Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Janeiro 26, 2014

Trailer oficial da nova série Cosmos

Segundo a National Geographic, “Cosmos: Uma Odisseia no Espaço” irá inventar novas narrativas científicas de maneira a revelar a imensidão do universo e reinventar elementos míticos da série original (com Carl Sagan), incluindo o calendário cósmico (Cosmic Calendar) e o nave espacial da imaginação (Ship of the Imagination).

Unindo ceticismo e pensamento crítico, e interligando a ciência rigorosa com elementos visuais e emocionais, esta será uma experiência de outro mundo – a visão do cosmos na sua imensa escala tal como a conhecemos. [1]

E para animar esse fim de semana, a FOX acaba de liberar o novo trailer da série “Cosmos: Uma Odisseia no Espaço” que estreará na FOX e na National Geographic, dia 9 de Março de 2014. Se você ainda não viu o primeiro trailer...




FONTE: https://www.facebook.com/luis.salves

Parceria espacial Brasil-Ucrânia consome verba mas não sai do chão

No Brasil e na Ucrânia nunca ninguém viu qualquer foguete ou satélite indo ao espaço como fruto da cooperação espacial entre os dois países, cujo início data de 2003. Talvez apenas isso aconteça em 2015, se novos atrasos não o impedirem. Mas a Alcântara Cyclone Space (ACS), a empresa mista criada em partes iguais, já consumiu US$ 918 milhões, sendo metade disso injetado em meados de 2013 na forma de aumento de capital.

A parceria nem foi feita também para render a troca de experiências entre os cientistas, como forma de avanços no conhecimento, sobretudo por parte dos brasileiros. O negócio firmado, segundo a Agência Espacial Brasileira (AEB), é apenas isso: o Brasil entra com a infraestrutura do Centro de Lançamentos de Alcântara (CLA) e a Ucrânia com o veículo Cyclone-4. Com exceção das cargas úteis dos sócios, a geração de receita da empresa terá que vir do lançamento de satélites de outros países.
Além de “nem ser científico nem de transferência de tecnologia, mas sim comercial”,…

Estudo de ufólogos diz que óvnis 'visitaram' cidade do interior de SP em 2008

ANDRÉIA FUZINELLI
COLABORAÇÃO PARA A FOLHA, DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO

Sinais encontrados em um canavial de Riolândia (555 km de São Paulo) em 2008 foram provocados por óvnis (objetos voadores não identificados).

Concluído neste mês, o chamado "Dossiê Riolândia" foi produzido por ufólogos do Inape (Instituto de Astronomia e Pesquisa Espacial), que estudam o fenômeno há seis anos. A pesquisa não consta de publicações científicas.

"Em um caso como esse, geralmente esperamos alguns anos para ver se o evento se repete, se é cíclico. Hoje podemos dizer que foi um fenômeno sobrenatural, extraterrestre", disse o engenheiro eletrônico Jorge Nery, do Inape, ONG com sede em Araçatuba (527 km da capital).

A Aeronáutica não se manifestou especificamente sobre o caso, mas informou que os registros sobre "objetos voadores não identificados" existentes no Comdabra (Comando de Defesa Aeroespacial Brasileiro) são enviados ao Arquivo Nacional, no Rio de Janeiro.

Ainda segun…

Descoberta 6 galaxias Medusas graças ao telescópio Hubble

Graças ao telescópio Hubble, os astrônomos descobriram seis galáxias 'Medusa', o triplo das que se haviam detectado até agora.

Os astrônomos da Universidade do Havaí (EUA) descobriram estes raros objetos quando estudavam as imagens obtidas pelo Hubble dos 37 aglomerados estelares localizados no espaço profundo.

Desde 2005, os astrônomos só tinham visto duas galáxias chamadas "Medusas."

Quando vimos uma galáxia "Medusa" sabiamos que era uma galáxia espiral que, movendo-se em alta velocidade, colidiam com um aglomerado de galáxias e foi destruída pelo impacto.

Devido a este efeito torna-se oval e o gás frio, o gás quente colide com o grupo, formando os tentáculos. O gás residual é comprimido e nele começam a formar-se novas estrelas.

