Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Setembro 10, 2017

Catarinense vence concurso da Nasa ao criar marca que ilustrará missão espacial: 'Realização de um sonho'

Rafael Fontes venceu concurso para marca de missão da Nasa (Foto: Arquivo Pessoal/Rafael Fontes)

Fã de astronomia desde criança, publicitário criou identidade visual de programa que enviará ao espaço uma impressora 3D para reaproveitar materiais.

Apaixonado desde criança pelo mundo dos astronautas, o catarinense Rafael Fontes, de 31 anos, comemora a vitória em um concurso que escolheu a marca para uma missão da Nasa,a agência espacial norte-americana. O publicitário de Barra Velha, no Litoral Norte, criou ao menos 31 projetos até vencer o concurso.

“Participei de três concursos da Nasa até vencer, foram 100 projetos. Para este último, fiz 31 inscrições. Estou muito feliz, é a realização de um sonho”, contou.


Rafael venceu o concurso que escolheu marca de missão da Nasa (Foto: Divulgação)

Reciclagem

Segundo Fontes, os candidatos foram desafiados a criar uma logomarca para uma impressora 3D que será enviada ao espaço.

“Ela poderá reaproveitar materiais, como, por exemplo, uma colher qu…

Porque procurar ETs é bom para a ciência e a sociedade

Buscar vida em outros planetas fomenta a tecnologia e a inovação – e traz à tona o melhor da ciência, mesmo que, no final, não exista ninguém lá fora

Por Bruno Vaiano

Uma espécie comum na fauna das redes sociais é o comentarista que não se conforma com os gastos em ciência que não se revertem diretamente em descobertas classificadas como “úteis”. Por “úteis”, entenda a cura do câncer, a solução para a miséria na África ou algo do tipo. Esse leitor acha que não tem cabimento apontar antenas para o céu em busca de ETs enquanto os hospitais públicos do Rio não têm antibióticos.

Logo de cara, o argumento não é tão ruim assim. Afinal, utilidade prática é um ótimo critério para investir dinheiro público. Pena que ele quase nunca foi adotado. Prova disso é que, de 1940 em diante, os EUA, sozinhos, gastaram pelo menos 5,48 trilhões de dólares em armamento nuclear. Isso foi só 7% do custo total da birra com a União Soviética. Também foi necessário projetar os mísseis e bombas que levariam ess…

Série: Relatos Extraterrestres

Antiga torre de controle do aeroporto de Campinas-Viracopos.

Em 14 de setembro de 1972, um objeto voador não identificado – OVNI foi observado nos céus do estado de São Paulo. Integrantes das tripulações de pelo menos duas aeronaves relataram a observação de um objeto que realizava manobras de aproximação e evasão. A ocorrência teve início às 16:20h, quando a Torre de Controle de Viracopos/Campinas informou a observação de um OVNI a oeste de Campinas. Alertado pelo informe, o Controle de Aproximação de Congonhas solicitou que uma aeronave averiguasse a ocorrência. Posteriormente, um jato da Escola de Cadetes de Pirassununga também foi enviado para investigar o objeto, mas nenhuma informação mais detalhada foi obtida.





Para consultar o acervo do Arquivo Nacional, acesse: http://arquivonacional.gov.br/consulta-ao-acervo.html

FONTE: ARQUIVO NACIONAL

Mundo infernal com céu de titânio

Esta ilustração mostra o exoplaneta WASP-19b, em cuja atmosfera os astrônomos detectaram pela primeira vez óxido de titânio. Em quantidades suficientemente elevadas, o óxido de titânio pode impedir o calor de entrar ou escapar duma atmosfera, levando a uma inversão térmica — a temperatura apresenta-se mais elevada na atmosfera superior e mais baixa na inferior, ou seja, o contrário do que acontece numa situação normal.
Crédito: ESO/M. Kornmesser


Os astrônomos usaram o VLT (Very Large Telescope) do ESO para detetar pela primeira vez óxido de titânio na atmosfera de um exoplaneta. Esta descoberta feita em torno do planeta do tipo Júpiter quente chamado WASP-19b fez uso do poder do instrumento FORS2, tendo-nos fornecido informação única sobre a composição química e a estrutura de temperatura e pressão na atmosfera deste mundo quente e invulgar. Os resultados foram publicados na revista Nature.

Uma equipe de astrônomos liderada por Elyar Sedaghati, um bolseiro do ESO recentemente graduado…

As principais revelações da sonda Cassini antes de 'missão suicida' na atmosfera de Saturno

Cassini confirmou existência de oceano em Enceladus, e cientistas acreditam que satélite tem potencial para abrigar vida. Foto: Nasa

Lançada em 1997, a sonda Cassini passou 13 anos explorando o sistema de Saturno.

