Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Setembro 11, 2016

Conheça a estrela, conheça o planeta

Concepção artística de planetas em redor de uma anã vermelha.
Crédito: NASA/JPL-Caltech

No que toca a exoplanetas, os astrônomos perceberam que só conhecem bem as propriedades dos planetas que descobrem se conhecerem, igualmente bem, as propriedades das estrelas que orbitam. Para o tamanho de um planeta, a caracterização precisa da sua estrela hospedeira pode significar a diferença entre distinguirmos um mundo distante como sendo pequeno como a Terra ou grande como Júpiter.

Para os astrônomos, a determinação do tamanho de um exoplaneta - planetas para lá do nosso Sistema Solar - depende, decisivamente, não só do raio da sua estrela-mãe mas também se a estrela está sozinha ou se tem uma companheira estelar próxima. Tendo em conta que metade das estrelas no céu não são uma, mas duas estrelas que se orbitam uma à outra, isto torna bastante importante o conhecimento das propriedades binárias de uma estrela.

Uma estrela particularmente interessante e relativamente próxima, de nome TRAPPIS…

Minha consternação! A Ufologia virou FACÇÃO!

Ufos Wilson é um blog feito por mim, um cara que foi em busca de respostas para tentar compreender coisas que observei no céu enquanto criança, adolescente e adulto. Em momento algum eu busquei notoriedade e nem me inserir em lado "A" ou "B", mas sim colher informações de credibilidade, sérias e de conteúdo, o blog acabou sendo um divulgador de variadas ciências, pois a Ufologia esta conectada a todas outras disciplinas, sendo necessário o auxílio de cada uma delas, em especial a Astronomia, que tanto me apaixona e encanta. Passei por muitas experiências neste campo, em todo seu âmbito, tendo farto material de pesquisa dentro da própria família, fatos estes muito pouco divulgados dentro do blog, até por conta de me preservar e também preservar minha família. Nestes anos de blog aprendi a visualizar e analisar uma imagem, acreditem vocês, sem usar qualquer programa, no olhometro, e poucas vezes errei. No blog paralelo a Ufos Wilson, Seus Contatos Ovnis, recolho rel…

Cientistas detectam nascimento de novo planeta em nuvem de poeira estelar

"TW Hydrae" é uma estrela jovem, com idade estimada em cerca de 10 milhões de anos (Foto: NAOJ)

Astrônomos usaram telescópios no Chile para identificar planeta em formação.

Astrônomos descobriram sinais de um planeta "filhote", que está se formando ao redor de uma estrela distante 176 anos-luz da Terra.
O novo planeta foi detectado a partir de telescópio localizado no Chile e, apesar de parecer distante, está próximo à Terra em termos astronômicos.
Cientistas acreditam que se trata de mais um "gigante de gelo", semelhante a Urano ou Netuno em nosso Sistema Solar. Os resultados serão publicados na revista científica Astrophysical Journal Letters.

Desde que os primeiros planetas fora do Sistema Solar passaram a ser encontrados, nas duas últimas décadas, astrônomos descobriram que eles não necessariamente acompanham o mesmo modelo dos oito planetas que orbitam o Sol.
Existe uma grande diversidade na configuração dos sistemas planetários, bem como nas caract…

Assista Carl Sagan discutindo sobre ciência e religião com Dalai Lama

Durante entrevista em 1991, eles analisaram os limites da relação entre o método científico e doutrinas religiosas

O astrônomo Carl Sagan sempre encarou o universo como um grande mistério, mas um que queria entender e desvendar — não apenas venerar. Embora fosse ateu, em 1991 Sagan teve um encontro revelador com o líder religioso Dalai Lama, com quem levantou questões até hoje fundamentais sobre as possíveis barreiras entre ciência e religião.

“Em casos onde a doutrina de uma religião — budismo, por exemplo — é desmentida ou desconsiderada por alguma descoberta científica, o que um seguidor do budismo deve fazer?”, questionou Sagan. A resposta do monge tibetano acabou surpreendendo o cientista.

“Para os budistas, isso não é problema. O próprio Buda deixou claro que sua própria investigação é o fator mais importante. Você deve conhecer a realidade, independentemente do que dizem as escrituras”, explicou. “Se você encontrar uma contradição, deve contar com a nova descoberta.”

