Pular para o conteúdo principal

O Caso do UFO em formato de sino


Corona, Queens

Em 05 de setembro de 1981 em torno de 22:00 da noite de sábado, em Corona, Queens. Pelo menos dez pessoas viram o que dizem ser um ovni em forma de sino . Com luzes multi-coloridas piscando fazendo um sinal sonoro enquanto pairava pelos céus de Nova York. O objeto pairou sobre um pedaço da zona urbana, enquanto um raio de luz verde em forma triangular dispara da parte inferior do objeto, brilhando o rosto de uma menina adolescente que observava o objeto a partir da janela da casa de sua amiga. Ela gritou para sua colega que sentiu que estava sendo puxada pelo UFO , diante disso ela se afasta rapidamente da janela com a ajuda da amiga.


Ilustração do objeto

O OVNI foi observado perto da avenida 104 St. e 44th , em Corona, Queens. Ele foi descrito como em forma de sino, com uma luz verde piscando na parte superior e luzes ao redor da borda inferior. Centrado na área inferior do "sino" havia luzes brancas circulares , e outra luz em formato triangular no meio, de cor esverdeada como é mostrado na ilustração. Havia algumas janelas também em formas triangulares com luz branca ao redor da parte superior do sino . Ele estava a mais ou menos 40 andares de distancia das casas abaixo . A nave misteriosa moveu-se lentamente em direção ao fim do bloco da rua 108, Em seguida, ele voltou e pairou sobre um edifício residencial de três andares localizado na avenida 10447 44th.

De imediato testemunhas ouviram um barulho de avião se aproximando perto da area onde o UFO estava . Aquele avião que surgiu tinha 2 holofotes , e mirou a luz em cima do ovni, que em seguida foi perdido de vista . As testemunhas sabiam que aquele avião não era comercial, ele estava ali por algum motivo , ja que o padrão de voo regular do aeroporto de LaGuardia era em outra direção . O barulho do avião foi também extremamente alto, indicando que ele estava voando mais baixo do que qualquer jato comercial. Três membros da família Colon e seu primo Alya Lewis e Diana Martinez, que tinham visto a luz verde esperaram até o dia seguinte para contar ao "World News" sobre o UFO . Já que a policia não poderia fazer nada a esta altura da situação.



Ao longo da sua história, enfatizaram como ficaram aterrorizados durante o encontro. Diana Martinez de 14 anos estava na casa de Colon Oneda, de 13 anos, quando viu o objeto para fora da janela do segundo andar. Como ela estava olhando com a cabeça para lado de fora, um raio verde de luz triangular é disparada do centro do objeto brilhando seu rosto. Em seguida, ela gritou para Oneda: "Ele esta tentando me levar". Oneca em seguida a pegou e a puxou para longe do alcance da luz. A mãe de Oneda, Colon Carmen de 31 anos, viu o ovni também. Ela disse: "As meninas estavam gritando. Então eu corri para ver o que estava acontecendo e eu vi aquilo. " Diana enfatizou : "O UFO estava a cerca de dez andares de altura acima do solo quando a luz verde bateu no meu rosto, era enorme" .
Jimmy Colon, irmão de Oneda, disse que viu o objeto quando ele estava parado na esquina da avenida 104 St. e 45th : "Estava á cerca de 5 andares acima do solo, fazendo um padrão circular em torno de nossa área. Rodando em círculos o UFO fazia uma especie de apito, que soava conforme a intensidade do brilho da luz verde que o objeto emanava. Por exemplo quando a luz verde era ligada ele fazia o som alto , quando desligava o som diminuía até parar . Mas após ficar um tempo no local o objeto foi se afastando aos poucos até que se inclinou e desapareceu totalmente no céu, fazendo eu perde-lo de vista . Quando eu cheguei em casa ele já não estava mais visível " .

Testemunhas que também presenciaram o evento viram o ovni circulando nas redondezas do bloco urbano , e avistaram um jato ou avião pequeno perseguindo o ovni. Já que o barulho desse jato era bem alto. Chamou atenção por onde passou . Outras testemunha não conseguiram ver exatamente o objeto , mas sim varias luzes no céu, e perto dessas luzes uma aeronave. Após esse evento vários ovnis foram registrados com estruturas triangulares nos meses que se sucederam.



FONTE: http://www.ufohunters.comunidades.net/


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ovnis e estranhas criaturas próximos ao Centro de Lançamento da Barreira do Inferno (RN)

Desde o ano de 2016 militares da Aeronáutica que trabalham na Barreira do Inferno já percebiam bolas de luzes alaranjadas como também feixes de luzes amarelados no céu noturno, bem próximo daquela região. Por desconhecerem totalmente a origem dessas luzes misteriosas e a finalidade delas, vários militares observavam intrigados e chegavam a comentar entre eles sobre esses fenômenos luminosos. Dias após a percepção dessas claridades no céu noturno, alguns militares começaram a perceber ao redor daquela localidade o aparecimento de criaturas vivas, de seres que não eram humanos. Um dos militares chegou a ver um "Urso Polar" e imediatamente comunicou a outros militares de plantão. Tal militar chegou a passar mal após a aparição de tal criatura. Já um outro militar flagrou uma outra criatura aparentando ser um "homem de grande porte" sair andando de dentro da água do mar. Outro militar relata que presenciou duas criaturas que de início pareciam apenas dois cachorros g…

Ovnis em Iporanga (SP)

Entrada da Casa de Pedra, caverna com maior boca do Mundo, 215 metros.

Iporanga em tupi significa “Rio Bonito” e foi palco da exploração de ouro no período colonial e, posteriormente da exploração de chumbo e zinco no século passado. Na região há famosas cavernas: Formação Iporanga e Formação Votuverava. Em Iporanga, efetuaram-se diversos estudos de mapeamento geológico e pesquisa mineral, sobretudo pela CPRM - Serviço Geológico do Brasil. A seção geológica mais conhecida é o famoso perfil Apiaí-Iporanga. A cidade atrai muitos visitantes por possuir lindas cachoeiras, piscinas naturais, vales, grutas e cavernas. Iporanga é a cidade que possui o maior número de cachoeiras em todo o Brasil, nas 365 cavernas cadastradas. O turista poderá praticar esportes radicais como o rapel, canyonismo e trekking. Atrativos culturais podem ser visitados como o museu da cidade, a Igreja Matriz e as casas com o estilo colonial. Por todos estes motivos, Iporanga é considerada um dos mais importantes cent…

Conheça histórias de pessoas que foram abduzidas por Extraterrestres

As pessoas do mundo se dividem em dois grandes grupos e um terceiro bem pequeno.

Os dois grandes grupos são: aqueles que acham que ETs existem e aqueles que acham que ETs não existem.

Correndo por fora, existe uma minoria silenciosa que se mantém quietinha, aparentemente, porque, se essas pessoas disserem as coisas que elas sabem, ninguém acreditaria nelas.

Elas fazem parte do pequeno grupo que jura de pé junto ter feito contato com seres extraterrestres.

O fotógrafo nova-iorquino Steven Hirsch, de 63 anos, é um cara que, se não acredita nessas pessoas, pelo menos acredita no direito que elas têm de contar suas histórias do jeito que quiserem.

Por isso, ele criou um blog em que entrevista e fotografa gente que diz ter sido abduzida por alienígenas. O endereço é littlestickylegs.blogspot.co.uk.

- Eu não quero que os meus leitores tenham nenhum tipo de ideia pré-concebida sobre essas pessoas até qie eles vejam suas imagens e leiam suas palavras. Minhas entrevistas mal conseguem ir além…