Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Abril 28, 2019

Samantha Smith: a menina que tentou acabar com a Guerra Fria

Depois de visitar a União Soviética, a “mais jovem embaixadora” se tornou um símbolo da paz

Por Letícia Yazbek

Em 22 de julho de 1983, a americana Samantha Smith voltava aos Estados Unidos depois de uma visita à União Soviética - a convite de Yuri Andropov, líder do país. A "mais jovem embaixadora", Samantha foi considerada um símbolo de paz.

Era novembro de 1982 quando Samantha Smith, aos dez anos de idade, viu uma edição da revista Time que trazia na capa Yuri Andropov, recém-nomeado Secretário-Geral do Partido Comunista da União Soviética. A matéria traçava uma imagem negativa falava sobre as expectativas quanto às ameaças que sua ascensão ao poder representava aos Estados Unidos.

Ao ler sobre o clima de tensão entre Estados Unidos e União Soviética, Samantha perguntou à mãe, Jane Smith: “Se as pessoas estão com tanto medo dele, por que alguém não escreve uma carta para ele, perguntando se ele vai provocar uma guerra ou não?”. E Jane respondeu: “Por que você não faz isso…

Cabine do avião mais caro do mundo é divulgada na internet

Rara vista da cabine de comando do B-2 mostra evolução do modelo nos últimos 20 anos [compare com imagem abaixo]

Imagens mostram cockpit do B-2 Spirit o bombardeiro de US$ 2 bilhões do arsenal dos Estados Unidos

Por Edmundo Ubiratan | Fotos: Divulgação em 2 de Maio de 2019

Produtor norte-americano obtém as primeiras imagens da cabine de comando do bombardeiro B-2 Spirit, dos Estados Unidos. Considerado o mais caro avião da história, o B-2 tem custo unitário estimado em mais de US$ 2 bilhões, sendo a bala de prata do arsenal dos Estados Unidos. O avião construído como uma asa voadora é um dos três bombardeiros norte-americanos com capacidade de ataque nuclear e o único praticamente invisível a radares.

Embora tenha entrado em serviço ativo em 1997, o B-2 foi cercado de segurança e sigilo absoluto. Poucas imagens do interior foram divulgadas ao longo dos últimos 20 anos, com detalhes pouco reveladores sobre seu cockpit. Todavia, o produtor Jeff Bolton, em parceria com o jornal especial…

Astrônomos cariocas observam ovnis (Pesquisas 16)

Programa que aborda dois avistamentos clássicos de OVNIs, testemunhados por astrônomos de observatórios do Rio de Janeiro. Um dos casos foi registrado no século XIX no Observatório Imperial e o outro em 1959, no Observatório do Valongo. Documentos do Projeto Blue Book comprovam o interesse norte-americano nos casos ufológicos brasileiros!

Desenho do objeto feito pelo Astrônomo Mario Dias:





Este livro pode ser encontrado em sebos pelo Brasil.



FONTE: Enigmas e Mistérios

Veja também:

Pesquisa: mistério dos garfos entortados (01)

Queda de ovni em Cubatão - SP (Pesquisas 02)

Arquivo "X" Brasileiro: Caso Pedro de Toledo (Pesquisas 03)

Por onde passaram os dossiês de Ovnis da FAB? (Pesquisas 04)

Militar descreve ovni em manuscrito (Pesquisas 05)

OSNI na praia do Guarujá-SP em 1958 (Pesquisas 06)

Gravação e fotos sobre o Caso Maria Cintra (Pesquisas 07)

Ovnis nos aeroportos de Confins e Pampulha em Belo Horizonte-MG (Pesquisas 08)

Dom Hélder Câmara falou sobre extraterrestres (Pesquisas 09)

D…

Buracos negros: mistérios da Astronomia

Buracos negros são regiões super densas do espaço. Eles têm uma gravidade tão imensa que qualquer coisa por perto é sugada, para nunca mais escapar. Até mesmo a LUZ! É por isso que os chamamos os buracos negros.