Segundo D…

China lança laboratório espacial tripulado

POR SALVADOR NOGUEIRA
A China acaba de lançar um laboratório espacial que permitirá a seus astronautas que passem até 30 dias em órbita realizando experimentos. O Tiangong-2 (traduzido como “Palácio Celeste”) partiu do Centro de Lançamento de Satélites de Jiuquan, na região central do país, às 11h04 desta quinta-feira (15), pelo horário de Brasília.

Trata-se de mais um feito importante para o programa espacial chinês. O módulo-laboratório passará por checagens técnicas e ajustes de órbita para ser visitado por uma tripulação de dois yuhangyang (nome que os chineses dão a seus astronautas, conhecidos no Ocidente como taikonautas). A espaçonave Shenzhou-11, que deve levá-los até lá, deve partir em meados de outubro.

A Tiangong-2 deve ser o último precursor tecnológico antes de o país realizar o antigo sonho da estação espacial própria. O primeiro módulo do futuro complexo orbital deve ser lançado no começo da década de 2020, mais provavelmente em 2022.

“O lançamento da Tiangong-2 irá f…

A filha de Galileu

Virgínia, ou soror Maria Celeste.

Por Alessandro Soares

A correspondência de Virginia Galilei (1600-1634), ou sóror (freira) Maria Celeste, para seu pai Galileu Galilei (1564-1642), inventor do telescópio e da ciência experimental moderna, são o mote de A Filha de Galileu (Companhia das Letras, 385 págs., R$ 31,50), da escritora Dava Sobel. Esta curiosa união entre ciência e fé aparece no livro mais do que teorias astronômicas.
A autora descreve as impressões desta relação pai e filha, apoiadas ainda nas cartas de Galileu, natural de Pisa, na Itália, para amigos e colegas. Sua filha vivia desde os 16 anos na clausura do convento das clarissas de San Matteo, região da Toscana. Por Maria, sabemos que Galileu adorava os doces de cidra que fazia. Que as roupas que ele usava e que aparecem nas pinturas que o retratam foram feitas por ela, incluindo o avental de couro, usado em casa para cuidar de sua horta e vinhas. Descobrimos até sua predileção pelas laranjas, fruta que ele adorava.

O dr…

O Céu do Brasil

TRIBUTO A RONALDO ROGÉRIO DE FREITAS MOURÃO

Durante a assembleia do III SNEA, em outubro de 2014, foi proposta e aprovada a inserção de uma nota biográfica de Ronaldo R. F. Mourão nas Atas do evento, falecido no mesmo ano, no dia 25 de julho de 2014, aos 79 anos, no Rio de Janeiro (RJ), vítima de um AVC.

Como editor das Atas, coube ao Prof. Dr. Paulo S. Bretones da Universidade Federal de São Carlos escrever esta homenagem.

Ronaldo Rogério de Freitas Mourão nasceu no Rio de Janeiro - RJ em 25 de maio de 1935.

Foi um dos astrônomos brasileiros mais importantes e sua atividade de divulgação por meio dos artigos, livros e entrevistas inspirou toda uma geração, motivando muitos a seguirem a carreira de astrônomo.



Formou-se em Física pela Universidade do Estado da Guanabara (atual UERJ) em 1960. Em 1967 concluiu o doutorado na Universidade de Paris (Sorbonne) com estágios no Observatoire du Pic-du-Midi, Observatoire de Haute-Provence, Observatoire de Paris e Observatoire Royal de Belgique…

Telescópio Gaia revela mapa de Via Láctea com 1 bilhão de estrelas

Mapa de nossa galáxia, a Via Láctea, e galáxias vizinhas, baseado em informações coletadas pelo satélite Gaia. Regiões mais brilhantes indicam concentrações mais densas de estrelas e regiões mais escuras correspondem a locais no céu onde poucas estrelas são observadas. Os dois objetos brilhantes na direita inferior da imagem são a Grande Nuvem de Magalhães e a Pequena Nuvem de Magalhães, duas galáxias anãs que orbitam a Via Láctea. (Foto: ESA/Gaia/DPAC)

Trata-se de mapa mais detalhado já produzido da Via Láctea. Satélite Gaia, da Agência Espacial Europeia (ESA) foi lançado há mil dias.

