Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Novembro 2, 2014

Matéria de Capa - Vida Extraterrestre

Pela primeira vez desde o início da conquista espacial, a Nasa admite a possibilidade de existência de vida extraterrestre. E os cientistas deram até um prazo para a confirmação dessa hipótese: apenas duas décadas. Será que um dia ainda vamos conviver com seres estranhos vindos de outros planetas ou galáxias? Durante muito tempo, os cientistas evitaram o assunto e teriam até escondido evidências da existência de alienígenas. Mas, agora, o que teria levado integrantes da Agência Espacial Americana a admitir esta hipótese?



FONTE: MATÉRIA DE CAPA/TV CULTURA

Veja como é incrível brincar com uma bolha de água no espaço

Além de realizar uma série de missões de pesquisa, os astronautas que realizam expedições à Estação Espacial Internacional também têm bastante tempo livre. E como passar horas dentro de uma estrutura no espaço? Brincado com a microgravidade, claro!

Eles resolveram explorar o fenômeno junto com a tensão superficial da água (aquela "camada" que permite que certos objetos flutuem ou que animais caminhem sobre o líquido). Para isso, criaram uma espécie de bolha e passaram um bom tempo moldando o objeto.

Para completar a brincadeira, eles colocaram uma GoPro devidamente protegida dentro da bolha e atravessaram o líquido com o equipamento. O vídeo foi produzido por Steve Swanson e Reid Wiseman, junto com Alexander Gerst, da Agência Espacial Europeia.

O vídeo acima já mostra bem a brincadeira, mas o destaque vai para a versão em 3D estereoscópico, que mostra todos os efeitos da gravação. Para assistir ao clipe, é preciso clicar aqui e estar munido de óculos especiais (como aqueles…

Estudo revela que primeiros europeus sobreviveram à Era do Gelo

O DNA recuperado de um osso fossilizado da perna de um homem que viveu há 36 mil anos sugere que os primeiros europeus sobreviveram à Era do Gelo, revelam pesquisadores nesta quinta-feira.
Os pesquisadores da Universidade de Copenhague utilizaram o DNA de um fóssil conhecido por Kostenki 14 para seu estudo, publicado na revista Science.
O genoma deste caçador é o segundo mais antigo já sequenciado de um humano moderno e foi encontrado na região que hoje é o oeste da Rússia.

Quando os investigadores o compararam a outros genomas de humanos antigos, encontraram um nível "surpreendente" de semelhança genética com os primeiros europeus conhecidos.
Isto sugere que alguns "caçadores-coletores do Paleolítico com ancestrais comuns conseguiram sobreviver à 'Última Máxima Glacial' e colonizar a massa continental da Europa durante mais de 30 mil anos", destaca a equipe.
O gelo avançou e recuou durante estas dezenas de milhares de anos e neste período algumas culturas…

Mais uma vez o "sistema" da sua cartada (Justiça Federal do DF decide: Juscelino Kubitschek não foi assassinado e ponto final)

A Comissão Nacional da Verdade apresentou relatório que indica que o ex-presidente Juscelino Kubitschek

Na ação, Comissão Vladimir Herzog pretendia que a CNV não divulgasse seu relatório sem considerar pesquisa da comissão municipal sobre o caso.
Segue nota que este blog recebeu nesta sexta-feira, 7, da Comissão Nacional da Verdade:
O Juiz Federal João Luiz de Sousa, da 15ª Vara Federal do Distrito Federal, extinguiu mandado de segurança impetrado pela Comissão da Verdade da Câmara de Vereadores de São Paulo Vladimir Herzog contra a Comissão Nacional da Verdade. A decisão é do último dia 4 e a CNV foi notificada nesta sexta-feira
No mandado de segurança, a Comissão Vladimir Herzog, presidida pelo vereador paulistano Gilberto Natalini, alegava que a CNV não poderia emitir seu relatório final sem analisar o relatório da comissão paulistana, que apontava que o ex-presidente foi assassinado.
Em 22 de abril de 2014, a Comissão Nacional da Verdade apresentou em Brasília relatório prelimina…

Metade das estrelas pode estar fora das galáxias

Este gráfico ilustra como a equipe mediu um brilho difuso de infravermelho preenchendo de luz os espaços entre as galáxias. Em primeiro lugar, imagens do céu foram coletadas em vários voos de foguetes - uma pequena parte da imagem é mostrada à esquerda. O próximo passo foi remover todas as estrelas e galáxias conhecidas. Os dados restantes revelam padrões de grande escala de luz com aglomerados que são maiores do que as próprias galáxias (centro). Suavizando os dados, é possível ver os padrões de grande escala (à direita).[Imagem: NASA/JPL-Caltech]

Luz de Fundo Extragaláctica

Astrônomos acreditam ter encontrado indícios de que metade das estrelas do Universo não faz parte de galáxias, vagando isoladas pelo enorme espaço intergaláctico.

