Pular para o conteúdo principal

Cidade de 4,3 mil anos com pirâmide é descoberta na China


ESTA FIGURA MOSTRA IMAGENS DA PIRÂMIDE DE DEGRAUS. A) PARTE DOS MUROS DE PEDRA DO SEGUNDO E TERCEIRO DEGRAUS DA PIRÂMIDE; B) SÍMBOLOS DOS OLHOS QUE DECORAM A PIRÂMIDE C) UMA VISTA DOS MUROS SOB ESCAVAÇÃO; D) UMA VISÃO GERAL DA PIRÂMIDE ANTES DA ESCAVAÇÃO. (FOTO: ZHOUYONG SUN AND JING SHAO)

Arqueólogos também encontraram joias e vestígios que indicam sacrifícios humanos no local

Arqueólogos descobriram na China ruínas de uma cidade que floresceu há 4,3 mil anos. Com uma área de 400 hectares, era uma das maiores cidades do mundo na época, construída nos arredores de uma grande pirâmide, com 70 metros de altura e quase 100 mil metros quadrados na base. Com nome original desconhecido, ganhou o nome de Shimao. O achado foi publicado em agosto na revista Antiquity.

As escavações revelaram que a pirâmide era toda decorada com símbolos antropomórficos, que provavelmente tinha cunho religioso para época. Os onze degraus que a compõe são todos revestidos em pedra. O topo abrigava um grande palácio, “construídos de terra batida, com pilares de madeira e telhas, um gigantesco reservatório de água e restos domésticos relacionados à vida cotidiana", escreveram os pesquisadores.

Os governantes da cidade viviam nesses palácios e a produção de arte e artesanato era realizada nas proximidades. "As evidências até agora sugerem que o complexo da pirâmide escalonada funcionava não apenas como um espaço residencial para as elites dirigentes de Shimao, mas também como um espaço para a produção de artesanatos artesanais ou industriais", diz o artigo.

Os arqueólogos encontraram artefatos de jade foram inseridos em espaços entre os blocos em todas as estruturas da cidade. Inclusive em uma série de muros de pedras e portões foi construído em torno da pirâmide e da cidade, dando indícios de que precisavam de defesa contra invasores.


UM POÇO SACRIFICIAL DE CRÂNIOS HUMANOS DESCOBERTO EM SHIMAO. AS PESSOAS SACRIFICADAS PODEM TER SIDO CAPTURADOS NA GUERRA. ESTA FOTO FOI PUBLICADA PELA PRIMEIRA VEZ EM 2016 EM UM ARTIGO NA REVISTA DE LÍNGUA CHINESA KAOGU YU WENWU. (FOTO: ZHOUYONG SUN AND JING SHAO)

Mas foi perto do portão à leste da cidade que tiveram a confirmação do caráter violento da cidade. Foram encontrados seis poços contendo cabeças humanas decepadas. "A análise morfológica dos restos humanos sugere que as vítimas podem ter sido relacionadas aos moradores de Zhukaigou, o que poderia sugerir que eles foram levados para Shimao como cativos durante a expansão da organização política Shimao", disse o estudo.

Embora os arqueólogos tenham sabido sobre Shimao por muitos anos, pensava-se que ele fazia parte da Grande Muralha da China, cujo parte está nas proximidades. As escavações, no etanto, mostram que SHimao é muito mais antiga que os 2.700 anos do início da construção da Muralha.

O estudo foi assinado por Li Jaang, professor da Escola de História da Universidade de Zhengzhou, Zhouyong Sun e Jing Shao, arqueólogos do Instituto Provincial de Arqueologia de Shaanxi, e Min Li, professor de antropologia da Universidade da Califórnia.

FONTE: REVISTA GALILEU

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Mémorias da Ufologia: Caso SANTA ISABEL

FOTOS DO LAUDO

Na localidade de Santa Izabel(SP) em junho de 1999, a Sra. Alzira Maria de Jesus foi encontrada morta na sua cama, e por volta das 8 hs da manhã sua nora percebe o fato e sai imediatamente para ir ao orelhão e ligar para o seu marido e espera à ajuda e , ao chegar de volta em casa quase 40 min.depois a nora vê o corpo da sra. com o rosto totalmente desfigurado e praticamente sem carne; foi feito o boletim de ocorrência na delegacia da cidade sob n°145/99 em 24 de Junho. Posteriormente confirmou-se que à causa da morte foi a parada respiratória, mas o que aconteceu realmente como rosto desta sra. num espaço menor de uma hora?O laudo é cita sobre as configurações do mesmo, inclusive nas cavidades oculares, mas o que teria causado à perda do rosto ficou indeterminada. Mais estranho ainda é que na noite anterior aos fatos foram vistas bolas de luz voando nessa região rural e no início da madrugada os animais,como cachorros,gansos,e outros começaram à fazer um intenso barulh…

O caso Artur Berlet, O homem que foi para o Planeta Acart

O "Caso Berlet" ocorreu em 25 de maio de 1958 (faleceu em 1995), quando o gaúcho Artur Berlet, da cidade de Sarandí – RS, desapareceu por 11 dias.
Segundo Berlet teria sido abduzido e levado para um planeta chamado Acart aproximadamente 65,000,000 km da terra, demorou cerca de 38horas para chegar, onde ficou 11 dias em uma cidade com quase 90 milhões de habitantes. O curioso do fato que conseguiu comunicação com extraterrestres através do idioma Alemão.

Durante esse tempo, Berlet teve a chance de ver a Terra a partir do espaço. conhecer objetos e tecnologias que só teríamos posteriormente no decorrer do avanço dos humanos.
Após décadas, a fantástica história do gaúcho ainda surpreende a todos. Quem reconstituiu a história desse caso para a RBS foi a professora Ana Berlet, filha de Artur.

Vejam o nível da informação:

O Artur Berlet através de uma aparelho de Acart o qual olhou a terra, disse;
“a terra era AZUL.”



Ok ! parece nada demais, mas o fato é que ele disse anos ant…

Filme "Intruders" (Intrusos) 1992

Ao pesquisar problemas de duas de suas pacientes, proeminente psiquiatra de um importante hospital de Los Angeles (Interpretado pelo falecido ator Richard Crenna na vida real John Mack, psiquiatra formado em Harvard Medical School, 1955.) acaba penetrando em um universo de estranhas ocorrências relacionadas com OVNIs, que modificarão sua própria vida.

"Intruders" foi baseado no best-seller de Budd Hopkins e em casos verídicos que hoje compõem um vasto arquivo de histórias vividas por muitas pessoas que passaram por experiências com seres extraterrestres, e que neste filme colaboraram com renomados pesquisadores do assunto na reconstituição dos episódios.

Best Seller "Intruders" (Intrusos)

Algumas cenas do filme:








Filme legendado em português:




Inspiração do filme Intruders (Intrusos), mulher relata contato com ETs



A americana Debbie Jordan, que relata um contato com extraterrestres há 34 anos, comentou que ficaria chocada se houvesse uma nova aproximação, mas não enc…