Pular para o conteúdo principal

Descoberto um "fóssil" do Big Bang


Uma simulação de computador da distribuição da matéria no Universo. Dentro do gás nos filamentos (azul) que ligam as galáxias (laranja), encontram-se zonas raras de gás pristino - vestígios do Big Bang que de alguma maneira ficaram órfãos das mortes poluidoras e explosivas de estrelas, vistas aqui como ondas de choque circulares em redor de alguns pontos laranja.
Crédito: Colaboração TNG

Uma nuvem relíquia de gás, que ficou órfã depois do Big Bang, foi descoberta no Universo distante por astrônomos usando o telescópio ótico mais poderoso do mundo, o Observatório W. M. Keck em Maunakea, Hawaii.

A descoberta de um fóssil tão raro, liderada pelo estudante de doutorado Fred Robert e pelo professor Michael Murphy da Universidade de Tecnologia de Swinburne, fornece novas informações sobre como as primeiras galáxias do Universo se formaram.

"Para onde quer que olhemos, o gás no Universo está poluído por resíduos de elementos pesados da explosão de estrelas," diz Robert. "Mas esta nuvem em particular parece pura, não poluída por estrelas, mesmo 1,5 bilhões de anos depois do Big Bang."

"Se tiver algum elemento pesado, deve ser inferior a 1/10.000 da proporção que vemos no nosso Sol. É uma proporção extremamente baixa; a explicação mais convincente é que é uma verdadeira relíquia do Big Bang."

Os resultados serão publicados na revista Monthly Notices of the Royal Astronomical Society. Uma pré-impressão do documento pode ser consultada no site arXiv.org.

Robert e a sua equipa usaram dois instrumentos do Observatório Keck - o ESI (Echellette Spectrograph and Imager) e o HIRES (High-Resolution Echelle Spectrometer) - para observar o espectro de um quasar por trás da nuvem de poeira.

O quasar, que emite radiação brilhante de material que cai em direção a um buraco negro, fornece uma fonte de luz contra a qual as sombras espectrais do hidrogênio na nuvem de gás podem ser vistas.

"Nós tivemos como alvo quasares onde investigadores anteriores só haviam visto sombras do hidrogênio e não de elementos pesados em espectros de baixa qualidade," explica Robert. "Isto permitiu-nos descobrir rapidamente um fóssil tão raro com o tempo precioso nos telescópios gémeos do Observatório Keck."

As outras duas únicas nuvens fósseis conhecidas foram descobertas em 2011 pelo professor Michele Fumagalli da Universidade de Durham, por John O'Meara, ex-professor do Colégio St. Michael e agora o novo cientista chefe do Observatório Keck, e pelo professor J. Xavier Prochaska da Universidade da Califórnia em Santa Cruz; tanto Fumagalli como O'Meara são coautores desta nova investigação sobre a terceira nuvem fóssil.

"As duas primeiras nuvens foram descobertas fortuitas e pensamos que eram apenas a ponta do iceberg. Mas ninguém descobriu nada semelhante - são claramente muito raras e difíceis de observar. É fantástico descobrir finalmente uma sistematicamente," comenta O'Meara.

"Agora é possível investigar estas relíquias fósseis do Big Bang," diz Murphy. "Isso dir-nos-á exatamente quão raras são e ajudar-nos-á a entender como alguns gases formaram estrelas e galáxias no Universo primitivo, enquanto outros não."

FONTE: ASTRONOMIA ONLINE

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Mémorias da Ufologia: Caso SANTA ISABEL

FOTOS DO LAUDO

Na localidade de Santa Izabel(SP) em junho de 1999, a Sra. Alzira Maria de Jesus foi encontrada morta na sua cama, e por volta das 8 hs da manhã sua nora percebe o fato e sai imediatamente para ir ao orelhão e ligar para o seu marido e espera à ajuda e , ao chegar de volta em casa quase 40 min.depois a nora vê o corpo da sra. com o rosto totalmente desfigurado e praticamente sem carne; foi feito o boletim de ocorrência na delegacia da cidade sob n°145/99 em 24 de Junho. Posteriormente confirmou-se que à causa da morte foi a parada respiratória, mas o que aconteceu realmente como rosto desta sra. num espaço menor de uma hora?O laudo é cita sobre as configurações do mesmo, inclusive nas cavidades oculares, mas o que teria causado à perda do rosto ficou indeterminada. Mais estranho ainda é que na noite anterior aos fatos foram vistas bolas de luz voando nessa região rural e no início da madrugada os animais,como cachorros,gansos,e outros começaram à fazer um intenso barulh…

O caso Artur Berlet, O homem que foi para o Planeta Acart

O "Caso Berlet" ocorreu em 25 de maio de 1958 (faleceu em 1995), quando o gaúcho Artur Berlet, da cidade de Sarandí – RS, desapareceu por 11 dias.
Segundo Berlet teria sido abduzido e levado para um planeta chamado Acart aproximadamente 65,000,000 km da terra, demorou cerca de 38horas para chegar, onde ficou 11 dias em uma cidade com quase 90 milhões de habitantes. O curioso do fato que conseguiu comunicação com extraterrestres através do idioma Alemão.

Durante esse tempo, Berlet teve a chance de ver a Terra a partir do espaço. conhecer objetos e tecnologias que só teríamos posteriormente no decorrer do avanço dos humanos.
Após décadas, a fantástica história do gaúcho ainda surpreende a todos. Quem reconstituiu a história desse caso para a RBS foi a professora Ana Berlet, filha de Artur.

Vejam o nível da informação:

O Artur Berlet através de uma aparelho de Acart o qual olhou a terra, disse;
“a terra era AZUL.”



Ok ! parece nada demais, mas o fato é que ele disse anos ant…

Filme "Intruders" (Intrusos) 1992

Ao pesquisar problemas de duas de suas pacientes, proeminente psiquiatra de um importante hospital de Los Angeles (Interpretado pelo falecido ator Richard Crenna na vida real John Mack, psiquiatra formado em Harvard Medical School, 1955.) acaba penetrando em um universo de estranhas ocorrências relacionadas com OVNIs, que modificarão sua própria vida.

"Intruders" foi baseado no best-seller de Budd Hopkins e em casos verídicos que hoje compõem um vasto arquivo de histórias vividas por muitas pessoas que passaram por experiências com seres extraterrestres, e que neste filme colaboraram com renomados pesquisadores do assunto na reconstituição dos episódios.

Best Seller "Intruders" (Intrusos)

Algumas cenas do filme:








Filme legendado em português:




Inspiração do filme Intruders (Intrusos), mulher relata contato com ETs



A americana Debbie Jordan, que relata um contato com extraterrestres há 34 anos, comentou que ficaria chocada se houvesse uma nova aproximação, mas não enc…