Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Novembro 12, 2017

Incrível relato de um avistamento ovni no Chile em 1997

Os avistamentos e contatos com objetos voadores não identificados (Ovnis) não são novos na Província de Malleco no Chile. Neste setor da IX Região, tem sido qualificado pelos investigadores no tema como uma "zona quente", forma que se denomina locais onde há alta frequência de avistamentos. Este relato foi retirado dos arquivos do ex oficial de Carabineros, Raúl Gajardo Leopold, que há muitos anos é membro do Centro Investigador de Fenómenos Aéreos Anómalos (Cefaa) que faz parte da Dirección de Aeronáutica de la Fuerza Aérea de Chile.

Relato

Depois de vários meses, o técnico agrícola Jesús Martín Contreras com 36 anos na época do fato, relatou a extraordinária experiência que mudou sua forma de ver o mundo. Aos fins de junho de 1997, aproximadamente ás 19:30 h (Horário local), depois de haver anoitecido e o céu repleto de estrelas, voltava de automóvel vindo de Los Sauces à Angol, acompanhado do seu amigo funcionário público em Purén, Israel Luengo (42 anos na época).

Falt…

Aeronave não identificada foi perseguida no estado norte-americano do Oregon

Interceptadores F-15C foram enviados para tentar identificar o intruso, sem sucesso

Intruso foi acompanhado pela autoridade de aviação civil norte-americana e pela defesa aérea, e ordens teriam sido dadas a controladores para acobertar o caso

Em 25 de outubro último aconteceu um incidente nos céus do estado norte-americano do Oregon. A autoridade de aviação civil dos Estados Unidos, a FAA, acompanhou as evoluções de uma aeronave não identificada por meio das observações feitas pelas tripulações de vários aviões de carreira passando pela área. Ao mesmo tempo o comando de Defesa Aeroespacial daquele país, o Norad, chegou a acionar caças interceptadores McDonnel Douglas F-15C Eagle a fim de tentar identificar o intruso, o que não foi possível. A descrição do caso surgiu no site Reddit e seria facilmente deixada de lado, caso o jornalista especializado em aviação Tyler Rogoway, que escreve para o site The Drive, não tivesse recebido informações de contatos no meio aeronáutico.

Uma das de…

Será que teremos computação sem consumo de energia?

Esquema de funcionamento da porta lógica mecânica, usada para desafiar o Princípio de Landauer.[Imagem: M. López-Suárez et al. - 10.1038/ncomms12068]

Princípio de Landauer

Um trio de pesquisadores italianos acredita ter encontrado a prova definitiva de que o Princípio de Landauer pode não ser tão restritivo - ou talvez nem mesmo importar - para a computação.

Nos anos 1960, Rolf Landauer (1927-1999) estabeleceu o princípio de que qualquer transformação de informação que ocorra em um dispositivo computacional consome energia porque qualquer processamento produz energia térmica e, como consequência, a informação acaba se perdendo - logo, seria impossível criar um processador de qualquer tipo que não consuma energia.

Ninguém até hoje conseguiu demonstrar lógica ou matematicamente o contrário - menos ainda na prática - mas o Princípio de Landauer continua sendo controverso entre os físicos e mesmo entre os filósofos. Seus opositores argumentam não haver qualquer correlação entre lógica e …

Um estranho mundo novo da luz

A metassuperfície usa a polarização da luz para criar feixes com os mais diversos formatos. [Imagem: Second Bay Studio/Harvard SEAS]

Luz estruturada

Ao longo dos últimos dez anos, os físicos desenvolveram materiais nanoestruturados que podem produzir feixes de luz completamente fora do padrão, que apresentam comportamentos estranhos, como flexão em espiral, formato de saca-rolhas ou que se dividem como um Y.

Esses chamados feixes estruturados de luz estão não apenas revelando coisas desconhecidas sobre a física da luz, como também têm uma ampla gama de aplicações práticas, desde imagens de super resolução em microscópios e telescópios, até a manipulação molecular por raios tratores de luz e as comunicações por luz sem fibras ópticas.

Agora, os pesquisadores desenvolveram uma ferramenta que gera novos estados de luz mais complexos de uma maneira completamente diferente e configurável.

"Nós desenvolvemos uma metassuperfície que é uma nova ferramenta para estudar aspectos inéditos …

Nova descoberta intergaláctica pode ser a supernova mais poderosa da história

Por: Ryan F. Mandelbaum

A Terra, o Sol, a Galáxia de Andrômeda, estão todos por aí desde muito antes da humanidade surgir. Então, é estranho quando uma luz subitamente surge no horizonte. Ainda mais quando essa luz se trata de uma nova e estranha explosão, podendo ser uma das ocorrências mais esquisitas até então – e ela não é única.

