Pular para o conteúdo principal

Gênio iraniana da matemática Maryam Mirzakhani morre aos 40 anos



Maryam Mirzakhani, uma matemática de origem iraniana que foi a primeira mulher a ganhar a Fields Medal, morreu aos 40 anos em um hospital americano, em função de um câncer.

Segundo a imprensa iraniana, Mirzakhani morreu depois que o câncer que combateu por quatro anos se estendeu à medula óssea.

O ex-diretor de Exploração de Sistemas Solares da Nasa e amigo de Mirzakhani, Firouz Naderi, anunciou sua morte no Instagram, e seus familiares confirmaram o falecimento à agência Mehr, no Irã.

“Maryam partiu muito cedo, mas sua influência permanecerá viva por intermédio de milhões de mulheres, às quais inspirou a seguirem o caminho da Matemática e da Ciência”, afirmou Marc Tessier-Lavigne, presidente da Universidade de Stanford, onde a cientista dava aulas desde 2008.

No Irã, o presidente Hassan Rohani lamentou seu “triste falecimento”, saudando “o gênio inédito dessa criativa cientista” e sua modéstia, de acordo com o site em inglês da emissora iraniana PressTV.

Ainda segundo o presidente, Mirzakhani “fez ressoar o nome do Irã nos círculos científicos do mundo inteiro e representou um marco, ao mostrar que as mulheres iranianas e os jovens querem alcançar o auge da glória”.

O ministro das Relações Exteriores do Irã, Mohamad Javad Zarif, apresentou suas condolências no Instagram e disse que os iranianos estão em luto por sua morte.

“Uma luz se apagou hoje. Me dói o coração (…) se foi muito rápido”, escreveu o amigo Naderi.

“Gênio? Sim. Mas também filha, mãe e esposa”, acrescentou em outra mensagem, junto com uma foto em preto e branco de Mirzakhani, de cabelos curtos e olhar decidido.

Em 2014, Mirzakhani ganhou a Fields Medal, equivalente ao Nobel da Matemática, entregue pelo Congresso Internacional de Matemáticos. Essa especialista na geometria de formas incomuns havia descoberto novas maneiras de calcular os volumes de objetos com superfícies hiperbólicas, como a sela de montar cavalo.

“Apesar da natureza sumamente teórica de seu trabalho, tem aplicações em Física, Mecânica Quântica e em outras disciplinas fora da Matemática”, destacou o jornal “Stanford News”, da universidade homônima, situada na Califórnia, nos EUA.

Mirzakhani nasceu e cresceu em Teerã e estudou Matemática na Universidade Tecnológica de Sharif, que fica na capital, antes de obter seu Doutorado em Harvard, em 2004.

Em 2009, foi agraciada com o Prêmio Blumenthal sobre pesquisa em Matemática Pura e, em 2013, com o Prêmio Satter, da Sociedade Matemática Americana.

Ficou conhecida no cenário internacional da Matemática ainda adolescente, ao ganhar medalhas de ouro nas Olimpíadas Internacionais da Matemática em 1994 e em 1995.

Ela deixa marido e uma filha.

FONTE: ISTOÉ

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ovnis e estranhas criaturas próximos ao Centro de Lançamento da Barreira do Inferno (RN)

Desde o ano de 2016 militares da Aeronáutica que trabalham na Barreira do Inferno já percebiam bolas de luzes alaranjadas como também feixes de luzes amarelados no céu noturno, bem próximo daquela região. Por desconhecerem totalmente a origem dessas luzes misteriosas e a finalidade delas, vários militares observavam intrigados e chegavam a comentar entre eles sobre esses fenômenos luminosos. Dias após a percepção dessas claridades no céu noturno, alguns militares começaram a perceber ao redor daquela localidade o aparecimento de criaturas vivas, de seres que não eram humanos. Um dos militares chegou a ver um "Urso Polar" e imediatamente comunicou a outros militares de plantão. Tal militar chegou a passar mal após a aparição de tal criatura. Já um outro militar flagrou uma outra criatura aparentando ser um "homem de grande porte" sair andando de dentro da água do mar. Outro militar relata que presenciou duas criaturas que de início pareciam apenas dois cachorros g…

Ovnis em Iporanga (SP)

Entrada da Casa de Pedra, caverna com maior boca do Mundo, 215 metros.

Iporanga em tupi significa “Rio Bonito” e foi palco da exploração de ouro no período colonial e, posteriormente da exploração de chumbo e zinco no século passado. Na região há famosas cavernas: Formação Iporanga e Formação Votuverava. Em Iporanga, efetuaram-se diversos estudos de mapeamento geológico e pesquisa mineral, sobretudo pela CPRM - Serviço Geológico do Brasil. A seção geológica mais conhecida é o famoso perfil Apiaí-Iporanga. A cidade atrai muitos visitantes por possuir lindas cachoeiras, piscinas naturais, vales, grutas e cavernas. Iporanga é a cidade que possui o maior número de cachoeiras em todo o Brasil, nas 365 cavernas cadastradas. O turista poderá praticar esportes radicais como o rapel, canyonismo e trekking. Atrativos culturais podem ser visitados como o museu da cidade, a Igreja Matriz e as casas com o estilo colonial. Por todos estes motivos, Iporanga é considerada um dos mais importantes cent…

O caso Roswell nordestino: Queda de UFO na Bahia, em Janeiro de 1995

Por Ufo Bahia: Nessa data, as 09:00 horas, uma in­formante do G-PAZ, "M" da TV BAHIA me ligou contando uma mirabolante his­tória de queda de um UFO em Feira deSantana(BA) a 112 Km de Salvador. Umfazendeiro de apelido Beto, tinha ligadopara TV SUBAÉ daquela cidade oferecen­do – em troca de dinheiro – um furo dereportagem; um disco voador tinha caído na sua fazenda e ele tinha provas e ima­gens do fato!
Apenas depois do meio dia, conse­gui – por fim – falar com Beto, que apóssua proposta de negócio, ante minha (apa­rente) frieza, me contou com bastante de­talhes o acontecido. Soube que tambémtentara vender suas provas a TV BAHIA,onde procurou o repórter José Raimundo:
"Ontem pela madrugada caiu algu­ma coisa na minha fazenda, dentro de umalagoa. Era do tamanho de um fusca; aqui­lo ficou boiando parcialmente submerso,perto da beirada. Tentei puxar como pude,trazendo para perto de mim, com uma vara.Aquilo parecia um parto... (quando seabriu uma porta) começou primeiro a sa…