Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Outubro 12, 2014

Cientistas russos vão imprimir órgãos humanos

Cientistas russos planejam “imprimir” rins humanos aptos para transplante já em 2018.

A primeira bioimpressora russa, um dispositivo que se destina a criar fragmentos tridimensionais de tecidos e órgãos, foi apresentada no 3º Fórum Internacional “Inovações Abertas” que decorreu entre 14 e 16 de outubro.
A tecnologia de bioimpressão é a seguinte: primeiro é criado um modelo computacional do futuro órgão com todas suas particularidades anatômicas e de seus tecidos. Em seguida, das células-tronco do paciente são obtidos os chamados esferoides, que são conglomerados de células. Esse é o material de construção para o tecido ou órgão que vai ser produzido.
A bioimpressora criada na Rússia tem um passo de impressão de 1 micrômetro. Nenhum dos análogos estrangeiros tem uma impressão tão densa. Isso é apenas parte do know-how original russo, explica o diretor executivo do laboratório 3D Bioprinting Solutions, Yusef Khesuani:
“A principal vantagem da nossa bioimpressora é a possibilidade de ut…

Tecido robótico atrai atenção da NASA

Exoesqueletos e equipamentos mecânicos para uso no espaço estão entre as potencialidades dos tecidos robóticos. [Imagem: Thomas Chenal et al. (2014)]

Robótica elástica

Os robôs moles, de corpo flexível, têm-se mostrado uma opção interessante devido à simplicidade dos seus mecanismos de locomoção.

Michelle Yuen e seus colegas da Universidade de Purdue, nos Estados Unidos, estão tentando ampliar ainda mais o potencial dessa nova classe de dispositivos.

A ideia é aprimorar um conceito de "tecnologia elástica", que permita construir exoesqueletos de vestir, que possam dar maior firmeza e força às pessoas, robôs com peles sensoriais e roupas para pilotos e astronautas que neutralizem as "forças G" a que eles são submetidos.

Os protótipos iniciais desse tecido robótico consistem de uma malha de algodão contendo sensores plásticos e fios de músculos artificiais feitos com metais com memória de forma, materiais que, depois de flexionados, retornam à posição original quand…

Mistério de lua que 'balança' intriga cientistas

Antes conhecida por parecer com a "Estrela da Morte" de "Guerra nas Estrelas", Mimas agora chama a atenção por poder conter um oceano subterrâneo (Foto: NASA/JPL)

Pesquisadores acreditam que Mimas, satélite de Saturno que parece com a 'estrela da morte' de 'Guerra nas Estrelas', tem água em seu interior.

O interior de Mimas, uma das 62 luas conhecidas de Saturno, pode conter água, de acordo com um novo estudo.
Famosa por causa do formato parecido com a "Estrela da Morte" do filme Guerra nas Estrelas, o satélite apresenta uma espécie de tremor, um movimento oscilante que, segundo astrônomos, é duas vezes maior que o esperado para uma lua com estrutura regular e sólida.
Para os especialistas há duas explicações para o fenômeno de oscilação de Mimas: ou a lua tem um imenso oceano subterrâneo ou tem um núcleo rochoso em formato de bola de rúgbi.
O estudo sobre Mimas foi publicado por um grupo de astrônomos dos Estados Unidos, França e Bélgica…

Estudo encontra evidências sobre a formação das primeiras galáxias

Imagem de multicomprimento de onda, com cores falsas, mostra a galáxia-anã Sextans A. Os pontos em vermelho representam a emissão de poeira em infravermelho, o azul, a emissão de gás de hidrogênio atômico, e o verde, a emissão de ultravioleta longíquo de estrelas recém-formadas (Foto: Yong Shi/Nature)

Cientistas observaram galáxias próximas, mas pobres em metais.
Material foi publicado nesta semana na revista 'Nature'.

Cientistas chineses e americanos publicaram nesta semana na revista "Nature" um novo estudo que lança luz sobre como se formaram as primeiras galáxias do Universo, um dos mistérios que ainda não foram desvendados pela astrofísica moderna. O grupo, liderado por Yong Shi, da Universidade de Nanquim, na China, se valeu de observações de galáxias próximas, pobres em elementos metálicos, para chegar à conclusão sobre os mecanismos que originaram as estruturas estelares primitivas.
Os metais - elementos mais pesados que o hélio - facilitam o esfriamento do …

Cometa Siding Spring passa este fim de semana próximo a Marte

O que não daríamos para ser um astronauta à superfície de Marte esta semana. Os céus do Planeta Vermelho serão agraciados com uma vista inesquecível e espectacular: a passagem extremamente próxima do Cometa C/2013 A1 Siding Spring.

