Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Outubro 19, 2014

Arqueólogos encontram no Peru pedra inca com 13 arestas

Pedra do império inca com 13 arestas foi mostrada pelo Ministério da Cultura (Foto: AFP Photo/Proyecto de Investigacion/Vilcashuaman–Pisco/Ministerio de CulturaCultura)

Descoberta foi feita este mês durante escavações em canal hidráulico.
Até agora, a pedra de origem inca mais famosa era a de 12 arestas.

Arqueólogos peruanos encontraram uma pedra singular inca com 13 arestas talhadas, a primeira do tipo descoberta no Peru, durante escavações em um canal hidráulico dessa época no monte Incawasi, no sudeste do país.
A descoberta foi feita este mês, durante a exploração de um trecho da trilha de Qhapap Ñan (Caminho Inca, em quéchua) que ligava o Império Inca (Tahuantisuyo), estendendo-se por seis países - Argentina, Chile, Bolívia, Peru, Equador e Colômbia -, informou nesta sexta-feira (24) o ministério peruano da Cultura.
O Caminho Inca foi declarado, em junho passado, Patrimônio Mundial da Humanidade pela Unesco, uma distinção que reconhece o engenho de um sistema pré-hispânico que su…

Médicos fazem primeiro transplante com 'coração morto'

Máquina batizada de 'coração em caixa' permitiu manter o coração próprio para transplante (Foto: BBC)

Usando técnica para aquecer e nutrir órgão, cirurgiões usaram corações que tinham cessado de bater até 20 minutos antes.

Cirurgiões na Austrália realizaram o primeiro transplante cardíaco usando um coração tecnicamente morto.
Os corações usados em transplantes normalmente são retirados de pacientes com morte cerebral, mas ainda com batimentos cardíacos.
Desta vez, porém, os médicos do St Vincent's Hospital, em Sydney, ressucitaram e transplantaram órgãos que haviam parado de bater até 20 minutos antes.
A técnica envolveu uma máquina que os médicos batizaram de "heart-in-a-box" (coração em caixa), que mantém o órgão aquecido. Os batimentos são então restaurados e fluidos e nutrientes são injetados para reduzir o dano muscular.
A primeira paciente a receber um transplante usando a técnica foi Michelle Gribilas, de 57 anos.
"Agora sou uma pessoa totalmente dif…

Avistaram entranho objeto no céu do arquipélago de Chiloé (Chile)

O objeto era como uma esfera.


Desde distintos pontos do arquipélago era visível o fenômeno aéreo que não pode ser identificado.

Surpresa gerada entre os habitantes de Chiloé pela presença de um objeto no céu, que permaneceu suspenso por um longo tempo. A figura estranha, como um balão branco era visível de todo o arquipélago.

A partir da Plaza de Armas de Castro, a figura foi orientada em direção nordeste, obrigando os transeuntes a olhar para o que gerou uma série de especulações sobre sua origem.

Osvaldo Contreras, chefe do aeródromo Mocopulli em Dalcahue, descartou a presença de um balão meteorológico na área. "Nós somos os únicos que podem lançar esses objetos e nenhum desse tipo foi lançado", disse ele.

Enquanto isso, o piloto civil Tanques José Luis do Aero Clube de Castro disse que observou do solo o estranho objeto e que enviará a foto para ser analisada. "Eu vou enviar a imagem para o Comitê de Estudos de Fenômenos Aéreos Outliers para análise, eles têm respos…

Seca era previsível e está relacionada aos ciclos do Sol, diz especialista

Para um especialista em hidrologia, a estiagem vivenciada em diversas regiões do país neste ano era esperada e pode ser explicada pelos ciclos do Sol. A seca não estaria relacionada à ação do homem ou ao aquecimento global, e sim à incidência dos raios solares. O planeta Terra, de acordo com essa hipótese, estaria passando pelo fim de um ciclo em momento caracterizado por fenômenos de seca ou de chuva semelhantes aos que ocorreram no ano de 1953. A reportagem foi exibida no SBT Brasil.

FONTE: http://tvuol.uol.com.br/

Nasa abre biblioteca virtual de sons do espaço

A Nasa (agência espacial americana) passou a disponibilizar, pela internet, uma biblioteca sonora com registros de missões históricas ao espaço e arquivos das missões atuais.

