Pular para o conteúdo principal

Pode haver quatrilhões de toneladas de diamantes no centro da Terra


Estudo revela hipótese — quantidade é mil vezes maior do que cientistas estimavam

Pesquisadores descobriram que há cerca de um quatrilhão de toneladas de diamantes a mais de 160 km de profundidade em direção ao centro do planeta. A descoberta aconteceu após os cientistas usarem ondas sonoras para estimar a composição do manto superior da Terra.

Publicado no periódico Geochemistry, Geophysics, Geosystems, o estudo foi feito com base em diversos dados de atividade sísmica. Especialistas registram todos os movimentos do planeta, como os terremotos. E tudo não passa de ondas mecânicas que se movem a determinada velocidade, dependendo do material pelo qual passam.

Com as informações, os pesquisadores tentaram reconstruir o interior da Terra. Existem certas áreas nas quais as ondas sísmicas aceleraram sem explicação. Essas regiões são chamadas de raízes cratônicas, e são as seções mais antigas e inamovíveis das placas tectônicas continentais.


HÁ DIAMANTE NO INTERIOR DO PLANETA - E NÃO É POUCO (FOTO: CHARLESC/ WIKIMEDIA COMMONS )

A equipe chegou à conclusão de que, se essas estruturas contêm entre 1% e 2% de diamante, a velocidade das ondas sísmicas faz sentido. Isso pode não parecer muito em termos da quantidade total de material na crosta e no manto, mas é mil vezes mais diamantes do que o esperado.

"Isso mostra que o diamante não é um mineral exótico, mas, na escala geológica das coisas, é relativamente comum", disse o autor do estudo, Ulrich Faul, do Instituto de Tecnologia de Massachusetts, em anúncio. "É uma evidência circunstancial, mas nós passamos por todas as diferentes possibilidades, de todos os ângulos, e esta é a única que resta como uma explicação razoável.”

Os diamantes são formados sob condições de temperatura extremamente quentes e alta pressão, como pode ser encontrado abaixo da crosta terrestre. Eles são raros porque só chegam perto da superfície em erupções específicas que esculpem tubos geológicos feitos de uma rocha chamada kimberlito.

FONTE: REVISTA GALILEU

Comentários

  1. 💎 Área de Minério de Diamantes – Busca por Parcerias:

    - Localizada no Mato Grosso – Brasil (350 km de Cuiabá).
    - Área hoje com exploração: 10.000 hectares.
    - Área a ser explorada: + 9.000 hectares.
    - Todas as licenças e documentações em dia.
    - 100% legalizada incluindo opção de certificado Kimberley.
    - Esta sendo extraído hoje:
    * 73% de diamantes destinados para gemas.
    * 27% de diamantes destinados para indústria.
    - O proprietário busca parceiro para investir em nova planta e produção para os restantes dos 9.000 hectares.
    - Luva de R$ 1.500.000,00. (Negociável).
    - Proposta de parceria:
    * 70% para o investidor.
    * 30% para o proprietário.

    ☎️ WhatsApp: +55 35 9.8429-9938

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Mémorias da Ufologia: Caso SANTA ISABEL

FOTOS DO LAUDO

Na localidade de Santa Izabel(SP) em junho de 1999, a Sra. Alzira Maria de Jesus foi encontrada morta na sua cama, e por volta das 8 hs da manhã sua nora percebe o fato e sai imediatamente para ir ao orelhão e ligar para o seu marido e espera à ajuda e , ao chegar de volta em casa quase 40 min.depois a nora vê o corpo da sra. com o rosto totalmente desfigurado e praticamente sem carne; foi feito o boletim de ocorrência na delegacia da cidade sob n°145/99 em 24 de Junho. Posteriormente confirmou-se que à causa da morte foi a parada respiratória, mas o que aconteceu realmente como rosto desta sra. num espaço menor de uma hora?O laudo é cita sobre as configurações do mesmo, inclusive nas cavidades oculares, mas o que teria causado à perda do rosto ficou indeterminada. Mais estranho ainda é que na noite anterior aos fatos foram vistas bolas de luz voando nessa região rural e no início da madrugada os animais,como cachorros,gansos,e outros começaram à fazer um intenso barulh…

O caso Artur Berlet, O homem que foi para o Planeta Acart

O "Caso Berlet" ocorreu em 25 de maio de 1958 (faleceu em 1995), quando o gaúcho Artur Berlet, da cidade de Sarandí – RS, desapareceu por 11 dias.
Segundo Berlet teria sido abduzido e levado para um planeta chamado Acart aproximadamente 65,000,000 km da terra, demorou cerca de 38horas para chegar, onde ficou 11 dias em uma cidade com quase 90 milhões de habitantes. O curioso do fato que conseguiu comunicação com extraterrestres através do idioma Alemão.

Durante esse tempo, Berlet teve a chance de ver a Terra a partir do espaço. conhecer objetos e tecnologias que só teríamos posteriormente no decorrer do avanço dos humanos.
Após décadas, a fantástica história do gaúcho ainda surpreende a todos. Quem reconstituiu a história desse caso para a RBS foi a professora Ana Berlet, filha de Artur.

Vejam o nível da informação:

O Artur Berlet através de uma aparelho de Acart o qual olhou a terra, disse;
“a terra era AZUL.”



Ok ! parece nada demais, mas o fato é que ele disse anos ant…

Filme "Intruders" (Intrusos) 1992

Ao pesquisar problemas de duas de suas pacientes, proeminente psiquiatra de um importante hospital de Los Angeles (Interpretado pelo falecido ator Richard Crenna na vida real John Mack, psiquiatra formado em Harvard Medical School, 1955.) acaba penetrando em um universo de estranhas ocorrências relacionadas com OVNIs, que modificarão sua própria vida.

"Intruders" foi baseado no best-seller de Budd Hopkins e em casos verídicos que hoje compõem um vasto arquivo de histórias vividas por muitas pessoas que passaram por experiências com seres extraterrestres, e que neste filme colaboraram com renomados pesquisadores do assunto na reconstituição dos episódios.

Best Seller "Intruders" (Intrusos)

Algumas cenas do filme:








Filme legendado em português:




Inspiração do filme Intruders (Intrusos), mulher relata contato com ETs



A americana Debbie Jordan, que relata um contato com extraterrestres há 34 anos, comentou que ficaria chocada se houvesse uma nova aproximação, mas não enc…