Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Novembro 17, 2013

O sinal Wow e a busca por inteligência extraterrestre

Não é segredo para ninguém que diversos cientistas se dedicam a tentar contato com outras civilizações em outros planetas, mesmo que estejam há muitos anos-luz de distância. Para isso usam poderosos radiotelescópios, que tentam detectar algum sinal "não natural" vindo de algum ponto do espaço. É uma busca ingrata e demorada, que até hoje não apresentou nenhuma prova da existência de inteligência extraterrestre. No entanto, em 1977, um misterioso sinal foi recebido aqui na Terra e é considerado até hoje o único sinal que possa ter sido emitido por uma civilização distante.

Era 15 de agosto de 1977 e como fazia todas as noites, o radio-astrônomo Jerry Ehman analisava os dados captados pelo radiotelescópio Big Ear, ou "Orelhão", da Universidade de Ohio.

Como de costume, a maioria dos sinais captados já eram bem conhecidos do pesquisador e não passavam de emissões provenientes de galáxias e satélites. De repente, um fraco sinal diferente dos demais começou a aumentar …

Americano que diz ter estado com ETs gostaria de repetir a experiência

“Algo de muito bom aconteceu”, diz Travis Walton,
abduzido em 1975 (Foto: Fabiula Wurmeister / G1)

Travis Walton afirma ter passado cinco dias em poder de extraterrestres.
Experiência será contada no 5º Fórum Internacional de Ufologia, em Foz.

A experiência de passar cinco dias na presença de extraterrestres é o tema da palestra que o norte-americano Travis Walton fará neste sábado (22) durante o 5º Fórum Internacional de Ufologia, em Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná. Ao G1, ele revelou detalhes da situação, ocorrida em novembro de 1975, e que o deixou ainda mais curioso a respeito da existência de vidas em outros planetas. “Se pudesse encontrá-los novamente, perguntaria por que nos visitam com tanta frequência e pediria para dividirem conosco todo esse conhecimento que eles têm, capaz de possibilitar que viajem pelo universo”, disse.
A história contada várias vezes desde a suposta abdução, como o fenômeno é chamado, rendeu um livro escrito por Walton e um filme que no Brasil se cha…

Cientistas acham partículas de fora do Sistema Solar sob gelo antártico

Ilustração do laboratório do projeto IceCube, na estação americana Amundsen-Scott (Foto: IceCube/NSF)

Detector IceCube capturou 28 neutrinos com alta energia de 2010 a 2012.
Trabalho foi feito por 260 cientistas de 11 países e publicado na 'Science'.

Dentro do gelo eterno da Antártica, cientistas encontraram a primeira evidência concreta de partículas de alta energia vindas de fora do nosso Sistema Solar. Entre maio de 2010 e maio de 2012, o detector IceCube capturou um total de 28 neutrinos com energia cinética superior à de uma mosca voando – tudo compactado em uma única partícula elementar. Os resultados estão publicados na revista "Science" desta sexta-feira (22).

O trabalho foi coordenado por 260 cientistas de 11 países. Entre as instituições participantes, estão nove da Alemanha, como o instituto de física Desy; além da Universidade de Wisconsin em Madison, nos EUA, da Universidade de Uppsala, na Suécia, e da Universidade de Adelaide, na Austrália. Somente a A…

Cientistas criam material 'mais à prova d'água já feito'

Inspirados em folhas de uma planta e asas de borboleta, engenheiros americanos desenvolveram tecnologia que pode ser usada em roupas e até turbinas de aviões.

Engenheiros nos Estados Unidos criaram o que chamam de 'o material mais à prova d'água do mundo', inspirados em folhas e asas de borboleta. Assista ao vídeo (se necessário, desabilite o bloqueador de pop-ups).
A nova superfície - chamada de 'super-hidrofóbica' pelos cientistas, por repelir a água - pode ser usada para a criação de roupas ultraimpermeáveis e turbinas de aviões que não congelem em baixas temperaturas.
Até recentemente, a folha de lótus era tida como a melhor superfície à prova d'água encontrada na natureza, mas os cientistas que trabalham no instituto americano Massachusetts Institue for Technology (MIT), em Boston, dizem ter conseguido resultados ainda melhores com sua invenção.
Ao acrescentar pequenas linhas à superfície feita de silicone, eles conseguiram fazer a água rebater nela em um…

Cientistas identificam explosão mais brilhante já vista

Luz de evento que resultou em morte de estrela 20 vezes maior que o Sol levou 4 bilhões de anos para chegar à Terra.

Uma explosão cósmica provocou a morte de um estrela gigante que estava sendo estudada pelos cientistas. A explosão da radiação, conhecida como explosão de raio gama, foi registrada no começo do ano por telescópios posicionados no espaço, e foi recentemente confirmada como a mais brilhante já vista.
Pesquisadores acreditam que a estrela tenha uma massa de 20 a 30 vezes superior à do Sol. As descobertas foram publicadas na revista científica 'Science'.
'Vivendo feliz'
Os pesquisadores afirmam que a luz da explosão demorou quatro bilhões de anos para chegar à Terra. O astrônomo Paul O'Brein, da Universidade de Leicester, disse: 'Esses acontecimentos podem ocorrer em qualquer galáxia a qualquer tempo. Mas não temos nenhuma forma de prever isso.'
A explosão enorme da estrela foi captada pelos telescópios espaciais Swift e Fermi. Ela teria durado …

Arquivo Ovni: Dois interessantes contatos de abdução

Lee Parish raptado por… Estruturas

Em 27 de janeiro 1977, Lee Parish, de 19 anos, estava dirigindo para casa quando ele alegou que o seu carro foi levantado no ar por um feixe de luz. Sob hipnose, Parish descreveu mais tarde ter sido abduzido por três objetos estranhos que pareciam tão diferente de qualquer vida conhecida que ele só podia imaginar que eles estavam conscientes.