A descoberta pode permitir uma melhor compreensão de como tomam forma as galáxias, acreditam os cientistas, que publicaram suas descobertas na revista Astrophysical Journal Letters.

Também poderia explicar a existência de est…

A geografia de uma estrela abortada

Concepção artística da anã marrom Luhman 16B baseada nas observações

POR SALVADOR NOGUEIRA

Lembram a professorinha da quarta série? “Estrelas são astros grandes, que têm luz própria. Planetas são menores e só refletem a luz que vem do Sol, que é a estrela mais próxima de nós.”

Num mundo ideal, em que Joãozinho é um menino que presta atenção na aula, ele perguntaria: “Professora, existe alguma coisa que não é nem tão pequena quanto planeta, nem tão grande quanto estrela?”

A resposta é: não só esses objetos existem, como um grupo de pesquisadores acabou de fazer um mapa das nuvens de um deles. Estamos falando das anãs marrons.

Esses astros misteriosos (e bastante comuns) se formam exatamente como as estrelas normais, agregando gás e poeira de uma nuvem até formar grandes bolonas gasosas. A diferença é que, para essas desafortunadas, o gás acaba antes da hora, e o resultado é que o objeto não reúne massa necessária para fusão nuclear do hidrogênio — a reação que faz os astros “acenderem…

Avistamento na BR 116

Desenho do ovni avistado por Marina Ribas Krening

E-mail relato enviado por Marina ao nosso outro blog, Seus Contatos Ovnis:

"Meu primeiro avistamento foi algo que ultrapassou qualquer realidade por mim vivida. Eu jamais tinha visto um óvni ou qualquer fenômeno estranho no céu, apesar de também não ser alguém que procura muito até então. Estou compartilhando a experiência mais sobrenatural e surreal da minha vida.

No dia 19 de julho de 2013 eu estava de mudança de estado, saindo de São Paulo (SP) para morar em Itajaí (SC). Fiz a viagem de ônibus pela BR 116 (São Paulo – Paraná), com destino a Curitiba, onde íamos ficar algumas noites antes de embarcar para Santa Catarina. Dentro do ônibus, estava eu com a minha bebê no colo, minha mãe ao lado e minha sogra no banco de trás. Partimos às 21:00hs com 6 horas de viagem pela frente.

Aquela noite estava linda, o céu límpido onde eu podia ver dezenas e dezenas de estrelas e o brilhar da lua. Eu estava sentada no banco da janela e o ôni…

90 segundos de Ufologia

Há vida longe da Terra? Como ela seria? Tudo que você precisa saber sobre extraterrestres no '90 Segundos



FONTE: NOTÍCIAS YAHOO

Relembrando: Ovnis Vale do Sol, Parnamirim - RN

O ASSUNTO OVNIS NO BAIRRO VALE DO SOL, NA CIDADE PARNAMIRIM, NO RIO GRANDE DO NORTE (COM TESTEMUNHAS, FOTOGRAFIAS, FILMAGENS, TELEFONEMAS E REPORTAGENS) FOI DIVULGADO POR DUAS EMISSORAS DE TV'S LOCAIS (SBT E RECORD), TEM NO YOUTUBE, TEM NO FACEBOOK, TAMBÉM NA INTERNET NO “OVNI HOJE” ,"UFOS WILSON" , “SEUS CONTATOS OVNIS”, "MUNDO UFO", “RONDINELLI UFOS” E NO MAIOR SITE DE UFOLOGIA DE PORTUGAL INTITULADO “UFOLOGIA”.
EXISTEM PROFISSIONAIS E INSTITUIÇÕES QUE PODEM TENTAR (OU ATÉ MESMO CONSEGUIR) DESVENDAR O QUE É CADA UM DESSES TRÊS OBJETOS VOADORES NÃO IDENTIFICADOS QUE ESTAVAM NO CÉU DE PARNAMIRIM. COMO EXEMPLOS FICAM A AERONÁUTICA, A INFRAERO, A NASA, AS UNIVERSIDADES, OS PERITOS, OS ASTRÔNOMOS, OS UFÓLOGOS, OS FÍSICOS, ETC.
MEU CANAL NO YOUTUBE, COM AS 3 FILMAGENS E 4 REPORTAGENS:

http://www.youtube.com/channel/UCZpk76qZByWHGpHckZbaE0w


BLOGS E SITES QUE DIVULGARAM:

http://ovnihoje.com/2013/08/25/parnamirin-rn-brasil-e-palco-de-avistamento-de-ovni-ufo/…

