Pular para o conteúdo principal

John Podesta afirma que convenceu Hillary Clinton a liberar arquivos ufológicos


John Podesta tem sido há longo tempo um defensor da liberdade de informações ufológicas

Conselheiro das administrações de Bill Clinton e Barack Obama, e líder da campanha de Hillary, afirma em entrevista que o povo norte-americano pode lidar com a verdade

O relacionamento de presidentes dos Estados Unidos com a questão ufológica tem sido muito bem documentado ao longo dos anos. Jimmy Carter e Ronald Reagan afirmaram terem visto UFOs, e o segundo chegou mesmo a tratar do assunto no plenário da ONU e no Fórum Nacional de Estratégia, conforme pode ser conferido nos vídeos abaixo. Porém a atual corrida presidencial naquele país tem visto algo inédito, a candidata atualmente favorita afirmando que irá tratar seriamente da questão. Hillary Clinton, em janeiro passado, concedeu uma surpreendente entrevista para o jornal The Conway Daily Sun.

A candidata, esposa do ex-presidente Bill Clinton, afirmou que pretende chegar ao fundo da questão do Fenômeno UFO, e até mesmo enviar uma delegação oficial à Área 51 a fim de desvendar seus segredos. A figura por trás das surpreendentes declarações de Hillary é seu líder de campanha, John Podesta. Ele é velho conhecido na cena ufológica mundial, e por diversas vezes, em entrevistas e participações em eventos tais como os realizados no National Press Club deixou claro seu interesse quanto ao tema. Como fã da série Arquivo-X, ele até mesmo chegou a escrever, no prefácio do livro de Leslie Kean UFOs: OVNIs - Militares, Pilotos e o Governo Abrem o Jogo, o seguinte: "É hora de descobrir qual verdade está realmente lá fora". Em recente entrevista para o jornalista Steve Sebelius da Klas-Tv, filiada da CBS, Podesta comentou: "Falei com Hillary sobre isso. Há ainda muitos arquivos classificados que podem ser liberados".

John Podesta prossegue: "Acredito que a convenci da necessidade de um esforço para fazer isso, liberar o quanto pudermos, para que as pessoas tenham suas legítimas questões respondidas. Mais atenção e mais discussões sobre fenômenos aéreos inexplicáveis podem acontecer sem que as pessoas, muitas delas em uma vida pública, e que são sérias a respeito, sejam ridicularizadas". De fato, a rede CNN tratou as recentes declarações de hillary Clinton sobre UFOs como uma piada, mas Podesta garante que eles estão levando a questão muito a sério. Podesta ganhou as manchetes mundiais em 13 de fevereiro de 2015, ao deixar o cargo de conselheiro de Barack Obama, ao escrever no Twitter que sua maior falha foi não ter conseguido a abertura ufológica. Ele tem incentivado jornalistas a questionar Hillary a respeito, porém poucos têm feito isso. O senador Bernie Sanders, rival dela na disputa pela indicação do Partido Democrata, foi perguntado por um repórter mas afirmou que está mais interessado em assuntos mais urgentes para a maioria dos americanos. No campo Republicado, nenhuma palavra sobre a matéria foi dita.



FONTE: REVISTA UFO

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Mémorias da Ufologia: Caso SANTA ISABEL

FOTOS DO LAUDO

Na localidade de Santa Izabel(SP) em junho de 1999, a Sra. Alzira Maria de Jesus foi encontrada morta na sua cama, e por volta das 8 hs da manhã sua nora percebe o fato e sai imediatamente para ir ao orelhão e ligar para o seu marido e espera à ajuda e , ao chegar de volta em casa quase 40 min.depois a nora vê o corpo da sra. com o rosto totalmente desfigurado e praticamente sem carne; foi feito o boletim de ocorrência na delegacia da cidade sob n°145/99 em 24 de Junho. Posteriormente confirmou-se que à causa da morte foi a parada respiratória, mas o que aconteceu realmente como rosto desta sra. num espaço menor de uma hora?O laudo é cita sobre as configurações do mesmo, inclusive nas cavidades oculares, mas o que teria causado à perda do rosto ficou indeterminada. Mais estranho ainda é que na noite anterior aos fatos foram vistas bolas de luz voando nessa região rural e no início da madrugada os animais,como cachorros,gansos,e outros começaram à fazer um intenso barulh…

O caso Artur Berlet, O homem que foi para o Planeta Acart

O "Caso Berlet" ocorreu em 25 de maio de 1958 (faleceu em 1995), quando o gaúcho Artur Berlet, da cidade de Sarandí – RS, desapareceu por 11 dias.
Segundo Berlet teria sido abduzido e levado para um planeta chamado Acart aproximadamente 65,000,000 km da terra, demorou cerca de 38horas para chegar, onde ficou 11 dias em uma cidade com quase 90 milhões de habitantes. O curioso do fato que conseguiu comunicação com extraterrestres através do idioma Alemão.

Durante esse tempo, Berlet teve a chance de ver a Terra a partir do espaço. conhecer objetos e tecnologias que só teríamos posteriormente no decorrer do avanço dos humanos.
Após décadas, a fantástica história do gaúcho ainda surpreende a todos. Quem reconstituiu a história desse caso para a RBS foi a professora Ana Berlet, filha de Artur.

Vejam o nível da informação:

O Artur Berlet através de uma aparelho de Acart o qual olhou a terra, disse;
“a terra era AZUL.”



Ok ! parece nada demais, mas o fato é que ele disse anos ant…

Filme "Intruders" (Intrusos) 1992

Ao pesquisar problemas de duas de suas pacientes, proeminente psiquiatra de um importante hospital de Los Angeles (Interpretado pelo falecido ator Richard Crenna na vida real John Mack, psiquiatra formado em Harvard Medical School, 1955.) acaba penetrando em um universo de estranhas ocorrências relacionadas com OVNIs, que modificarão sua própria vida.

"Intruders" foi baseado no best-seller de Budd Hopkins e em casos verídicos que hoje compõem um vasto arquivo de histórias vividas por muitas pessoas que passaram por experiências com seres extraterrestres, e que neste filme colaboraram com renomados pesquisadores do assunto na reconstituição dos episódios.

Best Seller "Intruders" (Intrusos)

Algumas cenas do filme:








Filme legendado em português:




Inspiração do filme Intruders (Intrusos), mulher relata contato com ETs



A americana Debbie Jordan, que relata um contato com extraterrestres há 34 anos, comentou que ficaria chocada se houvesse uma nova aproximação, mas não enc…