Pular para o conteúdo principal

O misterioso 'planeta proibido' encontrado em lugar 'impossível'


Ilustração do exoplaneta NGTS-4b, chamado de 'planeta proibido'; 'achávamos que esse planeta não poderia estar ali' (THE UNIVERSITY OF WARWICK/MARK GARLICK)

Sua temperatura é de 1 mil graus centígrados e sua massa é 20 vezes a da Terra. Mas o mais surpreendente desse planeta é o lugar onde ele está.

Uma equipe internacional de cientistas descobriu o primeiro exoplaneta (ou seja, um planeta fora do Sistema Solar) no chamado Deserto Neptuniano - região tão próxima de uma estrela e tão sujeita à radiação que não era esperado que nenhum planeta de tamanho similar a Netuno pudesse existir por ali.

"Esse planeta é muito especial porque está muito, muito perto da estrela que orbita e é muito quente. Pensávamos que os planetas não conseguiriam existir sob essas condições", explicou à BBC News Mundo, serviço em espanhol da BBC, o pesquisador Daniel Bayliss, do Departamento de Astrofísica da Universidade de Warwick, na Inglaterra, e um dos autores da pesquisa sobre o exoplaneta.

"Chamamos-no de 'planeta proibido', porque se supunha que ele não poderia estar ali."

O Deserto Neptuniano consiste em áreas de intensa radiação e calor, até agora consideradas extremamente inóspitas para a presença de planetas.

"Pensávamos que no Deserto Neptuniano um planeta de tamanho similar a Netuno evaporaria quase totalmente pela radiação, já que grande parte desses planetas é composta de gás, com um único núcleo rochoso."

Os astrônomos já conheciam planetas do tamanho de Júpiter que vivem nessa órbita, mas, segundo Bayliss, "quando um planeta chega ao tamanho de Júpiter (o maior planeta do Sistema Solar), sua gravidade é muito maior e pode, por isso, reter o gás de sua atmosfera e não evaporar".

Também já haviam sido encontrados ali planetas muito pequenos, ou pequenos núcleos rochosos, mas jamais um planeta como o recém-descoberto, que retenha sua atmosfera.


Equipe internacional de astrônomos fez suas pesquisas no Deserto do Atacama (UNIVERSITY OF WARWICK)

Deserto chileno

O exoplaneta 'proibido' foi detectado com o telescópio NGTS, sigla em inglês de Next Generation Transit Survey, que se encontra no observatório europeu no Cerro Paranal, no deserto chileno do Atacama.

"Detectamos esses planetas porque, quando passam diante de sua estrela, a luz dela se atenua", explica Bayliss.

"Mas a mudança é extremamente pequena, neste caso menor que 0,2%. Por isso, precisamos de instrumentos muito precisos, e o melhor lugar para colocar esse tipo de instrumento de alta precisão é o Atacama".

O deserto chileno foi escolhido por ser uma área de pouca poluição luminosa e pouca presença de nuvens, o que ajuda na visualização do céu.

O nome científico do novo planeta é NGTS-4b, segundo detalham os pesquisadores no estudo publicado no periódico Monthly Notices of the Royal Astronomical Society.

Ele é um pouco menor que Netuno e está a 920 anos-luz de distância da Terra.

O NGTS-4 orbita ao redor de sua estrela em apenas 1,3 dia, e nesse período percorre distância equivalente à órbita da Terra ao redor do Sol em um ano.

O grande enigma é como esse "planeta proibido" conseguiu reter sua atmosfera.


Telescópio no deserto chileno; descoberta mostra como pesquisadores astronômicos ainda são 'surpreendidos pela natureza'

Os cientistas acham possível que ele só tenha chegado à posição onde está "recentemente" (em termos astronômicos), no último milhão de anos.

Outra possibilidade é que o planeta tenha sido maior e que a sua atmosfera esteja em pleno processo de evaporação.

'Surpreendidos pela natureza'

E que implicações essa descoberta tem para estudos futuros sobre a formação dos planetas?

"Agora sabemos que esse tipo de planeta existe, e podemos analisar os dados obtidos para encontrar outros", diz Bayliss.