Mas, nesta sexta-feira, a espaçonave foi desintegrada ao mergulhar, em altíssima velocidade, na atmosfera de Saturno. Segundo a Nasa, a agência espacial americana, o objetivo da destruição foi evitar que ela contaminasse as luas de Titã e Enceladus, que podem abrigar vida.

Assim, a nave se desmaterializou e fez parte do planeta que tem estudado desde 2004.

Confira uma seleção das principais descobertas da sonda:

Gêiseres

Titã, a maior lua de Saturno. Foto: NASA/JPL-Caltech/Space Science Institute

Imagens enviadas de volta das missões dos anos 1980 da sonda Voyager mostraram que Enceladus, a lua de Saturno, de 500 km de diâmetro, tinha uma superfície muito suave e, portanto, relativamente jovem. Poderia ter sido renovada por algum processo desconhecido. Mas foi Cassini que des…

Dica: Pálido Ponto Azul (Carl Sagan)

Análise das conquistas práticas e teóricas das viagens espaciais, abordada do ponto de vista das modificações introduzidas na visão que o homem tem de si mesmo e do seu lugar no espaço.

Por que gastar fortunas com programas espaciais quando há tantos problemas aguardando solução a poucos metros de nossas casas? Para Carl Sagan, um dia o conhecimento do espaço poderá significar nossa sobrevivência como espécie. Pálido ponto azul revela como as descobertas científicas alteraram nossa percepção de quem somos e do lugar que ocupamos no Universo - e nos incita a refletir sobre o uso que iremos dar a esse conhecimento.

"Refinado, empolgante. Uma linguagem sem jargões, impregnada de humor e emoção. A visão otimista de Sagan ilumina todos os capítulos desse livro maravilhosamente ilustrado."
Time Magazine

"Sagan tem a capacidade de capturar a essência de um problema numa frase memorável ou numa citação reveladora. O livro todo é fascinante e de fácil leitura. Talvez a melhor ob…

A surpreendente amostra de DNA encontrada na Antártida que pode indicar vida em lugar impensável

Amostra de DNA encontrada na Antártida pode revelar que há vida em um lugar impensável (Foto: Joel Bensing)

Sob a densa camada de gelo que cobre o continente antártico, plantas e animais vivem em cavernas subterrâneas "aquecidas" por vulcões.

Isso é o que propõe uma equipe internacional de cientistas que investigou um extenso sistema de grutas subterrâneas ao redor do Monte Erebus, o vulcão mais ativo da Antártida, na ilha de Ross.

Amostras de solo recolhidas nas cavernas revelaram traços de DNA de algas, musgos e pequenos animais.

De acordo com Ceridwen Fraser, pesquisadora da Universidade Nacional da Austrália (ANU), em Canberra, coautora do estudo, a maioria das amostras seriam parecidas com plantas e animais que existem em outras partes da Antártida.

No entanto, algumas sequências não puderam ser identificadas, de modo que uma investigação posterior poderiam revelar espécies desconhecidas.

Atmosfera quente

"Dentro das cavernas pode fazer muito calor (até 25° C). Vo…

A sonda Curiosity da NASA está capturando espetaculares imagens enquanto escala até um misterioso cume

Por: George Dvorsky

Nos últimos dias, a sonda Curiosity da NASA tem feito uma escalada constante até um estranho cume marciano que vem chamando a atenção dos cientistas desde antes da missão ter começado. Conhecido como cume Vera, assim batizado por causa da pioneira astrofísica Vera Rubin, ele poderia nos dar alguma luz sobre o ambiente e a possível habitabilidade do planeta vermelho. Embora a escalada tem sido difícil, o Curiosity conseguiu tirar algumas espetaculares fotos ao longo do caminho.

As explorações do Curiosity já nos mostraram que essa região de Marte foi uma vez coberta por um antigo lago, o que é visto como um sinal potencial de habitabilidade, além de um exemplo de como a Terra poderia se parecer em seus primórdios. O cume Vera é coberto de óxido de ferro, além de argila e sulfatos minerais, e foi apontado como o grande alvo pela NASA antes mesmo da NASA ter pousado a Curiosity em Marte em 2012.


O cume Vera como visto pela Curiosity em 22 de Junho de 2017. A sonda es…

Robôs feitos de DNA podem um dia transportar remédios dentro do seu corpo

Por: George Dvorsky

No clássico da ficção científica americana de 1966 Viagem Fantástica, uma tripulação de submarino é miniaturizada e injetada dentro de um corpo para consertar um coágulo de sangue no cérebro. Obviamente, não é assim que a ciência médica do futuro vai funcionar, mas a noção de criar máquinas microscópicas para realizar tarefas complexas está certamente correta. Um avanço recente, no qual robôs feitos de DNA foram programados para organizar e levar moléculas a um local específico, agora representa um passo importante nessa direção futurista.