Há muito se debate a origem da "Luz de Fundo Extragaláctica" (LFE) - as galáxias conhecidas não emitem luz suficiente para explicar todo o brilho que é captado quando observamos o céu - essa radiação fica na faixa infravermelha do espectro.

H…

Empresário equipara intelecto artificial a demônio descontrolado

O portal de Internet Techcrunch informa que Elon Musk, eminente homem de negócios e fundador das companhias Tesla Motors e Space X, declarou que o intelecto artificial pode representar uma ameaça grave para a humanidade.

Durante a intervenção de Musk no simpósio jubilar do Instituto Tecnológico de Massachusetts alguém perguntou a este homem de negócios o que pensa sobre as perspectivas de criação do intelecto artificial. Musk respondeu que esta esfera requer um cuidado especial porquanto o “intelecto artificial é a maior ameaça à existência da humanidade”.
“Convenço-me cada vez mais de que é preciso pensar sobre a solução desta questão ao nível estatal e internacional. Isto vai-nos dar a certeza de que não cometemos um erro terrível. Na realidade, o que fazemos ao criar o intelecto artificial é invocar demônios. Vocês conhecem estas histórias em que o herói, com água benta, faz um desenho de pentagrama e invoca o demônio. Sim, estão certos de que poderão controlá-lo mas isso não é ve…

Robô tentará pousar em cometa pela primeira vez no próximo dia 12

Imagem divulgada pela ESA (Agência Espacial Europeia) mostra o cometa 67P/Churyumov no qual pousará a Rosetta

Está marcada para o próximo dia 12 de novembro uma missão que pode ser um feito inédito para o homem no espaço.

Nesta data, a agência espacial da Europa tentará pousar um robô em um cometa.

Se conseguir, será a primeira vez que uma sonda aterrissará nestes corpos congelados.

O robô Philae será ejetado da espaçonave Rosetta em direção ao cometa 67P/Churyumov, que tem 4 km de largura, na manhã do dia 12.

O local escolhido para o pouso é uma das extremidades do cometa, que tem a forma parecida com a de um pato de brinquedo.

A espaçonave estará a 509 milhões de quilômetros da Terra neste momento.

Será o ponto alto de uma missão que começou há quase uma década.

Experimentos

Espera-se que descida da sonda até o cometa, que estarão a 20 km de distância um do outro, leve em torno de sete horas.

Meia hora depois, os cientistas saberão se a missão foi bem-sucedida ou não.

Existe o risc…

Imagem revolucionária obtida pelo ALMA revela gênesis planetária

Esta é a imagem mais nítida alguma vez obtida pelo ALMA - mais nítida ainda que as imagens no visível obtidas de forma rotineira pelo Telescópio Espacial Hubble da NASA/ESA. A imagem mostra o disco protoplanetário que rodeia a estrela jovem HL Tauri. Estas novas observações ALMA revelam subestruturas no seio do disco que nunca tinham sido observadas até hoje, mostrando as possíveis posições de planetas a formarem-se nas regiões escuras do sistema.
Crédito: ALMA (ESO/NAOJ/NRAO)

Esta nova imagem obtida com o ALMA (Atacama Large Millimeter/submillimeter Array), revela um detalhe extraordinário, nunca observado até hoje, de um disco de formação planetária em torno de uma estrela jovem. Estas são as primeiras observações do ALMA feitas com a sua configuração quase final e as imagens mais nítidas obtidas até à data no submilimétrico. Os novos resultados constituem um enorme passo em frente no estudo do desenvolvimento de discos protoplanetários e formação de planetas.

Para as primeiras obs…

O que sabemos sobre viagem no tempo

A viagem no tempo é um dos maiores sonhos da humanidade há séculos. É um assunto bastante popular e presente em muitos filmes e obras de ficção, inspirando de tudo desde Um Conto de Natal, de Charles Dickens,passando por A Máquina do Tempo, de H.G. Wells, até O Planeta dos Macacos. Com a estreia de Interestellar hoje, estamos prestes a fantasiar ainda mais com isso.