Entre os mais de 60 arquivos postados no Soundcloud estão registros que se tornaram mundialmente famosos, como o momento em que a equipe da Apollo 13 diz "Houston, we've had a problem" (Houston, tivemos um problema, em tradução livre), em 1970, para reportar à base da Nasa. A aeronave da missão sofreu uma explosão que impediu sua descida à Lua.

Também estão disponíveis gravações de áudio da Apollo 11, a missão anterior que conseguiu levar o homem à Lua, em 1969. Há, ali, a famosa frase do comandante Neil Armstrong - "One small step for a man, one giant leap for mankind" (um pequeno passo para o homem, um salto gigante para a humanidade) - e o momento do pouso do módulo lunar - "The Eagle has landed" (o Eagle pousou).

Foi nessa missão, em 20 de julho de 1969, que os astronautas A…

Ovnis triangulares do tamanho de campos de futebol são vistos nos EUA

Dez pessoas no estado da Virgínia do Oeste (EUA), que estavam trabalhado no turno da noite numa usina de carvão, reportaram ter visto três OVNIs triangulares, do tamanho de campos de futebol, silenciosamente se movendo a menos de 150 metros do solo.
O incidente ocorreu às 22h00 do dia 12 de outubro passado, na usina de carvão que fica na Estrada Winifrede em Marmet.
“A usina estava desligada e não havia nenhum ruído ao redor“, relatou uma das testemunhas. “Eu e nove outros caras tínhamos recém terminado o reparo do encanamento e estávamos em pé no lado de fora, encostados nos caminhões. Um dos rapazes apontou para cima e disse, ‘O que é aquilo?‘ ”
O grupo de trabalhadores olhou para cima e viu o primeiro objeto.
“Todos olhamos para cima e vimos um objeto em forma de triângulo, do tamanho de um campo de futebol, com luzes brancas, saindo do recôncavo, ao sudoeste. Ele deveria estar de 90 a 150 metros acima de nós. Ele estava se movendo lentamente e não emitia ruído algum. Observa…

UFO observado sobre depósito de armas nucleares em 1982

Muitos UFOs triangulares estão associados a avistamentos ocorridos em bases militares dotadas de armamentos nucleares

Testemunha militar avistou objeto desconhecido sobre base na Alemanha, durante um dos períodos mais tensos da Guerra Fria

A Rede Mútua de UFOs (Mufon), recebeu um relatório, arquivado sob a designação de Caso 60648, no qual uma testemunha, ex-militar, descreve o avistamento de um UFO triangular sobre o Depósito de Armas Kriegsfeld, situado próximo à cidade de Gerbach, no que era então a Alemanha Ocidental. A base se situava em um vale, e a testemunha, não identificada, afirma ter observado o objeto por 10 minutos, enquanto sobrevoava lentamente a base e a cidade de Gerbach, enquanto estava de serviço na torre número 5, em 25 de novembro de 1982, Dia de Ação de Graças.

O militar era um observador de aeronaves experiente, estando acostumado a acompanhar o voo de inúmeros tipos de aviões durante o período: "Era uma ocorrência natural observar aeronaves a todo moment…

Matéria mais fria do Universo dentro da Estação Espacial

O experimento CAL usará resfriamento a laser para gerar a matéria mais fria do Universo no interior da Estação Espacial Internacional.[Imagem: NASA]

Condensados de Bose-Einstein

A NASA acredita que poderá produzir a matéria mais fria do Universo no interior da Estação Espacial Internacional.

O feito poderá ser conseguido com um experimento chamado Laboratório de Átomos Frios (CAL - Cold Atom Laboratory), que acaba de passar pelos testes finais de certificação.

O instrumento usa um conjunto de raios laser para criar um Condensado de Bose-Einstein, um estado da matéria no qual um conjunto de átomos a temperaturas próximas do zero absoluto passa a se comportar como se fosse um único átomo gigante.

Esses condensados são criados rotineiramente em vários laboratórios ao redor do mundo, sendo utilizados, entre outros, em experimentos de computação quântica.

Mas o experimento CAL será o primeiro a testar esse fenômeno na ausência de gravidade.

