Pular para o conteúdo principal

Salyut 1


Salyut 1 (DOS 1) foi a primeira estação espacial Salyut, e a primeira estação espacial feita pelo homem. Foi lançada em 19 de Abril de 1971. Sua primeira tripulação foi lançada na Soyuz 10, mas não foi capaz de embarcar devido a uma falha no mecanismo de aterrissagem; sua segunda tripulação foi lançada na Soyuz 11 e ficou à bordo por 23 dias produtivos. Infelizmente, um válvula equalizadora de pressão da Soyuz 11 abriu prematuramente na reentrada, matando todos os três integrantes da tripulação. A Salyut 1 reentrou na atmosfera terrestre em 11 de Outubro de 1971.


Especificações
Comprimento - 15.8 m
Diâmetro Máximo - 4.15 m
Volume Habitável - 90 m³
Peso no Lançamento - 18 900 kg
Veículo de Lançamento - Proton (três estágios)
Distancia entre painéis solares - cerca de 10 m
Área de painéis solares - 28 m²
Número de painéis solares - 4
Transportador de recarga - Salyut tipo-1 Soyuz
Número de portos de aterrissagem - 1
Total de missões tripuladas - 2
Total de missões tripuladas de longa duração - 1


Naves espaciais visitantes e grupos
Soyuz 10 - 23 de Abril de 1971 - Falhou na aterrissagem
Vladimir Shatalov
Aleksei Yeliseyev
Nikolai Rukavishnikov
Soyuz 11 - 6 de Junho de 1971 - Tripulação morta na reentrada
Georgi Dobrovolski
Viktor Patsayev
Vladislav Volkov


Estrutura
No lançamento, o propósito anunciado da Salyut era de testar os elementos do sistema de uma estação espacial e conduzir experimentos e pesquisas científicos. A nave foi descrita como tendo 20 m de comprimento, 4 m de diâmetro máximo, e 99 m³ de espaço interior com uma massa em órbita de 18 425 kg. De seus compartimentos, três eram pressurizados (100 m³ total), e dois poderiam ser ocupados pela tripulação. O primeiro, ou transferência, foi conectado diretamente com a Soyuz 11. Seu cone de aterrissagem tinha um diâmetro de 2 m na frente e um diâmetro de 3 m na parte posterir. O segundo compartimento , ou principal, tinha cerca de 4 m de diâmetro. As transmissões televisionadas mostram espaço o suficiente para oito grandes cadeiras (sete nos consoles de trabalho), vários painéis de controle, e 20 vigias (alguns desobstruidos por instrumentos). O terceiro compartimento pressurizado continha os equipamentos de controle e comunicações, a fonte de energia, o sistema de suporte de vida, e outros equipamentos auxiliares. O quarto, e último, compartimento (despressurizado) tinha cerca de 2 m de diâmetro e continha as instalações do motor e equipamentos de controle associados. A Salyut tinha baterias químicas, suprimentos reserva de água e oxigênio, e sistemas de regeneração. Montados externamente havia dois pares de painéis solares que se estendiam como asas dos menores compartimentos a cada fim, os radiadores para controle de calor, e dispositivos de orientação e controle.


Expedições na Salyut 1
Expedição Grupo Data de
Lançamento Vôo de Subida Data de
Aterrissagem Vôo de Descida Duration
- Dias -
Soyuz 11 Georgi Dobrovolski,
Viktor Patsayev,
Vladislav Volkov 6 de Junho de 1971
04:55:09 UTC Soyuz 11 29 de Junho de 1971
23:16:52 UTC Soyuz 11 23.7


Grupos e Missões
Depois de 24 horas de aproximação e alinhamento, a Soyuz 10 pousou na Salyut em 23 de Abril e permaneceu aterrissada por 5 horas e 3 minutos. O grupo não se transferiu para a estação espacial. A Soyuz 11 precisou de 3 h e 19 min em 7 de Junho para uma aterrissagem completa. O grupo se transferiu para a Salyut e sua missão foi anunciada como:

