Pular para o conteúdo principal

Morador registra Via Láctea em Itapetininga (SP): 'Minha melhor foto'


Via Láctea foi registrada às margens de rodovia em Itapetininga (Foto: Arquivo pessoal/Ede Carlos Ferreira)

Um engenheiro de Sorocaba (SP) conseguiu registrar imagens da Via Láctea enquanto trafegava pela rodovia Gladys Bernardes Minhoto (SP-129), em Itapetininga (SP). Em entrevista ao G1, Ede Carlos Ferreira contou que a foto foi feita no início do mês de julho por volta das 23h. Para ele, conseguir registrar a Via Láctea foi o resultado de estar na hora certa e no lugar certo.

"Há três anos comecei a fotografar cenas urbanas e rurais em cidades da região de Sorocaba. Estava passando pela rodovia, olhei uma árvore seca e vi que ali daria uma boa foto pelo ângulo e pelo céu estar estrelado. Mas, foi sorte também. Bem na hora que fiz a foto, estava perceptível a Via Láctea”, conta.
Ainda segundo o engenheiro, o registro foi um dos melhores que já fez. “Sou fotógrafo amador e tenho outras fotos que gosto bastante. Mas essa é a melhor que já tirei e deu um resultado muito positivo. As pessoas comentaram bastante. Pretendo colocar a foto em um quadro para guardá-la”, ressalta.
Via Láctea
De acordo com o astrônomo Luis Marino, coordenador do Planetário de Tatuí (SP), a foto realmente retrata a Via Láctea, que é o nome que se dá para a galáxia e trata-se de um conglomerado de estrelas, contendo cerca bilhões de estrelas, sendo o Sol uma de suas componentes. Segundo Luis, ela pode ser vista desde que não tenham nuvens no céu e poluição luminosa.

Via Láctea foi registrada em Itapetininga
(Foto: Arquivo pessoal/Ede Carlos Ferreira)

“Itapetininga é considerada uma região rica em estrelas, principalmente se sairmos do centro urbano e irmos para um lugar sem poluição luminosa, já que está no hemisfério sul. No caso da foto, podemos observar que é a Via Láctea”, afirma.
Segundo o astrônomo, é possível observar que na foto há manchas luminosas que, segundo ele, são aglomerados e nuvens de gás. "Temos aglomerados abertos, aglomerados globulares e, principalmente, as nebulosas, que são grandes nuvens de gás que refletem a luz de estrelas próximas ou ainda brilham por terem em sua composição material que interage com a radiação de estrelas em seu interior, provocando uma tenue luminosidade", afirma.
Ainda segundo o especialista, na foto são mostradas as constelações de Libra, Scorpius e Sagitarius. “Vemos na foto a constelação Scorpius e na calda a de Sagitarius. Além disso, a parte mais clara da foto marca a direção do centro da Via Láctea. Contudo, esse centro não dá para ver a olho nu”, explica.


Imagem do software Stellarium que mostra região
fotografada(Foto: Arquivo pessoal/Luiz Marino)

FONTE: G1.COM

UFOS WILSON: Vivo nesta região e nesta noite de 01/08/16, o céu estava um verdadeiro espetáculo proporcionando uma visão fantástica deste braço da Via Láctea!

Comentários

  1. Pena que as zonas mais urbanizadas estejam perdendo a visão do céu noturno. Para nós, astrônomos, resta fugir da poluição luminosa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, cada vez mais com o crescimento das cidades, vai se perdendo a possibilidade de observar estes espetáculos!

      Excluir
    2. Sim, cada vez mais com o crescimento das cidades, vai se perdendo a possibilidade de observar estes espetáculos!

      Excluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Ovnis e estranhas criaturas próximos ao Centro de Lançamento da Barreira do Inferno (RN)

Desde o ano de 2016 militares da Aeronáutica que trabalham na Barreira do Inferno já percebiam bolas de luzes alaranjadas como também feixes de luzes amarelados no céu noturno, bem próximo daquela região. Por desconhecerem totalmente a origem dessas luzes misteriosas e a finalidade delas, vários militares observavam intrigados e chegavam a comentar entre eles sobre esses fenômenos luminosos. Dias após a percepção dessas claridades no céu noturno, alguns militares começaram a perceber ao redor daquela localidade o aparecimento de criaturas vivas, de seres que não eram humanos. Um dos militares chegou a ver um "Urso Polar" e imediatamente comunicou a outros militares de plantão. Tal militar chegou a passar mal após a aparição de tal criatura. Já um outro militar flagrou uma outra criatura aparentando ser um "homem de grande porte" sair andando de dentro da água do mar. Outro militar relata que presenciou duas criaturas que de início pareciam apenas dois cachorros g…

Mémorias da Ufologia: Caso SANTA ISABEL

FOTOS DO LAUDO

Na localidade de Santa Izabel(SP) em junho de 1999, a Sra. Alzira Maria de Jesus foi encontrada morta na sua cama, e por volta das 8 hs da manhã sua nora percebe o fato e sai imediatamente para ir ao orelhão e ligar para o seu marido e espera à ajuda e , ao chegar de volta em casa quase 40 min.depois a nora vê o corpo da sra. com o rosto totalmente desfigurado e praticamente sem carne; foi feito o boletim de ocorrência na delegacia da cidade sob n°145/99 em 24 de Junho. Posteriormente confirmou-se que à causa da morte foi a parada respiratória, mas o que aconteceu realmente como rosto desta sra. num espaço menor de uma hora?O laudo é cita sobre as configurações do mesmo, inclusive nas cavidades oculares, mas o que teria causado à perda do rosto ficou indeterminada. Mais estranho ainda é que na noite anterior aos fatos foram vistas bolas de luz voando nessa região rural e no início da madrugada os animais,como cachorros,gansos,e outros começaram à fazer um intenso barulh…

Fazendeiro grego encontra túmulo de 3.400 anos debaixo de suas oliveiras

Por: George Dvorsky

Um túmulo de 3.400 anos contendo dois caixões e dúzias de artefatos que remontam ao fim da era Minoica estava escondido debaixo do olival de um fazendeiro grego, no sudeste da ilha de Creta, na Grécia.

Como noticiado pelo Cretapost, o homem, que não teve seu nome revelado, estava tentando estacionar seu veículo debaixo da sombra de uma oliveira quando o solo debaixo dele começou a afundar. Depois de se afastar, o fazendeiro notou que um buraco medindo cerca de 1,2 metro de largura apareceu de repente. Quando ele olhou para o vazio abaixo, rapidamente percebeu que havia se deparado com algo importante.


O buraco. Imagem: Eforato de Antiguidades de Lasithi

O fazendeiro contatou o Eforato de Antiguidades de Lassithi — ministério de patrimônio local —, que enviou arqueólogos para investigar. Descobriram então que o fazendeiro havia se deparado com um túmulo da era Minoica contendo um par de caixões, cada um deles com um só esqueleto. Duas dúzias de vasos com ornamentos…