Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Março 20, 2016

O planeta mais excêntrico conhecido também dá sinais de luz refletida

Ilustração do planeta HD 20782 b, o planeta mais excêntrico conhecido, passando pela sua estrela num ponto orbital muito próximo.
Crédito: NASA

Uma equipe de astrônomos liderados por Stephen Kane, da Universidade Estatal de São Francisco, EUA, avistou um exoplaneta a cerca de 117 anos-luz da Terra que possui a órbita mais excêntrica vista até agora.

Além do mais, Kane e colegas foram capazes de detetar um sinal de luz refletida do planeta conhecido como HD 20782 b - um "flash" de luz estelar que ressaltou para fora atmosfera do planeta excêntrico enquanto este fazia a sua maior aproximação à estrela. A descoberta foi anunciada no passado dia 28 de fevereiro, online, na revista The Astrophysical Journal.

Neste caso, "excêntrico" não se refere a um estado de espírito, mas ao invés descreve quão elíptica é a órbita do planeta em torno da sua estrela hospedeira. Enquanto os planetas no nosso Sistema Solar têm órbitas quase circulares, os astrônomos já descobriram vári…

Antigo gelo polar revela inclinação da Lua

Este mapa polar do hidrogênio dos hemisférios norte e sul da Lua identifica os polos atuais e passados. Na imagem, as áreas mais claras mostram concentrações mais elevadas de hidrogênio e as áreas mais escuras mostram concentrações mais baixas.
Crédito: James Keane, Universidade do Arizona; Richard Miller, Universidade do Alabama em Huntsville
(clique na imagem para ver versão maior)

Uma nova investigação financiada pela NASA fornece evidências de que o eixo de rotação da Lua deslocou-se cerca de cinco graus aproximadamente há três mil milhões de anos atrás. A evidência desse movimento é registada na distribuição do gelo lunar antigo, evidência de entrega de água ao Sistema Solar jovem.

"A mesma face da Lua nem sempre apontou para a Terra," afirma Matthew Siegler do Instituto de Ciência Planetária em Tucson, Arizona, EUA, autor principal do artigo publicado na revista Nature. "À medida que o eixo mudou, também mudou a cara que vemos na Lua. Como que virou o nariz para …

Pela primeira vez os UFOs serão debatidos na FIDAE

General Ricardo Bermudez, expoente da Ufologia da América do Sul

Principal evento aeronáutico da América do Sul terá debate ufológico com Ricardo Bermudez, general que comanda o órgão oficial de pesquisa do Chile

A FIDAE, Feira Internacional do Ar e do Espaço, é o principal evento da indústria aeroespacial e de defesa que acontece na América do Sul. Na edição 2016, de 29 de março a 03 de abril, são esperados mais de 600 expositores de 40 países. Com apoio oficial do governo e da Força Aérea do Chile, entre os expositores há indústrias do ramo de aviação civil e comercial, defesa, tecnologia espacial, manutenção de aeronaves e equipamento aeroportuário. Diversas aeronaves estarão expostas e muitas tomarão parte do show aéreo. A FIDAE é realizada no Aeroporto Arturo Merino Benítez, em Santiago do Chile.

Esta edição 2016 do evento terá, pela primeira vez, uma apresentação a respeito do estudo ufológico oficial da Força Aérea Chilena. Serão apresentados os arquivos ufológicos mais import…

Astronomia: O sucesso das (galáxias) anãs

POR SALVADOR NOGUEIRA
Estudo realça a importância das galáxias anãs para o presente e o futuro do Universo.

SIMPLESMENTE UM LUXO
Independentemente de sua inclinação política, saiba que você é um coxinha galáctico. Pois é, viva com isso. Moramos todos numa galáxia espiral grande e vistosa, a Via Láctea, com cerca de 200 bilhões de estrelas. Definitivamente não é algo que se possa adquirir no programa “Minha Galáxia, Minha Vida”.