verificação e teste da unidades, sistemas onboard, e equipamentos da estação orbital pilotada
testar os métodos e autonomia da orientação e navegação da estação, assim como os sistemas controlando o complexo espacial enquanto se movimenta em órbita
estudas objetos geológico-geográficos na superfície terrestre, formações atmosféricas, e a cobertura de neve e gelo sobre e Terra
estudar características físicas, processos, e fenômenos na atmosfera e no espaço exterior em várias áreas do espectro da radiação eletromagnética
conduzir estudos medico-biológicos para determinar as possibilidades de realizar uma série de trabalhos pelos cosmonautas na estação e estudar a influência dos vôos espaciais no organismo humano.
Em 29 de Junho, após voar 362 órbitas aterrissada na Salyut, o grupo da Soyuz 11 retornou para a Soyuz 11. A Salyut se moveu para uma órbita superior em Julho e Agosto de 1971 para garantir que não iria acabar prematuramente devido ao decaimento orbital. Em 11 de Outubro, os motores da Salyut foram ativados, pela última vez, para abaixar sua órbita e garantir a queda no Oceano Pacífico. Após 175 dias no espaço, a primeira verdadeira estação espacial morreu. Pravda (26 de Outubro de 1971) disse que os objetivos da Salyut feitos 75 porcento dos casos por meios ópticos, em 20 porcento por meios rádio-técnicos, e uma pequena quantia por meios magneto-métricos, gravitacionais, e outros estudos. Leituras sinópticas foram feitas nas partes visível e invisível do espectro eletromagnético.

FONTE: WIKIPÉDIA

veja também http://ufos-wilson.blogspot.com.br/2014/12/nave-espacial-vostok-i.html

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ovnis e estranhas criaturas próximos ao Centro de Lançamento da Barreira do Inferno (RN)

Desde o ano de 2016 militares da Aeronáutica que trabalham na Barreira do Inferno já percebiam bolas de luzes alaranjadas como também feixes de luzes amarelados no céu noturno, bem próximo daquela região. Por desconhecerem totalmente a origem dessas luzes misteriosas e a finalidade delas, vários militares observavam intrigados e chegavam a comentar entre eles sobre esses fenômenos luminosos. Dias após a percepção dessas claridades no céu noturno, alguns militares começaram a perceber ao redor daquela localidade o aparecimento de criaturas vivas, de seres que não eram humanos. Um dos militares chegou a ver um "Urso Polar" e imediatamente comunicou a outros militares de plantão. Tal militar chegou a passar mal após a aparição de tal criatura. Já um outro militar flagrou uma outra criatura aparentando ser um "homem de grande porte" sair andando de dentro da água do mar. Outro militar relata que presenciou duas criaturas que de início pareciam apenas dois cachorros g…

Ovnis em Iporanga (SP)

Entrada da Casa de Pedra, caverna com maior boca do Mundo, 215 metros.

Iporanga em tupi significa “Rio Bonito” e foi palco da exploração de ouro no período colonial e, posteriormente da exploração de chumbo e zinco no século passado. Na região há famosas cavernas: Formação Iporanga e Formação Votuverava. Em Iporanga, efetuaram-se diversos estudos de mapeamento geológico e pesquisa mineral, sobretudo pela CPRM - Serviço Geológico do Brasil. A seção geológica mais conhecida é o famoso perfil Apiaí-Iporanga. A cidade atrai muitos visitantes por possuir lindas cachoeiras, piscinas naturais, vales, grutas e cavernas. Iporanga é a cidade que possui o maior número de cachoeiras em todo o Brasil, nas 365 cavernas cadastradas. O turista poderá praticar esportes radicais como o rapel, canyonismo e trekking. Atrativos culturais podem ser visitados como o museu da cidade, a Igreja Matriz e as casas com o estilo colonial. Por todos estes motivos, Iporanga é considerada um dos mais importantes cent…

O caso Roswell nordestino: Queda de UFO na Bahia, em Janeiro de 1995

Por Ufo Bahia: Nessa data, as 09:00 horas, uma in­formante do G-PAZ, "M" da TV BAHIA me ligou contando uma mirabolante his­tória de queda de um UFO em Feira deSantana(BA) a 112 Km de Salvador. Umfazendeiro de apelido Beto, tinha ligadopara TV SUBAÉ daquela cidade oferecen­do – em troca de dinheiro – um furo dereportagem; um disco voador tinha caído na sua fazenda e ele tinha provas e ima­gens do fato!
Apenas depois do meio dia, conse­gui – por fim – falar com Beto, que apóssua proposta de negócio, ante minha (apa­rente) frieza, me contou com bastante de­talhes o acontecido. Soube que tambémtentara vender suas provas a TV BAHIA,onde procurou o repórter José Raimundo:
"Ontem pela madrugada caiu algu­ma coisa na minha fazenda, dentro de umalagoa. Era do tamanho de um fusca; aqui­lo ficou boiando parcialmente submerso,perto da beirada. Tentei puxar como pude,trazendo para perto de mim, com uma vara.Aquilo parecia um parto... (quando seabriu uma porta) começou primeiro a sa…