E sabe o que é mais fantástico? A viagem no tempo provavelmente é possível.

O que é quase impossível
Vamos começar com as notícias ruins. Provavelmente não podemos viajar de volta no tempo e assistir aos egípcios construindo as pirâmides. No século passado, cientistas criaram diversas teorias que sugeriam que de fato é plausível dar um passo em direção ao futuro; voltar no tempo, infelizmente, é muito mais complicado. Mas não é necessariamente impossível.

Albert Einstein lançou as bases para a maior parte da ciência teórica que rege as pesquisas de viagens no tempo da atualidade. Claro, cientistas que vieram antes dele, c…

NASA resolveu preparar astronautas para se comunicar com alienígenas

A agência espacial americana, NASA já não tem como esconder evidências cada vez mais contundentes de vida fora da Terra, muitos ex astronautas têm vindo a público e relatado suas experiências com o dito fenômeno, oque confere ainda mais credibilidade ao assunto e derruba as teorias que tais seres não teriam ainda mantido contato, chegado a Terra. A NASA possuí sim informações sobre a visita destes seres, porém é uma agência militarizada, oque causa ainda maior dificuldade nas divulgações por implicar segredos tecnológicos e bélicos.



FONTE: JORNAL DA CULTURA

Astrônomos resolvem puzzle de objeto bizarro dentro da nossa galáxia

Imagem capturada pelo Observatório W. M .Keck no infravermelho próximo que mostra que G2 sobreviveu à sua maior aproximação do buraco negro no centro da nossa Via Láctea. O círculo verde mostra a localização do buraco negro supermassivo.
Crédito: Andrea Ghez, Gunther Witzel/UCLA/Observatório W. M. Keck

Há anos que os astrônomos se interessam por um objeto bizarro no centro da Via Láctea, que se pensava ser uma nuvem de hidrogênio gasoso em direção ao enorme buraco negro da nossa Galáxia.

Tendo estudado a nuvem este Verão, durante a sua maior aproximação ao buraco negro, astrónomos da UCLA (Universidade da Califórnia em Los Angeles, EUA), acreditam ter resolvido o enigma deste objeto conhecido como G2.

Uma equipe liderada por Andrea Ghez, professora de física e astrônomia da mesma universidade, determinou que G2 é provavelmente um par de estrelas binárias que tem estado a orbitar o buraco negro em conjunto e que se fundiram numa única estrela extremamente grande, envolta em gás e poei…

VLT detecta luz exozodiacal

Esta impressão artística mostra um planeta imaginário em órbita de uma estrela próxima com a brilhante luz exozodiacal que se estende pelo céu ofuscando a Via Láctea. Trata-se de radiação estelar refletida por poeira criada a partir de colisões entre asteróides e evaporação de cometas. A presença de tais nuvens espessas de poeira nas regiões internas em torno de algumas estrelas poderá dificultar a obtenção de imagens diretas de planetas do tipo terrestre.
Crédito: ESO/L. Calçada

Com o auxílio do Interferómetro do VLT (Very Large Telescope) a operar no infravermelho próximo, uma equipa de astrónomos observou 92 estrelas próximas para investigar a luz exozodiacal originada por poeira quente perto das suas zonas habitáveis e combinou estes novos dados com observações anteriores. Descobriu-se esta radiação brilhante - criada por grãos de poeira exozodiacal quente resplandecente ou pela reflexão da radiação estelar nestes grãos - em torno de nove das estrelas observadas.

A luz zodiacal p…

Metro cúbico mais frio do Universo vai desvendar antimatéria

Nada no Universo conhecido, natural ou feito pelo homem, é tão frio quanto o interior da câmara do experimento Cuore.[Imagem: Cuore/Laboratório Nacional Gran Sasso]

Frio universal

Enquanto a NASA se prepara para criar a matéria mais fria do universo dentro da Estação Espacial Internacional, em um laboratório subterrâneo na Itália, uma equipe internacional de cientistas já criou o metro cúbico mais frio de que se tem notícia.

A câmara, aproximadamente do tamanho de uma geladeira, atingiu 6 milliKelvin, ou -273,144º C.

O teste é uma preparação para um estudo inédito sobre os neutrinos, partículas um tanto fantasmagóricas que podem ser a chave para a existência da matéria, esta matéria de que somos feitos.

