Pular para o conteúdo principal

Missão DART, o plano da Nasa para desviar asteroides


A sonda vai atingir Didymos B, o menor de um sistem binário de asteroides (JOHNS HOPKINS APPLIED PHYSICS LABORATORY)

É algo que até agora só vimos em filmes de ficção científica, mas a Nasa, agência espacial americana, planeja tornar realidade: atingir um asteroide para desviá-lo de sua rota.

A missão se chama DART, sigla em inglês para Double Asteroid Redirection, ou redirecionamento de asteroide duplo.

A nave vai atingir um pequeno asteroide chamado Didymos B, que orbita um maior, o Didymos A. Nenhum deles está em rota de colisão com a Terra nem apresenta nenhum tipo de risco para o planeta, mas a ideia é testar o sistema de defesa para que ele seja funcional caso algum tipo de ameaça seja detectada.

O choque deve desviar a órbita de Didymos B, e a mudança em sua trajetória será medida pela Nasa.

A missão está planejada para ser lançada em meados de 2021, e o impacto deve acontecer em setembro de 2022.

Acertando o alvo

A nave também tem um instrumento a bardo chamado DRACO, um sistema de navegação óptico que vai captar imagens do astro e ajudar a sonda a acertar o alvo.

Os cientistas também vão lançar uma pequena sonda em forma de cubo chamada LICIACube, projetada pela agência espacial italiana, que vai registrar o impacto.


Usado para observar os asteroides, o VLT fica na montanha Cerro Paranal, no Chile

Guiar a DART até Didymos B não é tarefa fácil. Antes de calcular a trajetória da nave, foi preciso compreender o comportamento do sistema binário de asteroides.

Para isso, uma equipe internacional de astrônomos coordenada pela pesquisadora Cristina Thomas, da Universidade do Arizona, nos EUA, vem observando os objetos celestes desde 2015.

As pesquisas mais recentes foram feitas no deserto do Atacama, no Chile, com o Very Large Telescope (VLT), cujo nome em inglês significa literalmente "telescópio muito grande".

O VLT, na verdade, é um conjunto de quatro telescópios instalados no alto da montanha Cerro Paranal. Eles fazem parte do sistema European Southern Observatory (ESO), ou Observatório Europeu do Sul.

"O sistema Didymos é muito pequeno e está muito longe, nós o vemos somente como um ponto de luz", diz Andy Rivkin, um dos pesquisadores da equipe DART.

"Mas podemos obter os dados de que precisamos medindo o brilho desse ponto de luz, que muda quando Didymos B passa em frente a Didymos A ou se esconde atrás dele."

As observações ajudaram os cientistas a determinar a posição exata de ambos os asteroides e o tempo de impacto para maximizar a alteração na órbita de Didymos B depois do choque.

Rocha sólida ou areia


Os cientistas ainda não têm certeza sobre a composição do asteroide

No entanto, as observações até agora não foram suficientes para compreender totalmente os asteroides.

"Ainda estamos fazendo observações, não sabemos muito sobre sua composição e estrutura", diz Angela Stickle, da equipe de simulação da DART.

"Vamos antecipar e simular uma ampla gama de condições e prever possíveis resultados, para que, quando a DART se chocar com Didymos B, possamos entender melhor as medições dos instrumentos."

A composição do asteroide é uma informação essencial. Os cientistas ainda não têm certeza se o alvo é composto por rocha sólida, escombros mais ou menos soltos ou algo mais suave, similar à areia.

Uma superfície mais suave absorverá melhor a força do impacto e o desvio será menor do que se fosse uma rocha sólida, por exemplo.

FONTE: BBC BRASIL

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Mémorias da Ufologia: Caso SANTA ISABEL

FOTOS DO LAUDO

Na localidade de Santa Izabel(SP) em junho de 1999, a Sra. Alzira Maria de Jesus foi encontrada morta na sua cama, e por volta das 8 hs da manhã sua nora percebe o fato e sai imediatamente para ir ao orelhão e ligar para o seu marido e espera à ajuda e , ao chegar de volta em casa quase 40 min.depois a nora vê o corpo da sra. com o rosto totalmente desfigurado e praticamente sem carne; foi feito o boletim de ocorrência na delegacia da cidade sob n°145/99 em 24 de Junho. Posteriormente confirmou-se que à causa da morte foi a parada respiratória, mas o que aconteceu realmente como rosto desta sra. num espaço menor de uma hora?O laudo é cita sobre as configurações do mesmo, inclusive nas cavidades oculares, mas o que teria causado à perda do rosto ficou indeterminada. Mais estranho ainda é que na noite anterior aos fatos foram vistas bolas de luz voando nessa região rural e no início da madrugada os animais,como cachorros,gansos,e outros começaram à fazer um intenso barulh…

O caso Artur Berlet, O homem que foi para o Planeta Acart

O "Caso Berlet" ocorreu em 25 de maio de 1958 (faleceu em 1995), quando o gaúcho Artur Berlet, da cidade de Sarandí – RS, desapareceu por 11 dias.
Segundo Berlet teria sido abduzido e levado para um planeta chamado Acart aproximadamente 65,000,000 km da terra, demorou cerca de 38horas para chegar, onde ficou 11 dias em uma cidade com quase 90 milhões de habitantes. O curioso do fato que conseguiu comunicação com extraterrestres através do idioma Alemão.

Durante esse tempo, Berlet teve a chance de ver a Terra a partir do espaço. conhecer objetos e tecnologias que só teríamos posteriormente no decorrer do avanço dos humanos.
Após décadas, a fantástica história do gaúcho ainda surpreende a todos. Quem reconstituiu a história desse caso para a RBS foi a professora Ana Berlet, filha de Artur.

Vejam o nível da informação:

O Artur Berlet através de uma aparelho de Acart o qual olhou a terra, disse;
“a terra era AZUL.”



Ok ! parece nada demais, mas o fato é que ele disse anos ant…

Filme "Intruders" (Intrusos) 1992

Ao pesquisar problemas de duas de suas pacientes, proeminente psiquiatra de um importante hospital de Los Angeles (Interpretado pelo falecido ator Richard Crenna na vida real John Mack, psiquiatra formado em Harvard Medical School, 1955.) acaba penetrando em um universo de estranhas ocorrências relacionadas com OVNIs, que modificarão sua própria vida.

"Intruders" foi baseado no best-seller de Budd Hopkins e em casos verídicos que hoje compõem um vasto arquivo de histórias vividas por muitas pessoas que passaram por experiências com seres extraterrestres, e que neste filme colaboraram com renomados pesquisadores do assunto na reconstituição dos episódios.

Best Seller "Intruders" (Intrusos)

Algumas cenas do filme:








Filme legendado em português:




Inspiração do filme Intruders (Intrusos), mulher relata contato com ETs



A americana Debbie Jordan, que relata um contato com extraterrestres há 34 anos, comentou que ficaria chocada se houvesse uma nova aproximação, mas não enc…