Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Agosto 31, 2014

A sua pele tem células capazes de fazer cálculos avançados

Um estudo da Universidade de Umeå, na Suécia, afirma que neurônios na pele humana conseguem realizar cálculos avançados.
Anteriormente, acreditava-se que apenas o cérebro poderia realizar este tipo de equação. A descoberta foi publicada na revista “Nature Neuroscience”.


Novas ideias modificam seus neurônios
Uma característica fundamental das células que se estendem para a pele e registram o toque, os chamados neurônios de primeira ordem no sistema táctil, é que eles se ramificam de modo que cada neurônio comunique o toque de muitas zonas altamente sensíveis na pele.
Segundo pesquisadores do Departamento de Biologia Integrativa Medicinal da instituição sueca, esta ramificação permite que os neurônios táteis de primeira ordem não só enviem sinais ao cérebro de que algo tocou a pele, mas também processem dados geométricos sobre o objeto que está em contato com a pele.
Novo antioxidante pode manter sua pele jovem por mais tempo
“Nosso trabalho mostrou que dois tipos de neurônios táteis d…

Simulação de viagem no tempo propõe novo modelo

Entrar em uma curva temporal fechada amanhã significa que você poderia chegar hoje.

O que aconteceria se você voltasse no tempo e matasse seu avô? Um modelo usando fótons revela que a mecânica quântica pode resolver o problema – e até evitar a criptografia quântica

Por Lee Billings

Em 28 de junho de 2009, o famoso físico Stephen Hawking deu uma festa na University of Cambridge, completa com balões, hors d`oeuvres e champagne no gelo. Todos foram convidados, mas ninguém apareceu. Isso era o que Hawking esperava, porque ele só enviou convites após o fim da festa. O evento foi, de acordo com ele, “uma festa de boas-vindas para viajantes do futuro”, um experimento irônico para reforçar sua conjectura de 1992, afirmando que viajar ao passado é impossível.

Mas Hawking pode estar errado. Experimentos recentes oferecem um apoio tentador à possibilidade de viagem no tempo – pelo menos do ponto de vista matemático.

O estudo vai direto ao cerne de nossa compreensão do Universo, e a resolução d…

Asteroide de 20 metros passará perto da Terra neste domingo, diz Nasa

Ilustração mostra a órbita do asteróide '2014 RC' ao redor do sol; asteroide passará ao lado da Terra neste domingo (Foto: NASA/JPL-Caltech/Divulgação)

Segundo agência espacial americana, ele não representa ameaça.
Asteroide passará por ponto mais próximo da terra às 15h18 do dia 7/9.

Um pequeno asteroide, de cerca de 20 metros, passará "muito perto" da Terra no próximo domingo, informou nesta quinta-feira (4) a agência espacial americana (Nasa), descartando que ele represente uma ameaça para o planeta.
O asteróide "2014 RC" passará no ponto mais perto da terra às 15h18 (horário de Brasília) deste domingo (7) sobre a Nova Zelândia.

O corpo celeste foi descoberto no dia 31 de agosto pelo programa Catalina Sky Survey (CSS), operado pelo Laboratório Lunar e Planetário da Universidade do Arizona, nos Estados Unidos, que utiliza dados de três telescópios para procurar cometas, asteroides e objetos próximos à Terra.
O asteroide foi, além disso, detectado de form…

Como seria se o cometa 67/P estivesse sobre a cidade de São Paulo?

No dia 11 de novembro, a nave europeia Rosetta deverá liberar uma pequena sonda que pousará na estranha superfície do cometa 67P/Churyumov–Gerasimenko. Com 4 km de comprimento, o cometa virou celebridade e está sendo retratado sobre diversas cidades do mundo.

Antes que a pequena sonda Philae desça na superfície de 67P, a nave-mãe Rosetta continua orbitando o cometa e coletando diversas imagens que servirão para determinar com exatidão o local de pouso. Alguns possíveis sítios já foram divulgados e em alguns dias a Agencia Espacial Europeia deverá bater o martelo sobre o local escolhido.