Uma equipe internacional de cientistas reporta um novo tipo de explosão a bilhões de anos luz de distância que eles não conseguem explicar muito bem. Talvez seja uma supernova. Ou talvez uma estrela sendo engolida por um buraco negro. Ou talvez seja algo novo e completamente diferente.

“Para começar, eu adoro supernovas, então fiquei entusiasmado que esta poderia ser a supernova mais poderosa da história”, disse Peter Lundqvist, da Universidade de Estocolmo, na Suécia, ao Gizmodo. “Mas comecei a criar dúvidas”.

A mais brilhante das novas fontes é chamada de PS1-10adi, uma explosão de energia mil vezes mais brilhante que uma supernova comum localizada na…

Um novo tipo de onda gravitacional pode ser observada em breve, alega estudo

Por: Ryan F. Mandelbaum

Nunca é demais falar o quão malucas as ondas gravitacionais são. Esses eventos extremamente violentos acontecem a muitos anos-luz de distância, e por eles literalmente alterarem a forma do espaço e tempo, as ondulações que produzem podem ser detectadas na Terra. Mas a astronomia de ondas gravitacionais está apenas no começo, e existem coisas ainda mais estranhas a serem observadas.

Até agora, pesquisadores só encontraram ondas gravitacionais de buracos negros e estrelas em colisão — é isso que seus detectores estão programados para fazer. Mas uma nova pesquisa demonstra que, dentro da próxima década, cientistas poderão ser capazes de encontrar um tipo completamente novo de onda gravitacional, com uma ferramenta diferente chamada “matriz de temporização de pulsar” (ou PTA, na sigla em inglês). Essas ondas resultariam de pares de buracos negros com milhões, ou até bilhões, de vezes a massa do Sol, orbitando uns aos outros, como gigantes dançando à distância.

Tod…

Neblina de hidrocarbonetos de Plutão mantém planeta anão mais frio do que o esperado

A camada de neblina de Plutão, azul nesta imagem obtida pela New Horizons, gerada através de computador para replicar a sua cor verdadeira. A neblina é produzida por reações químicas iniciadas pela luz solar, sobre o azoto e metano, levando a pequenas partículas que crescem e assentam à superfície.
Crédito: NASA/JHUAPL/SwRI


A composição gasosa da atmosfera de um planeta geralmente determina a quantidade de calor que fica aí preso. No entanto, para o planeta anão Plutão, a temperatura prevista com base na composição da sua atmosfera era muito maior do que as medições reais obtidas pela sonda New Horizons da NASA em 2015.

Um novo estudo, publicado na edição de 16 de novembro da revista Nature, propõe um novo mecanismo de arrefecimento controlado por partículas de neblina para explicar a atmosfera frígida de Plutão.

"Tem sido um mistério desde que obtivemos os dados de temperatura da New Horizons," afirma o autor principal Xi Zhang, professor assistente de Ciências da Terra e P…

Cientistas enviam mensagem para possíveis alienígenas em sistema a 12 anos-luz de distância

Concepção artística de GJ 273b, mundo para o qual foi direcionada a transmissão

Iniciativa partiu do METI, sigla que significa Mensagem para Inteligência Extraterrestre, também conhecido como SETI Ativo

A mais conhecida transmissão enviada para possíveis civilizações alienígenas é a Mensagem de Arecibo, enviada em 1974 através do radiotelescópio de Arecibo em Porto Rico. Composta por Frank Drake e outros pesquisadores, a transmissão foi direcionada ao aglomerado globular M13, a 25.000 anos-luz de distância. Esse tipo de experimento é conhecido como METI, sigla para Mensagem para Inteligência Extraterrestre. Já o conhecido programa SETI significa Busca por Inteligência Extraterrestre, e se concentra em somente captar possíveis transmissões de civilizações alienígenas.

A realidade incontestável das imensas distâncias interestelares, o que demandaria tempo considerável para uma troca de mensagens via rádio entre duas civilizações, mais o temor de que transmissões deliberadas poderiam at…

Quando teremos bebês projetados geneticamente?

