Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Junho 24, 2018

Programa Fenômeno Ufo (Primeiro semestre 2018)

O ufólogo Luiz Ricardo Geddo, um dos grandes estudiosos sobre a vida extraterrestre, apresenta o programa que destaca casos envolvendo a vida fora de nosso planeta e seres que não pertencem a ele. Investigue as muitas moradas, seus aspectos e nossos “próximos” mais distantes através do Programa Fenômeno Ufo.





















FONTE: Programa Fenômeno Ufo

Série The West Wing tratou do assunto dos UFOs em vários episódios

Elenco da série The West Wing, na qual em várias ocasiões a temática ufológica foi mencionada
Créditos: NBC

A série The West Wing foi exibida pela rede NBC entre 1999 e 2006, focada nas decisões de bastidores na Casa Branca e no Salão Oval durante a administração democrata do presidente Josiah Bartlet, interpretado por Martin Sheen. Venceu 26 prêmios Emmy e três Globo de Ouro, e foi elogiada por cientistas políticos e até mesmo ex-funcionários do governo dos Estados Unidos. E, mesmo não sendo uma produção de ficção científica, em várias ocasiões houve discussões sobre os UFOs entre os personagens.

Nesses episódios era costumeira a participação do ator Sam Lloyd, interpretando o funcionário do Comando Espacial norte-americano Bob Engler. Entusiasta dos UFOs, Engler surgiu em certa ocasião discutindo em tom alarmado com o diretor de comunicações da Casa Branca Sam Seaborn, vivido por Rob Lowe. Engler insiste que uma informação a respeito de um UFO ter sido rastreado por radar seja com…

Contatos Imediatos do Terceiro Grau continua a render teorias de conspiração

deviantart.com

Contatos Imediatos do Terceiro Grau (Close Encounters of the Third Kind, Columbia Pictures, 1977) ocupa um lugar de destaque como uma das maiores produções cinematográficas de todos os tempos. A década de 70 havia sido muito difícil para a sociedade norte-americana, sentindo ainda os reflexos da Guerra do Vietnã e do escândalo Watergate, e Spielberg chegou com sua fábula sobre pacíficos visitantes do espaço, na esteira de outros filmes de ficção científica e temática espacial que contribuíram para elevar a moral da audiência, como Star Wars de 1977 e Superman de 1978. Contatos Imediatos foi ainda o primeiro filme com alienígenas de Spielberg, tema que o fascinava e ao qual voltaria em E.T.: O Extraterrestre, O Milagre Veio do Espaço e muitos outros.

Há muito se fala também que Contatos Imediatos fazia parte de um programa de gradual abertura quanto à questão ufológica, com apoio secreto de agências governamentais e até do próprio governo norte-americano, assunto que, c…

Crânio de quase dois mil anos, de vítima de erupção em Pompeia, é encontrado intacto

Por: George Dvorsky

No mês passado, arqueólogos na Itália encontraram restos de esqueletos de um um morador de Pompeia. Aparentemente, ele tinha tido sua cabeça esmagada por uma pedra gigante enquanto tentava fugir da erupção, que aconteceu na região a cerca de dois mil anos atrás. O crânio da vítima agora foi recuperado, e seu estado surpreendentemente conservado sugere uma outra causa de morte.

O Monte Vesúvio de Pompeia entrou em erupção no ano 79 d.C e o episódio ficou famoso por ter matado as vítimas instantaneamente, graças ao fluxo piroclástico, uma nuvem densa e rápida, que as deixou paralisadas na posição em que estavam.


Escavações realizadas em maio revelaram o esqueleto do homem, mas seu crânio estava desaparecido. Imagem: Parque arqueológico de Pompeia

Novas escavações no sítio arqueológico no final de maio, descobriu os restos de uma vítima: um homem com cerca de 30 anos que parecia ter sido atingindo por uma grande rocha enquanto tentava fugir. A rocha, que pesa quase 3…

Astrônomo descobre cinco aglomerados estelares no centro da Via Láctea

Pesquisador brasileiro encontrou os aglomerados globulares com o auxílio do telescópio WISE, da Nasa - CONCEPÇÃO ARTÍSTICA DA VIA LACTEA. (FOTO: NASA)

Depois de contribuir para a descoberta de sete aglomerados de estrelas no halo da nossa galáxia, o astrônomo brasileiro Denilso Camargo publicou nesta semana um artigo anunciando o achado de mais cinco aglomerados globulares localizados, desta vez, na região central da Via Láctea, conhecida como bojo.

