Pular para o conteúdo principal

Fusão Nuclear: Janelas de diamante para alimentar uma estrela artificial


Cada janela de diamante destas custa quase meio milhão de reais. [Imagem: Tanja Meibner/KIT]

Girotrons

No calor do Sol e das demais estrelas, átomos de hidrogênio são fundidos em hélio e, no decorrer dessa reação de fusão nuclear, quantidades gigantescas de energia são liberadas.

Nas usinas de fusão nuclear na Terra, esse "fogo das estrelas" promete um dia contribuir para o fornecimento de energia sustentável e segura. Em todo o mundo, engenheiros e físicos especializados em fusão nuclear estão cooperando para colocar os primeiros reatores em operação.

No Instituto de Tecnologia Karlsruhe, na Alemanha, os chamados girotrons estão sendo desenvolvidos para o reator de pesquisa ITER e para reatores menores, como o Wendelstein 7X.

Girotrons são osciladores de micro-ondas que geram uma temperatura de até 150 milhões de graus Celsius no reator, semelhante a um forno de micro-ondas muito grande. Esta alta temperatura faz com que o combustível de trício atinja o estado de plasma necessário para a fusão nuclear.

Janelas de diamante

Para guiar a radiação de micro-ondas dos girotrons até o plasma magneticamente isolado dentro reator são necessárias janelas muito especiais.

Para fabricar essas janelas, apenas um material se mostrou adequado até agora: o diamante. "Nenhum outro material conhecido sobrevive à radiação de micro-ondas extrema e, ao mesmo tempo, tem a permeabilidade necessária com baixas perdas," disse o professor Dirk Strauss, que está desenvolvendo a tecnologia de janelas de diamante com seu colega Theo Scherer.

Para guiar a radiação de mais de um megawatt para o interior do reator de pesquisa ITER, várias janelas de diamante foram projetadas e produzidas em cooperação com parceiros da indústria. Enquanto isso, os pesquisadores já estão trabalhando em unidades de janela para o sucessor do ITER, chamado DEMO, no qual a energia será produzida a partir de 2050.

Outros reatores de fusão nuclear, no Japão e nos EUA, também escolheram o diamante, mas para conter o combustível do reator de fusão. [Imagem: Hiroki Kato/U.Osaka]

"Nossos discos têm um diâmetro de 180 mm e têm até 2 mm de espessura," conta Theo Scherer. "Isso os torna a maior estrutura de diamantes sintéticos já produzida pronta para uso."

Os discos são feitos de diamante sintético por deposição química a vapor (CVD), uma técnica especial de revestimento. Os diamantes CVD crescem em uma superfície de silício em um pequeno reator a vácuo no qual vai sendo inserida uma mistura de gases. Por meio de irradiação de micro-ondas, essa mistura é transformada em plasma, semelhante ao que acontece em um reator de fusão, mas com consumo de energia muito menor. O plasma consiste em hidrogênio atômico, que impede a formação indesejada de grafite, e uma pequena quantidade de metano, que fornece o carbono para o diamante.

"É um processo demorado e muito complexo," conta Strauss. "A janela de diamante cresce alguns micrômetros por hora."

O produto final é consequentemente caro: segundo Strauss, cada disco de diamante para o reator DEMO custa algo na faixa dos seis dígitos - mais de €$100.000 cada um.

Diamante monocristalino

A equipe está agora examinando a estrutura superficial e as características de alta frequência das janelas para avaliar as perdas de energia das micro-ondas ao atravessá-las.

"No momento, estamos trabalhando no desenvolvimento de discos de diamante monocristalino. Isso poderá reduzir ainda mais as perdas de micro-ondas durante a transmissão," adiantou Scherer.

FONTE: SITE INOVAÇÃO TECNOLOGICA

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Mémorias da Ufologia: Caso SANTA ISABEL

FOTOS DO LAUDO

Na localidade de Santa Izabel(SP) em junho de 1999, a Sra. Alzira Maria de Jesus foi encontrada morta na sua cama, e por volta das 8 hs da manhã sua nora percebe o fato e sai imediatamente para ir ao orelhão e ligar para o seu marido e espera à ajuda e , ao chegar de volta em casa quase 40 min.depois a nora vê o corpo da sra. com o rosto totalmente desfigurado e praticamente sem carne; foi feito o boletim de ocorrência na delegacia da cidade sob n°145/99 em 24 de Junho. Posteriormente confirmou-se que à causa da morte foi a parada respiratória, mas o que aconteceu realmente como rosto desta sra. num espaço menor de uma hora?O laudo é cita sobre as configurações do mesmo, inclusive nas cavidades oculares, mas o que teria causado à perda do rosto ficou indeterminada. Mais estranho ainda é que na noite anterior aos fatos foram vistas bolas de luz voando nessa região rural e no início da madrugada os animais,como cachorros,gansos,e outros começaram à fazer um intenso barulh…

O caso Artur Berlet, O homem que foi para o Planeta Acart

O "Caso Berlet" ocorreu em 25 de maio de 1958 (faleceu em 1995), quando o gaúcho Artur Berlet, da cidade de Sarandí – RS, desapareceu por 11 dias.
Segundo Berlet teria sido abduzido e levado para um planeta chamado Acart aproximadamente 65,000,000 km da terra, demorou cerca de 38horas para chegar, onde ficou 11 dias em uma cidade com quase 90 milhões de habitantes. O curioso do fato que conseguiu comunicação com extraterrestres através do idioma Alemão.

Durante esse tempo, Berlet teve a chance de ver a Terra a partir do espaço. conhecer objetos e tecnologias que só teríamos posteriormente no decorrer do avanço dos humanos.
Após décadas, a fantástica história do gaúcho ainda surpreende a todos. Quem reconstituiu a história desse caso para a RBS foi a professora Ana Berlet, filha de Artur.

Vejam o nível da informação:

O Artur Berlet através de uma aparelho de Acart o qual olhou a terra, disse;
“a terra era AZUL.”



Ok ! parece nada demais, mas o fato é que ele disse anos ant…

Filme "Intruders" (Intrusos) 1992

Ao pesquisar problemas de duas de suas pacientes, proeminente psiquiatra de um importante hospital de Los Angeles (Interpretado pelo falecido ator Richard Crenna na vida real John Mack, psiquiatra formado em Harvard Medical School, 1955.) acaba penetrando em um universo de estranhas ocorrências relacionadas com OVNIs, que modificarão sua própria vida.

"Intruders" foi baseado no best-seller de Budd Hopkins e em casos verídicos que hoje compõem um vasto arquivo de histórias vividas por muitas pessoas que passaram por experiências com seres extraterrestres, e que neste filme colaboraram com renomados pesquisadores do assunto na reconstituição dos episódios.

Best Seller "Intruders" (Intrusos)

Algumas cenas do filme:








Filme legendado em português:




Inspiração do filme Intruders (Intrusos), mulher relata contato com ETs



A americana Debbie Jordan, que relata um contato com extraterrestres há 34 anos, comentou que ficaria chocada se houvesse uma nova aproximação, mas não enc…