Pular para o conteúdo principal

Livro de Joaquim Fernandes relata "fenômenos 'impossíveis'"


Um compêndio de descrições "pormenorizado" de "encontros imediatos" com objetos voadores não identificados (OVNI) em Portugal chega às livrarias, assinado pelo cofundador do Centro Transdisciplinar de Estudos da Consciência da Universidade Fernando Pessoa, Joaquim Fernandes.

No livro, intitulado 'Ficheiros Secretos à Portuguesa - Avistamentos de Ovnis, fenômenos 'impossíveis' e outros casos à espera de explicação', Joaquim Fernandes recolhe "uma série de histórias surpreendentes e casos até hoje desconhecidos, no todo ou em parte, revelados através dos seus protagonistas e de documentação oficial inédita".

"Há arquivos que não são do conhecimento público, mas que existem. Neles estão descritos ao pormenor 'encontros imediatos' no mar, no ar e em terra. Fenômenos 'impossíveis' que continuam à espera de uma explicação", lê-se numa nota de imprensa da Manuscrito, que edita a obra.

Entre os casos relatados estão "o estranho caso dos relógios parados em Santa Maria", o "'charuto voador' visto na Praia da Vitória" e os dossiês sobre "as 'estranhas luzes verdes' que rondaram um C-124 da Força Aérea", "o engenho 'visivelmente visto' na base das Lajes", a "nuvem bizarra seguida pelos radares" e o "intruso aéreo" detectado "em 2004 nos radares civis e militares".

No prefácio do livro, o general piloto-aviador ex-chefe do Estado Maior da Força Aérea Portuguesa Tomás George Conceição Silva apresenta-o como "um verdadeiro compêndio de toda a fenomenologia relacionada com o avistamento de objetos voadores não identificados, no Continente e Regiões Autônomas, desde os primórdios do fim da II Guerra Mundial até hoje".

"As entidades estatais e militares têm o dever de prestar a devida verdadeira informação ao público, mas esta é sempre tendente a ser distorcida ou camuflada, por vezes com artifícios inaceitáveis", escreve.

Cofundador do Centro Transdisciplinar de Estudos da Consciência da Universidade Fernando Pessoa, no Porto, Joaquim Fernandes doutorou-se em História na Faculdade de Letras da Universidade do Porto com uma tese sobre 'O Imaginário Extraterrestre na Cultura Portuguesa -- do fim da Modernidade até meados do século XIX', descrita como "a primeira da sua temática" a ser apresentada numa academia portuguesa e europeia e editada sob o título 'Moradas Celestes'.

Segundo a informação da Manuscrito, Joaquim Fernandes "interessa-se particularmente pela antropologia religiosa comparada, com destaque para os fenômenos da religiosidade popular e da espiritualidade, mitos e cosmologias, e o debate entre ciência e religião".

"É membro de vários organismos internacionais e coordenador internacional do 'MARIAN Project', que estuda as dimensões culturais e científicas dos fenômenos religiosos de aparições, como Fátima, tema a que dedicou várias obras em coautoria com Fina d'Armada, igualmente traduzidas para inglês, castelhano e francês", refere.

Em 2008, Joaquim Fernandes publicou o seu primeiro romance histórico, 'O Cavaleiro da Ilha do Corvo', a que se seguiram os ensaios 'O Grande Livro dos Portugueses Esquecidos' e 'Mundos, Mitos e Medos -- O Céu na Poesia Portuguesa'.

No mesmo ano coordenou e apresentou na RTP2 a série temática 'Encontros Imediatos', dedicada ao fenômeno OVNI em Portugal, e em 2010 escreveu em coautoria o roteiro do telefilme 'A Noite do Fim do Mundo', que retrata as reações em Portugal à aproximação do cometa Halley, em 1910.



Em 2014 publicou o seu segundo romance histórico, 'As Curandeiras Chinesas. Um motim que abalou a I República', e em 2015 a obra 'História Prodigiosa de Portugal. Mitos & Maravilhas'.