GRANDES E PEQUENAS
A exemplo das grandes cidades, as grandes galáxias, como a nossa, são onde a maior parte da ação aconteceu no passado do Universo. São, por isso mesmo, as que recebem as maiores atenções dos astrônomos. Mas um estudo realizado por um grupo internacional de pesquisadores, incluindo brasileiros, decidiu olhar para a periferia.

NA ESCUTA
O trabalho, que contou com a participação de Marco Grossi e Thiago Gonçalves, ambos da Universidade Federal do Rio de Janeiro, usou um radiotelescópio gigante de 30 metros localizado na Espanha para observar a …

Os pontos brilhantes de Ceres como você nunca viu

POR SALVADOR NOGUEIRA

Após meses e meses de uma espera excruciante, a Nasa acaba de divulgar as melhores imagens que teremos dos famosos pontos brilhantes de Ceres. Ei-los em toda a sua glória.

OK, a essa altura, as últimas pessoas que esperavam um ET dando tchauzinho já desembarcaram, mas o que resta é uma série de fascinantes mistérios geológicos. Note que há uma série de fraturas e fissuras na região, localizada no interior da cratera Occator. Elas são sinais de atividade geológica relativamente recente em Ceres. Isso não era esperado.

A cratera em si, com seus 92 km de diâmetro, aparenta ser nova. Mas isso em termos geológicos. Os pesquisadores estimam sua idade em cerca de 80 milhões de anos. Ou seja, quando um asteroide trombou com Ceres e escavou esse buraco, os dinossauros ainda reinavam soberanos sobre a face da Terra.

As regiões brancas parecem ser compostas por sais — o que já era a aposta principal dos cientistas –, mas também há evidência de evaporação de gelo de água po…

Cachorros e alguns primatas podem ver campos magnéticos, sugere estudo

Alguns animais têm um sentido adicional que os ajuda a detectar campos magnéticos, algo chamado de “magnetorrecepção”. E cientistas europeus descobriram que a molécula responsável por isto também pode ser encontrada nos olhos de cachorros e de alguns primatas, sugerindo que eles são capazes de ver campos magnéticos.

Existe um tipo especial de proteína que permite a certos animais – como aves, insetos, peixes e répteis – regular o “relógio biológico” (ritmo circadiano) e também detectar campos magnéticos, percebendo sua direção, altitude e localização. Essas moléculas sensíveis à luz se chamam “criptocromos”.

Humanos são incapazes de ter esse tipo de percepção, mas alguns mamíferos – como morcegos, toupeiras e ratos – parecem ter essa capacidade; no entanto, a extensão disso ainda é desconhecida.

No primeiro estudo do tipo, pesquisadores do Instituto Max Planck e várias outras instituições investigaram a presença de uma versão desta molécula (chamada criptocromo 1) em retinas de 90 es…

Já não estaria sendo usado há mais tempo(!?) Este método para modificar vídeos transforma você numa celebridade em tempo real

Uma equipe internacional liderada por Matthias Nießner, da Universidade Stanford (EUA), desenvolveu um novo método de reconstituição facial que chega a assustar de tão eficaz – e ele funciona com uma webcam comum.

Computadores têm dificuldade em reconstruir cenas de um vídeo. Por isso, os pesquisadores tomaram outra abordagem: o software analisa um vídeo quadro a quadro, e depois o altera enquanto ele é reproduzido.

Eles usam uma câmera comum para detectar as expressões faciais de uma pessoa, e para fazer a captura de movimento. Então esses movimentos são inseridos no vídeo em tempo real, enquanto ele é reproduzido.



O método Face2Face supera vários desafios em tecnologia de visão por computador, e impressiona por ser tão fluido. Eis um vídeo explicando como tudo é feito:



E aqui estão mais detalhes sobre o método:

… nós rastreamos as expressões faciais tanto do vídeo de origem [capturado pela câmera] como de destino [a ser modificado], utilizando uma medida densa de consistência fotom…

Céu da Semana - De 21/03 a 27/03 de 2016 - Astronomia de Raios X

FONTE: UNIVESP TV

Quatro excelentes palestras

FONTE: CANAL YOUTUBE ANONIMO SILVA