Aos amantes da astronômia: Este relógio coloca um planetário no seu pulso

Caso você planeje permanecer por aqui por mais – muito mais – do que um ciclo padrão de vida humana, você precisará de um relógio que mostre o tempo em um nível galático. O novo Complication Poétique Midnight Planétarium, da Van Cleef & Arpels, certamente dará conta do recado. Em vez de mostrar horas e minutos, ele incorpora seis dos planetas do nosso sistema solar orbitando uma versão minúscula do Sol em tempo real.

Então enquanto Mercúrio demora cerca de 88 dias para completar uma volta na face do relógio, Vênus precisará de 224 e a Terra, obviamente, de um ano. Saturno, por sua vez, o planeta mais distante do Sol presente no relógio, não voltará à sua posição inicial por 29 anos e meio.



Com 396 pequenas peças trabalhando juntas para completar o pequeno movimento do relógio, o Midnight Planétarium obviamente não é nada barato. Mas é o fato de cada um dos planetas ser feito de peças preciosas ou semi-preciosas que realmente faz com que ele seja caro. Disponível em algum momento …

Gravação de piloto com torre de controle revela avistamento de ovni por parte da tripulação de dois voos

Audio disponibilizado no dia 24 de janeiro 2014, onde uma conversação entre a torre de controle e pilotos de uma linha aérea revelam o avistamento de um suposto ovni que teria sido detectado por mais de uma aeronave. Não há a informação de onde ocorreu o fato, até que se prove o contrário qualquer artefato não identificado é um ovni não necessariamente sendo uma nave extraterretre.



FONTE: orlandosbfz

Ex-escravos lembram rotina em fazenda nazista no interior de SP

Em uma fazenda no interior de São Paulo, 160 km a oeste da capital, um time de futebol posa para uma foto comemorativa. Mas o que torna a imagem extraordinária é o símbolo na bandeira do time - uma suástica.

A foto, provavelmente, foi tirada após a ascensão nazista na Alemanha, na década de 1930.

"Nada explicava a presença dessa suástica aqui", conta José Ricardo Rosa Maciel, ex-dono da remota fazenda Cruzeiro do Sul, perto de Campina do Monte Alegre, que encontrou a foto, por acaso, um dia.
Mas essa foi, na verdade, sua segunda e intrigante descoberta. A primeira tinha ocorrido no chiqueiro.
"Um dia, os porcos quebraram uma parede e fugiram para o campo", ele disse. "Notei que os tijolos tinham caído. Achei que estava tendo alucinações".
Na parte debaixo de cada tijolo estava gravada uma suástica.



É sabido que no período que antecedeu a Segunda Guerra, o Brasil tinha fortes vínculos com a Alemanha Nazista. Os dois países eram parceiros comerciais e o Br…

Especialista em abdução defende que contato alienígena ajuda humanos a evoluírem

Mescla.Primeira obra de ficção de Gilda Moura revela conhecimentos inexplicáveis da humanidade Pedro Teixeira

“Depois do contato com um ser especial, a realidade nunca mais é a mesma.” É assim que Gilda Moura, psicóloga especializada em hipnose e abdução, explica a sua evolução a partir de experiências sobrenaturais. Ela conta que vivenciou episódios com extraterrestres na infância e também na fase adulta. Aos 75 anos, a moradora da Barra se prepara para lançar seu terceiro livro, “O segredo de Velázquez", em março. Gilda conduziu estudos sobre Estados Alterados da Consciência e Mapeamento Cerebral, na Universidade de Illinois (EUA), o que a credenciou internacionalmente como especialista no tema. Atualmente, ela é consultora das revistas brasileira “UFO” e a portuguesa “Consciência”.
Como foi sua experiência com um ser especial?
Vi uma nave espacial na entrada do sítio do meu pai, na Estrada de Adrianópolis (Nova Iguaçu), e na infância era comum o meu relógio de pulso parar em …