O seu mais recente título é 'Portugal Insólito', publicado em 2016 pela editora Manuscrito.

Joaquim Fernandes foi ainda responsável pelo roteiro e apresentação do documentário 'As Faces de Fátima', produzido em 2017 pelo canal História, e coordenou no Porto Canal a série 'Conversas do Centenário', dedicada aos eventos de aparições de Fátima.

O autor está biografado no Dicionário das Personalidades Portuenses do século XX, editado pela Porto Editora em 2001.

Abaixo os 13 episódios da série "Encontros Imediatos", apresentada por Joaquim Fernandes em 2008:















FONTE: www.noticiasaominuto.com - Canal Youtube Riddlept

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ovnis e estranhas criaturas próximos ao Centro de Lançamento da Barreira do Inferno (RN)

Desde o ano de 2016 militares da Aeronáutica que trabalham na Barreira do Inferno já percebiam bolas de luzes alaranjadas como também feixes de luzes amarelados no céu noturno, bem próximo daquela região. Por desconhecerem totalmente a origem dessas luzes misteriosas e a finalidade delas, vários militares observavam intrigados e chegavam a comentar entre eles sobre esses fenômenos luminosos. Dias após a percepção dessas claridades no céu noturno, alguns militares começaram a perceber ao redor daquela localidade o aparecimento de criaturas vivas, de seres que não eram humanos. Um dos militares chegou a ver um "Urso Polar" e imediatamente comunicou a outros militares de plantão. Tal militar chegou a passar mal após a aparição de tal criatura. Já um outro militar flagrou uma outra criatura aparentando ser um "homem de grande porte" sair andando de dentro da água do mar. Outro militar relata que presenciou duas criaturas que de início pareciam apenas dois cachorros g…

Mémorias da Ufologia: Caso SANTA ISABEL

FOTOS DO LAUDO

Na localidade de Santa Izabel(SP) em junho de 1999, a Sra. Alzira Maria de Jesus foi encontrada morta na sua cama, e por volta das 8 hs da manhã sua nora percebe o fato e sai imediatamente para ir ao orelhão e ligar para o seu marido e espera à ajuda e , ao chegar de volta em casa quase 40 min.depois a nora vê o corpo da sra. com o rosto totalmente desfigurado e praticamente sem carne; foi feito o boletim de ocorrência na delegacia da cidade sob n°145/99 em 24 de Junho. Posteriormente confirmou-se que à causa da morte foi a parada respiratória, mas o que aconteceu realmente como rosto desta sra. num espaço menor de uma hora?O laudo é cita sobre as configurações do mesmo, inclusive nas cavidades oculares, mas o que teria causado à perda do rosto ficou indeterminada. Mais estranho ainda é que na noite anterior aos fatos foram vistas bolas de luz voando nessa região rural e no início da madrugada os animais,como cachorros,gansos,e outros começaram à fazer um intenso barulh…

Fazendeiro grego encontra túmulo de 3.400 anos debaixo de suas oliveiras

Por: George Dvorsky

Um túmulo de 3.400 anos contendo dois caixões e dúzias de artefatos que remontam ao fim da era Minoica estava escondido debaixo do olival de um fazendeiro grego, no sudeste da ilha de Creta, na Grécia.

Como noticiado pelo Cretapost, o homem, que não teve seu nome revelado, estava tentando estacionar seu veículo debaixo da sombra de uma oliveira quando o solo debaixo dele começou a afundar. Depois de se afastar, o fazendeiro notou que um buraco medindo cerca de 1,2 metro de largura apareceu de repente. Quando ele olhou para o vazio abaixo, rapidamente percebeu que havia se deparado com algo importante.


O buraco. Imagem: Eforato de Antiguidades de Lasithi

O fazendeiro contatou o Eforato de Antiguidades de Lassithi — ministério de patrimônio local —, que enviou arqueólogos para investigar. Descobriram então que o fazendeiro havia se deparado com um túmulo da era Minoica contendo um par de caixões, cada um deles com um só esqueleto. Duas dúzias de vasos com ornamentos…