Os aglomerados globulares são um conjunto esférico e recheado de milhares de estrelas antigas que servem como uma forma de entender a formação e a evolução das galáxias.

“Eles podem ser muito úteis para estudar a fase mais jovem de uma galáxia, pois uma coisa interessante sobre os aglomerados globulares é que eles foram os primeiros sistemas estelares a se formarem no Universo. São verdadeiros fósseis vivos do processo de formação das galáxias”, explica Camargo.

Os aglomerados descobertos pelo astrônomo brasileiro, por exemplo, têm entre …

A Via Láctea é cheia de gordura tóxica, mostra estudo

A quantidade de óleo em nosso sistema solar é o equivalente a 40 trilhões de trilhões de potes de manteiga - VIA LÁCTEA (FOTO: NASA/ JPL-CALTECH)

O espaço é escuro, gelado e... em sua maior parte, bastante sujo e viscoso.

Para além da poeira espacial e da radiação eletromagnética entre as estrelas da Via Láctea, há também um amontoado de sebo tóxico, ou, mais adequado, uma “graxa espacial”.

Essa formação oleosa é um composto de carbono e hidrogênio que tem o nome científico de carbono alifático. Ele é um dos vários tipos de carbono que preenche os vazios do espaço e pode ser um dos principais ingredientes para a formação de novas estrelas e planetas.

Isso é o que indica novo estudo realizado por astrônomos da Universidade de Nova Gales do Sul, na Austrália, e da Universidade de Ege, na Turquia, publicado no periódico científico Monthly Notices of the Royal Astronomical Society.

De acordo com os cientistas, é possível que a quantidade de partículas oleosas na Via Láctea seja cinco vez…

Como vídeos do Youtube levaram a uma descoberta científica

Uma cratera com um sistema clássico de raios formada na superfície de Marte entre Julho de 2010 (data da foto anterior sem a cratera) e Maio de 2012 (data desta foto).[Imagem: NASA]

Raios de cratera

O céu pode estar azul e sem nuvens, mas a verdade é que está sempre chovendo na Terra: chovendo pedras.

Todos os dias, a Terra é bombardeada por cerca de 100 toneladas de objetos que caem do espaço. Felizmente, a maioria vem na forma de poeira ou partículas do tamanho de grãos de areia, que são destruídas quando atingem a atmosfera superior.

O problema é quando elas são grandes o suficiente para chegar até o solo; e pior ainda quando são grandes o suficiente para fazer uma grande cratera.

Para calcular os efeitos de um impacto desses, e o risco que isso impõe à humanidade, os geólogos estudam as crateras feitas no passado, verificando que tamanho de meteorito é suficiente para causar que tipo de dano.

Mas havia um problema: Até agora, nenhum cientista havia conseguido reproduzir com preci…

Decifrada a Pedra de Roseta dos núcleos galácticos ativos

Ilustração da região central da galáxia ativa OJ 287 com um jato precessor. A precessão pode ou ser provocada por um buraco negro binário (inserção A) ou por uma disco de acreção desalinhado (inserção B).
Crédito: Axel M. Quetz/MPIA Heidelberg

Uma galáxia com pelo menos um buraco negro supermassivo ativo - de nome OJ 287 - tem provocado muitas irritações e questões no passado. A radiação emitida por este objeto abrange uma ampla faixa - desde o rádio até às energias mais altas no regime TeV. A potencial periodicidade desta emissão ótica variável fez desta galáxia uma candidata a hospedar um buraco negro binário supermassivo no seu centro. O objeto foi assim rotulado como a "pedra de Roseta" dos núcleos galácticos ativos, expressando a esperança de que pudesse ser um objeto prototípico e, uma vez decifrado, pudesse explicar as propriedades fundamentais dos buracos negros ativos em geral. Agora, uma equipe internacional de astrônomos liderada por investigadores do Instituto M…

"Pepitas vermelhas" são ouro galáctico para os astrônomos

Ilustração imagem de raios-X da "pepita vermelha" MRK 1216.
Crédito: raios-X - NASA/CXC/Universidade MTA-Eötvös/N. Werner et al.; ilustração - NASA/CXC/M. Weiss

Há cerca de uma década, os astrônomos descobriram uma população de galáxias pequenas, mas massivas, a que chamaram "red nuggets" (pepitas vermelhas). Um novo estudo com o Observatório de raios-X Chandra da NASA indica que os buracos negros "esmagaram" a formação das estrelas nessas galáxias e podem ter usado parte do seu combustível estelar para crescer até proporções invulgarmente massivas.