Ainda estamos no início da nanotecnologia, mas uma nova pesquisa do Instituto de Tecnologia da Califórnia está exibindo o tremendo potencial dessa tecnologia minúscula. Uma equipe de pesquisas da CalTech liderada por Anupama Thubagere e Lulu Qian construiu robôs a partir de DNA, programando-os para levar moléculas individuais a lugares designados. Um dia, essa tecnologia poderia ser usada para transportar moléculas de vários tip…

O computador quântico da IBM bateu um recorde de química

Por mais legais que soem, os computadores quânticos provavelmente não são os mais adequados para montar um site ou rodar programas edição de texto. Ao invés disso, os seus peculiares bits podem um dia ser usados para resolver algoritmos especiais, para aplicações de inteligência artificial ou para modelar coisas que realmente seguem as selvagens regras da física quântica. Um dia.

Cientistas da IBM relatam o uso de um computador quântico simples para resolver complexos problemas de ciência: eles modelaram a química de átomos maiores do que os dois mais simples, hidrogênio e hélio. Os pesquisadores esperam que um dia estes tipos de computadores sejam capazes de simular moléculas ainda maiores, algo que poderia ter importantes aplicações na descoberta de novas drogas. Ainda estamos nos estágios iniciais da computação quântica e é provável que os concorrentes vão vencer esta pesquisa em breve, mas o novo trabalho é definitivamente um avanço.

Os pesquisadores dos experimentos demonstraram…

Cassini: algumas últimas palavras sobre a melhor sonda de nossas vidas

Por: Rae Paoletta

O espaço tem um jeito curioso de fazer a gente se sentir ao mesmo tempo incrivelmente pequeno e, ainda assim, infinitamente sortudo por fazer parte de uma sororidade cósmica tão vasta. Claro, os humanos mal arranharam a superfície da fronteira final — nunca enviamos pessoas além da Lua. Embora muitas espaçonaves não tripuladas tenham feito um trabalho incrível de revelar para nós a nossa vizinhança solar, sinceramente, nenhuma fez isso melhor do que a Cassini, da NASA. Depois de explorar Saturno por 13 anos, a sonda vai mergulhar na atmosfera do planeta em 15 de setembro, tornando-se uma só junto com o objeto de sua fascinação.

A espaçonave Cassini e sua sonda acoplada, a Huygens, deixaram a Terra em 15 de outubro de 1997, a bordo de um foguete Titan IVB/Centaur. A espaçonave percorreu 3,54 bilhões de quilômetros para alcançar Saturno, finalmente entrando nos domínios do gigante de gás em 30 de julho de 2004. Uma vez lá, a Cassini não perdeu tempo: fez seu primeiro …

Poderia um teste de DNA de fato prever seus traços físicos?

Em 2012, a artista Heather Dewey-Hagbord exibiu um trabalho que previa um futuro aterrorizante: ela extraiu o DNA de fios de cabelo descartados, chicletes e bitucas de cigarro e os usou para prever com o que estes desconhecidos anônimos se pareceriam. Os traços de nós mesmos que constantemente deixamos para traz, ela pensou, poderiam desencarregar uma era de vigilância biológica em que um mero fio de cabelo seria capaz de revelar a identidade e localização de alguém.

Semana passada, a empresa de biotecnologia Human Longevity publicou um artigo afirmando já poder fazer isso. O trabalho iniciou uma guerra cientifica interna.

Human Longevity, liderada pelo renomado especialista em genômica J. Craig Venter, afirma poder criar um modelo muito próximo do seu rosto apenas observando o seu DNA. A Human Longevity trabalhou com exemplos de DNA que poderiam ser encontrados em uma bituca de cigarro – e usando técnicas de sequenciamento do genoma, fenotipagem e modelagem estatística, a empresa ob…

Esta imagem contém 2,8 milhões de estrelas perto do coração da Via Láctea

Situado na órbita do Sol, o satélite Gaia já revelou detalhes impressionantes da vizinhança do nosso Sistema Solar em altíssima resolução

A imagem acima, divulgada pela Agência Espacial Europeia, foi feita pelo satélite Gaia, que, desde 2013, trabalha duro para detectar estrelas e medir suas propriedades a fim defazer um mapa detalhado da Via Láctea.

Situado na órbita do Sol, Gaia já revelou detalhes impressionantes da vizinhança do nosso Sistema Solar em altíssima resolução.

Desta vez, a imagem, feita em fevereiro de 2017, cobre uma região próxima do coração da Via Láctea: apenas dois graus abaixo do centro da nossa galáxia — para os terráqueos, é a área onde fica situada a constelação de Sagitário.