A Agência Espacial Europeia (ESA) divulgou, nesta quarta-feira (14), o mais detalhado mapa da nossa galáxia, a Via Láctea. O trabalho de mapeamento, feito pelo satélite Gaia, inclui a localização de mais de 1 bilhão de estrelas.
"A divulgação de hoje nos dá uma primeira impressão das informações extraordinárias que nos esperam e que vão revolucionar nossa compreensão de como as estrelas estão dist…

O novo foguete reutilizável da Blue Origin é absurdamente grande

A Blue Origin, empresa espacial de Jeff Bezos – fundador da Amazon – está recebendo um novo membro em sua família de foguetes reutilizáveis, e ele é enorme. Conheça o New Glenn, um foguete com 7 metros de diâmetro e 1.750 toneladas de empuxo.

Jeff Bezos anunciou o novo modelo e mostrou um gráfico que o compara com outros grandes foguetes. O New Glenn tem 95 metros de altura na sua versão de três estágios – um pouquinho menor do que o foguete mais alto do mundo, o Saturn V, com 110 metros.

Embora ele seja um dos mais altos, isso não quer dizer que seja o mais poderoso. O Falcon Heavy da SpaceX, que deve ser anunciado em breve, deve conseguir atingir 2.260 toneladas de empuxo. Já o Saturn V conseguia gerar mais de 3.000 toneladas.

Ainda assim, é um foguete bem poderoso e que sinaliza as ambições da companhia de explorar o espaço mais a fundo. “A versão com 3 estágios – com o estágio mais alto gerando impulso via hidrogênio – é capaz de ir além das necessidades de missões complexas como…

Estes áudios de Albert Einstein são fascinantes

(FOTO: WIKIMEDIA/ORREN JACK TURNER)

Nos confins do Spotify existe uma compilação de gravações e entrevistas com o cientista

Se você procurar bem nos cantinhos do Spotify, encontrará uma compilação de áudios de Albert Einstein. Em Albert Einstein in His Own Voice, é possível ouvir o grande cientista explicando desde a famosa fórmula E = mc² até o motivo de ter cidadania americana.

Nascido na Alemanha em 1879, Einstein deixa suas origens transparecem por meio de um sotaque europeu ao falar em inglês. Ele conversa pausadamente e trata sempre seu interlocutor com bastante educação.

É possível ouvir a compilação de Einstein no Spotify, caso você tenha uma conta, clicando aqui. Caso contrário, confira uma prévia no Soundcloud:



FONTE: REVISTA GALILEU

Apaixonado por astronomia mantém observatório particular no centro de Botucatu SP

A paixão do professor de física Júnior Martini não é das mais comuns. Desde os 9 anos de idade, Martini é aficionado por astronomia. “Minha mãe era professora e me dava muitos livros de ciências pra ler. Então, fui pegando o gosto pelos planetas, pelo universo e com 9 anos ganhei minha primeira luneta. É claro que era um equipamento pequeno, não dava para ver muita coisa, mas foi com ela que tudo começou”, disse ele em entrevista exclusiva ao Acontece Botucatu.

Aos poucos os pais foram incentivando o jovem curioso. “Eu lia muito sobre Galileu e descobri que ele conseguiu ver os satélites de Júpiter. Aí, eu queria ver os satélites de Júpiter. Depois queria ver Júpiter, as crateras da Lua, os anéis de Saturno, e assim foi”.

Hoje Júnior se considera um astrônomo amador, mas a única diferença de um profissional, é que ele não recebe nada pelo que faz. Vive como professor do Estado, dando aulas na escola CEEJA. Formado em física pela USP de São Carlos, em 2001 investiu em um grande telesc…

A descida da Rosetta até ao cometa

Visão simplificada da última semana da manobras da Rosetta no Cometa 67P/Churyumov-Gerasimenko (a rotação do cometa não é tida em conta). Após o dia 24 de setembro a sonda deixará as órbitas de aproximação e será transferida em direção a um ponto inicial de uma órbita de 16x23 km que será usada para preparar a descida final. A manobra de colisão terá lugar na noite de 29 setembro, iniciando uma descida a partir de uma altitude de mais ou menos 20 km. Espera-se que o impacto ocorra às 10:40 GMT (±20 minutos) que, tendo em conta os 40 minutos de viagem do sinal até à Terra no dia 30 de setembro, significa que a confirmação será esperada às 11:20 GMT (±20 minutos).
Crédito: ESA

"Espremendo" observações científicas únicas até ao fim, a emocionante missão da Rosetta vai culminar, dia 30 de setembro, na descida até uma região de poços ativos na "cabeça" do cometa.

