Pular para o conteúdo principal

A Blue Origin diz que vai começar a vender passagens para voos espaciais em 2019



Por: George Dvorsky

A empresa espacial privada Blue Origin anunciou que planeja vender passagens de voos espaciais suborbitais para aspirantes a turistas espaciais a partir do próximo ano. Nenhum preço foi revelado, mas a companhia disse que espera conduzir os primeiros testes com passageiros do sistema de lançamento New Shepard “em breve”.

Como informa Jeff Foust no SpaceNews, o vice-presidente sênior da Blue Origin, Rob Meyerson, fez o anúncio durante sua apresentação na Amazon Web Services Public Sector Summit, realizada no início desta semana em Washington, D.C.

“Planejamos começar a voar com nossos primeiros passageiros de teste em breve”, ele contou à plateia, acrescentando: “Esperamos começar a vender ingressos em 2019”. Não foram revelados preços para um passeio a bordo do sistema de lançamento reutilizável New Shepard, mas provavelmente não será barato. As estimativas vão de US$ 50 mil a US$ 250 mil por passageiro.

Aqueles que puderem bancar têm algo bem legal os esperando. A cápsula New Shepard acomoda seis astronautas e tem um interior razoavelmente espaçoso, com 49,2 m² — um espaço dez vezes maior do que a cápsula Mercury, da NASA. O foguete reutilizável New Shepard é impulsionado por um único motor BE-3, que fornece 49,8 mil quilos de empuxo. Uma vez que a cápsula atravessa a Linha de Kármán — a fronteira que separa a atmosfera da Terra do espaço (cerca de 96,5 quilômetros acima da Terra) —, os passageiros poderão desafivelar seus cintos e experimentar a ausência de peso. A missão termina com uma descida assistida por paraquedas e um pouso suave no deserto do Texas.

Em abril, Bob Smith, diretor-executivo da Blue Origin, disse que a empresa estava no processo de garantir que a nave seja “boa, estável e pronta para voar”, para na sequência a equipe “ter a conversa internamente sobre quais seriam os preços e como todo esse processo seria”.


Imagen: Blue Origin

Agora, é completamente possível que a empresa fundada por Jeff Bezos vá começar a vender passagens para voos suborbitais no ano que vem, mas isso não é garantia de que os voos vão acontecer em breve.

A Virgin Galactic, por exemplo, começou a coletar depósitos para passagens mais de uma década atrás, muito antes de que a SpaceShipTwo estivesse sequer perto de estar pronta para partir rumo ao espaço; a empresa liderada por Richard Branson conseguiu reunir cerca de US$ 66.428.500 em depósitos, vendendo as passagens por US$ 200 mil. É importante apontar também que empresas que visam aspirantes a companhias de turismo espacial são conhecidas por exagerar nas promessas de datas. Como a SpaceX, que adiou seu plano de enviar um par de turistas espaciais, que também já havia feito o depósito, até a Lua e de volta à Terra neste ano.

Criticamente, a Blue Origin ainda não realizou um teste do sistema New Shepard com ocupantes humanos. Até o momento, a empresa conduziu oito testes, o mais recente acontecendo em 29 de abril. Este último teste teve decolagem bem-sucedida, separação da cápsula da tripulação e pouso suave com paraquedas. Mas o módulo de propulsão do veículo foi perdido devido a um problema hidráulico.

Nenhuma data foi dada para o próximo voo de teste, mas espera-se que a Blue Origin conduza um no final deste verão no hemisfério norte. A empresa também gostaria de começar a testar o sistema de lançamento com passageiros humanos ainda neste ano.



[SpaceNews]

FONTE: GIZMODO BRASIL

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ovnis e estranhas criaturas próximos ao Centro de Lançamento da Barreira do Inferno (RN)

Desde o ano de 2016 militares da Aeronáutica que trabalham na Barreira do Inferno já percebiam bolas de luzes alaranjadas como também feixes de luzes amarelados no céu noturno, bem próximo daquela região. Por desconhecerem totalmente a origem dessas luzes misteriosas e a finalidade delas, vários militares observavam intrigados e chegavam a comentar entre eles sobre esses fenômenos luminosos. Dias após a percepção dessas claridades no céu noturno, alguns militares começaram a perceber ao redor daquela localidade o aparecimento de criaturas vivas, de seres que não eram humanos. Um dos militares chegou a ver um "Urso Polar" e imediatamente comunicou a outros militares de plantão. Tal militar chegou a passar mal após a aparição de tal criatura. Já um outro militar flagrou uma outra criatura aparentando ser um "homem de grande porte" sair andando de dentro da água do mar. Outro militar relata que presenciou duas criaturas que de início pareciam apenas dois cachorros g…

Ovnis em Iporanga (SP)

Entrada da Casa de Pedra, caverna com maior boca do Mundo, 215 metros.

Iporanga em tupi significa “Rio Bonito” e foi palco da exploração de ouro no período colonial e, posteriormente da exploração de chumbo e zinco no século passado. Na região há famosas cavernas: Formação Iporanga e Formação Votuverava. Em Iporanga, efetuaram-se diversos estudos de mapeamento geológico e pesquisa mineral, sobretudo pela CPRM - Serviço Geológico do Brasil. A seção geológica mais conhecida é o famoso perfil Apiaí-Iporanga. A cidade atrai muitos visitantes por possuir lindas cachoeiras, piscinas naturais, vales, grutas e cavernas. Iporanga é a cidade que possui o maior número de cachoeiras em todo o Brasil, nas 365 cavernas cadastradas. O turista poderá praticar esportes radicais como o rapel, canyonismo e trekking. Atrativos culturais podem ser visitados como o museu da cidade, a Igreja Matriz e as casas com o estilo colonial. Por todos estes motivos, Iporanga é considerada um dos mais importantes cent…

O caso Roswell nordestino: Queda de UFO na Bahia, em Janeiro de 1995

Por Ufo Bahia: Nessa data, as 09:00 horas, uma in­formante do G-PAZ, "M" da TV BAHIA me ligou contando uma mirabolante his­tória de queda de um UFO em Feira deSantana(BA) a 112 Km de Salvador. Umfazendeiro de apelido Beto, tinha ligadopara TV SUBAÉ daquela cidade oferecen­do – em troca de dinheiro – um furo dereportagem; um disco voador tinha caído na sua fazenda e ele tinha provas e ima­gens do fato!
Apenas depois do meio dia, conse­gui – por fim – falar com Beto, que apóssua proposta de negócio, ante minha (apa­rente) frieza, me contou com bastante de­talhes o acontecido. Soube que tambémtentara vender suas provas a TV BAHIA,onde procurou o repórter José Raimundo:
"Ontem pela madrugada caiu algu­ma coisa na minha fazenda, dentro de umalagoa. Era do tamanho de um fusca; aqui­lo ficou boiando parcialmente submerso,perto da beirada. Tentei puxar como pude,trazendo para perto de mim, com uma vara.Aquilo parecia um parto... (quando seabriu uma porta) começou primeiro a sa…