Um deles era um grande e preto retângulo de 20 metros de altura, com um braço robótico sem juntas estendendo a partir dele. Houve também um prisma rectangular vermelho com um braço semelhante, e um prisma branco imóvel com cerca de dois metros de altura. De alguma forma, o branco deu a impressão de que era o líder. O prisma vermelho aproximou-se dele e estendeu o braço do robô, com Parish ficando com a sensação de que ele estava com medo dele.

No entanto, quando ele o tocou, deu-lhe uma sensação de frio e dor. Parish pensou que lhe estavam a executar uma varredura. Depois disso, os três objetos mesclados, des…

Egípcios mumificavam carnes para 'consumo' com bálsamos, diz estudo

Pedaço de carne da costela mumificada encontrada na tumba de Yuya e Tjuiu (1386-1349 a.C.) (Foto: Anna-Marie Kellen/Egyptian Museum/PNAS)

Além de humanos e bichos, povo embalsamava refeições para além-morte.
Cientistas analisaram composição de tecidos e ataduras de quatro carnes.

Os antigos egípcios mumificavam e enterravam carnes prontas para o "consumo" usando bálsamos orgânicos, revela um novo estudo feito pela Universidade de Bristol, no Reino Unido, e pela Universidade Americana do Cairo. Além de refeições, esse povo enterrava suas riquezas e mumificava figuras importantes como faraós (além de seus criados, escribas e sacerdotes, em câmaras menores) porque acreditava na vida após a morte e no retorno do espírito ao antigo corpo – razão pela qual ele precisava ser preservado.

Esses alimentos (partes de animais) eram envoltos em ataduras e acomodados em caixões. Eles foram encontrados em muitas tumbas antigas, mas a natureza dos bálsamos aplicados sobre a comida continua…

Projeto de telescópio gigante busca apoio de US$ 50 milhões do Brasil

Ilustração projeto de Giant Magellan Telescope (GMT): instrumento terá 7 espelhos primários de 8,4 metros de diâmetro cada um, totalizando 25 metros de diâmetro. (Foto: Giant Magellan Telescope/Divulgação)

Consórcio internacional está desenvolvendo o Giant Magellan Telescope.
Fapesp está avaliando projeto e pode conceder apoio financeiro.

Um consórcio internacional para a construção de um dos três telescópios gigantes que estão sendo planejados para os próximos anos está buscando o apoio do Brasil para ser concretizado. O Giant Magellan Telescope (GMT) – que deve ser instalado no Observatório Las Campanas, no Deserto do Atacama, no Chile – deve ter um espelho de 25 metros e apresentar uma resolução dez vezes maior do que a do telescópio espacial Hubble.

Hoje, o consórcio que gerencia o projeto já reúne 9 parceiros, entre eles instituições dos Estados Unidos, da Austrália e da Coreia. Mas, para financiar o projeto completo, são necessários outros três sócios. A Fundação de Amparo à Pe…

Continuam aparições de UFOs na Paraíba: Capital João Pessoa e outras cidades registram intensa casuística ufológica

Vista da cidade de Guarabira, palco frequente de observações de UFOs

De acordo com o Centro Paraibano de Ufologia (CPU), tem sido recebidos relatos de aparições de UFOs e criaturas estranhas em várias cidades daquele estado. Guarabira, Pilõezinhos, Campina Grande, Sousa, Patos e Gramame, além da capital João Pessoa, são os principais municípios onde a atividade ufológica tem sido registrada.

No bairro de Mangabeira, em João Pessoa, luzes estranhas foram vistas recentemente as 03h00. Em outra oportunidade um objeto descrito como similar a uma bola de sabão surgiu por volta das 18h00. O engenheiro e ufológo Gilberto de Melo, do CPU, afirma que observou esse UFO, que circulava na altura de um poste.

Melo afirma ter registrado o depoimento de uma senhora, moradora do bairro dos Bancários tambem em João Pessoa, que teria mantido relações com um ser de braços longos e orelhas pontiagudas. Ele descreve outro caso no Bairro dos Estados, onde uma conhecida psicóloga afirma ter visto um ser es…

As fotos mais impressionantes captadas pelo telescópio Hubble

Orbitando a 593 kilômetros da Terra, nos há enviado imagens de galaxias, cometas, nebulosa, planetas e outros objetos estelares.

Acesse o link a seguir para obter as imagens:
http://www.abc.es/fotos-ciencia/20131117/fotos-impresionantes-captadas-telescopio-1511468326532.html?elemento=2

FONTE: ABC.ES