Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Junho 22, 2014

Enquanto NASA pensa sobre lua de Júpiter, cientistas aperfeiçoam método para encontrar ETs

Uma equipe de pesquisadores da Universidade de College London (UCL) desenvolveu um novo modelo de detecção de metano, que eles esperam irá provar que a vida extraterrestre existe sem a necessidade de água. Muito da procura por inteligência extraterrestre em andamento foca na descoberta de água e a investigação se formas de vida poderiam sobreviver, mas este novo desenvolvimento poderia expandir grandemente os possíveis lugares onde seres microscópicos podem estar prosperando.+
Os cientistas despenderam décadas procurando por sinais de água no espaço e por qualquer vida que possa existir ao seu redor. A mera presença de traços de água em Marte já levantou muitas curiosidades, com os pesquisadores racionalizando que, já que a Terra nasceu da água, seria plausível que tal evento ocorresse em outros locais. Mas em recentes anos os pesquisadores começaram a especular se os planetas na assim chamada ‘zona habitável de metano líquido’ poderiam abrigar alienígenas, sem a necessidade de águ…

Ex astronauta Marcos Pontes fala sobre o "Dia Mundial Dos Discos Voadores"

Por Marcos Pontes:

Pouca gente sabe que além do Dia de São João, hoje também é o Dia Mundial dos Discos Voadores! No dia 24 de junho de 1947, o piloto americano Keneth Arnold avistou nove objetos rápidos e brilhantes enquanto sobrevoava o Monte Rainier, em Washington. O evento ganhou as manchetes dos jornais e deu origem à ufologia, que estuda casos parecidos até hoje.

Pelo fato de ser astronauta, e ter ido para o espaço, muita gente me pergunta se eu acredito na existência de extraterrestres. Minha opinião é bem parecida com a de muitos cientistas e astrônomos: embora que ainda não tenham encontrado evidências concretas, as dimensões do Universo nos levam a crer que há uma enorme possibilidade de haver algumas centenas de milhares de seres de outro planeta ao nosso redor. E digo mais, pensem comigo: se nós não conhecemos todos os tipos de vida existentes no Universo, também não temos capacidade de criar um parâmetros para medir se elas existem ou não! Elas podem estar do nosso lado…

Cientistas detectam estrela que pode ser diamante do tamanho da Terra

Concepção artística da anã branca em órbita do pulsar PSR J2222-0137 (Foto: B.Saxton/NRAO/AUI/NSF )

Estrela pode ser a anã branca mais fria e com brilho mais fraco já detectada.
Temperatura faz com que carbono se cristalize, como em um diamante.

Uma estrela identificada por um grupo de astrônomos pode ser a anã branca mais fria e com brilho mais fraco já identificada. A temperatura estimada do astro - de cerca de 2,7 mil ºC - determina que o carbono que o compõe tenha provavelmente cristalizado, o que faria dele um grande diamante, do tamanho da Terra.

"Essas coisas devem existir por aí, mas pelo fato de serem tão escuras, são muito difíceis de serem encontradas", diz o professor David Kaplan, da Universidade de Wisconsin-Milwaukee. Ele é um dos autores da descoberta, publicada na revista "Astrophysical Journal" nesta segunda-feira (23).
As anãs brancas são estrelas que têm mais ou menos o tamanho da Terra, compostas principalmente por carbono e oxigênio. Trata-se…

"Ilha mágica" em lua de Saturno intriga astrônomos

A "ilha" surgiu nas imagens feitas pela sonda Cassini, mas depois desapareceu. [Imagem: NASA/JPL-Caltech/USGS]

Ilha de Titã

Um fenômeno que vem sendo chamado de "ilha mágica", foi observado em julho do ano passado pela sonda Cassini, em Titã, maior lua de Saturno.

A sonda observou a "ilha" - na realidade, uma mancha brilhante - durante um sobrevoo por Ligeia Mare, um lago de metano e etano do polo norte de Titã.

Mas, em suas passagens seguintes, a ilha havia desaparecido. Em 2012, astrônomos haviam encontrado um "primo" de um lago africano em Titã.

"Ilha mágica é o termo coloquial que estamos usando para nos referir a esse fenômeno, mas na realidade não achamos que se trata de uma ilha", explicou Jason Hofgartner, da Universidade Cornell, nos Estados Unidos.

Hofgartner é um dos autores de um estudo que levanta hipóteses sobre as origens do fenômeno.

"Temos quatro hipóteses diferentes para explicar as causas desse fenômeno: ondas,…

Ex infante da marinha dos Estados Unidos afirma que passou 17 anos em Marte

Um ex infante de marinha dos Estados Unidos, assegura que passou 17 anos trabalhando em uma missão em Marte. O homem, que utiliza o pseudônimo de capitão Kaye, disse em uma entrevista na ExoNews TV que foi enviado ao Planeta Vermelho para proteger a cinco colonias humanas ali existentes.

Acrescentou que trabalhou numa flota espacial secreta dirigida por uma organização multinacional chamada de Força de Defesa da Terra, que recruta pessoal militar de países como EE.UU, Russia e China.

Agregou que durante estes anos aprendeu a operar distintos tipos de naves e que o treinamento teve lugar em instalações localizadas na lua de Saturno, Titã, e em uma base secreta de nossa Lua.

Veja os vídeos no canal ExoNewsTV

FONTE: RT NOTICIAS


UFOS WILSON: QUEM LIMPA E LIMPOU OS PAINÉIS SOLARES DOS ROBÔS ENVIADOS A MARTE? A NASA DIZ SER O PRÓPRIO VENTO QUE CONSEQUENTEMENTE VEM CARREGADO DE POEIRA. A QUEM ELES QUEREM ENGANAR?