A expectativa é que, no ambiente de microgravida…

Calor desobedece teorias em escala nano

Da microescala para baixo, o transporte do calor é feito balisticamente, e não por difusão.[Imagem: Richard Wilson/University of Illinois]

Que as coisas ficam diferentes quando nos aproximamos da escala atômica não é novidade para ninguém que já tenha ouvido falar em mecânica quântica.

Mas parece que até o bem-comportado calor assume outros ares em escalas menores.

Transporte balístico do calor

Richard Wilson e David Cahill, da Universidade de Illinois, nos Estados Unidos, descobriram que o calor não se dissipa em nanoescala como acontece em macroescala, e que as teorias tradicionais não conseguem explicar o que está acontecendo.

Os testes mostraram que a difusão do calor muda quando as dimensões do elemento a partir do qual o calor se dissipa têm um micrômetro (0,001 milímetro) ou menos.

Os experimentos com cristais semicondutores mostraram que, em escala submicrométrica, o calor não se espalha por difusão, mas balisticamente, de forma similar a partículas como fótons e elétrons.

Em…

Estudo observa que Titã brilha ao anoitecer e ao amanhecer

Bem alto na atmosfera de Titã, grandes zonas de dois gases brilham perto do pólo norte, no lado do anoitecer da lua, e perto do pólo sul, no lado do amanhecer. As cores mais brilhantes indicam sinais mais fortes dos dois gases, HNC (esquerda) e HC3N (direita); os tons avermelhados indicam sinais menos pronunciados.
Crédito: NRAO/AUI/NSF

Novos mapas da lua de Saturno, Titã, revelam grandes manchas de gases que brilham perto dos pólos norte e sul. Estas regiões estão curiosamente desviadas dos pólos, para Este ou Oeste, quando o amanhecer surge na região a Sul e enquanto a noite cai na região a Norte.

O par de manchas foi descoberto por uma equipa internacional de cientistas que investigavam a composição química da atmosfera de Titã.

"Esta é uma descoberta inesperada e potencialmente revolucionária," afirma Martin Cordiner, astroquímico que trabalha no Centro de Voo Espacial Goddard da NASA em Greenbelt, no estado americano de Maryland, autor principal do estudo. "Estes …

Encontradas duas famílias de cometas em torno de estrela próxima

Esta impressão artística mostra exocometas a orbitar a estrela Beta Pictoris. Os astrónomos analisaram observações de quase 500 cometas individuais, obtidas com o instrumento HARPS, no Observatório de La Silla do ESO, e descobriram duas famílias distintas de exocometas em torno desta estrela jovem. A primeira consiste em exocometas velhos que fizeram já várias passagens próximo da estrela. A segunda família, que mostramos nesta ilustração, consiste em exocometas mais jovens que se deslocam na mesma órbita e que se formaram provavelmente da recente destruição de um ou mais objetos maiores.
Crédito: ESO/L. Calçada

O instrumento HARPS em operação no Observatório de La Silla do ESO, no Chile, foi utilizado no censo mais completo feito até à data de cometas em torno de outra estrela. Uma equipa de astrônomos franceses estudou quase 500 cometas individuais que orbitam a estrela Beta Pictoris e descobriram que estes objetos pertencem a duas famílias distintas de exocometas: exocometas velho…

Encontram estranhas marcas em uma plantação de Córdoba, Argentina

Os donos de um campo de trigo que se encontra na localidade de Villa María, em Córdoba, encontraram na manhã do sábado estranhas marcas no local que não puderam ser explicadas. Descartaram algum tipo de fenômeno meteorológico e asseguram que o cachorro não latiu, o alarme não acionou e não houve no local sinal de trigo queimado.