Enquanto isso não acontece, algumas imagens enviadas pela sonda estão servindo de inspiração e mostram a enorme rocha assentada sobre a paisagem ou sobrevoando o céu de algumas cidades. Toronto, no Canadá e Los Angeles, nos EUA, são duas delas.

o Apolo11 também resolveu entrar no jogo e para brincar um pouco com a imaginação retratou o cometa acima da cidade de São Paulo. Não é uma montagem maravilhos…

Cientistas enviam mensagem de um cérebro para outro a 7.000 km de distância

As interfaces cérebro-máquina são fascinantes. Elas apontam para um futuro no qual você pensará em comandos e eles serão enviados para outras pessoas através de um computador. Um novo estudo nos aproxima mais desse futuro. Uma equipe de cientistas, liderada por Giulio Ruffini, conseguiu enviar uma mensagem do cérebro de uma pessoa na Índia para o cérebro de outra pessoa na França, a mais de 7.000 km de distância.

Como nota a Popular Science, o processo envolve diversos passos, mas não usa tecnologia de ponta: trata-se de software e hardware de neurorrobótica já criados nos últimos anos.

Na Índia, uma pessoa usa um capacete EEG (eletroencefalográfico), que mede a atividade elétrica do cérebro. Essa tecnologia, aliás, é a mesma usada pelo professor Miguel Nicolelis no famoso exoesqueleto da Copa. Mal comparando, o EEG grava uma orquestra do lado de fora da sala de espetáculo. Ele é menos invasivo, mas também é muito menos preciso. As outras tecnologias, muitas delas defendidas por Nico…

Laniakea, o ‘endereço’ da Via Láctea

Vizinhança cósmica: Contorno em laranja marca as fronteiras do superaglomerado de galáxias Laniakea, lar da Via Láctea (no ponto azul), rodeado pelos superaglomerados Peixes-Perseu (à direita), Coma (acima) e Shapley (no alto à esquerda) – Divulgação/Nature

O Grupo Local, conjunto de galáxias ao qual pertence a Via Láctea, ocupa apenas uma pequena esquina na periferia de um superaglomerado com cerca de 520 milhões de anos-luz de diâmetro que abriga outras 100 mil galáxias com uma massa total estimada em mais de 100 quatrilhões de sóis. Batizado Laniakea — palavra que une os termos havaianos para “céu” (lani) e “espaçoso”, “imensurável” (akea) —, esse superaglomerado teve seus limites identificados e mapeados pela primeira vez por um grupo internacional de astrônomos liderado por R. Brent Tully, da Universidade do Havaí, principal autor de artigo sobre o estudo, publicado na edição desta semana da revista “Nature”.
— Finalmente estabelecemos os contornos que definem o superaglomerado …

Aquíferos de gelo em Titã transformam chuvas de metano

A missão Cassini da NASA e da ESA revelou centenas de lagos e mares espalhados por toda a região polar norte da lua de Saturno, Titã. Estes lagos não têm água mas hidrocarbonetos, uma forma de composto orgânico que é também encontrado naturalmente na Terra e inclui metano. Pensa-se que a vasta maioria dos líquidos nos lagos de Titã sejam repostos por chuvas que caem das nuvens na atmosfera da lua. Mas ainda é relativamente desconhecido como os líquidos circulam entre a crosta de Titã e a sua atmosfera.

Um estudo recente liderado por Olivier Mousis, associado de pesquisa da Cassini da Universidade de Franche-Comté, França, examinou o modo como a chuva de metano de Titã interage com materiais gelados dentro de reservatórios subterrâneos. Descobriram que a formação de materiais chamados clatratos muda a composição química do escoamento da precipitação que alimenta estes "aquíferos" de hidrocarbonetos. Este processo leva à formação de reservatórios de propano e etano, que podem…

Polícia confirma OVNI sobre a Pensilvânia (EUA)

Várias testemunhas, incluindo vários policiais, viram um objeto estranho sobre uma cidade da Pensilvânia, nos Estados Unidos.

O objeto anômalo foi visto pela primeira vez por Stephanie Wilkerson enquanto estava sentada em sua varanda na segunda-feira à noite, quando algo no céu chamou sua atenção.

Com a ideia de ser um avião, Wilkerson ficou intrigada quando percebeu que o objeto começou a mudar de cor. Ela, então, teria chamado o marido para que ele pudesse dar sua opinião sobre o avistamento.

