maneira como nós enxergamos o universo. Explicar o conceito não é fácil, mas aqui vai a minha tentativa nesse novo vídeo da série Explicado. Espero que gostem!



FONTE: Ciência Todo Dia

Veja como uma galáxia "nasce" neste vídeo de simulação

Por Felipe Junqueira

Cientistas conseguiram simular a formação de uma galáxia usando um supercomputador. Desta vez, é possível ver o caos se transformar em algo ordenado em grande escala, com aproximação e detalhes específicos como nunca antes.

Até hoje, essas simulações tinham que escolher entre ser altamente detalhadas ou mostrar um plano geral do fenômeno. A TNG50, como foi chamada, conseguiu unir as duas coisas, mostrando como o universo pode ter sido criado há cerca de 14 bilhões de anos e permitindo que os cientistas deem zoom em uma galáxia específica para ver mais detalhes.

O trabalho foi desenvolvido por alemães e americanos em conjunto. A TNG50 vai permitir que os cientistas analisem em detalhes não apenas como as galáxias se formam, mas também como elas evoluíram logo após o Big Bang.

A simulação rendeu ao menos um vídeo (abaixo), no qual é possível observar a formação de um disco galáctico conforme o tempo passa e o caos vai se organizando.



Mais de um ano foi necessário p…

Inteligência artificial ajuda a descobrir 142 geoglifos em Nazca

A figura de um humanoide em alta resolução. (YAGAMATA UNIVERSITY)

Cientistas japoneses identificam as novas figuras e pedem rapidez para o processo de proteção da zona

Nazca (Peru) foi e continua sendo uma fonte de descobertas para arqueólogos do mundo todo. Cientistas da Universidade de Yamagata, no Japão, descobriram 142 novos geoglifos, cuja antiguidade se situa entre 100 a.C. e 300 d.C., nas Linhas de Nazca e seus arredores, uma cifra que se soma à meia centena de imagens identificadas há pouco mais de um ano. Essa área se estende ao longo de 1.000 quilômetros quadrados, cujos traçados são visíveis do alto. O deserto abriga cerca de 300 geoglifos de origem pré-colombiana gravados na areia.


Imagem em alta resolução de um geoglifo em forma de peixe. (YAGAMATA UNIVERSITY)

Os especialistas, que publicaram os resultados no site da universidade, usaram imagens de alta resolução e inteligência artificial para identificar essas figuras, que apresentam formas de humanos, plantas e animais…

Princípio ativo do ayahuasca provoca alterações semelhante a sonhos em ondas cerebrais

Efeitos observados são diferentes do LSD ou psilocibina - Shutterstock

Um novo estudo mostra como a substância psicodélica DMT afeta a consciência humana ao gerar mudanças significativas na atividade elétrica do cérebro.

O DMT (ou dimetiltriptamina) é um dos principais constituintes psicoativos do ayahuasca, a bebida psicoativa tradicionalmente feita a partir de plantas e folhas da floresta amazônica. A bebida é tipicamente preparada como parte de cerimônias ritualísticas e associada a visões ou alucinações estranhas e vívidas.

O estudo é o primeiro a mostrar como o potente psicodélico altera o padrão de ondas cerebrais, o que levou os pesquisadores a compararem esse poderosos efeito com uma experiência de “sonhar acordado”.

O trabalho, liderado por pesquisadores do Centro de Pesquisa Psicodélica do Imperial College em Londres e publicado hoje na revista Scientific Reports, pode ajudar a explicar por que as pessoas que tomam ayahuasca passam por intensas experiências visuais imersiv…

Centro americano pode ser o primeiro programa acadêmico de pesquisa em busca de vida alienígena

Cientistas pretendem tornar a busca por inteligência extraterrestre um campo respeitado, com apoio e financiamento para pesquisas - Shutterstock

Um dia, na primavera de 2018, o professor de astrofísica Jason Wright deu a seus alunos uma tarefa difícil: fazer uma contribuição substancial e nova para o campo de busca por inteligência extraterrestre (Search for Extraterrestrial Intelligence, conhecido como SETI) — isso tudo em apenas um semestre. Esse tipo de pesquisa geralmente é feita em teses de doutorado, após anos de trabalho e desafios. Mas Wright solicitou aos alunos de uma de suas disciplinas na Universidade Estadual da Pensilvânia (Penn State) que realizassem esse trabalho porque parecia algo possível: da mesma maneira que os naturalistas do século 19 percorreram os trópicos para descobrir novas espécies, os novos cientistas da área de SETI ainda têm muitas frutos suculentos para colher. Embora o SETI exista há cerca de 60 anos, ainda é um campo acadêmico pequeno e imaturo, e s…

Primeira leva de dados da sonda Parker, que cada vez mais se aproxima do Sol, está disponível ao público

Concepção artística da sonda Parker. Crédito: NASA

Por George Dvorsky

A ousada missão da NASA de tocar o Sol está agora em seu 15º mês, com a Parker Solar Probe se aproximando cada vez mais da nossa estrela hospedeira a cada órbita que passa. Os dados coletados pela sonda durante seus dois primeiros sobrevôos estelares já estão disponíveis online, com a NASA tornando os arquivos “disponíveis para usuários interessados a manipularem, analisarem e plotarem da maneira que desejarem”.