"Temos trigo de um metro de altura, verde, já que o colhemos em dezembro. Estava muito saudável, perfeito, mas na madrugada de sábado ocorreu isso sem encontrarmos nenhuma explicação", disse Susana Montero, que também é radialista.
Segundo comentou, as marcas não tem uma forma regular, sendo de diferentes tamanhos. "Não há sinal de que algo houvesse chegado por terra até o local", disse.
Depois de haver encontrado as marcas, chamaram um engenheiro agrônomo que disse não entender o que havia passado e não pode explicar o fenômeno. "Em seguida foram duas pessoas que também não encontraram nenhuma explicação, o senhor que pulveriza o tri…

Olho biônico faz com que homem volte a enxergar depois de 33 anos

Larry Hester é um senhor de 66 anos que estava completamente cego há 33 anos por conta de uma retinite pigmentosa. Graças a um significante avanço nas próteses biônicas, ele voltou a perceber, novamente, a enxergar.
LARRY É UM DOS PRIMEIROS PACIENTES NOS ESTADOS UNIDOS A RECEBER O ARGUS II, COMO É CONHECIDO ESTE OLHO BIÔNICO, JÁ APROVADO PARA COMERCIALIZAÇÃO O resultado do implante do olho biônico representou uma grande revolução da vida de Hester, que era totalmente cego. Agora, ele consegue diferenciar o claro do escuro e . No vídeo no final do texto, você pode conferir a euforia dele no momento em que o implante foi ligado, no começo deste mês, quando voltou a “ver” pela primeira vez após três décadas. Apesar do avanço, Hester, legalmente, ainda é considerado cego.
Larry é um dos primeiros pacientes nos Estados Unidos a receber o Argus II, como é conhecido este olho biônico, já aprovado para comercialização. A prótese foi desenvolvida pelo Centro do Olho da Universidade Duke (EUA)…

Finalmente um sinal da Matéria Escura?

Esquema (fora de escala) mostrando os hipotéticos áxions (azul) vindos do Sol, convertidos em raios X (laranja) pelo campo magnético da Terra (vermelho), e finalmente detectados pelo observatório XMM-Newton. [Imagem: University of Leicester]

Áxions

Astrônomos detectaram um sinal vindo do céu no espectro de raios X que é compatível com a proposta de algumas teorias sobre os sinais que seriam emitidos pelas partículas formadoras da matéria escura.

O sinal é compatível com a assinatura que seria gerada por áxions, uma das muitas partículas hipotéticas propostas como sendo as constituintes da matéria escura.

Embora os astrônomos acreditem que a matéria escura represente 85% da matéria do Universo, ela não é diretamente observável, e sua existência é proposta com base na atração gravitacional que mantém as galáxias coesas - algo que a matéria das estrelas e planetas e demais corpos celestes não seria suficiente para gerar.

Existem dezenas de propostas de partículas hipotéticas, cada uma c…

Pesquisadores localizam submarino nazista afundado na costa dos EUA

Cargueiro (foto acima) e submarino U-boat 576 foram localizados na Carolina do Norte (Foto: NOAA)

U-boat 576 foi localizado na região do Cabo Hatteras, na Carolina do Norte.
Em 1942, comboio de 19 navios mercantes foi atacado pelo submarino.

Pesquisadores informaram na terça-feira (21) a descoberta de um submarino alemão e de um cargueiro nicaraguense que afundaram na costa americana do Atlântico durante uma batalha na II Guerra Mundial.

O U-boat 576 foi localizado na região do Cabo Hatteras, na Carolina do Norte, sobre o leito marinho e próximo ao cargueiro Bluefields, revelou um comunicado do escritório de santuários marinhos da Administração Nacional Oceânica e Atmosférica (NOAA).
"Isto não é apenas a descoberta de um naufrágio", disse o líder da expedição do NOAA, o pesquisador Joe Hoyt. 'É uma janela para uma histórica batalha e o quadro de um campo de batalha submarino da II Guerra Mundial'.
Em 15 de julho de 1942, um comboio de 19 navios mercantes, entre eles…

Veja relatos de gaúchos que afirmam ter feito contato com extraterrestres

Casos de abdução foram relatados em diversas cidades do interior do RS.
Estudiosos da ufologia descreveram ao menos 80 raças de extraterrestres.