Um vizinho teria buscado alguns binóculos em um esforço para identificar o objeto, mas foi incapaz de determinar o que poderia ser.

A polícia foi chamada para investigar e um policial apareceu no local. Sem ter ideia de que poderia ser o objeto, o oficial chamou seus superiores para uma segunda opinião, mas não foram capazes de lançar alguma luz sobre o fenômeno.

Um policial teria contatado o Aeroporto Internacional de Harrisburg para descobrir se eles sabiam de alguma coisa mas não tinha havi…

Vastas Streams de Cascalho detectado em Orion Nuvem Molecular - "A estrada longa e sinuosa no espaço essencial para a formação do planeta"

Astrônomos usando o Telescópio Bank (NSF) Verde da Fundação Nacional de Ciência (GBT) descobriram que os filamentos de gás de formação de estrelas perto da Nebulosa de Orion pode ser repleta de partículas de tamanho seixo - blocos de construção planetárias 100 a 1.000 vezes maiores do que os grãos de poeira normalmente encontrados em torno de proto-estrelas. Se confirmado, estas fitas densas de material rochoso pode muito bem representar uma classe, de tamanho médio de partículas interestelares novo que poderia ajudar a impulsionar a formação de planetas.

"Os grandes grãos de poeira vistas pelo GBT sugeriria que pelo menos alguns proto-estrelas pode surgir em um ambiente mais estimulante para os planetas", disse Scott Schnee, um astrônomo com o National Radio Astronomy Observatory (NRAO), em Charlottesville, Virgínia. "Afinal de contas, se você quiser construir uma casa, é melhor começar com tijolos em vez de cascalho, e algo semelhante pode ser dito para a formação d…

Previsão meteorológica cósmica: Nuvens escuras darão lugar ao Sol

O instrumento Wide Field Imager montado no telescópio MPG/ESO de 2,2 metros no Observatório de La Silla do ESO, no Chile, capturou esta imagem da nuvem escura Lupus 4 ocultando as estrelas de fundo. A Lupus 4 é uma densa região de gás e poeira onde se propõem que novas estrelas se irão formar no local. A nuvem situa-se a cerca de 400 anos-luz de distância, entre as constelações do Lobo e da Régua. Crédito: © ESO

Nesta nova imagem podemos ver Lupus 4, uma região escura de gás e poeira, em forma de aranha, que esconde as estrelas ao fundo como uma nuvem escura na atmosfera terrestre numa noite sem luar.

Embora sejam atualmente escuras, são nestas densas bolsas de material no interior de nuvens como Lupus 4 que se formam novas estrelas, as quais irão brilhar intensamente ao longo da sua vida. Esta imagem foi obtida pelo instrumento Wide Field Imager montado no telescópio MPG/ESO de 2,2 metros no Observatório de La Silla do ESO, localizado no Chile.

Lupus 4 situa-se a cerca de 400 ano…

Telescópio Spitzer testemunha colisão entre asteróide

O Telescópio Espacial Spitzer da NASA avistou uma erupção de poeira em redor de uma estrela jovem, possivelmente o resultado de uma colisão entre dois asteroides grandes. Este tipo de colisão pode eventualmente conduzir à formação de planetas.

Os cientistas rastreavam regularmente a estrela, com o nome NGC 2547-ID8, quando entre Agosto de 2012 e Janeiro de 2013 surgiu uma enorme quantidade de poeira fresca.

"Nós achamos que dois grandes asteroides colidiram um com o outro, criando uma enorme nuvem de partículas do tamanho de grãos de areia muito fina, que agora estão quebrando-se em pedaços e lentamente afastando-se da estrela," afirma o autor principal Huan Meng, da Universidade do Arizona em Tucson, EUA.

O Spitzer já observou vários episódios empoeirados de colisões suspeitas entre asteroides, mas esta é a primeira vez que os cientistas recolheram dados do "antes e depois" de uma colisão deste gênero noutro sistema planetário. A observação fornece um vislumbre d…

Você pode pagar 200 mil dólares para trocar seu sangue por fluido anticongelante

A morte é misteriosa, insondável, terrível. Nós tentamos combatê-la com vitaminas, exames de rotina, exercícios físicos, tudo para diminuir sensação da mortalidade. Para algumas pessoas, isto não é suficiente. Não há aceitação da mortalidade entre aqueles que acreditam na criônica — uma das divisões da criogenia –, o processo de preservar corpos humanos a baixas temperaturas com a esperança de, um dia, revivê-los.

