Pular para o conteúdo principal

A “megaestrutura alienígena” acaba de ficar ainda mais misteriosa



A estrela KIC 8462852 se tornou nossa obsessão quando alguns astrônomos disseram que ela poderia ser algum tipo de megaestrutura alienígena. Observações posteriores da “estrela de Tabby” não revelaram sinais de vida alienígena, mas alguns fenômenos de picos luminosos continuaram a intrigar os especialistas. Agora, as coisas ficaram ainda mais estranhas.

Um estudo ainda não publicado oficialmente foi divulgado no arXiv. Nele, o astrônomo Ben Montet da Caltech e Joshua Simon, do Carnegie Institute, descrevem os resultados de uma nova análise fotométrica da estrela, que foi vista pela primeira vez pela base de dados do telescópio da sonda Kepler.

Examinando cuidadosamente todas as imagens coletadas durante a campanha de observação da Kepler, Montet e Simon descobriram algo surpreendente: não são apenas as luzes da estrela que ocasionalmente diminuem em até 20%, mas todo o fluxo estelar tem sido reduzido ao longo de quatro anos.

Durante os primeiros mil dias da campanha do Kepler, a Estrela de Tabby diminuiu sua luminosidade em aproximadamente 0,34% por ano. E nos 200 dias seguintes a estrela ofuscou mais rapidamente, e seu fluxo estelar caiu 2% antes de estabilizar. No geral, a estrela ficou 3% mais opaca durante os quatro anos que a Kepler a observou – uma quantia enorme e inexplicável. Os astrônomos observaram outras 500 estrelas vizinhas e não viram nada parecido.

“A parte que realmente me surpreendeu foi o quão rápido e não linear tudo aconteceu,” disse Montet ao Gizmodo. “Nós passamos um bom tempo tentando nos convencer de que isso não era real. Mas não conseguíamos.”


Fotometria da KIC8462852 mensurada a partir dos dados do Kepler. As análises revelaram uma diminuição lenta e estável na luminosidade da estrela por cerca de 1000 dias, seguida de um período de declínio mais agressivo. Imagem: Montet & Simon 2016.

Essa não é a primeira vez que os especialistas apontam que a Estrela de Tabby está ficando mais opaca. No começo desse ano, Bradley Schaefer, da Universidade do Estado da Luisiana, decidiu examinar a estrela a partir de chapas fotográficas do céu do século 19. Ele descobriu que durante os últimos 100 anos, a emissão total de luz da estrela diminuiu em 19%. Porém, logo depois que ele publicou seu estudo, outros especialistas começaram a encontrar defeitos, afirmando que o ofuscamento observado era resultado de dados deficientes. Schaefer retrucou e as coisas ficaram um pouco feias.

A controvérsia sobre o trabalho de Schaefer foi justamente o que fez com que Montet observasse algumas tendências por outra pespectiva. “Nós percebemos que para resolver isso, você precisava ou de um parâmetro longo ou de dados de alta precisão,” disse Montet. “Kepler tem dados de alta precisão.” Ele disse ainda que a taxa de escurecimento que encontrou é duas vezes maior do que a de Schaefer, o que “é diferente, mas não necessariamente inconsistente.”

Jason Wright, astrônomo da Penn State que sugeriu que a Estrela de Tabby poderia ser uma megaestrutura alienígena, concordou que as novas análises vão de encontro com as afirmações de Schaefer. “O novo estudo afirma, e eu concordo, que não temos nenhum outro modelo realmente bom para esse tipo de comportamento,” disse. “Isso é animador!”

Keivan Stassun, um astrônomo da Vanderbilt que não havia concordado com a ideia de ofuscamento a longo prazo, disse que a Estrela de Tabby ainda carrega muitas dúvidas. “As novas descobertas [de Montet] sugerem que nenhum dos fenômenos considerados podem, sozinhos, explicar as observações” disse ao Gizmodo. “No final das contas, resolver esse quebra-cabeça talvez exija levar em consideração uma combinação de efeitos.”

Alguns das explicações mais críveis até agora incluem: uma família de cometas, o efeito de uma estrela distorcida ou os restos de um planeta estilhaçado. Algumas delas conseguem explicar o efeito de ofuscamento a longo prazo, enquanto outras explicam a cintilação a curto prazo, mas como Montet afirma “nada explica tudo muito bem.”