A região, conhecida como Ma'at, encontra-se no mais pequeno dos dois lóbulos do Cometa 67P/Churyumov-Ge…

A cosmologia na visão de Giordano Bruno

Segundo Aristóteles e Platão, o universo era uma esfera finita. O seu último limite era primum mobile, cujo movimento diurno era atribuído a uma entidade transcendental – Deus – da qual não fazia parte o universo. Se por um lado, o deslocamento das estrelas fixas era regido pelo movimento dessa esfera, na qual Ptolomeu havia catalogado 1.022 estrelas agrupadas em 48 constelações, por outro lado, cada planeta estava incrustado em uma esfera transparente responsável pelo seu movimento no firmamento.

Copérnico conservou a idéia dos planetas incrustados em esferas sólidas, mas considerou que o movimento aparente das estrelas teria origem no movimento de rotação da Terra. Além de preservar a noção de um centro imóvel, ocupado pelo Sol em lugar da Terra, o astrônomo polonês não expressou nenhuma opinião relativa à posição ocupada pelas estrelas; se elas se situavam a uma distância do centro sobre uma esfera fixa, assim como não tinha nenhuma idéia de que o universo fosse infinito. Ao contr…

Cientistas criam “nanopeixe” para levar medicação diretamente pela corrente sanguínea

Se a ideia de ter um pequeno peixe robotizado nadando pelas suas veias te dá um frio na espinha, é melhor se preparar. Como mostra a New Scientist, pesquisadores da Universidade da Califórnia, em San Diego, criaram o primeiro ‘nanopeixe’ – um robô movido por imãs que pode levar a medicação num local preciso, realizar pequenas cirurgias ou manipular células individuais.

Desenvolvido por Jinxing Li e sua equipe da Universidade da Califórnia, os nano-robôs são 100 vezes menores do que um grão de areia e consistem em pequenos segmentos de ouro e níquel, conectados com articulações de prata. Um imã externo é utilizado para manipular o níquel e faz com que ele se movimente. A velocidade e a direção do robôzinho é determinada pela orientação e força do campo magnético.



A equipe de pesquisadores espera que a invenção seja capaz de levar drogas, como analgésicos, para áreas específicas do corpo e assim fazê-lo agir rapidamente.

Outros cientistas já desenvolveram nanorobôs com os mesmos propós…

Uma nova teoria diz que a lua surgiu de um forte impacto de um corpo na Terra

A lua é uma companheira ambígua no espaço, pois ao mesmo tempo que ilumina nossas noites, ela estraga nossa visão das estrelas. Mas agora, novas medidas feitas de rochas captadas durante o programa Apollo sugerem que a relação entre a lua e a Terra é muito mais selvagem do que imaginávamos.

Um novo estudo publicado na Nature diz que a lua foi formada como resultado de um colisão espacial violenta muito antes do que acreditávamos que isso tinha ocorrido. Desde a década de 70, muitos pesquisadores endossavam uma teoria na qual a lua foi criada de destroços resultantes de um colisão de baixo impacto de um corpo do tamanho de Marte que “raspou” na Terra. Em vez disso, os pesquisadores disseram que novas evidências mostram que o impacto foi mais “como uma marreta atingindo uma melancia.”

A antiga teoria sobre a origem da lua — que dizia que ela foi formada de restos de uma leve colisão — simplesmente explica o tamanho da lua e sua posição de órbita. No entanto, um teste em algumas das ped…

Na pista da misteriosa matéria escura

POR SALVADOR NOGUEIRA

Seu corpo pode estar sendo trespassado por matéria escura agora. Falta só saber o que ela é.

O QUE É, O QUE É?
É desconcertante: a imensa maioria da matéria do Universo é feita de algo que não sabemos o que é. Ela não forma átomos, nem interage com eles. Por falta de termo melhor, nós a chamamos de matéria escura.

RODA VIVA
Na década de 1970, a astrônoma Vera Rubin fez uma constatação chocante: as estrelas na borda da Via Láctea avançam em suas órbitas mais depressa do que deveriam, o que sugere uma grande concentração de matéria exercendo gravidade do lado de fora da galáxia — mas não parece haver nada lá! Ah, essa é fácil! Matéria escura. Rá.

UM BOCADO DE ESCURIDÃO
O que assusta é a quantidade. Para cada quilo de matéria normal no Universo, há mais de cinco quilos de matéria escura. Na real, esse componente misterioso forjou os alicerces do cosmos, produzindo as concentrações que serviriam de sementes para as futuras galáxias.