Desde que a sonda foi para o espaço, em 12 de agosto de 2018, ela já concluiu três órbitas solares. Os dados coletados durante as duas primeiras órbitas estão agora acessíveis ao público, de acordo com a NASA. O acervo publicado online consistem em arquivos de dados brutos e exibições gráficas.

Isso é incrível, porque a sonda está indo para onde nenhuma espaçonave chegou antes e está acumulando informações sem precedentes. A sonda já estabeleceu o recorde de ser o objeto construído por humanos que mais se a…

Top 5: turismo ufológico (Parte 2)

Programa onde comentamos sobre os 5 lugares no Brasil onde a incidência de OVNIs é intensa:

5 – ESTADO DA BAHIA: Chapada Diamantina;
4 – ESTADO DO AMAZONAS E PARÁ: Regiões ribeirinhas;
3 – ESTADO DO RIO DE JANEIRO: Serra da Beleza;
2 – ESTADO DE MINAS GERAIS: Serra do Cipó;
1 – ESTADO DE SÃO PAULO: Ilhabela, Guarujá e Peruíbe.



FONTE: Enigmas e Mistérios

Veja também:

Top 5: turismo ufológico

Veja o céu do hemisfério sul nesta bela imagem divulgada pela NASA

Por Daniele Cavalcante

O telescópio espacial Transess Exoplanet Survey Satellite (TESS), da NASA, registrou imagens que permitiram a criação de um mosaico do mar de estrelas da Via Láctea, mais precisamente no céu do hemisfério sul, a partir de 208 imagens capturadas pelos seus sensores. O panorama foi criado durante o primeiro ano de operações científicas da missão e revela detalhes incríveis da paisagem cósmica.

Ethan Kruse, cientista da NASA que montou o mosaico, explicou que "a análise dos dados do TESS se concentra em estrelas e planetas individuais, uma de cada vez”, mas o pesquisador queria uma visão mais panorâmica, e então decidiu criar um jeito de “destacar tudo de uma só vez, enfatizando realmente a vista espetacular que o TESS nos dá de todo o céu".

Para criar esse panorama, o TESS dividiu o sul celeste em 13 setores e fotografou cada um deles por quase um mês usando quatro câmeras, cada uma delas com 16 dispositivos de carga acoplada (CCD, da sigla em inglês, u…

O que é energia escura, um dos grandes mistérios do Universo

A aceleração da expansão do universo não pode ser explicada, no contexto da relatividade geral de Einstein, sem a existência de uma forma desconhecida de energia - NASA

Alejandra Martins
Da BBC News Mundo

A energia escura, maior componente do universo em que vivemos, ainda é um enigma para nós.

Os átomos compõem tudo o que é conhecido: os planetas, as estrelas e nós, seres humanos. Mesmo assim, tudo isso representa apenas 5% de todo o universo.

O restante é formado pelo que os cientistas chamam de energia escura (a maior parte) e de matéria escura.

Os astrônomos agora têm um novo e poderoso instrumento para estudar essa energia escura, o Instrumento Espectroscópico de Energia Escura (conhecido como Desi, na sigla em inglês).

Esse equipamento vai permitir a produção de um mapa mais detalhado do universo depois de observar cerca de 35 milhões de galáxias em cinco anos.

Mas o que se sabe até agora sobre a energia escura e como o Desi vai estudá-la?

A BBC News Mundo, serviço em espanhol …

Estudo tenta desvendar se a matéria escura pode interagir com a matéria e a antimatéria de formas diferentes

Stefan Ulmer, porta-voz do CERN, ao lado do BASE. Foto: CERN

Por Ryan F. Mandelbaum

Um novo artigo pergunta: e se a antimatéria for o portal para um universo sombrio? Ok, não é bem isso, mas ela pode nos ajudar a entender o que é a tal da matéria escura que ninguém conseguiu detectar até agora.

As medições do universo revelam que a maior parte de sua massa parece ser “matéria escura”. Este é o nome dado a um material invisível que interage com a matéria comum através das leis da gravidade, mas que não foi diretamente detectado, apesar dos grandes esforços para encontrá-lo.

Os cientistas estão caçando a matéria escura em várias frentes. Uma equipe está procurando o áxion, que é considerado por muitos cientistas como um dos mais prováveis constituintes da matéria escura por causa da maneira como ele interage com um tipo de matéria chamado antimatéria.

Os áxions são, talvez, o segundo candidato mais popular à matéria escura. Eles estão depois de uma classe de partículas chamada WIMPs, s…

Mais um mistério em Marte: oxigênio aparece e some sem explicações

"Acho que há algo aí. Ainda não tenho as respostas. Ninguém tem."
[Imagem: Melissa Trainer/Dan Gallagher/NASA Goddard]

Oxigênio que vai, oxigênio que vem

Com o mistério do metano de Marte ainda sem solução à vista, o robô espacial Curiosity trouxe aos cientistas um novo enigma: o oxigênio marciano.