Por: Whitney Kimball

Dentro de 20 a 40 anos, o sexo deixará de ser o método preferido de reprodução. Em vez disso, metade da população com seguro saúde decente vai – não estou zoando – ter óvulos cultivados a partir de pele humana e fertilizados com o esperma, então todo o genoma de cerca de cem amostras de embriões será sequenciado, os destaques serão examinados, e será escolhido o melhor modelo para se inseminar. Pelo menos isso é o que professor de direito e bioeticista da Universidade Stanford Hank Greely prevê em The End of Sex and the Future of Human Reproduction (“O Fim do Sexo e o Futuro da Reprodução Humana”, em tradução livre”). Mas tirando os seres humanos cultivados a partir da pele, quanto tempo vai levar para termos “bebês projetados”?

Aqui vai onde estamos no momento: uma ferramenta de edição de gene chamada CRISPR/cas9 produziu uma variedade de aterrorizantes maravilhas ao longo dos últimos anos. Em agosto, um grupo de cientistas anunciou que tinha editado com sucesso…

Técnica pioneira edita o DNA diretamente no corpo do paciente

Por: Kristen V. Brown

Pela primeira vez, cientistas editaram DNA diretamente no corpo do paciente, mudando permanentemente seu genoma humano na tentativa de curar uma doença genética. A notícia, divulgada nessa quarta (15) pela Associated Press, representa um novo marco para a ciência.

Tratamentos que alteram a genética de pacientes têm progredido no último ano, mas estes tratamentos fazem a alteração genética fora do corpo humano para depois transferir as células modificadas de volta para o paciente. Isso permite aos médicos garantir que o tratamento não causará efeitos colaterais quando inserido no corpo do paciente, mas o método também limita o tratamento a condições como o câncer de sangue, já que as células podem facilmente se alterar externamente.

A Associated Press explica que na segunda (13), Brian Madeaux, 44, recebeu bilhões de cópias de genes corretivos em seu corpo por terapia intravenosa. Junto disso, o paciente também recebeu uma ferramenta genética conhecida como prote…

Avistamento em Ipiguá (SP) em 1996

Matéria de jornal Diário da Região, 06/04/1997

Em 1996 um lenhador presenciou o voo e o pouso de uma nave na Fazenda Maracujá, em Ipiguá, SP, Brasil.

Participações: Ney Matiel Pires (Investigador)
Álvaro Fernandes (Hipnoterapeuta)
Dirceu Guimarães (Testemunha)

Eventos
06/04/1996 - Ipiguá- SP
Aterrissagem

O ufólogo Ney Matiel Pires, de Mirassol, está convencido de que um objeto voador não-identificado (OVNI) desceu na Fazenda Maracujá, em Ipiguá, a 20 quilômetros de Rio Preto. Ele deverá publicar o resultado das investigações em um livro.

Há um ano, o lenhador Dirceu Guimarães, de 50 anos, afirmou ter visto um estranho aparelho luminoso, semelhante a um disco, medindo de 10 a 12 metros de diâmetro, sobrevoando aquela propriedade. "Ao descer, a nave soltou as quatro pernas metálicas em forma de cunha e começou um vento forte que deitou o capim e quebrou galhos de laranjeiras", disse o lenhador.

O ufólogo esteve no local no dia 6 de Abril do ano passado, fotografou a área, tir…

A enorme cratera causada por um corpo celeste que virou bairro na zona sul de SP

Cratera foi descoberta por meio de fotos aéreas na década de 1960 e, agora, pode ajudar a contar a história de um passado distante da Mata Atlântica

Evanildo da Silveira
De São Paulo para a BBC Brasil

Ainda não se sabe exatamente quando, mas, entre 5 e 36 milhões de anos atrás, um corpo sólido saiu de algum ponto do Sistema Solar, cruzou o espaço interplanetário, atravessou a atmosfera terrestre em alta velocidade, deixando um rastro de fogo, e se chocou violentamente com o solo num ponto onde hoje fica a região de Parelheiros, na zona sul da cidade de São Paulo.

O impacto abriu uma cratera de 3,6 quilômetros de diâmetro, com cerca de 300 metros de profundidade e uma borda soerguida de 120 metros.

Desde então, ela foi sendo preenchida com sedimentos e restos de vegetação, que constituem um verdadeiro arquivo das mudanças climáticas da região e do planeta, bem como das florestas tropicais. Agora, pesquisadores estão abrindo esse arquivo por meio de perfurações, que vão revelar essas a…

Estudo: restos de supervulcão estão abaixo de São Paulo

Mapa mostra a localização aproximada da coluna de rochas magmáticas onde há 120 milhões de anos teve início a separação entre a áfrica e o Brasil.