As "pepitas vermelhas" foram descobertas pela primeira vez pelo Telescópio Espacial Hubble a grandes distâncias da Terra, correspondendo a épocas apenas três ou quatro bilhões de anos após o Big Bang. São relíquias das primeiras galáxias massivas que se formaram apenas um bilhão de anos após o Big Bang. Os astrônomos pensam que são os antepassados das gigantescas galáxias elípticas vistas no Univers…

Um teste galáctico esclarecerá a existência da matéria escura

Esta imagem mostra a distribuição da matéria escura (cima) e das estrelas (baixo).
Crédito: E. Garaldi, C. Porciani, E. Romano-Díaz/Universidade de Bona para a Colaboração ZOMG

Investigadores da Universidade de Bona e da Universidade da Califórnia em Riverside usaram sofisticadas simulações de computador para criar um teste que pudesse responder a uma questão candente na astrofísica: será que a matéria escura realmente existe? Ou será que a lei gravitacional de Newton precisa de ser modificada? O novo estudo, publicado na Physical Review Letters, mostra que a resposta está escondida no movimento das estrelas dentro de pequenas galáxias satélite que giram em torno da Via Láctea.

Usando um dos supercomputadores mais rápidos do mundo, os cientistas simularam a distribuição da matéria nas chamadas galáxias "anãs" satélite. Estas são pequenas galáxias que rodeiam, por exemplo, a Via Láctea ou Andrômeda.

Os investigadores focaram-se na denominada "relação de aceleração radia…

Arqueólogos encontram objetos vikings com ornamentos de dragão misterioso

O DRAGÃO NEGRO DE 4,5 CM MOLDADO EM CHUMBO. (FOTO: LENA HOLMQUIST; ANTIQUITY 2018)

Com pontudo chifre e dentes pontudos, criatura foi moldada em chumbo no século 9

Cerca de 130 anos atrás, um fazendeiro sueco estava trabalhando em suas terras quando se deparou com uma pedra diferente. Nela estava entalhado o que ficou conhecido como dragão negro, uma criatura de origem viking com um pontudo chifre na cabeça, uma juba enrolada pelo pescoço, boca aberta tem dentes pontudos e uma língua que quase sai do focinho.

Hoje abrigado no Museu de História da Suécia, acredita-se que era usado para moldar metais, mas nenhuma cabeça de dragão havia sido encontrada, pelo menos até recentemente. Em pesquisa publicada no periódico Antiquity, arqueólogos revelaram que, ainda em 2015, estavam vasculhando o sítio arqueológico de Birka, que serviu como um centro comercial fortificado dos vikings entre os séculos sete e dez, quando descobriram um dragão de metal que coincidia com o molde encontrado em 1887…

Será que menor computador do mundo é mesmo um computador?

O menor computador do mundo faz um grão de arroz (esquerda) parecer uma estrutura gigantesca.[Imagem: Umich]

Menor computador do mundo

Em março deste ano, engenheiros da IBM anunciaram ter construído o menor computador do mundo.

Engenheiros da Universidade de Michigan, nos EUA, se sentiram incomodados, já que vêm desenvolvendo sua chamada poeira eletrônica há vários anos.

Os motes - ou "ciscos eletrônicos" - têm pequenos processadores que executam programas em um sistema operacional rudimentar, que lhes permite acessar pequenos bancos de memória RAM e memória flash, bem como se comunicar por ondas de rádio e luz.

Para demonstrar que não estão fora do páreo, David Blaauw e seus colegas apresentaram agora sua última versão de grão de poeira computadorizado: um dispositivo que mede apenas 0,3 mm de aresta, o que é cerca de 10 vezes menor do que o microcomputador da IBM.

Será mesmo um computador?