20/10/2014 08h35 - Atualizado em 20/10/2014 08h35
Veja relatos de gaúchos que afirmam ter feito contato com extraterrestres
Casos de abdução foram relatados em diversas cidades do interior do RS.
Estudiosos da ufologia descreveram ao menos 80 raças de extraterrestres.
Do G1 RS

Existe vida inteligente em outros planetas? Ao longo dos anos, muitas pessoas já fizeram essa pergunta, mas até hoje ninguém conseguiu respondê-la de forma convincente. Não faltam, porém, pessoas que afirmam ter certeza de que extraterrestres já estão entre nós, inclusive gaúchos que afirmam já terem tido contato com eles, como mostra a reportagem do Teledomingo (veja o vídeo).
Há muito tempo o possível contato de humanos com seres de outras galáxias é motivo de curiosidade. Os mistérios do universo têm alimentado inúmeras histórias de ficção em filmes, livros e outras…

A jornada para construir um elevador até o espaço

A ideia de um elevador espacial parece ter saído de um livro sci-fi de Arthur C. Clarke – e saiu, mesmo. Mas há pessoas seriamente tentando construir um elevador para nos levar até o espaço: é um plano arriscado para criar um sistema de transporte viável entre o solo e um ponto de referência fora da atmosfera da Terra.

O elevador espacial não é apenas um devaneio steampunk. Se alguns incansáveis defensores desta ideia ​​conseguirem o que querem, ele sairá da ficção científica para ser construído no mundo real.

Um plano futurista (que surgiu há mais de 100 anos)
A ideia é futurista, mas também é bastante antiga: em 1895, o cientista russo Konstantin Tsiolkovsky elaborou uma proposta inicial para um elevador até o espaço, e este conceito básico ainda é usado em projetos atuais.

Ao longo dos anos, o entusiasmo com este projeto na comunidade de exploração espacial vem flutuando – às vezes aumenta, às vezes cai. Mas agora, alguns projetos de destaque estão trazendo o elevador espacial de …

Tecido espacial vira roupa íntima resistente ao calor

O tecido usado nas roupas dos astronautas foi adaptado para criar versões de roupas íntimas para metalúrgicos. [Imagem: Umbilical Design]

Roupas íntimas de segurança

Graças à Agência Espacial Europeia (ESA) e a um tecido de alta tecnologia usado em roupas espaciais, os operários metalúrgicos da Suécia estão começando a vestir roupa íntimas mais frescas e mais seguras.

Uma das estreantes da nova moda é Cathrin Persson, uma soldadora que trabalha na indústria do aço desde 1998.

Todos os dias, quando se veste para o trabalho, a metalúrgica tem um problema: há poucas opções de roupas íntimas no mercado resistentes ao calor e ao fogo - e nenhuma é para mulheres.

Assim, como a maioria dos operários das indústrias metalúrgicas, Cathrin usa roupas íntimas normais, o que está longe de ser o ideal porque o algodão queima com facilidade e retém o calor. E para as mulheres, a roupa íntima comum não cobre adequadamente a zona do peito.

"Quando se está soldando, voam faíscas. As faíscas caem …

'Clarão' teria sido gerado por foguete

Especialistas acreditam que a reintrodução de um foguete da Terra foi confundida com chuva de meteoros

O clarão visto no céu em vários municípios do Ceará, no início da noite de segunda-feira (20), classificado imediatamente como com uma chuva de meteoros gerada por fragmentos do cometa Halley, pode, na verdade, ter sido a reintrodução do corpo de um foguete na Terra. A tese é defendida por pesquisadores do Clube de Astronomia de Fortaleza (Casf) e do Grupo de Estudo e Pesquisa em Astronomia e Cosmologia (Gepac) do Instituto Federal do Ceará (IFCE), que acompanharam o fenômeno e discutiram o episódio ontem.

O argumento dos astrônomos, conforme o professor Dennis Weaver, membro do Casf, é que o clarão foi originado pelo choque do corpo do foguete Ariane 44L R/B, lançado em 2001, com a atmosfera, em seu retorno. De acordo com ele, é normal que alguns anos após o lançamento - o intervalo de tempo varia conforme a órbita - corpos de foguetes e satélites - os chamados lixos espaciais - se…

Paraplégico volta a andar após cirurgia revolucionária

O paciente Darek Fidyka, que tinha paralisia completa da cintura para baixo, consegue andar novamente após cirurgia pioneira (BBC Panorama/AFP)

Graças a um transplante de células da cavidade nasal, o búlgaro Darek Fidyka, de 40 anos, recuperou um rompimento total dos nervos da coluna vertebral. Feito é comparado à chegada do homem à Lua

Um homem paraplégico voltou a andar graças a um transplante de células nervosas realizado na Polônia, em uma operação sem precedentes. Darek Fidyka, um búlgaro de 40 anos, é a primeira pessoa no mundo a se recuperar de um rompimento total dos nervos da coluna vertebral. Ele recebeu um transplante de células de sua cavidade nasal para a medula espinhal e, após reabilitação de um ano, ele pode caminhar com o auxílio de um andador — Fidyka também recuperou algumas funções da bexiga e do intestino.