METIDA A BESTA
O problema é que a…

Estas novas imagens de formações rochosas de Marte são incríveis

O rover Curiosity, da NASA, está explorando agora a região dos morros sedimentares Murray, em Marte, e o veículo capturou essas belas imagens coloridas de formações rochosas erodidas. As fotos são tão nítidas e ricas em detalhes, que conseguimos ter uma noção sobre como é estar na superfície marciana.

A Curiosity capturou estas fotos usando sua Mastcam, na última quinta-feira (8). As imagens revelam as formações rochosas de Marte e mesas — resquícios erodidos de arenito formados quando ventos depositaram areia após a formação do monte Sharp.

A sobreposição no arenito é denominada “cross-bedding”, e é um sinal de que o arenito foi depositado pelos ventos com a migração de areia das dunas. Marte conta com uma superfície dinâmica e incrivelmente ativa, que ainda passa por mudanças.







“Estudar essas formas rochosas de perto nos dará uma melhor compreensão das antigas dunas de areia que foram formadas e enterradas, quimicamente alterados por águas subterrâneas e que exumou e erodiu a forma …

Uma nova câmera inventada no MIT consegue ler o conteúdo de livros fechados

Pesquisadores do MIT inventaram uma nova câmera que pode interessar tanto espiões quanto pessoas que lidam com documentos históricos. O equipamento usa radiação terahertz para espreitar o conteúdo dentro de um livro, sem a necessidade de abri-lo.

A radiação terahertz fica entre as microondas e os espectros infravermelhos. A equipe de pesquisadores do MIT (Barmak Heshmat, Ramesh Raskar e Albert Redo Sanchez) e da Georgia Tech (Justin Romberg e Alireza Aghasi) escolheram esta parte específica da radiação devido à forma como ela reage com diferentes substâncias químicas. Diferentes substâncias químicas produzem distintas frequências conforme reagem com frequências terahertz, que podem ser medidas e distinguidas. Neste caso, permite que os pesquisadores saibam a diferença entre um papel com tinta e outro sem.



Algoritmos complexos e software são necessários para traduzir as frequências que estão sendo devolvidas à câmera, permitindo a distinção de letras em uma página. Mas esse processo t…

Robô humanoide Atlas continua a evoluir e agora se equilibra muito bem

Ver o robô ATLAS se desenvolver e ganhar novas habilidades é tão fascinante quanto ver uma criança crescer. Exceto pelo fato de o humanoide, visto aqui no laboratório do Florida Institute for Human and Machine Cognition, estar ganhando novas capacidades cada vez mais rápido.

Parece que foi ontem que o ATLAS estava tropeçando num campo de entulho. Agora, podemos vê-lo se equilibrando com apenas um pé num pequeno pedaço de madeira:



Da descrição do vídeo:

O robô humanoide Atlas está se equilibrando em um contato linear (borda de madeira compensada com aproximadamente 2 cm de espessura). Este vídeo foi gravado durante uma situação de sorte; geralmente o robô não é capaz de manter o equilíbrio por todo esse tempo. A agitação é causada por má estimação de estado (só usamos os sensores a bordo). O algoritmo de controle foi desenvolvido pelo IHMC, e o robô foi construído pela Boston Dynamics.

Assista à demonstração completa abaixo:



[YouTube via IEEE Spectrum]

FONTE: GIZMODO BRASIL

Arqueólogos confirmam autenticidade de manuscrito mais antigo da era pré-colombiana

Cientistas vinham discutindo a autenticidade de um antigo documento chamado Códice Grolier durante os últimos 50 anos. Uma nova análise publicada numa edição especial da revista Maya Archaeology concluiu que o códice é, de fato, genuíno. Agora, este é o mais velho manuscrito da era pré-colombiana já encontrado.

Talvez você não conheça o Códice Grolier. São as páginas restantes de um livro, feito de papel amate revestido de estuque e dobrado na forma de um acordeão. As páginas possuem iconografias típicas do povo maia – deuses, guerreiros, escravos e hieróglifos, por exemplo – e um calendário que mapeia o movimento do planeta Vênus.

Diz a lenda que saqueadores encontraram as páginas danificadas em 1960 numa caverna mexicana, junto com uma máscara recoberta de mosaicos de turquesa, uma faca sacrificial e alguns pedaços de papel amate em branco. Pelo menos foi essa a história contada por Josue Saenz, que afirma que os saqueadores o contactaram e o levaram de avião até uma pista de pouso…