Essa corrida rumo à miniaturização levantou um debate interessante: O que realment…

E-derme dá sensação de toque e dor a mão biônica

A e-derme usa um modelo neuromórfico para traduzir os sinais eletrônicos em estímulos nervosos. [Imagem: Luke E. Osborn et al. - 10.1126/scirobotics.aat3818]

Pele eletrônica

Engenheiros biomédicos criaram uma nova geração de pele eletrônica capaz de restaurar um senso de toque verdadeiro em pacientes que perderam membros e usam próteses.

"Depois de muitos anos, eu senti minha mão, como se uma concha vazia tivesse sido enchida com vida novamente," disse o testador anônimo que serviu como voluntário da equipe da Universidade Johns Hopkins, nos EUA.

Feita de tecido e borracha e incorporada com sensores para imitar as terminações nervosas, a e-derme - uma derme eletrônica - recria não apenas a sensação de toque, mas também estímulos sensoriais, como a dor, e retransmite os impulsos de volta aos nervos periféricos.

A inspiração na biologia humana significa que a pele eletrônica permite que o usuário sinta um espectro contínuo de percepções táteis, desde o toque leve até estímulo…

NASA adia mais uma vez lançamento do telescópio espacial James Webb

Construído em 2016, o telescópio espacial James Webb estava inicialmente programado para ser lançado ao espaço em 2018. Só que, em março, a NASA decidiu adiar seu lançamento para o ano de 2020. Agora, a agência espacial dos EUA anunciou que o lançamento deste que será o sucessor do Hubble acontecerá somente em 30 de março de 2021.

Mas o atraso do lançamento é, na verdade, uma boa notícia. Problemas técnicos que vêm acontecendo nos últimos tempos ameaçariam a vida do James Webb caso o cronograma fosse mantido. Afinal, caso algo desse errado depois de o telescópio ser disparado para o espaço, um reparo em órbita ficaria praticamente impossível de acontecer.

Desta vez, um relatório de 69 páginas mostra, entre outras coisas, uma anomalia em testes da espaçonave — especificamente, parafusos e arruelas que fazem parte do escudo de proteção solar se soltaram do equipamento. Então, é necessário mais tempo para que a equipe consiga identificar a causa do problema, corrigindo-o definitivamente…

Cientistas desvendam mistério: objeto em forma de charuto é cometa, e não asteroide

Os cientistas concluem que o objeto interestelar 'Oumuamua deve ser muito alongado por causa de suas variações dramáticas no brilho quando ele cai no espaço. Eles também concluem que as aberturas na superfície devem ter emitido jatos de gases, dando ao objeto um leve aumento na velocidade, que os pesquisadores detectaram medindo a posição do objeto quando este passou em 2017.
Créditos: NASA / JPL-Caltech

O objeto interestelar em forma de "charuto" que atravessou o Sistema Solar no final de 2017, batizado por astrônomos de 'Oumuamua, continua surpreendendo.

Quando os pesquisadores o viram pela primeira vez, não identificaram nele a cauda ou coma - a nuvem de gelo e poeira característica dos cometas - e o consideraram um asteroide.

Mas isso não explicava de forma satisfatória o comportamento do corpo celeste.

Agora, cientistas trabalham com a hipótese de que ele seja, de fato, um cometa, levando valiosas informações sobre sistemas planetários distantes.


Os cometas são…

O mistério do caçador aborígene gigante desenhado em região deserta na Austrália

Desenho de homem de 4,2 km de 'altura' foi avistado pela primeira em 1998 por piloto de helicóptero

Esta semana completa 20 anos que um piloto de helicóptero sobrevoando a Austrália central avistou um homem gigante "desenhado" na superfície do deserto abaixo.

A figura, que se estende, dos pés à cabeça, sobre uma área de 4,2 km em um planalto remoto no Estado da Austrália do Sul, é frequentemente apontada como representação de um caçador aborígene.

Ela foi apelidada de Marree Man, ou Homem Maree, em referência à cidade de Marree, situada nas proximidades. Trata-se de um dos maiores desenhos do mundo gravados no solo.

Mas quem o criou e por que ainda são questões cercadas de mistério.

No início desta semana, o empresário australiano Dick Smith ofereceu uma recompensa de US$ 5 mil (o equivalente a R$ 19.800) por qualquer informação sobre a origem do trabalho artístico.