Um artigo publicado há mais de 30 anos revela que o supervulcão foi o responsável direto pela separação entre a África e o Brasil e que todo o solo da região de Ribeirão Preto sofreu influência do derramamento de magma.

O estudo foi publicado na revista científica Nature no ano de 1995 e foi assinado por pesquisadores brasileiros e estadunidenses.

De acordo com Marcelo Assumpção, coautor do trabalho e ligado ao Instituto Astronômico e Geofísico da Universidade de São Paulo, IAG, o restante do supervulcão é formado por uma gigantesca coluna de 200 km de largura por 400 km de profundidade, encravada abaixo das cidades de Ribeirão Preto e São José do Rio Preto, no interior de São Paulo.

Segundo Assumpção, este supervulcão foi o principal responsável pela separação entre o Brasil e o continente africano há cerca de 135 milhões de anos, quando …

Arquivo Ovni: Especial OVNIs TVI em Portugal (1995)

Croqui de um dos casos.

Especial OVNIs da TVI, de 1995, onde é entrevistado o Prof. Máximo Ferreira do OAL e Luis Vieira de Matos da APPO. São expostos casos ocorridos em Portugal e outros países.



FONTE: SPOvnilogia

Grupo descobre ‘exo-Terra’ a 11 anos-luz daqui

POR SALVADOR NOGUEIRA

A estrela mais próxima do Sistema Solar na constelação de Virgem, a apenas 11 anos-luz de distância, também tem um planeta de porte terrestre potencialmente habitável, ou seja, com chance de abrigar água líquida em sua superfície — e, portanto, vida.

O planeta é, nas palavras de seus descobridores, “a segunda exo-Terra mais próxima” já descoberta e entra direto na lista dos mundos mais intrigantes a serem estudados com atenção pelos astrônomos ao longo da próxima década.

Ele orbita a estrela Ross 128, também conhecida como Proxima Virginis, uma anã vermelha que, a despeito da proximidade, não pode ser observada no céu a olho nu. Isso porque anãs vermelhas são astros bem menores, mais frios e menos brilhantes que o Sol. É isso que faz com que a distância que um planeta tem de estar delas para ter uma temperatura compatível com água em estado líquido também seja bem menor do que a que a Terra guarda do Sol.

No caso em questão, o planeta Ross 128 b está 20 vezes ma…

Duo de galáxias titânicas capturado em fusão "starburst" extrema

Composição do par galáctico ADFS-27. A imagem de fundo pertence ao Observatório Espacial Herschel. O objeto foi então detectado pelo telescópio APEX do ESO (imagem do meio). O ALMA (direita) foi capaz de identificar duas galáxias: ADFS-27N (N de Norte) e ADFS-27S (S de Sul). As galáxias "starburst" estão a cerca de 12,8 mil milhões de anos-luz da Terra e destinadas a fundirem-se numa única galáxia massiva.
Crédito: NRAO/AUI/NSF, B. Saxton; ESA Herschel; ESO APEX; ALMA (ESO/NAOJ/NRAO); D. Riechers


Novas observações com o ALMA (Atacama Large Millimeter/submillimeter Array) descobriram o nunca antes visto encontro próximo entre duas galáxias surpreendentemente brilhantes e espetacularmente massivas no jovem Universo. Estas galáxias "starburst" (galáxias de intensa formação estelar) hiperluminosas são extremamente raras nesta época da história cósmica - perto do momento em que as galáxias começaram a surgir - e podem representar um dos exemplos mais extremos de formaçã…

Dawn explora a evolução do interior de Ceres

Esta imagem, feita com dados obtidos pela sonda Dawn da NASA, mostra cadeias de poços no planeta anão Ceres, chamadas Samhain Catenae.
Crédito: NASA/JPL-Caltech/UCLA/MPS/DLR/IDA

As características à superfície de Ceres - o maior mundo entre Marte e Júpiter - e a sua evolução interior têm uma relação mais próxima do que se poderia pensar.

Um estudo recente, publicado na revista Geophysical Research Letters, analisou as características da superfície de Ceres para revelar pistas sobre a evolução interior do planeta anão. Especificamente, o estudo explorou características lineares - as cadeias de poços e pequenas crateras secundárias, comuns em Ceres.

As descobertas alinham-se com a ideia que, há centenas de milhões (até bilhões) de anos atrás, os materiais por baixo da superfície de Ceres empurraram para cima em direção ao exterior, produzindo fraturas na crosta.

"À medida que este material se movia para cima a partir da subsuperfície de Ceres, partes da camada externa de Ceres for…