"Para mim, isto é ainda mais impressionante do que um homem caminhando na Lua", afirmou Geoffrey Raisman, professor do Instituto de Neurologia do Uni…

Hubble encontra galáxia extremamente distante através de lente gravitacional

O gigantesco enxame galáctico Abell 2744 é tão maciço que a sua poderosa gravidade curva a luz de galáxias ainda mais distantes, tornando estes objetos de outra forma invisíveis maiores e mais brilhantes.
Crédito: NASA, J. Lotz, STScI

Espiando através de uma lupa cósmica gigante, o Telescópio Espacial Hubble da NASA/ESA detectou uma galáxia pequena e ténue - uma das galáxias mais distantes já observadas. O pequeno objecto está a uma distância estimada em mais de 13 mil milhões de anos-luz.

Esta galáxia fornece um olhar sobre os anos mais jovens do Universo e pode ser apenas a ponta do iceberg.

"Esta galáxia é um exemplo do que se suspeita ser uma população abundante e subjacente de objetos extremamente pequenos e ténues que existiam cerca de 500 milhões de anos após o Big Bang, o início do Universo," explica o líder do estudo Adi Zitrin do Instituto de Tecnologia da Califórnia em Pasadena, no estado americano da Califórnia. "A descoberta diz-nos que galáxias ténues com…

É possível comprovar a aceleração do Universo?

A observação direta da aceleração do Universo pode ser obtida medindo variações de velocidade em nuvens de hidrogênio intergalácticas.[Imagem: APS/Alan Stonebraker/Wikimedia Commons/Diceman Stephen West]

Hipóteses não comprovadas

Depois dos questionamentos lançados sobre a inflação pós-Big Bang, agora é a vez de os astrofísicos tentarem se livrar dos incômodos ligados à aceleração cósmica.

O principal suporte observacional para a teoria da aceleração do Universo vem de dados coletados de supernovas.

Em 1998, astrônomos detectaram que algumas supernovas emitem uma luz fraca demais - portanto, estão mais distantes de nós do que seria esperado. Isso implica que o Universo está se acelerando, e não desacelerando, como as interações gravitacionais normais levavam a prever.

No entanto, esta conclusão pressupõe tanto a validade da relatividade geral de Einstein, quanto uma hipótese não comprovada - a de que o Universo seria homogêneo - a fim de derivar equações que relacionam a distância à …

Raio trator a laser puxa, breca e empurra partículas

As micropartículas são movimentadas no interior de um feixe oco de laser. [Imagem: Vladlen Shvedov et al. - 10.1038/nphoton.2014.242]

Puxa e empurra

Físicos australianos construíram um raio trator que consegue atrair e repelir objetos de dimensões micrométricas.

As partículas ainda são pequenas, mas o avanço é significativo em relação aos raios tratores fotônicos anteriores.

O primeiro raio trator foi demonstrado na prática em 2010, mas foi apenas em 2012 que surgiu um mecanismo capaz de puxar e empurrar nanopartículas usando um único feixe de luz.

O novo raio trator usa o mesmo princípio da versão de 2012, criada por uma equipe da Dinamarca e de Cingapura, mas é mais potente e opera a distâncias maiores.

Raio trator fotônico

O raio trator usa um feixe de laser "oco" para movimentar partículas com até 0,2 milímetro de diâmetro a uma distância de até 20 centímetros - dezenas de vezes mais do que as experiências anteriores.

Isto é suficiente para manipular partículas em exper…

Ovnis no Chile

Excelente série de documentários produzidos pela canal de tv TVN em 1998, onde são expostos e analisados casos da ufologia chilena. Os programas são conduzidos pelo jornalista Patricio Bañados.



















O Caso Pasten dividido em dois vídeos:



FONTE: TVN CHILE