Alguns buracos negros são pequenos. Alguns são ENORMES! Há buracos negros estelares, do tamanho equivalente a uma dúzia do nosso sol. E há buracos negros supermassivos (ou supermaciços), que são do tamanho equivalente a MILHÕES e MILHÕES do nosso sol! Os cientistas acham que existem buracos negros supermassivos no centro de cada galáxia. O buraco negro supermassivo no centro da nossa galáxia, a Via Láctea, é chamado de Sagitário A. Recentemente, o telescópio Event Horizon foi capaz de gerar uma imagem de um buraco negro supermassivo no centro da galáxia distante, Messier 87. Este buraco negro é conhecido como M87. Esta é a primeira imagem de um buraco negro! A imagem foi gerada usando sinais de rádio detectados pelo telescópio gigante.

Neste vídeo, falamos sobre como bura…

Detectores de onda gravitacional podem ter observado colisão entre estrela de nêutrons e buraco negro

Por Ryan F. Mandelbaum

Um par de objetos, cada um deles mais maciço que o Sol, mas com o diâmetro de uma cidade, mais uma vez produziu ondulações no espaço-tempo que foram observadas por detectores de onda gravitacional sensíveis na Terra. Porém, desta vez, os cientistas acham que podem ter medido algo ainda mais estranho do que o comum.

Depois de dar partida um mês atrás à sua terceira série de observações, os observatórios de ondas gravitacionais Virgo e os dois LIGO já mediram cinco possíveis sinais de onda gravitacional. Eles incluem três potenciais colisões entre buracos negros, um par de estrelas de nêutrons em colisão e talvez até mesmo uma estrela de nêutron colidindo com um buraco negro.

As colaborações científicas LIGO e Virgo estão divulgando suas detecções publicamente em tempo quase real para que os astrônomos em todo o mundo possam imediatamente dar sequência com suas próprias observações.

“Esperamos que haja muito mais informações por vir sobre as leis da natureza e do…

Entenda como Da Vinci desenhou o mapa aéreo de uma cidade em 1502

Especialistas não sabem se incoerências são erros matemáticos ou toques artísticos

A cartografia fascina pessoas ao redor do mundo. Entre os mapas antigos um se destaca: o da cidade de Imola, na Itália, feito por Leonardo da Vinci. O intelectual participou do projeto como assistente deCesare Borgia, um engenheiro militar, em 1502.

“Leonardo precisava mostrar Imola como um mapa iconográfico”, diz o vídeo do site Vox sobre o tema. O termo "iconográfico" foi cunhado pelo antigo engenheiro romano Vitrúvio para descrever a cartografia em estilo plano. Nenhuma rua ou prédio foi obscurecido, como é comum nos mapas de perspectiva oblíqua de morros ou montanhas.



Leonardo da Vinci usou a geometria para desenhar o mapa que surpreende até hoje pela fidelidade com que foi feito, além de uma bússola e um instrumento parecido com o que hoje chamamos de transferidor. O artista registrou meticulosamente os ângulos de cada curva e interseção na cidade, além de ter medido a distância entre el…

É difícil de acreditar o quão perto este asteroide vai passar da Terra

Uma simulação mostra o caminho esperado do asteróide 99942 Apophis. Os pontos azuis representam satélites em órbita e as linhas rosas representam a Estação Espacial Internacional: NASA

Por Ryan F. Mandelbaum

Enquanto as agências espaciais simulavam impacto de asteroides nesta semana durante a Conferência de Defensa Planetária de 2019, um outro monitoramento estava sendo feito em paralelo. Isso porque existe uma chance real de que um desses objetos passe bem perto da Terra daqui a apenas dez anos.