Rose Eveleth, da The Atlantic, foi conferir o atual estado da cirurgia criônica, conversando com os diretores da Alcor Life Extension Foundation. Você pode pagá-los com a quantia de 200 mil dólares para preencher seu corpo recém-falecido com fluido anticongelante, com o objetivo de, algum dia, removê-lo, colocar o sangue de novo e ser trazido de volta a vida para seguir felizmente seu caminho rumo ao futuro. Ou você pode pagar 80 mil só pelo cérebro. Até agora, 984 pessoas fecharam negócio com a Alcor. Quando seu corpo estiver congelado, você será mantido num refrigerador c…

O valioso sangue azul dos caranguejos-ferradura que salva vidas

Todo ano cerca de 250 mil caranguejos-ferradura, esse bichinho feio que, apesar do nome, tem mais parentesco com aranhas e escorpiões do que com crustáceos, são retirados de seu habitat na costa leste dos EUA e submetidos a um processo de extração de sangue. Além de valioso, ele é muito importante para a nossa saúde.

À primeira vista, a característica mais curiosa do sangue do caranguejo-ferradura (também conhecido como Límulo) é sua cor azul. Ele é assim devido à presença da hemocianina para o transporte de oxigênio nas células sanguíneas, similar à nossa hemoglobina, mas baseada em cobre em vez de ferro.

Embora bonito, o que torna o sangue desses caranguejos valioso são suas propriedades medicinais. Um componente químico encontrado em seus amebócitos consegue detectar e isolar contaminações por bactéria rapidamente (45 minutos, contra dois dias em mamíferos) e, mais importante, mesmo quando ela está presente em quantidades ínfimas – até uma parte em um trilhão.

Esse material é usad…

Radiotelescópios resolvem controvérsias sobre distância das Plêiades

Astrônomos usaram uma rede mundial de radiotelescópios para resolver uma controvérsia sobre a distância de um enxame estelar famoso - uma controvérsia que representou um desafio para a compreensão básica de como as estrelas se formam e evoluem. O novo trabalho mostra que a medição feita por um satélite de mapeamento cósmico estava errada.

Os astrônomos estudaram as Plêiades, o famoso enxame das "Sete Irmãs" na constelação de Touro, facilmente visto no céu de Inverno. O enxame inclui centenas de estrelas jovens e quentes, formadas há cerca de 100 milhões de anos. Um exemplo vizinho de enxame aberto jovem, M45 tem servido como um "laboratório cósmico" chave para refinar a compreensão de como os enxames deste gênero se formam. Além disso, os astrônomos usaram as características físicas das suas estrelas como ferramenta para estimar a distância até outros enxames mais distantes.

Até à década de 1990, o consenso era que as Plêiades se encontravam a cerca de 430 anos-lu…

Descoberto novo asteroide 'brasileiro'

O QW296 é o oitavo objeto com órbita próxima da Terra encontrado em três meses por um trio de astrônomos amadores mineiros

Astrônomos amadores brasileiros descobriram no último sábado mais um asteroide com órbita próxima da Terra. Batizado de QW296, ele é o oitavo descoberto pelo Sonear, sigla para Southern Observatory for Near Earth Objects, em três meses. O asteroide, um NEO (Near Earth Object), vai passar perto do nosso planeta, a cerca de 49,5 milhões de quilômetros, mas não oferece perigo de colisão. Com diâmetro estimado de 700 metros, ele é classificado como Amor, o que significa que ele não cruza com a órbita do nosso planeta.

O grupo de astrônomos, formado por Cristóvão Jacques, Eduardo Pimentel e João Ribeiro, observa o céu desde 18 de dezembro, em busca de objetos potencialmente perigosos para a Terra. O observatório, localizado em Oliveira, cidade a 120 quilômetros de Belo Horizonte, é o único a fazer esse trabalho no Hemisfério Sul e tem se mostrado muito eficaz para mon…

Agora você pode ter acesso a todas as palestras de Richard Feynman

As palestras do físico ganhador do Nobel Richard Feynman são legendárias. Existem filmagens dessas conferências, mas elas também estão no The Feynman Lectures, uma coleção de três volumes que provavelmente são os livros de física mais populares já escritos. E agora você pode acessá-los online e de graça.