"Como isso foi mantido em segredo durante 20 anos?", disse ele nesta semana à Australian Br…

Modelo de disco voador nazista é retirado de prateleiras por fabricante norte-americano

Arte da caixa do modelo para montar do disco voador nazista Haunebu II
Créditos: Revell

Há décadas a Ufologia Mundial convive com a teoria de conspiração que alega que os nazistas, seja pelo esforço de seus cientistas ou por terem obtido acesso á tecnologia alienígena de UFOs acidentados, em casos dos quais não existe praticamente qualquer evidência, construíram várias naves similares a discos voadores. Um deles foi o Haunebu II, que a fabricante de miniaturas norte-americana Revell oferece na escala 1:72 em um kit plástico para montar. A marca possui inúmeros outros modelos dos mais variados veículos, muitos dos quais de franquias de ficção, como evidentemente o próprio Haunebu II é igualmente uma peça de ficção.

Na planta do modelo descreve-se o disco nazista como tendo sido construído em 1943, sendo capaz de voar a 6.000 km/h e que foi o primeiro objeto construído pelo homem capaz de voar no espaço. A arte na caixa mostra o suposto UFO nazista combatendo bombardeiros Convair B-36…

Tecnologias de Star Trek que já existem (ou quase)

Star Trek, ou Jornada nas Estrelas (como a produção ficou conhecida aqui no Brasil), foi criada por Gene Roddenberry, com a primeira temporada da série clássica indo ao ar em 1966. Desde então, Star Trek se tornou parte da cultura pop mundial, mantendo a chama trekker acesa ao longo das gerações, com novas séries e filmes que continuam sendo produzidos até os dias de hoje.

Entre outros motivos, Star Trek conquistou os corações dos amantes da ficção científica também por levar à telinha tecnologias futuristas que, até então, só existiam em universos fictícios, além do imaginário popular. Só que décadas se passaram e a tecnologia do mundo real evoluiu a ponto de, hoje, usarmos gadgets e soluções similares às de Star Trek — coisas que, na época do lançamento da série original, eram somente um sonho distante.

Então vamos à lista de tecnologias presentes em Jornada nas Estrelas que já existem (ou estão quase lá):

Tradutores universais

Este é um "quase" que está muito próximo de …

Muito legal! Astronomia em libras

Por http://press.exoss.org

Ensinar astronomia é um grande desafio para todos. Despertar o interesse pela ciência desde cedo nas crianças é uma das forças que move os amantes da astronomia, amadores e profissionais.

Mas a astronomia precisa também ser de inclusão. E esta necessidade de traduzir a astronomia para pessoas surdas, foi o que o motivou o Bruno Xavier a iniciar o trabalho Astronomia em Libras em 2017, produzindo conteúdo de excelente qualidade e gratuitamente para este público.

Mas afinal, quem é o Bruno? Acompanhe a entrevista a seguir, que ele gentilmente nos concedeu.



Conte-nos um pouco quem é o Bruno Xavier?

Atuo como designer e astrônomo amador. Sou graduado pelo Universitário Centro Universitário Belas Artes de São Paulo em Design Gráfico e também cursei pós-graduação em Ensino de Astronomia, na Unicsul. Além de minhas atividades ligadas à Astronomia, trabalho em uma agência de publicidade.

Nasci em São Paulo/SP, moro nessa cidade, sou casado e portador de deficiência …

Cientistas descobrem moléculas necessárias para a vida em lua de Saturno

Lua de Saturno contém complexas moléculas baseadas em cabono, mas ainda não é possível afirmar se isso é um sinal de vida

Mary Halton
Da BBC News

Cientistas descobriram a existência de complexas moléculas baseadas em carbono nas águas de Enceladus, uma lua de Saturno.

Até agora, tais moléculas só haviam sido encontradas na Terra e em alguns meteoritos.

Acredita-se que elas tenham sido formadas por reações entre a água e rochas mornas em um oceano subterrâneo de Enceladus.

Embora isso não seja um sinal de existência de vida, indica que a lua de Saturno pode ser capaz de abrigar organismos que já existam.

A descoberta foi feita pela análise de dados coletados pela sonda Cassini.

Precursoras necessárias para a vida
"Essas enormes moléculas contêm uma complexa rede geralmente constituída por centenas de átomos", diz o autor do estudo, Frank Postberg.

"Trata-se da primeira detecção da história de organismos dessa complexidade em um ambiente aquático extraterrestre."

Na…