O que está claro é que não iremos resolver esse mistério enquanto não conseguirmos uma observação melhor da estrela, que é exatamente o que Tabby Boyajian – o astrônomo que a descobriu – está fazendo.

Depois de uma campanha de financiamento coletivo bem sucedida para se manter na Las Cumbres Observatory Global Telescope Network, Boyajian irá observar a estrela por um ano inteiro e espera vê-la cintilando. Se isso acontecer, outros telescópios pelo mundo serão alertados e mobilizados. E poderemos ver a estrela piscando pra gente através de todo o espectro eletromagnético, e aí quem sabe, conseguiremos decifrar a mensagem.

FONTE: GIZMODO BRASIL

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Conheça histórias de pessoas que foram abduzidas por Extraterrestres

As pessoas do mundo se dividem em dois grandes grupos e um terceiro bem pequeno.

Os dois grandes grupos são: aqueles que acham que ETs existem e aqueles que acham que ETs não existem.

Correndo por fora, existe uma minoria silenciosa que se mantém quietinha, aparentemente, porque, se essas pessoas disserem as coisas que elas sabem, ninguém acreditaria nelas.

Elas fazem parte do pequeno grupo que jura de pé junto ter feito contato com seres extraterrestres.

O fotógrafo nova-iorquino Steven Hirsch, de 63 anos, é um cara que, se não acredita nessas pessoas, pelo menos acredita no direito que elas têm de contar suas histórias do jeito que quiserem.

Por isso, ele criou um blog em que entrevista e fotografa gente que diz ter sido abduzida por alienígenas. O endereço é littlestickylegs.blogspot.co.uk.

- Eu não quero que os meus leitores tenham nenhum tipo de ideia pré-concebida sobre essas pessoas até qie eles vejam suas imagens e leiam suas palavras. Minhas entrevistas mal conseguem ir além…

Mémorias da Ufologia: Caso SANTA ISABEL

FOTOS DO LAUDO

Na localidade de Santa Izabel(SP) em junho de 1999, a Sra. Alzira Maria de Jesus foi encontrada morta na sua cama, e por volta das 8 hs da manhã sua nora percebe o fato e sai imediatamente para ir ao orelhão e ligar para o seu marido e espera à ajuda e , ao chegar de volta em casa quase 40 min.depois a nora vê o corpo da sra. com o rosto totalmente desfigurado e praticamente sem carne; foi feito o boletim de ocorrência na delegacia da cidade sob n°145/99 em 24 de Junho. Posteriormente confirmou-se que à causa da morte foi a parada respiratória, mas o que aconteceu realmente como rosto desta sra. num espaço menor de uma hora?O laudo é cita sobre as configurações do mesmo, inclusive nas cavidades oculares, mas o que teria causado à perda do rosto ficou indeterminada. Mais estranho ainda é que na noite anterior aos fatos foram vistas bolas de luz voando nessa região rural e no início da madrugada os animais,como cachorros,gansos,e outros começaram à fazer um intenso barulh…

O caso Roswell nordestino: Queda de UFO na Bahia, em Janeiro de 1995

Por Ufo Bahia: Nessa data, as 09:00 horas, uma in­formante do G-PAZ, "M" da TV BAHIA me ligou contando uma mirabolante his­tória de queda de um UFO em Feira deSantana(BA) a 112 Km de Salvador. Umfazendeiro de apelido Beto, tinha ligadopara TV SUBAÉ daquela cidade oferecen­do – em troca de dinheiro – um furo dereportagem; um disco voador tinha caído na sua fazenda e ele tinha provas e ima­gens do fato!
Apenas depois do meio dia, conse­gui – por fim – falar com Beto, que apóssua proposta de negócio, ante minha (apa­rente) frieza, me contou com bastante de­talhes o acontecido. Soube que tambémtentara vender suas provas a TV BAHIA,onde procurou o repórter José Raimundo:
"Ontem pela madrugada caiu algu­ma coisa na minha fazenda, dentro de umalagoa. Era do tamanho de um fusca; aqui­lo ficou boiando parcialmente submerso,perto da beirada. Tentei puxar como pude,trazendo para perto de mim, com uma vara.Aquilo parecia um parto... (quando seabriu uma porta) começou primeiro a sa…