Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Outubro 26, 2014

Excelentes documentários ovnis

Um excelente documentário da série o inexplicável, é uma produção do a&e exibida em 10/03/2000. Mostra casos de avistamentos famosos e a política de acobertamento em torno do assunto..




Documentário da série from beyond, apresentado por Joey Travolta. Foi exibido pelo canal mundo e o destaque é a participação do cientista Jack Kesher analisando e dando seu parecer sobre as incríveis filmagens da missão sts91 do ônibus espacial.




Documentário alemão exibido pelo extinto canal de tv paga infinito em 16/03/2001




Documentário da hbo, exibido pelo extinto e saudoso canal pago infinito, em 23/10/2000. Traça um panorama completo das abduções, com entrevistas aos maiores especialistas no tema, reconstituição detalhada dos sequestros e o mais importante, a participação dos próprios abduzidos que contam o impacto profundo, traumático e transformador da experiência em suas vidas.



FONTE: JOÃO MARCELO

Alunas brasileiras vencem concurso de ideias inovadoras de Harvard

Georgia Gabriela e Raíssa Muller são as brasileiras selecionadas no programa "Village to Raise a Child" (Foto: Arquivo pessoal)

Duas estudantes brasileiras foram selecionadas em um programa que incentiva projetos inovadores de empreendedorismo social promovido por alunos da Universidade Harvard, nos Estados Unidos. No total, entre 80 inscritos, além de Georgia Gabriela da Silva Sampaio, de Feira de Santana (BA), e Raíssa Müller, de Novo Hamburgo (RS), ambas com 19 anos, outros três participantes vindos do Sri Lanka, Nepal e Filipinas, foram premiados. Em novembro eles vão participar de um conferência no campus de Harvard para expor seus projetos para investidores do mundo todo e conhecer a universidade.

Chamado de “Village to Raise a Child” (significa “Vila por Trás do Jovem”), o evento realizado pela primeira vez por um grupo de alunos, ex-alunos e professores de Harvard tem objetivo de tornar conhecidas ideiam que impactem a comunidade em que os autores vivem. “A ‘vila’ s…

Descoberta uma "corda de salvamento" para formação de planetas num sistema binário de estrelas

Esta impressão artística mostra o gás e poeira em torno do sistema binário GG Tauri-A. Com o auxílio do ALMA, os investigadores detectaram gás na região entre os dois discos deste sistema estelar. Este fenômeno poderá permitir a formação de planetas no ambiente gravitacionalmente perturbado do binário. Metade das estrelas do tipo solar nascem em sistemas binários e, por isso, esta descoberta tem consequências importantes na procura de exoplanetas.
Crédito: ESO/L. Calçada

Com o auxílio do ALMA os astrônomos detectaram, pela primeira vez, uma corrente de gás que flui desde um disco externo massivo até ao interior de um sistema binário de estrelas. Esta configuração, nunca observada até agora, pode ser responsável por manter um segundo disco de formação planetária, mais pequeno, que, de outro modo, teria desaparecido completamente há muito tempo. Metade das estrelas do tipo solar nascem em sistemas binários e, por isso, esta descoberta tem consequências importantes na procura de exoplan…

Hubble observa "luz fantasma" de galáxias mortas

O gigantesco enxame galáctico Abell 2744, também chamado de Enxame de Pandora, fica com uma parecença fantasmagórica quando a luz estelar total é artificialmente colorida em azul nesta imagem do Hubble.
Crédito: NASA/ESA/IAC/Equipa do HFF, STScI

O Telescópio Hubble da NASA/ESA detectou o brilho ténue e fantasmagórico de estrelas expelidas de galáxias antigas que foram gravitacionalmente rasgadas há vários milhares de milhões de anos atrás. O caos aconteceu a 4 mil milhões de anos-luz de distância, dentro de uma grande coleção de quase 500 galáxias apelidada de "Enxame de Pandora", também conhecido como Abell 2744.

As estrelas espalhadas já não estão vinculadas a qualquer uma galáxia, derivam livremente entre galáxias no enxame. Ao observar a luz destas estrelas "órfãs", os astrônomos do Hubble reuniram provas forenses que sugerem que até seis galáxias foram rasgadas em pedaços dentro do enxame ao longo de 6 mil milhões de anos.

Os modelos computacionais da dinâmic…

Nanopartículas sólidas deformam-se como um líquido

O fenômeno é chamado de pseudoelasticidade, diferente da plasticidade apresentada por outros materiais.[Imagem: Yan Liang]

Partículas ou gotas

Nanopartículas não são apenas partículas muito pequenas de algum material: elas parecem ter sua própria física.

Jun Sun e seus colegas da Universidade Sudeste de Nanjing, na China, descobriram que nanopartículas sólidas apresentam um comportamento de líquido, como se elas fossem gotas, e não partículas.

Vistas do lado de fora, as nanopartículas comportam-se em tudo como gotas líquidas, balançando e mudando de formato à menor pressão. Contudo, enquanto isso, seu interior mantém uma configuração cristalina perfeitamente estável.

Esse fenômeno surpreendente tem implicações diretas no uso das nanopartículas em equipamentos eletrônicos e eletromecânicos (MEMS e NEMS) e como carreadores de medicamentos em aplicações biomédicas.

Onde quer que a manutenção de formatos bem definidos seja necessário, como geralmente se espera dos sólidos, essas deformaç…

O perfume de um cometa... não é nada bom

O instrumento "cheirador de cometa" Rosina mostra que uma cauda de cometa não cheira muito bem.[Imagem: University of Bern]

Pum de cometa

No próximo dia 12 de Novembro, o robô espacial Philae vai fazer história pousando sobre o cometa 67P "Chury".

Mas você já imaginou que cheiro sentiria se pudesse estar lá?

Não se sinta muito atraído, porque os dados dos instrumentos científicos da sonda Rosetta mostram que o odor é bastante forte, com cheiro de ovos podres (sulfeto de hidrogênio), de estrume de cavalo (amoníaco) e o sufocante odor de formaldeído.

De potencialmente agradável, apenas um suave aroma de amêndoa do cianeto de hidrogênio e um adocicado do sulfeto de carbono, mas que seriam difíceis de perceber porque o metanol adiciona um cheiro de álcool, além do cheiro de vinagre do dióxido de enxofre.

Todas essas moléculas foram detectadas pelo instrumento ROSINA (Rosetta Orbiter Sensor for Ion and Neutral Analysis), que está "cheirando" a poeira emitida …