Descoberto em 2013, o Siding Spring foi avistado pelo veterano caçador de cometas Robert McNaught a partir do Observatório Siding Spring na Austrália. Todos os anos são descobertos dúzias de cometas, mas este ganhou logo a atenção dos astrônomos quando se verificou que possivelmente podia colidir com Marte em Outubro de 2014.

Mas apesar de observações posteriores terem refinado a órbita do cometa e terem descartado tal impacto, os dados relativos a esta passagem do cometa por Marte ainda são impressionantes: o Siding Spring vai passar a 139.500 km do centro de Marte este Domingo, dia 19 de Outubro às 19:27 (hora de Portugal Continental).

Ainda embora tenhamos que colocar pegadas humanas em Marte, uma autêntica frota de sondas espalhas pelo Sistema Solar in…

ESA confirma local de aterrissagem do Philae

Ampliação da região que contém o Local J, o local de aterragem do Philae, localizado na "cabeça" do Cometa 67P/Churyumov–Gerasimenko. O mosaico é constituído por duas imagens obtidas pela câmara OSIRIS da Rosetta no dia 14 de Setembro de 2014 a partir de uma distância de aproximadamente 30 km. O círculo está centrado no local de aterragem e mede mais ou menos 500 metros em diâmetro.
Crédito: ESA/Rosetta/MPS para Equipa OSIRIS MPS/UPD/LAM/IAA/SSO/INTA/UPM/DASP/IDA

A ESA deu luz verde à aterragem do módulo Philae da sonda Rosetta, no local escolhido no Cometa 67P/Churyumov-Gerasimenko e no dia 12 de Novembro, a primeira tentativa de aterrar num cometa.

O local de pouso do Philae, atualmente conhecido como Local J e localizado no mais pequeno dos dois 'lóbulos' do cometa, foi confirmado no passado dia 14 de Outubro após uma revisão abrangente de prontidão.

Desde a chegada, a missão tem realizado um levantamento e uma análise científica inédita do cometa, um remanescent…

Segredos de construção de uma metrópole galáctica

Esta impressão artística mostra a formação de um enxame de galáxias no Universo primordial. As galáxias formam vigorosamente novas estrelas e interagem umas com as outras. Esta imagem parece-se com a Galáxia da Teia de Aranha (conhecida pelo nome formal de MRC 1138-262) e seus arredores, cujo protoenxame é um dos melhor estudados.
Crédito: ESO/M. Kornmesser

Os astrônomos utilizaram o telescópio APEX para investigar um enorme enxame de galáxias, que se está a formar no Universo primordial, e revelaram que muita da formação estelar que está a ocorrer não apenas se encontra escondida pela poeira, mas também acontece em locais inesperados. Esta é a primeira vez que se consegue realizar um censo completo da formação estelar em tais objetos.

Os enxames de galáxias são os maiores objetos do Universo unidos pela força da gravidade, no entanto a sua formação ainda não é completamente compreendida. A Galáxia da Teia de Aranha (conhecida pelo nome formal de MRC 1138-262), e seus arredores, é es…

Ponto de Luz no céu de Taió (SC) chama atenção da população

O vídeo foi gravado pelo músico taioense Mateus Regis, nesta terça-feira 14 de out 2014

Algo curioso chamou a atenção de vários moradores de Taió no final da tarde desta terça-feira (14). Segundo relatos, um ponto de luz fixo pôde ser visto durante alguns segundos no céu do município. Deste primeiro ponto de luz, surge um segundo que parece buscar a aproximação com o solo, posteriormente as luzes desaparecem.
O músico taioense Mateus Regis fez um registro em vídeo deste acontecimento e postou em sua conta no Facebook comentando que já havia visto o mesmo fato instantes antes. Outros moradores da cidade também dizem ter visto a mesma cena na tarde de ontem e outros também viram este mesmo estranho acontecimento anos atrás em nosso município.
O assunto está gerando muitos comentários e curiosidade nas redes sociais.



FONTE: http://www.educadora.am.br/

Segredos da Área 51 - Dreamland

Primeira parte de documentário exibido pela canal a cabo GNT em 06/03/1997 mostra a base americana de Nellis, em Groom Lake (Nevada), mais conhecida como Área 51, local onde discos voadores acidentados ou capturados seriam levados para estudo de sua tecnologia. Depoimentos e participações de Timothy Good, Edgar Mitchell, Gene Huff, James Goodall, George Knapp, Chuck Clark, Bruce Maccabee, Gleenn Campbell, Robert Oechsler, Bob Lazar, Wendelle Stevens, Stanton Friedman e Bill Sweetman. Produzido, dirigido e apresentado por Bruce Burgess.





