Pular para o conteúdo principal

CBPF inaugura no Rio maior grafite científico do mundo


O Mural-Grafite da Ciência tem 240 metros quadrados, ao longo de um dos muros do CBPF. (Crédito: Luiz Baltar/CBPF)

Salvador Nogueira
O Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas (CBPF), no Rio de Janeiro, inaugura nesta sexta-feira, às 15h, o maior grafite urbano científico do mundo.

São 240 metros quadrados — ocupando toda a extensão dos 70 metros de um dos muros da instituição — pintados segundo temas de ciência, tecnologia e inovação — desde um painel com grandes cientistas da história (é divertido para os fãs de ciência ver quantos eles conhecem ali) até homenagens a grandes conquistas tecnológicas (procure o 14bis de Santos-Dumont).

“Na escolha dos nomes que compõem a lista de 100 cientistas da área ‘Construtores da ciência’, houve preocupação dos coordenadores da iniciativa em fazer com que as mulheres estivessem representadas”, diz o CBPF, em nota.

Entre as cientistas estrangeiras, estão, por exemplo, a franco-polonesa Marie Curie (1867-1934), detentora de dois prêmios Nobel, e a alemã Emmy Noether (1882-1935), considerada a matemática mais importante do século passado. Do Brasil, há a física teórica Sonja Ashauer (1923-1948), que obteve em 1948 o segundo doutorado formal da física no Brasil, e Bertha Lutz (1894-1976), bióloga, política e feminista.

Ao todo são 100 cientistas, dos quais 19 mulheres, de diferentes épocas, etnias e crenças, brasileiros e estrangeiros. A disposição das faces no mural foi inspirada pelo quadro ‘Operários’ (1933), da pintora modernista brasileira Tarsila do Amaral (1886-1973). E, no centro da figura, um “rosto desconhecido”, segundo o CBPF dedicado a todas as pessoas que, ao seu modo, ajudaram a avançar o conhecimento e a mudar o mundo.


Os Construtores da Ciência, no Mural-Grafite. (Crédito: Luiz Baltar/CBPF)

A diversão não acaba aí, contudo. O grafite tem vários enigmas codificados e escondidos na forma de imagens isoladas ou que se relacionam entre si. Há cinco níveis de dificuldade. E a interação entre os participantes do desafio e o CBPF acontecerá no site dedicado ao grafite, que terá também versão em inglês.

“A iniciativa de esconder enigmas no mural permite provocar a sensação de descoberta nas pessoas. Ou seja, a mesma pela qual passam cientistas e artistas em suas atividades”, diz o físico Ronald Shellard, diretor do CBPF.

Para definir o projeto Mural-Grafite da Ciência, o Mensageiro Sideral só tem uma palavra: GENIAL. A iniciativa do CBPF reúne tanta coisa bacana e bem pensada que até enumerá-las fica difícil. A atitude rebelde da cultura urbana dos grafites casa bem com o momento de protesto da ciência brasileira, depauperada ao ponto da inanição em sucessivos orçamentos federais. Mas nem de longe se limita a um protesto ranzinza; pelo contrário, é uma grande ação criativa, afirmativa, multidisciplinar, moderna, corajosa, ousada e fustigadora de um futuro melhor, voltada a levar a população a apreciar e se identificar com o pensar e fazer científico. Um incrível encontro da ciência com a arte, as duas melhores coisas que o ser humano já inventou.

O trabalho artístico foi feito pela artista plástica Gabi L. Tores, 22, estudante do curso de Artes Visuais da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) e especializada em desenho e pintura pela Sociedade Brasileira de Belas Artes.

Para quem quiser visitar, o grafite fica na Rua Mauro Müller, 455, no Rio. Confira mais imagens do projeto.















FONTE: mensageirosideral.blogfolha.uol.com.br

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Mémorias da Ufologia: Caso SANTA ISABEL

FOTOS DO LAUDO

Na localidade de Santa Izabel(SP) em junho de 1999, a Sra. Alzira Maria de Jesus foi encontrada morta na sua cama, e por volta das 8 hs da manhã sua nora percebe o fato e sai imediatamente para ir ao orelhão e ligar para o seu marido e espera à ajuda e , ao chegar de volta em casa quase 40 min.depois a nora vê o corpo da sra. com o rosto totalmente desfigurado e praticamente sem carne; foi feito o boletim de ocorrência na delegacia da cidade sob n°145/99 em 24 de Junho. Posteriormente confirmou-se que à causa da morte foi a parada respiratória, mas o que aconteceu realmente como rosto desta sra. num espaço menor de uma hora?O laudo é cita sobre as configurações do mesmo, inclusive nas cavidades oculares, mas o que teria causado à perda do rosto ficou indeterminada. Mais estranho ainda é que na noite anterior aos fatos foram vistas bolas de luz voando nessa região rural e no início da madrugada os animais,como cachorros,gansos,e outros começaram à fazer um intenso barulh…

O caso Artur Berlet, O homem que foi para o Planeta Acart

O "Caso Berlet" ocorreu em 25 de maio de 1958 (faleceu em 1995), quando o gaúcho Artur Berlet, da cidade de Sarandí – RS, desapareceu por 11 dias.
Segundo Berlet teria sido abduzido e levado para um planeta chamado Acart aproximadamente 65,000,000 km da terra, demorou cerca de 38horas para chegar, onde ficou 11 dias em uma cidade com quase 90 milhões de habitantes. O curioso do fato que conseguiu comunicação com extraterrestres através do idioma Alemão.

Durante esse tempo, Berlet teve a chance de ver a Terra a partir do espaço. conhecer objetos e tecnologias que só teríamos posteriormente no decorrer do avanço dos humanos.
Após décadas, a fantástica história do gaúcho ainda surpreende a todos. Quem reconstituiu a história desse caso para a RBS foi a professora Ana Berlet, filha de Artur.

Vejam o nível da informação:

O Artur Berlet através de uma aparelho de Acart o qual olhou a terra, disse;
“a terra era AZUL.”



Ok ! parece nada demais, mas o fato é que ele disse anos ant…

Filme "Intruders" (Intrusos) 1992

Ao pesquisar problemas de duas de suas pacientes, proeminente psiquiatra de um importante hospital de Los Angeles (Interpretado pelo falecido ator Richard Crenna na vida real John Mack, psiquiatra formado em Harvard Medical School, 1955.) acaba penetrando em um universo de estranhas ocorrências relacionadas com OVNIs, que modificarão sua própria vida.

"Intruders" foi baseado no best-seller de Budd Hopkins e em casos verídicos que hoje compõem um vasto arquivo de histórias vividas por muitas pessoas que passaram por experiências com seres extraterrestres, e que neste filme colaboraram com renomados pesquisadores do assunto na reconstituição dos episódios.

Best Seller "Intruders" (Intrusos)

Algumas cenas do filme:








Filme legendado em português:




Inspiração do filme Intruders (Intrusos), mulher relata contato com ETs



A americana Debbie Jordan, que relata um contato com extraterrestres há 34 anos, comentou que ficaria chocada se houvesse uma nova aproximação, mas não enc…