O 99942 Apophis está entre os mais infames objetos próximos da Terra. Quando astrônomos do Observatório Nacional de Kitt Peak o descobriram em 2004, foi calculada uma chance de 2,7% de que ele atingiria o nosso planeta e atribuído um nível 4 na escala de Turim, o maior nível de um objeto próximo à Terra dado até hoje.

Desde então, ele foi rebaixado e não representa mais uma ameaça ao planeta – porém, cientistas o monitoram e simulam o seu provável caminho.

“A aproximação de Apophis em 2029 s…

Cientistas encontram água no asteroide Itokawa

ESTUDO MOSTRA EVIDÊNCIAS DA EXISTÊNCIA DE ÁGUA NO ASTEROIDE ITOKAWA (FOTO: AGÊNCIA ESPACIAL JAPONESA (JAXA))

Amostras revelam que metade da água dos oceanos da Terra pode ter vindo do impacto de objetos parecidos

Um estudo publicado no periódico Science Advances mostrou, pela primeira vez, evidências da existência de água em um asteroide.

Os pesquisadores analisaram partículas de poeira fornecidas pela Agência Espacial Japonesa, JAXA, da superfície do Itokawa, um asteroide cujo material foi coletado pela sonda Hayabusa, que voltou à Terra em 2010, após passar sete anos no espaço.

Em duas das cinco partículas analisadas, os cientistas descobriram um mineral piroxena, que possui água em sua estrutura cristalina.


PARTÍCULAS DO ASTEROIDE ITOKAWA, FORNECIDAS PELA AGÊNCIA ESPACIAL JAPONESA, JAXA, FORAM ESTUDADAS POR PESQUISADORES DOS ESTADOS UNIDOS (FOTO: JAXA)

Eles suspeitaram que as partículas do Itokawa poderiam ter traços de água, já que o asteroide passou por mudanças de temperatura,…

O Gato de Schrödinger explicado

O gato de Schrödinger foi um experimento mental proposto pelo físico Erwin Schrödinger mais ou menos no surgimento da física quântica. A ideia é bem simples, mas muitas vezes a discussão interessante proposta por Schrödinger é deixada de lado. Apresento a vocês o gato de Schrödinger explicado!



FONTE: Ciência Todo Dia

NASA começa a detalhar seu plano de levar novamente astronautas à Lua em 2024

Por Patrícia Gnipper

Anteriormente, a ideia era retomar a visitação humana à Lua em 2028. No início do ano, o governo dos Estados Unidos pressionou a NASA, que então teve de antecipar esses planos para o ano de 2024. Só que o foguete Space Launch System (SLS), essencial para essa missão que engloba o retorno à Lua para que possamos ir depois a Marte, ainda não está exatamente pronto, e muita gente tem duvidado que a agência espacial conseguirá cumprir essa promessa dentro de menos de cinco anos. Agora, a NASA começou a detalhar esse plano para mostrar como realizará este feito.

Durante uma reunião conjunta do Space Studies Board e do Aeronautics and Space Engineering Board, que aconteceu no dia 30 de abril nos EUA, Bill Gerstenmaier, administrador associado da NASA, delineou o atual pensamento da agência para mostrar como ela será capaz de levar mais uma vez pessoas ao satélite natural da Terra — e dentro do cronograma atual.

Gerstenmaier explica que três lançamentos são exigidos par…

Madrepérola artificial é ideal para construir casas na Lua

Cada camada de madrepérola artificial tem cinco micrômetros de espessura. [Imagem: J. Adam Fenster/Rochester]

Conchas na Lua

Os primeiros astronautas a explorar a Lua de forma mais duradoura talvez não precisem morar em conchas, mas o material produzido por moluscos seria a opção ideal para construir as primeiras vilas lunares e marcianas.

É o que propõe uma equipe internacional trabalhando em conjunto na Universidade de Rochester, nos EUA.

A madrepérola, ou nácar, é um material duro e excepcionalmente resistente, produzido por alguns moluscos e que serve como a camada de revestimento interno das suas conchas - a camada externa das pérolas, com seu brilho intenso, também consiste de madrepérola.