A informação veio com a medição dos níveis sazonais de todos os gases na atmosfera diretamente acima da superfície da Cratera Gale, onde está o Curiosity. O resultado é desconcertante.

Em Marte, o oxigênio, o gás que a maioria das criaturas da Terra usa para respirar, se comporta de uma maneira que até agora os cientistas não conseguem explicar através de nenhum processo químico conhecido.

Ao longo de três anos marcianos (quase seis anos da Terra), um instrumento do Curiosity, chamado SAM (Sample Analysis at Mars), inalou o ar da Cratera Gale e analisou sua composição.

Os resultados confirmaram a composição da atmosfera superficial marciana: 95% em volume de dióxido de carbono (C…

O que pode tornar a inteligência artificial realmente inteligente?

Exemplo de um agente de aprendizado em um jogo de computador: o personagem é controlado por um jogador humano. Os olhos são os agentes. O jogador deve guiar os agentes de tal maneira que eles executem uma tarefa, por exemplo, sem bater em um obstáculo. O treinamento é baseado em um processo de aprendizado de máquina - tudo o que o jogador faz é delinear requisitos grosseiros.
[Imagem: RUB/Institut für Neuroinformatik]

Estupidez automatizada

Apesar das muitas preocupações com a inteligência artificial e seu crescente papel na sociedade, o fato é que a geração atual de programas de inteligência artificial não é nem um pouco inteligente.

Existem basicamente dois tipos de aprendizado de máquina: as redes neurais profundas, as responsáveis pelo famoso "aprendizado profundo", e as redes de aprendizado por reforço. Ambos são baseados no treinamento do sistema, usando quantidades enormes de dados, para executar uma tarefa específica, por exemplo tomar uma decisão.

Durante o treinam…

Apollo 12: NASA celebra 50 anos da missão após "o grande salto da humanidade"

Por Felipe Junqueira

O ano do 1969 foi repleto de grandes avanços científicos e muita emoção para a humanidade. Primeiro, a Apollo 11 levou os primeiros astronautas à superfície da Lua. Quatro meses depois, a Apollo 12 era lançada para expandir ainda mais nossos conhecimentos sobre o satélite natural da Terra.

O comandante Charles “Pete” Conrad e os pilotos Richard F. Gordon e Alan L. Bean decolaram do Kennedy Space Center no final da manhã do dia 14 de novembro (13h22 em Brasília). E a história da missão quase foi marcada por uma tragédia: quarenta segundos após a decolagem, o foguete foi atingido por um raio — duas vezes seguidas.

Felizmente, nada grave aconteceu. Alguns instrumentos perderam dados, mas a equipe em solo rapidamente buscou soluções para reiniciar os sistemas elétricos. O Saturn V seguiu seu curso normalmente e a missão acabou bem sucedida. A Apollo 12 pousou na Lua em 19 de novembro.

O tempo de permanência foi maior do que o da Apollo 11, chegando a 31,5 horas, dura…

Buraco negro expulsa estrela da Via Láctea a uma velocidade absurda

Ilustração da Sociedade Astronômica Real que mostra a localização da estrela S5-HVS1 e sua direção (Imagem: Sergey Koposov/PA)

Por Daniele Cavalcante

Uma estrela está deixando a Via Láctea a uma velocidade impressionante: mais de 6 milhões de quilômetros por hora, o que corresponde a cerca de 1.700 km por segundo. O motivo? O encontro com o buraco negro supermassivo Sagittarius A*, que fica no centro da galáxia.

Essa descoberta é animadora para os astrônomos porque comprova uma teoria de 30 anos atrás, proposta por Jack Hills. Ele previu que buracos negros poderiam lançar estrelas para fora de suas galáxias em velocidades fenomenais, e o processo ficou conhecido como Mecanismo de Hills. Essa é, no entanto, a primeira vez que um evento do tipo é registrado.

Considerando a velocidade atual da estrela, estima-se que ela sairá da Via Láctea em cerca de 100 milhões de anos e passará o resto de sua existência vagando pelo espaço intergaláctico até que se torne uma anã branca.

Gary Da Costa…

Top 5: turismo ufológico

Programa onde comentamos sobre os 5 lugares no Brasil onde a incidência de OVNIs é intensa:

5 – ESTADO DE MATO GROSSO: Chapada dos Guimarães, Serra do Roncador e Barra do Garças;
4 – ESTADO DE GOIÁS: Chapada dos Veadeiros;
3 – ESTADO DE MINAS GERAIS: Varginha, São Thomé das Letras e Aiuruoca;
2 – ESTADO DO PARÁ: Colares;
1 – ESTADO DE SÃO PAULO: Iporanga (Vale do Ribeira).



FONTE: Enigmas e Mistérios

Comentando vídeo de tripulante de OVNI (Romênia - 2018) - 02

Programa onde comentamos sobre um vídeo realizado por testemunha anônima, em janeiro de 2018, na cidade de Targoviste, na Romênia. Ao assistir este programa você saberá detalhes inéditos sobre a história desta surpreendente filmagem realizada com um Smartphone.



FONTE: Enigmas e Mistérios