A edição online dos Feynman Lectures on Physics está disponível em HTML 5 graças a uma colaboração entre a Caltech (onde Feynman deu as palestras pela primeira vez, no começo da década de 1960) e o site de Feynman. A edição online contém “uma cópia em alta qualidade e atualizada das legendárias palestras de Feynman” e foi projetada para ser lida em aparelhos de qualquer tamanho ou forma; você pode dar zoom no texto, nas imagens e nas equações sem ter problemas de visualização.


Quem foi Richard Feynman?
Nasceu em Nova Iorque e cresceu em Far Rockaway. Desde criança demonstrava facilidade com ciências e matemática. Cursou física no Instituto de Tecnologia de Massachusetts onde, graças …

Estariam as probabilidades a favor da vida extraterrestre?

Há quase 20 anos, nas páginas de uma publicação obscura chamada Bioastronomy News, dois gigantes da ciência argumentavam se o Instituto SETI - Search for Extraterrestrial Intelligence (Procura por Inteligência Extraterrestre) tinha alguma chance de obter sucesso. Carl Sagan, eloquente como nunca, deu sua resposta padrão. Com bilhões de estrelas em nossa galáxia, deve haver outras civilizações capazes de transmitir ondas eletromagnéticas. Através de varreduras do céu com rádio telescópios, poderemos interceptar um sinal.
Mas o oponente de Sagan, o grande biólogo evolucionário Ernst Mayr, achava que as chances eram perto de zero. Contra os bilhões estelares de Sagan, ele colocou seus próprios números astronômicos: Dos bilhões de espécies que viveram e morreram desde que a vida começou, somente uma – o Homo sapiens – tinha desenvolvido a ciência, a tecnologia e a curiosidade de explorar as estrelas. E para isso, demorou 2,5 bilhões de anos de evolução. Mayr concluiu que a alta int…

China poderá desenvolver submarino supersônico

O material publicado pelo South China Morning Post sobre as pesquisas na área da supercavitação que estão sendo realizadas pelo Instituto Politécnico de Harbin provocou um grande interesse da mídia internacional. Uma especial atenção foi suscitada pela afirmação dos pesquisadores chineses sobre a possibilidade de criação de submarinos supersônicos, ou seja, potencialmente capazes de atingir a velocidade do som em posição submersa.

A continuação dos trabalhos sobre supercavitação significa que a China, ao que tudo indica, continua investindo meios consideráveis na criação de um sistema de armas usando tecnologias desenvolvidas com os torpedos soviéticos Shkval.
As últimas informações podem criar a ideia que os pesquisadores chineses continuam trabalhando em mais um projeto exótico fantástico que não permitirá obter resultados práticos em um futuro previsível. Os objetivos desse projeto são, contudo, bastante práticos.
O princípio da exclusão total do contato com a água, usado em navio…

A superfície da Lua tem cheiro de pólvora queimada

Explorar a superfície da Lua hoje em dia é fácil, mas ainda existem alguns mistérios lunares que só alguns sortudos participantes de missões Apollo conseguiram experienciar. Como, por exemplo, saber qual é o cheiro da Lua. O consenso: pólvora queimada.

Em seu livro Magnificent Desolation: The Long Journey Home from the Moon (Magnífica Desolação: A Longa Jornada para Casa da Lua, em tradução livre), Buzz Aldrin descreveu assim: “um cheiro pungente metálico, algo como pólvora, ou o cheiro no ar após explosão de fogos de artifício,”, citando que Neil Armstrong disse que era mais como “cinzas molhadas”.

O geólogo e astronauta Harrison Schmidit pousou na lua durante a missão Apollo 17 em dezembro de 1972. “Tudo o que posso dizer é que a primeira impressão de todo mundo em relação ao cheiro era de pólvora gasta, não que era ‘metálica’ nem nada”, disse.

Então: possivelmente metálico, definitivamente carbonizado.

Por quê? Diz a NASA, “bem, não temos certeza.”

Pólvora sem fumaça e a poeira lun…