Pular para o conteúdo principal

Documentos revelam que NSA interceptava e-mails de operadoras de telefonia



Quando as coisas pareciam estar acalmando, Edward Snowden voltou à carga. Em uma nova onda de revelações sobre o esquema de espionagem da NSA, o ex-analista da NSA revelou agora que a agência vinha interceptando e-mails da Groupe Speciale Mobile Association (GSMA), uma organização internacional voltada para o desenvolvimento de tecnologias celulares e compartilhamento de informações entre as fabricantes e outras empresas interessadas, como redes sociais e prestadoras de serviços.
Meio desconhecida do grande público, a GSMA possui diversos grupos de trabalho que se conectam online, o que a ajudou a se tornar uma instituição bastante interessante para as operadoras de telefonia, que ficam sabendo de forma antecipada sobre as novidades do mundo mobile. E eram elas o principal ponto de interesse da NSA, que desejava manter uma vigilância constante para se antecipar às inovações desse mercado e poder continuar interceptando os dados necessários para sua operação.
O grande intuito, aqui, era obter de forma oculta as informações sobre novos sistemas de criptografia e também mudanças no design e na forma de operação dos aparelhos, que poderiam interferir nas atividades de inteligência da agência. Daí a iniciativa de interceptar todos os e-mails que entravam e saiam da GSMA.
Esse trabalho fazia parte de uma operação chamada AURORAGOLD e, segundo os documentos divulgados por Snowden e publicados pelo site The Intercept, teria acontecido entre março de 2011 e maio de 2012. Nos registros, a NSA admite já ter coletado “planos confidenciais” das empresas envolvidas e estar em um bom caminho para continuar seu trabalho de vigilância ostensiva, uma vez que poderia se antecipar às mudanças nos sistemas de segurança e permanecer trabalhando na obtenção de informações de forma secreta.
Os documentos também revelam que a NSA pretendia inserir falhas de segurança e backdoors nos sistemas de centenas de companhias de telefonia e fabricantes de celular cujos nomes não foram mencionados. Até mesmo aquelas operadoras ligadas diretamente ao governo e presentes em solo americano seriam atingidas, uma tática que já havia sido denunciada antes e que, na mesma medida que abria portas para a agência, também deixava a população exposta a possíveis ataques hackers.
Um dos principais alvos iniciais da operação, porém, estava situado fora dos Estados Unidos. Por preocupações de segurança nacional e como parte da intervenção americana na Líbia, o governo solicitou que a NSA obtivesse informações de inteligência sobre possíveis operações terroristas que estivessem acontecendo por lá. A obtenção de tais dados teria sido altamente facilitada pelos dados obtidos por meio da AURORAGOLD.
Em resposta oficial, a NSA não negou coletar informações por meio de empresas de telecomunicação, principalmente em território estrangeiro e hostil, mas apenas após autorização da justiça e em casos de suspeitas de terrorismo ou outras ameaças aos EUA. A agência não comentou sobre os métodos usados para isso, mas, mais uma vez, negou que estivesse espionando cidadãos americanos.

FONTE: http://canaltech.com.br/

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Conheça histórias de pessoas que foram abduzidas por Extraterrestres

As pessoas do mundo se dividem em dois grandes grupos e um terceiro bem pequeno.

Os dois grandes grupos são: aqueles que acham que ETs existem e aqueles que acham que ETs não existem.

Correndo por fora, existe uma minoria silenciosa que se mantém quietinha, aparentemente, porque, se essas pessoas disserem as coisas que elas sabem, ninguém acreditaria nelas.

Elas fazem parte do pequeno grupo que jura de pé junto ter feito contato com seres extraterrestres.

O fotógrafo nova-iorquino Steven Hirsch, de 63 anos, é um cara que, se não acredita nessas pessoas, pelo menos acredita no direito que elas têm de contar suas histórias do jeito que quiserem.

Por isso, ele criou um blog em que entrevista e fotografa gente que diz ter sido abduzida por alienígenas. O endereço é littlestickylegs.blogspot.co.uk.

- Eu não quero que os meus leitores tenham nenhum tipo de ideia pré-concebida sobre essas pessoas até qie eles vejam suas imagens e leiam suas palavras. Minhas entrevistas mal conseguem ir além…

Mémorias da Ufologia: Caso SANTA ISABEL

FOTOS DO LAUDO

Na localidade de Santa Izabel(SP) em junho de 1999, a Sra. Alzira Maria de Jesus foi encontrada morta na sua cama, e por volta das 8 hs da manhã sua nora percebe o fato e sai imediatamente para ir ao orelhão e ligar para o seu marido e espera à ajuda e , ao chegar de volta em casa quase 40 min.depois a nora vê o corpo da sra. com o rosto totalmente desfigurado e praticamente sem carne; foi feito o boletim de ocorrência na delegacia da cidade sob n°145/99 em 24 de Junho. Posteriormente confirmou-se que à causa da morte foi a parada respiratória, mas o que aconteceu realmente como rosto desta sra. num espaço menor de uma hora?O laudo é cita sobre as configurações do mesmo, inclusive nas cavidades oculares, mas o que teria causado à perda do rosto ficou indeterminada. Mais estranho ainda é que na noite anterior aos fatos foram vistas bolas de luz voando nessa região rural e no início da madrugada os animais,como cachorros,gansos,e outros começaram à fazer um intenso barulh…

O caso Roswell nordestino: Queda de UFO na Bahia, em Janeiro de 1995

Por Ufo Bahia: Nessa data, as 09:00 horas, uma in­formante do G-PAZ, "M" da TV BAHIA me ligou contando uma mirabolante his­tória de queda de um UFO em Feira deSantana(BA) a 112 Km de Salvador. Umfazendeiro de apelido Beto, tinha ligadopara TV SUBAÉ daquela cidade oferecen­do – em troca de dinheiro – um furo dereportagem; um disco voador tinha caído na sua fazenda e ele tinha provas e ima­gens do fato!
Apenas depois do meio dia, conse­gui – por fim – falar com Beto, que apóssua proposta de negócio, ante minha (apa­rente) frieza, me contou com bastante de­talhes o acontecido. Soube que tambémtentara vender suas provas a TV BAHIA,onde procurou o repórter José Raimundo:
"Ontem pela madrugada caiu algu­ma coisa na minha fazenda, dentro de umalagoa. Era do tamanho de um fusca; aqui­lo ficou boiando parcialmente submerso,perto da beirada. Tentei puxar como pude,trazendo para perto de mim, com uma vara.Aquilo parecia um parto... (quando seabriu uma porta) começou primeiro a sa…