O problema é que fabricar madrepérola artificialmente, em grandes quantidades, é ainda um desafio a vencer.

Ewa Spiesz e seus colegas encontraram um caminho para vencer esse desafio: Já que estavam se inspirando na natureza para fabricar um material ultraforte, ficaram na natureza mesmo, e en…

O grão de poeira estelar encontrado na Antártida que pode dar pistas sobre origem do Sistema Solar

O grão de poeira foi lançado por uma estrela que explodiu antes do nascimento do Sistema Solar (HEATHER ROPER/UNIVERSITY OF ARIZONA)

Trata-se de um pequeno grão de poeira que faz parte de uma estrela que deixou de existir há muito tempo.

Do tamanho de um micróbio, a amostra - lançada ao espaço por uma estrela que explodiu antes mesmo do nascimento do Sistema Solar - foi encontrada em um meteorito rochoso na Antártida.

A descoberta pode colocar em xeque as teorias atuais sobre como estrelas mortas se dispersam e semeiam matérias-primas no universo para a formação de planetas e, em última análise, moléculas precursoras da vida.

Raramente, esses grãos de poeira conseguem sobreviver ao caos, como a criação do Sistema Solar. Sendo assim, os cientistas esperam que a amostra ofereça pistas sobre a formação do mundo que nos rodeia.

"Por ser uma verdadeira poeira estelar, estes grãos pré-solares nos dão uma ideia dos blocos de construção a partir dos quais nosso sistema solar foi formado…

Como a Nasa se prepara para um eventual impacto de asteroide na Terra

Astrônomos de diferentes partes do mundo enfrentaram o desafio de calcular como desviar um asteroide da rota da Terra

Um asteroide se aproxima rapidamente da Terra. Mede entre 100 e 300 metros e, se atingir nosso planeta, liberará até 800 mil quilotoneladas (800 milhões de toneladas) de energia, provocando uma destruição sem precedentes.

O cenário é, de fato, apocalíptico. Mas que fique claro: não é real. Ainda assim, só imaginar isso é assustador.

A quantidade de energia liberada por esse asteroide poderia alcançar o equivalente a até 53 bombas de Hiroshima. Lançada pelos Estados Unidos contra o Império do Japão já no final da Segunda Guerra Mundial, a bomba atômica tinha "apenas" 15 quilotoneladas.

Data marcada

A Rede Nacional de Alerta de Asteroides (IAWN, na sigla em inglês) calculou que um asteroide poderia passar muito perto da Terra em oito anos – mais precisamente no dia 29 de abril de 2027 – e estimou haver 10% de chance de o objeto destruir o planeta.

Diante dessa…

Muito além da 'Mona Lisa': 11 legados científicos de Leonardo da Vinci, morto há 500 anos

Pelo menos duas de suas obras estão entre as pinturas mais conhecidas da humanidade: a 'Mona Lisa', atração do museu do Louvre, em Paris, e 'A Última Ceia', afresco que estampa parede de uma igreja de Milão. Mas o talento artístico é apenas um dos predicados que faz de Leonardo di Ser Piero da Vinci ser considerado por muitos o maior gênio da história da humanidade.

Edison Veiga
De Bled (Eslovênia) para a BBC News Brasil

Polímata inveterado, Da Vinci foi anatomista, pintor, escultor, arquiteto, botânico, poeta, músico, cientista, matemático, engenheiro, inventor... Encarnou como poucos o ideal do homem renascentista. A crítica de arte Helen Gardner (1908-1986), que foi professora na Universidade de Oxford, classificou-o como um homem de profundidade e talentos diversos sem precedentes. "Sua mente e personalidade nos parecem sobre-humanos."

A BBC News Brasil elencou algumas descobertas e estudos de Da Vinci, morto aos 67 anos em 2 de maio de 1519, que acabara…