FONTE: NELSON PINTA

Galáxia enigmática desafia astrônomos

Espaço é tempo?

Quando olham para o espaço, os astrônomos geralmente fazem uma associação entre distância e tempo - quanto mais longe estiver um corpo celeste, mais antigo ele é.

Isto porque a teoria do Big Bang estabelece uma idade do Universo. Ora, se a luz do objeto demorou uma determinada quantidade de anos para chegar até nós, então essa distância é usada para calcular quantos anos aquele objeto tinha, contados a partir do Big Bang, quando emitiu essa luz.

É por isso que os astrônomos falam em "galáxias primordiais", criadas apenas alguns milhões de anos após o Big Bang.

Contudo, esta nova imagem captada pelo telescópio Hubble mostra uma galáxia que parece oferecer uma exceção a essa regra.

A peculiar DDO 68, também conhecida como UGC 5340, parece-se em tudo com uma galáxia primordial, formada pouco tempo após o Big Bang.

Ocorre que ela está muito próximo de nós, ou seja, sua luz saiu de lá há muito pouco tempo, o que indica que ela é uma galáxia jovem.

A DDO 68 fica a…

Arquivo Ovni: Goulart de Andrade entrevista J. J. Benítez (1996)

O jornalista Goulart de Andrade entrevista o escritor espanhol Juan José Benítez no programa "Comando da Madrugada" exibido em 21/09/1996 pela TV Manchete. Dentre os assuntos abordados está a série de livros Operação Cavalo de Tróia, a discutível peregrinação de Jesus na Caxemira e os manuscritos do Mar Morto.



FONTE: TERRY

Abdução - Psicóloga Busca Explicação (GNT, 1996)

Em documentário exibido pelo canal a cabo GNT em 24/11/1996, a psicóloga inglesa Susan Blackmore vai aos EUA investigar alguns casos de abdução e elaborar hipóteses para explicar os supostos sequestros alienígenas. Participações e depoimentos de Budd Hopkins, Mary Oscarson, John Mack, Pat Cross, Campbell Perry, Jean-Roch Laurence, David Jacobs e Michael Persinger.



FONTE: TERRY

Um breve histórico dos cientistas que tentaram caçar viajantes do tempo

Viajar no tempo é possível; é o que dizem vários físicos bastante sérios. Provavelmente não é possível fazer isso em um Delorean, mas há diversas teorias inspiradas por Einstein – como buracos de minhoca e cilindros de Tipler – de como isso poderia funcionar. O que levanta a questão: onde estão os visitantes de outras épocas?

Parece uma pergunta boba, mas é algo que muitos cientistas realmente levam a sério. Encontrar alguém do futuro serviria, claro, como prova definitiva de que podemos realmente viajar através do tempo, e seria uma forma bastante simples de resolver um grande enigma científico. Então não é nenhuma surpresa que alguns entusiastas e especialistas criaram experimentos a fim de atrair viajantes do tempo que poderiam estar se escondendo entre nós.

Um deles é Stephen Hawking. O renomado físico acredita mesmo que a viagem no tempo é uma possibilidade científica, e ainda diz que sabe como construir uma máquina do tempo. Ele também jogou a questão: “se é possível viajar no …

Descobertas duas novas partículas no LHC

Duas novas partículas foram descobertas no LHC.

Uma delas possui uma combinação de propriedades que nunca havia sido observada.

As partículas têm uma massa cerca de três vezes maior do que a massa dos prótons e foram identificadas nos dados coletados pelo experimento LHCb, um dos grandes detectores do LHC, ao lado do CMS, Atlas e Alice.

Seus "pais" só não foram bondosos quanto aos nomes, mantendo os códigos que descrevem suas características - as partículas estão sendo chamadas de DS3*(2860)- e DS1*(2860)-.

O subscritos "S3" e "S1" mostram que as partículas têm spin 3 e 1, respectivamente. O número 2860 é a massa da partícula em unidades de MeV/c2 - milhões de elétron-volts sobre o quadrado da velocidade da luz, expressando a equivalência entre massa e energia como na famosa fórmula E=mc2. Isto dá mais ou menos três vezes a massa do próton.