A colaboração responsável pela refrigeração recorde é chamada CUORE (Cryogenic Underground Observatory for Rare Events, ou Observatório Criogênico para Eventos Raros). A colaboração CUORE é formada por 157 físicos da Itália, China, EUA, Espanha e França, e está trabalhando nas instala…

Dan Aykroyd: “Os alienígenas estão enojados conosco”

O ator norte americano Dan Aykroyd está convencido de que as formas de vida alienígenas se recusam a fazer contato com a raça humana porque somos vistos como “uma espécie violenta, depravada e nojenta“.
O astro do filme “The Blues Brothers” é um estudante diligente de avistamentos extraterrestres e afirma ter encontrado OVNIs em várias ocasiões nos Estados Unidos.
Ele até mesmo insiste ter visto dois objetos suspeitos no céu quando se desenrolavam os horrores do ataque de 2001 do World Trade Center em Nova Iorque, e acredita que o avistamento nos dá uma dica do porquê dos alienígenas não quererem nos contatar.
Aykroyd disse ao The Sunday Times Magazine: “(É) porque somos uma espécie violenta. Eles não querem nada conosco. Eles nos vigiam. Havia dois globos brancos sobre Nova Jersey quando a segunda torre caiu em 11/9. Eles ficaram sobre a CNN por aproximadamente dois minutos. Eles nunca se mostraram novamente. Você pode imaginar o que estava passando por suas mentes avançadas qu…

Por que o governo francês tem uma equipe de investigadores de ovnis?

Milhares de avistamentos de OVNIs são reportados todos os anos, mas não são muitos os países que estão dispostos a despender dinheiro para investigá-los; e na Europa só sobrou uma equipe dedicada à essa tarefa. Será que França sabe de algo?
Você não precisa de uma máquina do tempo quando visitar o quartel general do Centro Espacial Francês, em Toulouse; ele já é um retorno à década de 1970. Gramados ao longo de amplas avenidas com pesados blocos de escritórios longos e retangulares em cada lado. É quase como um estilo soviético no coração da sul da França. Há alguns poucos sinais de vida, embora 1.500 pessoas, a maioria delas civis, trabalham em escritórios pequenos ao longo de corredores estreitos e pouco atraentes.
A França possui a maior agência espacial na Europa – resultado da corrida espacial da década de 1960 e da grande determinação do Presidente Charles de Gaulle em manter a França independente dos EUA na construção de seus próprios satélites, lançadores de foguetes e no…

Universos paralelos existem, alegam cientistas

Imagine um mundo onde os dinossauros não se tornaram extintos, a Alemanha venceu a Segunda Guerra Mundial e você nasceu em outro país.
Estes mundos poderiam existir hoje em universos paralelos, os quais interagem constantemente um com o outro, de acordo com um grupo de pesquisadores estadunidenses e australianos.
Parece soar como ficção científica, mas essa teoria poderia resolver algumas das irregularidades da mecânica quântica que têm intrigado os cientistas por séculos.

A equipe de pesquisadores propõe que os universos paralelos realmente existem e que eles interagem entre si. Isto é, ao invés de evoluírem independentemente, eles influenciam uns aos outros por uma força de repulsão sutil. Os cientistas alegam que tais interações poderiam explicar tudo que é bizarro sobre a mecânica quântica.
Os participantes desta equipe de pesquisadores, são da Universidade Griffiths (Austrália) e da Universidade da Califórnia (EUA).
A mecânica quântica é notoriamente difícil de compreender, ex…

Astrônomos descobrem exoplaneta com problemas de “pontualidade”

De acordo com Anthony Wood do site Gizmag, uma equipe de pesquisadores da Universidade de Yale, em conjunto com os colaboradores do programa Planet Hunter, descobriu um exoplaneta incapaz de se manter pontual. O astro — de baixa densidade, pouca massa e envolto por uma atmosfera rica em hélio e hidrogênio — se encontra a 2,3 mil anos-luz da Terra e foi batizado com o nome de PH3c.

O programa Planet Hunter conta com a participação de mais de 300 mil cientistas amadores, e consiste em uma iniciativa coordenada pela Universidade de Yale e de Oxford. Esse pessoal todo se dedica a revisar os dados coletados pelo telescópio espacial Kepler em busca de padrões que normalmente passam despercebidos aos “olhos” de computadores, e mais de 60 candidatos a exoplanetas já foram encontrados pelos voluntários desse programa.

Período orbital exótico

Mas, voltando ao PH3c... segundo Wood, os problemas de “pontualidade” se devem ao fato de o período orbital do astro ser extremamente inconsistente. De a…