A densidade da região é de 4,6 milhões de estrelas por grau quadrado. Como a foto cobre 0,6 graus quadrados, a estimativa é de que 2,8 milhões de estrelas apreçam somente nesta imagem.


CONCEPÇÃO ARTÍSTICA DO FUNCIONAMENTO DO TELESCÓPIO GAIA (FOTO: ESA)

"A imagem foi levemente proc…

Um mapa da água na Lua

POR SALVADOR NOGUEIRA

Uma dupla de pesquisadores nos Estados Unidos acaba de publicar o primeiro mapa global da distribuição de água na superfície lunar — uma ótima desculpa para a gente colocar no contexto apropriado toda essa conversa recente que tem circulado por aí de “água na Lua”.

O mapa revela três coisas: que a água está distribuída por boa parte do globo lunar, que se concentra mais nas altas latitudes e que, claro, não é muita.

A concentração máxima, em altas latitudes, gira ao redor de 500 a 750 partes por milhão. Para que se tenha uma ideia de quanto é isso, é menos do que se encontra na areia dos desertos mais secos da Terra.

Ou seja, não é que existam gotinhas no solo lunar — algo que, por tudo que entendemos de física, não seria possível. O que existe são algumas moléculas de água esparsas impregnadas no regolito — a poeira lunar.

Como elas foram parar lá? A desconfiança no momento é que elas se formem lá, conforme o vento solar, feito principalmente por prótons soltos…

Missão Cassini: conheça a brasileira que ajuda a Nasa a explorar as luas de Saturno

Rosaly Lopes começou a trabalhar na Nasa em 1991. (Foto: Arquivo Pessoal)

Rosaly Lopes participa de missão da agência espacial, que termina nesta sexta-feira.

Rosaly Lopes, astrônoma brasileira, saiu do país aos 18 anos, mas espalha um pouco da nossa cultura pelo universo, literalmente: além de batizar crateras de Mercúrio com nomes de maestros - Tom Jobim e Villa-Lobos -, ela está na maior missão da Nasa até Saturno, a Cassini, que termina após 20 anos nesta sexta-feira (15).

A carreira de Rosaly não se resume a isso. Hoje com 60 anos, começou como funcionária da Nasa em 1991. Chegou a estudar na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), mas depois foi selecionada para fazer a graduação na Universidade de Londres.

"Queria ser astronauta quando criança, mas descobri muito cedo que sendo menina, brasileira, e muito míope, eu não ia conseguir. Decidi ser astrônoma, trabalhar na Nasa e ajudar no programa espacial", disse.

Desde então, trabalhou em duas grandes missões. A p…

Democracia animal: cachorros selvagens africanos espirram para 'votar' em decisões coletivas

Cientistas desvendam por que cães selvagens na África fazem reuniões com 'espirros' (Foto: BBC)

Animais realizam 'comícios' para escolher quando sair para caçar por meio de uma votação com espirros, segundo estudo científico.

Cachorros selvagens africanos "votam" para tomar decisões sobre a matilha. E fazem isso por meio de um expiração curta e rápida pelo nariz, que faz barulho, como um espirro. É o que descobriu um novo estudo científico.

A pesquisa monitorou cachorros selvagens ameaçados de extinção na Reserva Moremi e no Delta do Okavango, em Botsuana, na África. E descobriu que esses animais dão espirros para opinar se devem ou não sair em grupo para caçar.

Fazem isso em uma espécie de reunião política coletiva, como um "comício".

Antes dessa descoberta, se pensava que os cachorros estivessem apenas limpando suas narinas antes de iniciar uma caçada - como uma assoada de nariz.

Mas os zoólogos gravaram detalhes de 68 dessas reuniões e percebera…

Invasão extraterrestre? O dia em que 6 'discos voadores' pousaram na Inglaterra

Os discos faziam barulho. Foto: John Keeling

Os discos de metal emitiam um estranho som. Eram seis deles, que apareceram misteriosamente alinhados em diversas cidades do sul da Inglaterra, há 50 anos.

Durante horas, público, polícia e mesmo o Exército Britânico acreditaram que espaçonaves alienígenas tinham pousado no país - e acionaram planos de emergência para lidar com as chegadas.

Até que um grupo de estudantes de engenharia revelou que se tratava de uma "pegadinha".

Mas como ela foi tão bem-sucedida?

Ray Seager fez parte do grupo de crianças que brincava na Ilha de Sheppey naquele 4 de setembro de 1967, quando um dos "discos voadores" foi encontrado nas redondezas.

"Todos corremos para ver. E lá estava ele, o típico disco voador de antigamente, redondo e prateado."

Seager conta que a polícia chegou com apreensão ao local.

"Eles pareciam estar com medo e começaram a gesticular para que saíssemos do local."

De acordo com jornais da época, os …