A descoberta foi feita quando os físicos do LHCb analisavam observações de um pico de energia identificado em 2006 …

Estudo sugere outra maneira de produzir oxigênio e pode mudar nossa percepção na busca por vida extraterrestre

A atmosfera da Terra nem sempre foi repleta de oxigênio como nos nossos tempos. Em eras remotos, ela já foi uma mistura de sufocante de dióxido de carbono e outros gases que lembraria mais a atmosfera de Marte ou Vênus. Até então, a ciência sempre acreditou que, com a difusão de plantas pela superfície terrestre, o dióxido de carbono foi transformado em oxigênio através das reações químicas da fotossíntese, num período conhecido como "evento da grande oxigenação". Porém, um novo estudo sugere que pode haver outra maneira de produzir oxigênio a partir do dióxido de carbono, a partir de uma fonte não biológica. usando luz ultravioleta.
Caso esta hipótese se confirme, as implicações seriam enormes. Em primeiro lugar, mudaria a nossa percepção em torno da busca de vida extraterrestre, pois significaria que uma mera detecção de oxigênio na atmosfera de outro planeta não é suficiente para indicar a presença de vida. Além disso, seria possível utilizar esta técnica para produzir o…

Faleceu Reginaldo de Athayde

Athayde nos deixou neste 13 de outubro 2014 ás 16h:00, foi certamente o maior de todos os ufólogos nordestinos, e ao longo de sua impressionante trajetória passou por todos os recantos da sua região atrás de casos ufológicos, especialmente seu estado, o Ceará. Lá, ele pesquisou episódios importantes como os casos Quixadá e Baturité, entre milhares de outros.

Nascido em Fortaleza, era casado com Maria Zilma Braga de Athayde e tinha dois filhos, Flávio e Karina. Jornalista, escritor, poeta e cientista, logo se interessou pelos fenômenos ufológicos, cuja pesquisa divulgava ao unir este tema à experiência adquirida como locutor de rádio e repórter. Há 50 anos fundou o Centro de Pesquisas Ufológicas (CPU), do qual foi presidente até sua morte. Foi também um dos membros da Comissão Brasileira de Ufólogos (CBU), da Diretoria do Centro Brasileiro de Pesquisas de Discos Voadores (CBPDV) e diretor estadual da Mutual UFO Network (MUFON), dos Estados Unidos.

Os múltiplos talentos de Athayde o l…

Universidade Americana terá discussão sobre UFOs

Parte do campus da Universidade Americana, que em novembro realizará um painel de discussão sobre UFOs

Instituição situada em Washington irá receber especialistas em novembro para debate a respeito do Fenômeno UFO, comandado por antigo âncora da CNN

Sempre houve, no meio ufológico, decepção quanto ao fato de que instituições acadêmicas muito raramente se dispõem a abrir espaço para a Ufologia. Nos Estados Unidos ao menos isso parece mudar, com o anúncio de que a Universidade Americana, localizada em Washington D.C., terá em 12 de novembro, das 19h30 às 22h00, um painel de discussão sobre o Fenômeno UFO.

O evento será moderado por Miles O´Brien, antigo âncora da CNN, e que em um programa sobre UFOs apresentado no canal relatou um avistamento que protagonizou: "Estava anos atrás viajando com minha esposa, anoitecia, e nós vimos algo similar a um planeta brilhante. Contudo, aquilo em seguida fez uma curva de 90 graus e disparou a cerca de Mach 20. Eu sou piloto, sei avaliar velocid…

Bolas de fogo e lobos: a história da primeira caminhada espacial

Há quase 60 anos, demos nossos primeiros passos na imensidão do espaço. Ou, para ser mas específico, o cosmonauta soviético Alexei Leonov teve a honra de dar a primeira caminhada espacial. Foi uma caminhada rápida – um jeito da União Soviética vencer os EUA de vez na corrida espacial. E eles venceram! Para isso, quase mataram todos os astronautas a bordo no processo.

Isso foi anos antes dos EUA (ou qualquer outra pessoa no mundo) saber o que realmente ia a bordo da missão Voskhod 2 para o espaço. Mas agora que a Guerra Fria já acabou há muito tempo, Leonov falou à BBC sobre sua conquista histórica e horrível. No fim das contas, ele de fato concluiu uma caminhada espacial, mas “sucesso” pode ser uma palavra um pouco forte para descrever a coisa toda.



O caos começou quando os 10 minutos de Leonov acabaram e ele precisava voltar para a nave. Eis o que diz a BBC:

A ausência de pressão atmosférica no espaço fez com que seu traje espacial inflasse lentamente como um balão. Ele lembra, “minh…