Além disso, a descoberta também indica aos astrônomos que os planetas talvez se formem de uma maneira diferente do que se pensava, que podem ter uma composição diferente do esperado (que lhes permita reter sua atmosfera) ou que a radiação de sua estrela possa ser menos intensa.

Para Bayliss, "talvez a principal reflexão é que constantemente somos surpreendidos pela natureza, e cada vez que pensamos que compreendemos os planetas, encontramos planetas estranhos."

"Ainda há muito a ser revelado em nossa galáxia no que se refere a planetas, e há muitas descobertas emocionantes que nos esperam."

FONTE: BBC BRASIL

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Mémorias da Ufologia: Caso SANTA ISABEL

FOTOS DO LAUDO

Na localidade de Santa Izabel(SP) em junho de 1999, a Sra. Alzira Maria de Jesus foi encontrada morta na sua cama, e por volta das 8 hs da manhã sua nora percebe o fato e sai imediatamente para ir ao orelhão e ligar para o seu marido e espera à ajuda e , ao chegar de volta em casa quase 40 min.depois a nora vê o corpo da sra. com o rosto totalmente desfigurado e praticamente sem carne; foi feito o boletim de ocorrência na delegacia da cidade sob n°145/99 em 24 de Junho. Posteriormente confirmou-se que à causa da morte foi a parada respiratória, mas o que aconteceu realmente como rosto desta sra. num espaço menor de uma hora?O laudo é cita sobre as configurações do mesmo, inclusive nas cavidades oculares, mas o que teria causado à perda do rosto ficou indeterminada. Mais estranho ainda é que na noite anterior aos fatos foram vistas bolas de luz voando nessa região rural e no início da madrugada os animais,como cachorros,gansos,e outros começaram à fazer um intenso barulh…

Filme "Intruders" (Intrusos) 1992

Ao pesquisar problemas de duas de suas pacientes, proeminente psiquiatra de um importante hospital de Los Angeles (Interpretado pelo falecido ator Richard Crenna na vida real John Mack, psiquiatra formado em Harvard Medical School, 1955.) acaba penetrando em um universo de estranhas ocorrências relacionadas com OVNIs, que modificarão sua própria vida.

"Intruders" foi baseado no best-seller de Budd Hopkins e em casos verídicos que hoje compõem um vasto arquivo de histórias vividas por muitas pessoas que passaram por experiências com seres extraterrestres, e que neste filme colaboraram com renomados pesquisadores do assunto na reconstituição dos episódios.

Best Seller "Intruders" (Intrusos)

Algumas cenas do filme:








Filme legendado em português:




Inspiração do filme Intruders (Intrusos), mulher relata contato com ETs



A americana Debbie Jordan, que relata um contato com extraterrestres há 34 anos, comentou que ficaria chocada se houvesse uma nova aproximação, mas não enc…

O caso Artur Berlet, O homem que foi para o Planeta Acart

O "Caso Berlet" ocorreu em 25 de maio de 1958 (faleceu em 1995), quando o gaúcho Artur Berlet, da cidade de Sarandí – RS, desapareceu por 11 dias.
Segundo Berlet teria sido abduzido e levado para um planeta chamado Acart aproximadamente 65,000,000 km da terra, demorou cerca de 38horas para chegar, onde ficou 11 dias em uma cidade com quase 90 milhões de habitantes. O curioso do fato que conseguiu comunicação com extraterrestres através do idioma Alemão.

Durante esse tempo, Berlet teve a chance de ver a Terra a partir do espaço. conhecer objetos e tecnologias que só teríamos posteriormente no decorrer do avanço dos humanos.
Após décadas, a fantástica história do gaúcho ainda surpreende a todos. Quem reconstituiu a história desse caso para a RBS foi a professora Ana Berlet, filha de Artur.

Vejam o nível da informação:

O Artur Berlet através de uma aparelho de Acart o qual olhou a terra, disse;
“a terra era AZUL.”



Ok ! parece nada demais, mas o fato é que ele disse anos ant…